Tag archive

Covilhã

Gil Vicente perde na Covilhã em jogo decidido na segunda parte

Dezembro 21, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Gil Vicente deslocou-se à Serra da Estrela para defrontar o Sporting da Covilhã, no Estádio José Santos Pinto, em jogo a contar para a 18ª jornada.



Arbitrado por Artur Soares Dias (AF Porto), coadjuvado por Rui Licínio e André Dias, com Fábio Melo como 4º árbitro, o jogo começou com os seguintes onzes:

Sporting da Covilhã, treinado por José Augusto: Igor Rodrigues, João Dias, Zarabi, Joel, Paulo Henrique, Djikiné (Diarra, 47’), Reinildo, Gilberto (Índio, 57’), Renato, Adul Seidi (Hudson, 87’) e Fatai. No banco ficaram Igor Araújo, Amadú Turé, Moses e Gerson.

Já Jorge Casquilha, treinador dos gilistas, apresentou Rui Sacramento, Gabriel, Luiz Eduardo, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Ricardinho (Camara), Miguel Abreu (Sandro, 45’), James Igbekeme, Jonathan Rubio, Rui Miguel e Fall. No banco ficaram Júlio Neiva, Reko, Rafael Batatinha, Rui Faria e Tiger.

Na disciplina, os da casa foram “amarelados” três vezes e os gilistas duas: Gilberto (17’), Zarabi (21’), Renato (46’); Rui Miguel (38´) e Luiz Eduardo (47’).

O resultado acaba por ser enganador pois ao intervalo havia um empate a 0. Apenas na segunda parte os golos aqueceram a tarde na Covilhã. E foram três, todos para os da casa. O nigeriano Fatai abriu o marcador aos 61 minutos. Foi apenas nos 10 minutos finais que o resultado desequilibrou-se para os covilhanenses, com Diarra a marcar aos 81 minutos e três minutos depois, aos 84, Índio a fechar a contagem e a deixar o Gil Vicente a números irrecuperáveis: 3-0 para os da casa.

Os dados estatísticos comprovam que o equilíbrio foi a tónica do jogo, sendo que o resultado acaba por ser, um tanto ou quanto, enganador. Os gilistas foram mais rematadores (14 contra 13 remates; os da casa tiveram mais posse de bola (53% contra 47%), cometeram mais faltas (19-17) e foram mais vezes admoestados com cartões amarelos: 3-2; em cantos, houve um empate a 4 para cada lado.

Com esta derrota, o Gil Vicente mantém os 21 pontos, podendo ser ultrapassado por Cova da Piedade e Oliveirense, que ainda não jogaram (a Oliveirense joga ao início da noite) e vê o seu oponente de hoje a “colar-se”, ficando com os mesmos pontos.

A seguir há um interregno para os gilistas, que só voltam a jogar para a LEDMAN LigaPro no dia 6 de janeiro de 2018, pelas 16h00, recebendo o Real Massamá.

Imagem: GVFC (alterada). Foto: GVFC.

Futebolista Tarantini apresenta livro em Barcelinhos

Novembro 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 10 de dezembro, pelas 17h00, no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, Ricardo José Vaz Alves Monteiro, Tarantini no “mundo do futebol”, futebolista profissional no Rio Ave FC, apresenta o seu livro “A Minha Causa”.



Este livro é publicado pela Editora LEYA, sendo fruto da sua experiência, ao longo dos anos, como atleta profissional atuando na 1ª Liga, integrado no Rio Ave FC. No entanto, Tarantini nunca desistiu de investir na sua carreira académica e em 2014 concluiu o mestrado em Ciências do Desporto. Este livro é mais um sonho seu recentemente realizado.

Ricardo José Vaz Alves Monteiro nasceu em Gestaçô – Baião, em 1983. Aos 9 anos, a paixão pelo futebol fez com se iniciasse no Amarante FC. Ao entrar na Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, muda-se para o Sporting local – Sporting da Covilhã – mas não perdendo a ambição de chegar a um dos “grandes”. Da experiência na UBI resultaram duas licenciaturas e o início da sua experiência num clube profissional.

Agora, desloca-se a Barcelos, nomeadamente a Barcelinhos, para a apresentar este seu recente livro.

Ir Para Cima