Tag archive

Dance World Cup Portugal

Flash Li Dance conquista três “ouros” e vários pódios no Dance World Cup Portugal 2020

Março 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Na passada terça-feira, dia 25 de fevereiro, dia de Carnaval, a Flash Li Dance terminou a sua participação no Dance World Cup Portugal, que decorreu na Figueira da Foz, entre 21 e 25 de fevereiro.



O DWC Portugal é a semifinal de uma competição mundial (Dance World Cup), “em que os bailarinos selecionados representarão a dança ao mais alto nível, serão embaixadores de todos os profissionais e estudantes do nosso país, e terão a oportunidade de dançar sob o olhar de todo o mundo”, conforme refere a página do evento.

Já a Flash Li Dance salienta que foi “o culminar de muitos meses de um árduo trabalho. Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos em competição, mas acima de tudo muito orgulhosos do desempenho de todos os nossos alunos em palco”.

Enquanto professora, coreógrafa e diretora, Liliana Vilas Boas refere que “talvez tenha sido das competições mais desafiantes de fazer, sendo que é difícil levantar o ânimo de uma equipa que, por lesão, perde um dos seus elementos a 48h da prova e, enquanto coreógrafa, alterar sete coreografias nesse período, fazendo com que as alterações sejam o mínimo possível para os alunos e que a estrutura e execução da coreografia se mantenha intacta, quando há imensas partes de pares e elementos encadeados uns nos outros, em que a falha de um elemento condiciona tudo isso…foi obra!”, sendo que “conseguir que duas dessas coreografias sejam medalha de ouro e conseguir levar o público às lágrimas em uma delas (‘Lion King’)…foi arte! E nada me deixa mais feliz que fazer arte!”

Continua, salientando que “acima de tudo, porque somos uma escola, foi uma grande aprendizagem para todos os alunos em vários sentidos. É através de situações destas, e de muitas outras que estão inerentes à participação em competição, que se retiram aprendizagens de crescimento e de formação de carácter que se leva para a vida. Enquanto diretora desta escola, já o mencionei publicamente várias vezes, tão importante como formar bailarinos é transmitir valores de formação a todos estes jovens”, terminando com “os parabéns a todos os alunos por terem agarrado tão bem este desafio e agradecer a todos os encarregados de educação das turmas envolvidas nestas alterações, o esforço em colocarem os alunos em todos os ensaios adicionais nessas 48h” e desejando melhoras à jovem Matilde, que se lesionou.

No final, a Flash Li Dance conquistou três medalhas de ouro, onze de prata e três de bronze. Das 21 coreografias que levou, 17 ficaram apuradas para a final mundial que se disputará em Roma – Itália, no final de junho.

Seguem-se os resultados detalhados:

1º Lugar – “Exploradores” – Grupo Pequeno de Hip-Hop Mini (6 aos 9 anos);

1º Lugar – “Egípcias” – Grupo Pequeno de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

1º Lugar – “Lion King” – Grupo Grande de Acro Dance Júnior (14 aos 17 anos);

2º Lugar – “Little Birds” – Trio de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “The Band” – Grupo Pequeno de Jazz e Show Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Crazy Frog” – Grupo Pequeno de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Aladdin” – Grupo Grande de Show Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Indian Crew” – Grupo Grande de Hip-Hop Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Call Me” – Solo de Comercial Júnior (14 aos 17 anos) – Solista Patrícia Lopes;

2º Lugar – “Power Squad” – Grupo Pequeno de Hip-Hop Júnior (14 aos 17 anos);

2º Lugar – “Big Spender” – Solo de Jazz Sénior (18 aos 25 anos) – Solista Bruna Vilas Boas;

2º Lugar – “Girl Power” – Solo de Comercial Sénior (18 aos 25 anos) – Solista Bruna Vilas Boas;

2º Lugar – “Street Queens” – Grupo Pequeno de Comercial Sénior (18 aos 25 anos);

2º Lugar – “S.W.A.T.” – Grupo Grande de Hip-Hop Sénior (18 aos 25 anos);

3º Lugar – “Indígenas” – Trio de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

3º Lugar – “Hippies” – Grupo Grande de Hip-Hop Infantil (10 aos 13 anos);

3º Lugar – “Fuego” – Grupo Grande de Comercial Sénior (18 aos 25 anos).

A Flash Li Dance parabenizou, ainda, os seus alunos da coregrafia “Prison Gang” pelo “seu honroso 4º lugar na competição, em Grupos Grandes de Hip-Hop do escalão Júnior. Foi uma excelente prestação para uma 1ª competição”.

Fotos: FLD.

ARCA Dance Studio com 14 coreografias na final mundial da Dance World Cup

Março 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Das 19 coreografias, arrecada 11 medalhas

A Figueira da Foz recebeu, entre 1 e 5 de março, nova eliminatória de apuramento para a final mundial da Dance World Cup, a realizar em Braga.



De Barcelos e a representar a ARCA Dance Studio foram 70 alunos a competir e 70 alunos a ficarem apurados para a referida final mundial bracarense. A escola de dança apurou 14 coreografias, das 19 que levou a competição.

