Tag archive

Convento de Vilar de Frades

Concerto de Natal, em Vilar de Frades, junta músicos portugueses

Dezembro 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Convento de São Salvador de Vilar de Frades, em Areias de Vilar, recebe, na próxima sexta-feira, dia 21 de dezembro, pelas 21h00, o Coro e a Orquestra XXI, constituídos por cerca de 40 elementos (entre coro e orquestra), que se encontram a trabalhar e estudar fora de Portugal e que aproveitam a altura do Natal para regressar e atuar em conjunto.



Num concerto com entrada livre e cujo mote é o Natal, os músicos, juntos pela primeira vez em digressão, interpretam obras escritas para a quadra festiva como a Oratória de Natal de J. S. Bach, as duas primeiras cantatas, Responsórios para o Natal de Duarte Lobo e do Concerto Grosso para a noite de Natal de A. Corelli.

Desenvolvidos em parceria com a Direção Regional de Cultura do Norte, estes concertos irão passar pelo Convento de São Salvador de Vilar de Frades, pela Igreja de São Domingos (Sé de Vila Real, dia 22 de dezembro, 21h00 horas) e pela Igreja dos Clérigos (Porto, dia 23 de dezembro, 17h00).

 

Recital de flauta transversal e fado em Areias de Vilar

Agosto 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 26 de agosto, pelas 21h00, realiza-se um recital de flauta transversal e fado, que contará com as performances de Şefika Kutluer (flauta transversal), de Artur Caldeira (guitarra portuguesa) e de Daniel Paredes (guitarra clássica). O evento decorre no Convento de Vilar de Frades, em Areias de Vilar.



Natural de Ankara, na Turquia, Şefika Kutluer desenvolveu a sua carreira de solista em Viena e Roma. Tem vindo a apresentar-se nos mais conceituados palcos, tais como, concertos no Palácio das Nações, em Genebra, na Suíça, por ocasião do 60º aniversário da Organização das Nações Unidas; no Palácio de Espanha, na presença do Rei e da Rainha; e em Tóquio, no Japão, sob os auspícios do Príncipe Mikasa. O jornal The New York Times descreve-a como “Flauta Mágica”.

Artur Caldeira, natural de Braga, é licenciado em Guitarra Clássica, Mestre em Interpretação Artística e Especialista em Música – Guitarra, com título atribuído através de provas públicas. Estreou mundialmente várias obras para guitarra clássica e também para guitarra portuguesa e orquestra. Acompanhou alguns dos maiores nomes fadistas. Tocou em Portugal Continental e Ilhas, Espanha, França, Itália, Alemanha, Suíça, Marrocos, Moçambique, África do Sul e Turquia.

Já Daniel Paredes, natural de Wil, na Suíça, é licenciado em Guitarra Clássica pela Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo, frequentando atualmente o Mestrado em Interpretação Artística naquela prestigiada instituição. Participou no último álbum de Ricardo Ribeiro, escrevendo um arranjo que gravou com Artur Caldeira. Tocou em Portugal, Espanha, França, Suíça, Itália, Alemanha, Chipre, Roménia, Lituânia e Turquia.

Esta iniciativa conta com o apoio da Direção Regional de Cultura do Norte e da Câmara Municipal de Barcelos.

Imagens: AB.

Livros da Biblioteca do convento de Vilar de Frades recebem tratamento técnico

Junho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Os livros da biblioteca do antigo convento de Vilar de Frades, pertença do espólio biográfico da Biblioteca Municipal de Barcelos, estão a ser objeto de tratamento técnico, tendo em vista o seu estudo e valorização.



Este trabalho, que tem vindo a ser realizado desde fevereiro, é um projeto do Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, coordenado por José Meirinhos, financiado pela Direção Regional da Cultura de Norte, no âmbito da candidatura Mosteiros a Norte do Portugal 2020.

O projeto visa o estudo das bibliotecas monásticas no norte do país, desde o período medieval até ao período moderno de constituição das bibliotecas públicas, para compreender o seu papel na difusão e circulação do saber, na constituição de espólios em áreas específicas do saber e na formação de leitores e de escolas.

Após o primeiro contacto com o espólio do antigo convento de Vilar de Frades, constatou-se que havia necessidade de iniciar imediatamente um tratamento preventivo de limpeza e consolidação dos livros, ficando de hora a hipótese de restauro, que implicaria excessivos custos.

Em estudo estão 991 volumes, na sua generalidade em muito mau estado de conservação, que estão a ser objeto do tratamento necessário para os preservar da melhor forma (limpeza, ordenação, consolidação e reacondicionamento), seguindo-se a sua devida catalogação e indexação.

O projeto está dividido em três tarefas: consolidação e catalogação, de 1 de fevereiro de 2018 a 30 de junho de 2018; estudo, de 1 de fevereiro de 2018 a 31 de dezembro de 2019; difusão e publicações, de 1 de novembro de 2018 a 31 de dezembro de 2019.

Serão analisados os melhores meios para a publicação e difusão das publicações que venham a ser realizadas, bem como para o depósito dos livros em condições que favoreçam a sua consulta ou musealização.

A informação produzida será disponibilizada em diferentes suportes: catálogo físico e online e ficheiro em suporte eletrónico.

Fonte e foto: CMB.

Ir Para Cima