Tag archive

Concerto

Tocador de concertina PHOLE estreia-se em Barcelos

Outubro 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

PHOLE apresenta-se pela primeira vez em Barcelos no próximo sábado, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no âmbito do ciclo de concertos “triciclo”. O tocador de concertina, natural de Viana do Castelo, vai exibir uma forma singular de abordar o instrumento mais popular das grandes romarias minhotas.



PHOLE é uma pesquisa sobre o acordeão, neste caso em particular, o acordeão diatónico, chamado de concertina. Na sua pesquisa existe uma ligação permanente, que advém também da sua pesquisa visual e que tem que ver com o encontro com a memória, com o seu passado e as histórias ao Alto Minho. Uma ligação permanente e construtiva sobre quem habita o seu quotidiano ou já habitou.

PHOLE em palco (Foto: DR)

Os bilhetes para o concerto têm o custo de três euros, estão disponíveis em www.bol.pt e na bilheteira do Theatro Gil Vicente. O concerto tem lotação limitada e segue todas as orientações das autoridades de saúde.

Cartaz do concerto (Imagem: DR)

Imagens: DR.

L-Blues atuam no IPCA amanhã e na Vila das Aves a 24 de outubro

Outubro 13, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O grupo barcelense L-Blues atua amanhã, dia 14 de outubro, no IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, na iniciativa desta Instituição intitulada de “Welcome IPCA”.  O concerto inicia pelas 18h30.



Já a 24 de outubro, desloca-se à Vila das Aves, concelho de Santo Tirso, para mais um concerto, que terá lugar no Centro Cultural Municipal da Vila das Aves, pelas 21h30. O concerto é de entrada gratuita, mas limitada aos lugares disponíveis tendo em conta as medidas de segurança e proteção advindas da pandemia COVID-19.

Programa do “Welcome IPCA” (Imagem: DR)

Os L-Blues têm a sua origem na criação, pelo músico Bruno Lopes, do projeto “Guitarras de Manhente: Escola de Rock“. Tendo sido criada a escola com o objetivo de ensinar música a jovens e adultos de classes sociais com carências financeiras.

O Folk, Country, Blues e Rock caminham lado a lado na ideologia desta banda.

O seu nome faz uma homenagem à mitologia do pacto com o diabo de Robert Johnson e da encruzilhada (crossroads) dos Blues. O “L” no nome da banda deve se pronunciar “Hell”. O CD de estreia “Vol.1” dos L-Blues foi editado em 2016 e permitiu à banda percorrer o país durante dois anos. A banda, em fevereiro de 2018, lança o disco “Vol.2”, que foi gravado no AMP STUDIO com a produção de Paulo Miranda. É um disco de puro Rock N’ Roll e Blues, e teve distribuição digital mundial nas principais lojas online: Spotify, Amazon, Itunes, HMV digital, Googleplay e Soundcloud.

Cartaz do concerto na Vila das Aves (Imagem: DR)

Depois do primeiro singleOutono”, que teve honras de entrar em muitas playlists de várias rádios nacionais, a banda lança o segundo single, “Ódio de Amor”, e embarca na tourVol.2 2019” com cerca de 30 datas realizadas e várias aparições na televisão nacional. Seguiu-se, mais recentemente, o álbum “Luz”.

O grupo é formado por Ana Neto (voz), Bruno Lopes (guitarra, harmónica e coros), Céu Neiva (guitarra e teclas), Diogo Silva (baixo) e Jorge Braga (bateria e percussões).

Imagens: DR.

Barcelos comemora Dia Nacional das Bandas Filarmónicas a 05 de outubro

Outubro 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos, em articulação com a Banda Musical de Oliveira, comemora o Dia Nacional das Bandas Filarmónicas, que, este ano, devido à pandemia do COVID-19, se comemora no dia 5 de outubro, dia do 110º aniversário da implantação da República.



Neste dia, às 11h00, o Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe um Concerto de Ensembles pelo Quarteto de Saxofones, o Quarteto de Clarinetes e o Quinteto de Metais da Banda Musical de Oliveira, cumprindo todas as orientações de segurança da Direção Geral de Saúde.