Das 14 coreografias da ARCA Dance Studio, onze chegaram ao pódio e quatro receberam a medalha de ouro — solo de Canto & Dança (Sénior), trio de Jazz & Show Dance (Sénior); grupo pequeno Canto & Dança (Sénior) e grupo grande Comercial (Infantil). A prata foi atribuída a um solo de Canto & Dança (Infantil), grupo grande Hip Hop (Júnior), Show Dance Sénior e Danças Tradicionais (Sénior). Em 3º lugar ficaram os grupos grandes nas categorias Show Dance e Comercial (Sénior) e Show Dance (Infantil).

A escola de dança, com sede em Arcozelo, conseguiu, ainda, alcançar o 4º lugar nas categorias de grupo grande Show Dance (Júnior) e Moderno (Sénior) e duo Canto & Dança (Infantil).

A coreografia “Rio”, que junta em palco 42 alunos com idades entre os 10 e os 25 anos, mereceu um prémio especial atribuído por John Grimshaw, diretor da Dance World Cup. “Este prémio apenas foi atribuído a duas outras academias, que são de muita qualidade. Este é o reconhecimento do trabalho e o melhor prémio que poderíamos ter conseguido”, afirmou Daniel Costa, diretor artístico da ARCA Dance Studio.

O coreógrafo parabenizou os alunos, a comunidade da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (A.R.C.A.) e a Academia Rosália Ferreira, que também garantiu lugar na final. “Com certeza, o Minho estará muito bem representado nas finais mundiais”, rematou.

Fotos: DR/ARCA.

Flash Li Dance com 38 coreografias na final mundial da Dance World Cup

Março 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Braga será o palco da final mundial da Dance World Cup, uma das maiores competições de dança do mundo. Para se chegar lá, realizou-se uma etapa final na Figueira da Foz, a Dance World Cup Portugal 2019, entre 1 e 5 de março.



A Flash Li Dance, com polo em Barcelos, levou 41 coreografias a concurso, tendo 38 delas alcançado o apuramento para a final de Braga. Ou seja, quase 100% de aproveitamento.

Em nota, a escola refere que “estes resultados são a recompensa por todo o trabalho ocorrido ao longo do processo de construção, que termina com a prova competitiva. Contudo, estes resultados também significam um trabalho ainda mais árduo até junho, dada a responsabilidade de representar o nosso país nas finais mundiais”.

Assim, as coreografias da Flash Li Dance alcançaram 9 primeiros lugares, 16 segundos, 8 terceiros e 5 quartos lugares. A coreografia “Mini-Executivos” recebeu uma premiação especial por parte do diretor da Dance World Cup International.

Foto: DR/FLD.

ARCA DANCE STUDIO traz bons resultados do Dance World Cup 2018 de Barcelona

Julho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 20 e 30 de junho, a escola de dança da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA), esteve em Sitges – Barcelona para participar, pela segunda vez consecutiva, naquele que é o maior concurso internacional de dança, o Dance World Cup, concurso que reúne escolas, academias, conservatórios e bailarinos de todas as partes do mundo.



Este ano, a ARCA Dance Studio fez-se representar por 8 coreografias e um total de 53 bailarinos, que juntamente com outros artistas de Portugal, integraram a comitiva portuguesa, representando, não só o país, mas também a cidade de Barcelos e a freguesia de Arcozelo.

Entre milhares de coreografias a concurso, todas as da ARCA ultrapassaram a pontuação de 80 pontos, numa escala de 0 a 100, o que, nas palavras de Daniel Costa, professor e coreógrafo da ARCA Dance Studio, “é resultado da crescente qualidade que o ensino de dança tem na nossa associação e, claro, do excelente desempenho, empenho e performance dos alunos”.

“A dança é uma actividade contínua, que exige preparação e prática regular e disciplinada ao longo dos anos, por isso, os resultados que vamos obtendo são o culminar de muitas horas de trabalho e dedicação.”, salienta.

O coreógrafo conta que “apresentámos 8 coreografias, um total de 53 bailarinos em praticamente todos os escalões e nos mais variados estilos de Dança: Jazz, Show Dance, Comercial, Hip Hop e em todos tivemos excelentes pontuações, o que só demonstra que, acima de tudo, somos uma escola versátil e, claro, que melhoramos de ano para ano, pois as pontuações e classificações deste ano foram bem melhores que as do ano passado”.

