Tag archive

Conferência online - page 2

Barcelense Fernanda Pereira ministra videoconferência “A Titulação dos Negócios em Portugal”

Junho 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Organização da AD NOTARE (Brasil)

Fernanda Pereira, Oficial de Registos do Espaço dos Registos de Barcelos desde 1989, é a convidada da videoconferência “A Titulação dos Negócios em Portugal”, que terá lugar no próximo dia 15 de junho, pelas 22h00 (Portugal) e 18h00 (Brasil).



A palestrante é Mestre em Solicitadoria, com Especialização em Contratos, pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Especialista em Direito Notarial e Registos Públicos pelo Centro de Estudos Notariais e Registais (CENoR). Assistente convidada do IPCA, na Unidade Curricular de Práticas Notariais e Registais, é autora do livro “A Titulação dos Negócios – Aspetos Jurídicos, Fiscais e Registais”.

O evento é organizado pela AD NOTARE – Academia Nacional de Direito Notarial e Registral, do Brasil.

Para assistir, basta aceder ao seguinte link:

https://teams.microsoft.com/l/meetup-join/19%3ameeting_NTM5NzE2Y2MtM2Y1YS00ODRlLWE2NzctNzQwZGRhYTY1Yjcw%40thread.v2/0?context=%7b%22Tid%22%3a%222aadf6ae-0850-426b-8ffd-c2a5b95af3b3%22%2c%22Oid%22%3a%2264eebe4d-21f9-4329-b6b1-8c0bf45ef547%22%7d

Imagem: DR.

Conferência online “As Constituições de Anderson – O Livro Fundador da Maçonaria Moderna”

Maio 27, 2020 em Atualidade, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 29 de maio, pelas 21h30, realiza-se uma videoconferência dedicada ao tema “As Constituições de Anderson – O Livro Fundador da Maçonaria Moderna”, proferida por Salvato Teles de Menezes, que é, entre outras, professor, filólogo, radialista, investigador e autor.



Este evento integra o Ciclo das Grandes Videoconferências da Maçonaria Portuguesa, que “começou no início da pandemia COVID-19, numa altura em que a Maçonaria Portuguesa estava suspensa” e insere-se “numa abordagem de temas maçónicos, através de videoconferências abertas à Sociedade em geral, pela primeira vez em Portugal”, refere a organização.

O Ciclo é organizado pela Grande Loja Simbólica de Portugal e a Grande Loja Simbólica da Lusitânia – Maçonaria Mista Portuguesa, que iniciaram este projeto “com o objetivo de abordar temas maçónicos através de videoconferências abertas à Sociedade portuguesa, pela primeira vez em Portugal”.

Já se realizaram “três conferências com as salas completamente esgotadas, com intervenções muito ricas e desmistificando uma imagem e estereótipo da Maçonaria que não tem haver com a realidade da mesma”, salientam, em nota.

A primeira foi dedicada ao tema “À conversa com Mozart e a Flauta Mágica”, conduzida por Carlos Otero. Seguiu-se “A Maçonaria e a Carbonária”, por José Abranches, e “A Maçonaria e o 25 de Abril”, por Vasco Lourenço.

Para participar nesta próxima videoconferência, basta clicar em um dos seguintes links:

Google Meet: https://meet.google.com/yqe-dukk-hrr

YouTube: https://youtu.be/hocOP42-tN4

Imagem: GLSP.

Conselho Estratégico do PSD de Barcelos debate “o presente e futuro da economia” em conferência online

Maio 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 16 de maio, pelas 21h30, a secção de Economia do Conselho Estratégico do PSD de Barcelos realizou uma Conferência online para debater o presente e o futuro da economia em consequência do COVID-19.



No intuito de serem apresentadas múltiplas perspetivas de análise, do painel de oradores fizeram parte Paulo Cunha (Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão), João Albuquerque (Presidente da ACIB – Associação Comercial e Industrial de Barcelos) e Carla Barros (Deputada do PSD na Assembleia da República, nas áreas de Trabalho e Segurança Social e Presidente dos TSD – Trabalhadores Sociais Democratas do Porto).

Na intervenção inicial, Paulo Cunha destacou o papel importante dos Municípios, quer durante a pandemia, quer na retoma da atividade económica, salientando que “tudo que não está estipulado que seja competência das Câmaras Municipais ou do Governo, tem ficado para a Câmaras resolver”, tendo os Municípios recursos muito limitados para fazer face a esse acréscimo de competências. Questionado sobre a importância do Made In na ajuda ao tecido empresarial famalicense a ultrapassar esta crise, destacou o apoio que este Gabinete da Câmara Municipal de Famalicão prestou, e presta, essencialmente, às micro e pequenas e médias empresas, assim como aos empresários em nome individual perante uma vasta legislação que foi saindo durante a pandemia, do qual o lay off simplificado é apenas um exemplo, assim como a consultoria que prestou ao tecido empresarial do Concelho. Mostrou-se, ainda, convicto de que tomou a melhor decisão em relação à abertura da Feira Semanal durante a quarentena, relativamente aos produtos alimentares, “foi uma decisão muito refletida e suportada por um parecer favorável à abertura da Feira por parte da Delegação de Saúde de Famalicão, tendo sido fundamental para apoiar os Nossos produtores locais”. Paulo Cunha terminou a conferência, referindo as dificuldades que atravessamos atualmente e que devemos encarar as mesmas como o desafio das Nossas vidas.

