Tag archive

Diogo Carlos

Aluno do Conservatório de Música de Barcelos conquista Bolsa “Julian Bream Trust”

Setembro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Bolsa no valor de 9.000 libras

Diogo Carlos, do Conservatório de Música de Barcelos, foi o único aluno selecionado pela Universidade Royal Academy of Music para um Recital restrito da lenda da Guitarra Clássica, Sir Julian Bream. Esteve, também, presente o mítico guitarrista John Williams.



O jovem barcelense é o primeiro português a alcançar tal mérito, fazendo agora parte da restrita lista de apenas seis guitarristas “apadrinhados” por Julian Bream, com 86 anos de idade, que é o expoente máximo da guitarra clássica e o continuador dos ensinamentos de Andrés Segovia.

Julian Bream foi, também, condecorado pela Rainha de Inglaterra pelo contributo à Cultura, foram muitos os compositores que lhe dedicaram obras, tendo gravado dezenas de discos e obtido o prémio Gramophone Award.

Já Diogo Carlos nasceu em 1999, em Barcelos. Iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música de Barcelos em 2009.

Apresenta-se regularmente em público, nomeadamente em Festivais Culturais como os Percursos da Música, Música no Salão, Festival Internacional de Música de Almada, Sente a História, entre outros.

Em 2016, durante o seu percurso musical no Conservatório de Música de Barcelos, foi admitido com Bolsa de Mérito na Guildhall School of Music and Drama. Contudo, optou por continuar os seus estudos musicais no Conservatório de Música de Barcelos sendo que, após um novo ano letivo de intenso trabalho foi admitido, com bolsa de mérito, na Royal Academy of Music, Universidade de Londres.

Obteve diversos prémios em Concursos Nacionais e Internacionais de Guitarra dos quais se destacam: 2º Prémio no III Festival Internacional de Guitarra de Guimarães; 2º Prémio no Concurso de Guitarra Luso-Espanhol (2016); 1º Prémio no Concurso Internacional de Música “Cidade de Almada” (2018); 1º Prémio na 3ª Edição do Concurso Ilda Moura e 1º Prémio no Concurso Internacional “V.N. Cerveira” (2018).

No presente mês de agosto, Diogo Carlos foi selecionado para um Recital dirigido à lenda da Guitarra Clássica Julian Bream e ao mítico guitarrista John Williams. Como resultado da excelência da sua performance, foi-lhe atribuída a Bolsa “Julian Bream Trust”, fazendo deste jovem o primeiro guitarrista português a receber tão importante distinção.

Diogo Carlos integra a reduzida lista de seis guitarristas “apadrinhados” por Julian Bream, figura ímpar da cultura musical e, também por isso, condecorado pela Rainha de Inglaterra.

Os alunos do professor de Guitarra do Conservatório de Música de Barcelos, Francisco Gomes, são regularmente premiados em concursos nacionais e internacionais e admitidos em universidades conceituadas, tais como, Guildhall School of Music and Drama, Real Conservatório Superior de Música de Madrid, Royal Academy of Music e Trinity College of Music.

“A sua dedicação ao Ensino Artístico Especializado da Música reflete a política educacional do Conservatório de Música de Barcelos na procura da excelência e que faz desta instituição uma referência no panorama português”, refere o Conservatório barcelense.

Fotos: DR.

Esta noite, a “Música no Salão” fica a cargo de Diogo Carlos e Edgar Fortes

Agosto 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos promove um ciclo de concertos no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com o objetivo de valorizar o património musical. A iniciativa denomina-se de “Música no Salão” e realiza-se uma vez por mês, ao longo de 2018.



Desta feita, já esta noite, pelas 21h30, poderá assistir a um recital de guitarra clássica com acompanhamento de piano, por Diogo Carlos e Edgar Fortes.

Diogo Carlos nasceu em Barcelos, a 4 de julho de 1999, tendo iniciado os estudos musicais no Conservatório de Música de Barcelos em 2009. Frequenta, atualmente, a Classe de Guitarra do professor Francisco Gomes. Frequentou master classes de Guitarra com Dejan Ivanovic, Hugo Sanches, José Pina e Pedro Rodrigues.