A Banda Musical de Oliveira é a única banda filarmónica do concelho de Barcelos, tendo sido condecorada com a Medalha de Mérito Cultural pelo Governo Português.

“Sendo Barcelos um concelho muito caraterizado pelo associativismo cultural na preservação e divulgação do património artístico e cultura, e na formação musical, a comemoração deste Dia não só traz consigo uma profunda tradição musical como pretende incentivar a retoma da atividade das bandas filarmónicas portuguesas, muito penalizadas pela pandemia do COVID-19”, refere o Município em nota.

Recorde-se que esta efeméride, instituída em 2013, visa reconhecer e enaltecer o papel que as bandas filarmónicas têm na vida cultural das suas comunidades.

O Dia Nacional das Bandas Filarmónicas celebra-se oficialmente a 1 de setembro, tendo sido adiadas as comemorações deste ano devido à pandemia da doença COVID-19.

Cartaz do evento (Imagem: CMB)

Fonte e imagem: CMB.

“triciclo” regressa com Samba Sem Fronteiras

Outubro 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O ciclo de concertos “triciclo” está de regresso a Barcelos. Samba Sem Fronteiras atua no Largo Dr. Martins Lima, na segunda-feira, às 17h00. A entrada é livre, mas limitada à lotação do espaço.



O grupo de samba luso-brasileiro Samba Sem Fronteiras, fundado há oito anos e radicado no Porto, lançou, em setembro de 2018, o seu primeiro disco de originais. A roda de Samba Sem Fronteiras nasceu da iniciativa de alguns brasileiros, residentes em Portugal, que sentiam falta de encontrar o samba de raiz, feito por quem gosta e para quem aprecia. O samba que se pode encontrar numa esquina qualquer, mas que não está em qualquer esquina, que valoriza a tradição e os grandes poetas da música popular brasileira.

O samba sem fronteiras acontece para manter viva esta antiga chama, de uma música que nasceu para celebrar a vida e, mesmo diante das dificuldades, saber reinventar a alegria. Assim, cada samba, cada roda, são sempre novos, vão contribuindo para tornar mais alegres e especiais as histórias das pessoas que se cruzam com eles.

Para assistir ao concerto, basta reservar o lugar no Theatro Gil Vicente, por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Toda a programação do triciclo pode ser consultada em www.triciclobcl.pt .

Cartaz (Imagem: DR)

Imagens: DR.

Francisco Primeiro & Os Algazarra em concerto no Theatro Gil Vicente, a 25 de setembro

Setembro 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda Francisco Primeiro & Os Algazarra toca pela primeira vez em Barcelos, num concerto de antevisão do álbum de estreia que estará para ser lançado em breve. Esta banda de funk, R’B, rock e soul irá atuar no dia 25 de setembro, sexta-feira, pelas 21h30, no Theatro Gil Vicente, em concerto integrado na programação mensal de setembro do teatro barcelense.



Francisco Primeiro & Os Algazarra vêm do Porto e o seu trabalho abrange vários estilos musicais, desde o funk, rock, R’B ou soul, sempre com temas originais em português, com influências de artistas como Jamiroquai, John Mayer, Bill Withers, Stevie Wonder ou Prince, entre outros. São compostos por Francisco Vieira Borges (guitarra e voz), Daniel Pinto (guitarra), João Reis (piano), Tiago Lima (baixo) e João “Jomi” Bonito (bateria).

Cartaz do concerto no Theatro Gil Vicente, a 25 de setembro (imagem: DR)

Começaram a pisar os palcos desde finais de 2018, tendo já passado pelo Hard Club, FNAC, Casa de Ló, Mercado do Bom Sucesso, Café Concerto Pombal e diversos outros locais, tendo também participado em concertos apoiados pela autarquia do Porto.

Finalistas do maior concurso nacional de novos artistas, o EDP Live Bands, na edição de 2019, em que participaram mais de 300 bandas, o que lhes valeu um concerto no LX Factory, em Lisboa; vencedores do Talentos AgitÁgueda 2019, concurso que premeia bandas em início de carreira com uma participação no célebre festival da cidade de Águeda, por onde já passaram grandes nomes da música nacional e internacional. Estão, neste momento, a gravar o primeiro álbum de originais.