Assim, a ARCA Dance Studio obteve as seguintes pontuações/Classificações:

«Les Miserables», Grupo Show Dance, escalão Sénior – 83,5% – 10º Lugar, em 25 concorrentes; [ndr: na foto de destaque da notícia]

«Chicago», Trio de Jazz e Show Dance, escalão Sénior – 87,1 – 4º Lugar, em 17 concorrentes;

«Femme Fatale», Trio de Hip Hop, escalão Sénior – 83,9% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Feel it!», Grupo Hip Hop, escalão Júnior – 86,3% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Wonder Woman», Grupo Hip Hop e Comercial, escalão Júnior e Sénior – 83,5 – 22º Lugar, em 33 concorrentes;

«Clean it», Grupo Show Dance, escalão infantil – 84,7% – 9º lugar, em 16 concorrentes;

«Trolls», Grupo Hip Hop, escalão Infantil – 85,9% – 8º Lugar, em 16 concorrentes;

«Latin Groove», Grupo Comercial, escalão Infantil – 85,6% 7º Lugar, em 12 concorrentes;

Para finalizar, Daniel Costa deixa palavras de gratidão aos parceiros: “Deixamos o nosso agradecimento às instituições, empresas, entidades e particulares que nos apoiaram, pois este tipo de concursos e viagens envolvem custos demasiado altos para as famílias e bailarinos. Agradecemos também aos alunos, pais e toda a comunidade da ARCA, que nos últimos meses se desdobrou numa série de iniciativas para ajudar esta enorme comitiva a representar Barcelos e Portugal no Dance World Cup”.

Para o próximo ano, é a vez de Portugal abrir portas ao Dance World Cup. O evento vai ter lugar em Braga, no Fórum, e são esperados milhares de bailarinos e centenas de escolas, academias e conservatórios de todos os cantos do mundo. Para conseguir acesso às finais mundiais, as escolas portuguesas terão de participar nas semifinais, em março de 2019, na Figueira da Foz.

Fonte e fotos: ADS/DR.

A.R.C.A. com grandes resultados no “Dance World Cup Portugal”

Março 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

Na semifinal Portuguesa da “Dance World Cup”, que decorreu entre os dias 25 e 28 de fevereiro na Figueira Foz, a ARCA DANCE STUDIO apresentou a concurso nove coreografias, tendo qualificado cinco para a competição final mundial, que se realiza na cidade alemã de Offenburg, entre os dias 23 de junho e 1 de julho.

Em seniores, a ARCA DANCE STUDIO obteve o 1º lugar em grupo hip hop e street dance, o 2º em grupo jazz e show dance e o 3º em quarteto moderno. Em infantis, a ARCA DANCE STUDIO conseguiu o 2º posto em dueto/trio hip hop e street dance, o 3º lugar em grupo hip hop e street dance e o 3º posto em dueto/trio jazz e show.

ARCA-Dance-Studio_Figueira da Foz - 1

O “Dance World Cup Portugal” (DWC Portugal) é a semifinal de uma competição mundial (“Dance World Cup”), em que os bailarinos selecionados representarão a dança ao mais alto nível, serão embaixadores de todos os profissionais e estudantes do nosso país, e terão a oportunidade de dançar sob o olhar de todo o mundo.

Além da grande oportunidade de participar na final mundial do DWC, os bailarinos participantes habilitam-se a prémios e bolsas de estudo, que lhes abrirão portas à concretização de alguns dos seus sonhos.

Os bailarinos barcelenses foram avaliados por um júri internacional constituído por: Paddy Hurlings, professora e representante da British and International Federation of  Festivals and all England Dance; Luca Tozzi, bailarino, coreógrafo e professor convidado em várias companhias de ballet da Alemanha, Itália, Eslovénia, França e Suécia; Gustavo Oliveira, Bailarino e Coreógrafo, professor convidado do Conservatório Nacional de Lisboa e da Escola Superior de Dança, classificado pela Dance Europe nos 100 melhores bailarinos da época 2010-2011; Juan Enrique Jiménez, professor de ballet e bailarino em várias escolas internacionais; Bruno Milo, reputado bailarino italiano dos anos 80 que integrou várias companhias de dança italianas e, atualmente, é professor convidado em várias escolas internacionais; Adiarys Almeida, primeira solista do Boston Ballet, que nasceu e teve grande parte da sua formação em Cuba. Tem várias participações em companhias internacionais nos E.U.A e América do Sul; Nicolette Whitley, bailarina com diversas participações em teatro, TV e cinema. Recentemente, trabalha na Fallen Angels Dance Theatre; Célia Hernández, bailarina e coreógrafa com várias participações em Espanha e China; e Maria Luisa Carles, uma das maiores referências nacionais da dança contemporânea.

ARCA-Dance-Studio_Figueira da Foz - 2

O “Dance World Cup” tem mais de 15.000 jovens em todo o mundo, com idades compreendidas entre os 4 e 25 anos, a trabalhar para a qualificação na final, que é realizada anualmente em diferentes cidades. O “Dance World Cup” já passou por Jersey, Sardenha, França, Paris, Áustria, Villach e Algarve.

A final deste ano realiza-se na Alemanha, na cidade de Offenburg, onde são esperados representantes de cerca de 47 países.

A ARCA DANCE STUDIO é uma escola de dança que nasce a nível associativo, num projeto que pretender tornar a dança acessível a todas as classes sociais e, depois de quase uma década de trabalho e com os parcos recursos de que dispõe, está ao nível das melhores escolas de dança portuguesas.

ARCA-Dance-Studio_Figueira da Foz - 3

Fonte e fotos: A.R.C.A.

Ir Para Cima