Faz apresentações regulares em público, nomeadamente em recitais de guitarra para jovens guitarristas. Foi admitido, em 2016, na Guildhall School of Music & Drama, da Universidade de Londres.

Já venceu vários prémios em concursos de guitarra, tais como:

2016 – 2º PRÉMIO III Festival Internacional de Guitarra de Guimarães;

2017 – 3º PRÉMIO Concurso Nacional de Guitarra “Cidade de Gaia”;

2017 – 2° PRÉMIO Concurso de Guitarra Luso-Espanhol;

2017 – 3° PRÉMIO XII Concurso Nacional de Guitarra de Ourém;

2018 – 1º PRÉMIO Concurso Internacional de Música “Cidade de Almada”.

2018 – 1º PRÉMIO no Prémio Ilda Moura 3ª Edição;

2018 – 2º PRÉMIO XII Concurso de Guitarra Luso-Espanhol;

2018 – 3º PRÉMIO Concurso Nacional de Guitarra “Cidade de Gaia”;

2018 – 1º PRÉMIO Concurso Internacional de Guitarra “V.N. Cerveira;

2018 – 3º PRÉMIO 19º Concurso Internacional Cidade do Fundão.

Em 2017, foi admitido na Royal Academy of Music, da Universidade de Londres, com bolsa de mérito.

Edgar Fortes é pianista, tendo nascido em Braga a 21 de outubro de 1999.

Também iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música de Barcelos, igualmente com 10 anos de idade, na classe do professor Daniel Gonçalves. Concluiu o 9º ano e o 5º grau com 15 anos, tendo interrompido os seus estudos no referido Conservatório.

Apresenta-se, de forma regular, em público, executando diversos estilos musicais. Frequentou master classes de piano com Bruno Belthoise e Serghei Covalenco.

Retomou os seus estudos musicais em 2017, tendo concluído o 6º grau e o curso secundário de Ciências e Tecnologias.

Fonte e imagem: AB.

Juliana Macedo, aluna do Conservatório de Música de Barcelos, admitida em conceituada escola de Barcelona

Julho 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Segundo avança o Conservatório de Música de Barcelos, Juliana Eiras Macedo, da classe de canto da professora Maria João Matos, foi admitida no prestigiado Conservatori Superior del Liceu de Barcelona, nesta cidade espanhola.



Esta é uma instituição de ensino fundada em 21 de fevereiro de 1837, cuja equipa fundadora era liderada por Manuel Gibert Sans, com o intuito de ser um centro de aprendizagem dedicado à música, canto e teatro para a vida cultural da sociedade de Barcelona. A 10 de novembro desse mesmo ano, a Sociedad Dramática de Aficionados– nome com que foi fundada – passa a chamar-se Liceo Filarmónico Dramático de Montesión. Ao longo dos anos, vai alterando o nome, até ao atual, e de localização, dispondo, atualmente, de instalações bem modernas.

Por esta instituição de ensino superior artístico passaram, entre outros, como alunos e/ou professores, nomes como os compositores Mariano Obiols e Joan Guinjoan, o violoncelista Pau Casals ou a grande soprano Montserrat Caballé. A escola tem como Presidente de Honra a Rainha Sofia de Espanha.

Em nota, o Conservatório de Música de Barcelos felicitou “a aluna e a professora por mais este sucesso educativo”.

Três alunos vencem três prémios em Vila Nova de Cerveira

Entretanto, nos dias 23 e 24 de junho, três alunos do Conservatório de Música de Barcelos participaram no Concurso Internacional de Guitarra de Vila Nova de Cerveira. Os alunos em questão pertencem à Classe de Guitarra do professor Francisco Gomes.

Assim, Hugo Eira conseguiu um 2º prémio na Categoria A; Inês Vilas Boas conseguiu, igualmente, um 2º prémio, mas na Categoria B; e Diogo Carlos venceu o 1º prémio na Categoria D.

Fotos: DR.

Ir Para Cima