Francisco Primeiro & Os Algazarra em concerto (foto: Banda)

Pode ouvir e apreciar um dos seus temas em:

https://www.facebook.com/watch/?v=230360807884422&extid=zNKIiSd7YBdiJKCs

Fotos e imagens: DR/Banda.

“triciclo” apresenta a sua programação até dezembro

Agosto 9, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O ciclo de concertos “triciclo” está de volta após a paragem forçada devido à pandemia de COVID-19 e os concertos retomam em outubro. Samba Sem Fronteiras, Evols e Stereoboy são alguns dos destaques da programação já revelada.



A abertura está a cargo de Samba Sem Fronteiras, grupo luso-brasileiro radicado no Porto, que é um dos mais genuínos exemplos do samba de raiz. O concerto é ao ar livre, no Largo Dr. Martins Lima, a 5 de outubro.

Depois da viagem até ao Brasil, o “triciclo” pedala pelo Alto Minho à boleia da concertina de Phole, a 17 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. O tocador, natural de Viana do Castelo, apresenta uma forma singular de reinventar o instrumento típico das romarias minhotas.

A 6 de novembro, Evols apresentam o novo álbum “III”, lançado em março deste ano e que reafirmou a banda portuense como uma das referências na música alternativa portuguesa. Com alterações na formação, os Evols fazem uma das primeiras apresentações ao vivo do novo disco, num concerto marcado para a Biblioteca Municipal de Barcelos.

Ainda em novembro, os músicos barcelenses Ricardino Lomba e Tiago Rosendo, Tresor&Bosxh, apresentam um filme-concerto para toda a família. Os artistas vão dar música às curtas de animação “Solar Walk” e “Jonas and the Sea”, numa iniciativa inserida na programação de Serviço Educativo do “triciclo”. Esta performance foi desenvolvida no âmbito do Circuito – Braga Media Arts. Para além das sessões dedicadas às escolas do concelho, o grupo vai apresentar ao público geral o trabalho a 19 de novembro, no Theatro Gil Vicente.

Dezembro abre com uma das vozes emergentes da música portuguesa. A Garota Não nasceu na pele da setubalense Cátia Mazari Oliveira e é um cruzamento de influências vindas da música popular brasileira, africana, Zeca Afonso, Fausto ou Sérgio Godinho. A Garota Não apresenta-se no Theatro Gil Vicente, a 5 de dezembro.

O ciclo de concertos termina com a eletrónica hipnotizante de Stereoboy, a 19 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Barcelos.   

Todos os concertos seguem as normas vigentes das autoridades de saúde para garantir a segurança de todos os participantes. Bilhetes à venda em breve.

O “triciclo” é um ciclo de concertos itinerante que percorre vários espaços do centro histórico de Barcelos com a melhor música nacional e internacional desde outubro de 2018. A programação assume-se plural e de caráter educativo. O “triciclo” é ‘made in’ Barcelos, produzido em parceria com o Município.

Fotos: DR.

Barcelenses L-Blues dão concerto na Vila das Aves

Março 11, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda barcelense L-Blues dará um concerto na Vila das Aves, a 21 de março, pelas 21h30.

O evento decorrerá no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves e terá como tema “Palco das Artes – L-Blues”, sendo organizado pela Câmara Municipal de Santo Tirso.



A entrada é gratuita, mediante levantamento de bilhete no local do concerto, sendo que a bilheteira abre uma hora antes, ou seja, pelas 20h30.

Os L-Blues têm origem em 2010, quando se criou o projeto “Guitarras de Manhente”, por intermédio de Bruno Lopes, músico que tem no seu historial vários projetos artísticos, entre os quais, os High Flying Bird (2003/2013), de música Folk e Blues e que editou seis discos, ou a banda The Pisces (1998/2001), na área da música rock.

Tal como referido, o folk, country, Blues e rock constituem as sonoridades desta banda. O seu nome faz uma homenagem à mitologia do pacto com o diabo, de Robert Johnson, e da encruzilhada (crossroads) dos Blues. A banda é constituída por Bruno Lopes (Voz, Guitarras, Slide, Harmónicas), Diogo Silva (Baixo), Jorge Braga (Bateria), Céu Neiva (Teclas, Violino e Guitarra Elétrica) e Ana Neto (Voz).