Para João Albuquerque, a situação na área empresarial não está a correr bem, já não estava antes da quarentena, mas agora ficou muito pior. Frisou ainda que o impacto económico e social no comércio barcelense será muito grande pois a maioria dos estabelecimentos comerciais está fechado já há cerca de dois meses e tratam-se de empresas de cariz familiar. Albuquerque destacou, ainda, a necessidade de ser criado um bom plano estratégico para a zona do Cávado e do Ave, que seja consistente e aponte para o investimento na área da formação para que a recuperação económica seja mais rápida. Por outro lado, as vendas online têm que ser a aposta de futuro, tornando-se necessária a utilização de plataformas robustas para o incremento do eCommerce. O Presidente da ACIB manifestou-se, também, contra a abertura das grandes superfícies no Concelho de Barcelos, não lhe parecendo que seja uma boa estratégia para o desenvolvimento do mesmo a abertura de uma grande quantidade de grandes superfícies, sem qualquer critério, como temos assistido nos últimos anos, reforçando a sua posição em defesa do comércio tradicional. Na sua intervenção final, Albuquerque salientou que, apesar das dificuldades, temos que encarar esta crise também como a criação de algumas oportunidades, que devem ser aproveitadas com o lançamento de novos projetos, com mais inovação e mais união.

A Deputada da Assembleia da República, Carla Barros, perspetivou que se inicie o ano de 2021 com uma taxa de desemprego na ordem dos dois dígitos e bem superior ao que tivemos na altura da Troika em Portugal, devido à forte contração do PIB que se espera. Destacou que a relações laborais vão alterar-se de forma muito significativa com esta crise, o Teletrabalho veio para ficar e as assimetrias regionais desta crise são evidentes. A Deputada Social Democrata terminou, deixando uma palavra de esperança, acreditando que vamos conseguir ultrapassar esta crise económica, financeira e de saúde pública.

Da parte da organização da Conferência, Joel Sá mostrou a sua satisfação pela partilha de opiniões relativamente a temáticas tão relevantes e atuais, assim como pelo elevado número de pessoas que a Conferência online permitiu alcançar, evidenciando que a sociedade está muito atenta às problemáticas que abordaram e que a Conferência foi uma aposta ganha. Referiu, ainda, que esta foi uma das Conferências online organizadas pelo Conselho Estratégico do PSD de Barcelos, perspetivando-se a organização de mais Conferências similares sobre temáticas diversas, que permitam ao Partido consolidar um pensamento estratégico para o Concelho de Barcelos.

Já José Novais, Presidente da Comissão Política do PSD Barcelos, salienta que “esta videoconferência sobre Economia foi mais um passo na afirmação do trabalho desenvolvido pelo Conselho Estratégico do PSD Barcelos, depois da Conferência sobre Saúde, com o Bastonário da Ordem dos Médicos; da Conferência sobre Violência Doméstica, com a Deputada Mónica Quintela; e da Conferência sobre Ambiente, com o Eng. Macário Correia”.

Instado a explicar, sucintamente, em que consiste este Conselho Estratégico, o Presidente da Concelhia Social-Democrata explica que o de Barcelos “foi replicado do Conselho Estratégico Nacional e teve como embrião o Gabinete de Estudos empossado na Conferência ‘A Ética na Política’, proferida pelo Dr. Rui Rio, e realizada no Hotel Bagoeira a 03 de fevereiro de 2017”. “O Conselho Estratégico envolve mais de uma centena de Militantes e não Militantes, distribuídos por dez Secções temáticas, compostas por dez a vinte Conselheiros cada uma, com o objetivo de contribuir para a ‘Construção de um Pensamento Estratégico para Barcelos’”, conclui.

A Conferência poderá ser visualizada, na íntegra, através do link:

Fonte: PSD-B.

Sessão webinar “O desconfinamento político. Que futuro para o centro/direita em Portugal”

Maio 18, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Conferência online com Nuno Melo, Francisco Mendes da Silva, Leitão Amaro e Miguel Morgado

Amanhã, dia 19 de maio, pelas 21h30, realiza-se uma conferência online, em forma de sessão webinar, que debaterá o “desconfinamento político” e o “futuro do centro/direita em Portugal”, contando com as intervenções de Nuno Melo, Francisco Mendes da Silva, Leitão Amaro e Miguel Morgado.



A organização está a cargo da Distrital do CDS-PP, que pretende abordar “uma perspetiva do centro/direita, com a visão de políticos do CDS-PP, mas trazer também a visão de dois quadros do PSD, Leitão Amaro e Miguel Morgado”. A transmissão da conferência será feita na página do Facebook: www.facebook.com/cdsppfazsentidoembraga/ .

“Em sequência de outros debates realizados, este webinar tem como objetivo central, discutir e promover o debate sobre questões de política nacional, com a visão distinta de quem está no centro/direita”, salienta a referida Distrital.

“A Distrital de Braga do CDS PP pretende, desta forma, contribuir para o esclarecimento público e acrescentar perspetivas relevantes para os grandes desafios que todos temos no futuro”, conclui.

Imagem: CDS-PP/Braga.


Ir Para Cima