Imagem: DR.

Exposição, recital e ação de sensibilização assinalam Dia Internacional da Mulher

Março 5, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos comemora o Dia Internacional da Mulher com uma exposição, um recital de piano e violino e uma ação de sensibilização.



No dia 7 de março, pelas 17h30, é inaugurada, na Galeria de Arte Municipal, a exposição coletiva de Carmen Touza, Maria Beatitude, Marília Leitão, Noëlle Tutenuit e Rosa Vaz – “No Feminino” – que mostra trabalhos de cinco mulheres pintoras com diferentes tendências estéticas, e que apresentam a sua visão do feminino.

Mais tarde, às 18h30, é a vez do Salão Nobre dos Paços do Concelho receber o recital de piano e violino por Gabriela Peixoto e Nuno Areia, inserida na rubrica “Música no Salão”, que se enquadra na política de promoção da música no concelho de Barcelos, desenvolvida pelo Município.

Já no dia 9 de março, segunda-feira, pelas 10h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, de forma a assinalar a efeméride, tem lugar uma ação de sensibilização dirigida a jovens estudantes. Esta iniciativa resulta da parceria entre o Município de Barcelos, o GASC e a SOPRO, com o objetivo de fazer uma abordagem ao papel da mulher na sociedade, às desigualdades entre os homens e as mulheres e aos papéis associados ao género, sob o mote “Eu sou a Geração Igualdade: concretizar os direitos das mulheres”.

Este dia, historicamente relacionado com acontecimentos marcantes da luta das mulheres por melhores condições de vida e de trabalho, e pelo direito ao voto, foi oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975. Este ano foi considerado o Ano Internacional das Mulheres e simbolizou a vontade de promover a igualdade entre mulheres e homens, com recurso à lembrança das conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres, independentemente da nacionalidade, etnia, língua, cultura, economia ou política.

Fonte e imagens: CMB.

“triciclo” junta Angélica Salvi e Conservatório de Música de Barcelos

Março 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do serviço educativo do “triciclo”, Angélica Salvi vai trabalhar com alunos do Conservatório de Música de Barcelos. A apresentação deste espetáculo original está marcada para o próximo sábado, pelas 22h00, no Teatro Gil Vicente, em Barcelos. A entrada é livre.



O “triciclo” propôs mais um desafio à talentosa música para desenvolver um trabalho original com o Conservatório de Música de Barcelos, promovendo um momento de partilha e aprendizagem para todos os envolvidos. O espetáculo vai ter como ponte central o mais recente disco da harpista, “Phantone” (2019), que conquistou a crítica especializada.

A harpista espanhola Angélica Salvi está radicada no Porto desde 2011, dedica-se à improvisação, à música contemporânea e eletroacústica, explorando várias técnicas de preparação e amplificação do instrumento na busca de novos timbres e sonoridades. É harpista do Vertixe Sonora Ensemble, professora de harpa do Conservatório de Música do Porto e dirigente do Female Effects, projeto que trabalha peças acústicas ou eletrónicas de autoria feminina. Angélica Salvi tem desenvolvido um percurso multidisciplinar onde trabalha com a Sonoscopia, o Balleteatro ou Teatro do Frio. Convive em colaborações com improvisadores como Evan Parker, Butch Morris e Han Bennink ou com ensembles de música contemporânea como os holandeses Brokkenfabriek e RPM Electro Travelling Band ou o Portuense Remix Ensemble.

O Conservatório de Música de Barcelos é um estabelecimento de ensino particular cooperativo. A sua comunidade educativa engloba mais de 500 alunos com idades compreendidas entre os 4 anos e os 25 anos.

O concerto é de entrada livre. As reservas podem ser feitas no Teatro Gil Vicente e a lotação é limitada à capacidade da sala.

Fotos: DR.

Concerto de Ano Novo este sábado em Perelhal

Janeiro 8, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Sábado, dia 11 de janeiro, pelas 21h30, realiza-se o Concerto de Ano Novo em Perelhal.



O evento decorre no Salão Paroquial da freguesia e é organizado pelo Grupo Coral de Perelhal, tendo como temática a música tradicional portuguesa.

Imagem: DR.

1 2 3 5
Ir Para Cima