Tag archive

Ecologia

Amigos da Montanha e “Mãos à Obra” em ação de limpeza na Franqueira

Outubro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Amigos da Montanha e o projeto “Mãos à Obra” juntaram-se na manhã do último sábado para limpar o Monte da Franqueira, em Barcelos.



Esta área foi já alvo de ações dos Amigos da Montanha, por diversas vezes, e resultou, novamente no último sábado, na recolha de grande quantidade de lixo espalhado por um dos locais mais emblemáticos do concelho.

E, uma vez mais, pelo monte, os voluntários que se juntaram a esta ação encontraram todo o tipo de lixo, nomeadamente, pequenas embalagens, garrafões, pneus, além dos designados “monstros domésticos”. No final da limpeza, “deixou de pertencer a este cenário o lixo equivalente a um contentor de 10 m3”, refere José Gonçalves, Vice-Presidente dos Amigos da Montanha para o Ambiente.

A iniciativa contou com a presença de um número significativo de jovens, um “ponto extremamente positivo”, salienta José Gonçalves

Relembre-se que este projeto faz parte das muitas iniciativas da Associação de Barcelinhos, no que concerne à preservação do meio ambiente, nomeadamente, com a limpeza e a reflorestação de grandes áreas.

Já para o início de 2020, os Amigos da Montanha têm prevista uma ação de reflorestação em Barcelos.

Fonte e fotos: AM.

Amigos da Montanha juntam-se ao projeto “Mãos à Obra”

Setembro 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Amigos da Montanha juntaram-se ao projeto “Mãos à Obra” e, no dia 22 de setembro, vão estar presentes na limpeza do Monte da Franqueira, uma área que já foi alvo de ações dos Amigos da Montanha por diversas vezes e que, este ano, tinha nova iniciativa prevista.



Com o movimento “Mãos à Obra”, os Amigos da Montanha “juntam esforços e concretizam a iniciativa de limpeza já prevista, em concertação com o realizado no resto do país no âmbito do projeto”, refere a associação barcelinense em nota.

O ponto de encontro para a limpeza será na Igreja de Nossa Senhora da Franqueira às 9h30. A atividade tem final previsto para as 13h00.

Às pessoas que se inscreverem na sede dos Amigos da Montanha, será disponibilizado transporte desde Barcelinhos.

Foto: AM.

“Mãos à Obra” no dia 22 de setembro em Barcelos

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 22 de setembro, pelas 10h00, realiza-se uma ação de limpeza que terá lugar nos Montes do Facho e da Franqueira.



E o que é o “Mãos à Obra”? Este é um projeto iniciado “na esperança” de ajudarem “a mitigar os efeitos nefastos que a poluição tem para o ambiente”.

Esta iniciativa foi criada por uma jovem estudante, originária da Figueira da Foz, que conta com mais de 62.000 seguidores na rede social Twitter.

O principal objetivo é “conseguir limpar o máximo de ruas das cidades em que moramos, as praias e as matas/serras do nosso país, que são constantemente fustigadas com toneladas de lixo, sendo exemplo disso a quantidade de plásticos e vidros que diariamente perturbam a flora e o ecossistema do nosso meio ambiente”, refere ao Barcelos na Hora um representante do projeto.

No passado dia 1 de agosto divulgaram o projeto e os objetivos a que se propõem. Encetaram, de imediato, contactos com mais jovens de várias zonas do país e, em poucos dias, conseguiram juntar, no mesmo propósito, milhares de pessoas – cerca de 12 mil a nível nacional – interessadas em cooperar com o projeto.

Neste momento, já têm constituídos mais de 100 grupos de trabalho, estrategicamente dispersos e organizados, cada um com um representante, por diversas zonas do país, para além de Barcelos. A saber:

Abrantes, Açores (Madalena do Pico), Alentejo Litoral, Almada, Amarante, Arcozelo, Arganil, Arruda dos Vinhos, Aveiro, Barreiro, Beja, Braga, Caldas da Rainha, Castelo Branco, Castro Verde, Chaves, Coimbra, Covilhã, Entroncamento, Espinho, Esposende, Évora, Famalicão, Faro/Olhão, Felgueiras, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Guimarães, Ilha da Madeira, Lagoa – Algarve, Leiria, Lisboa (subdivida em 6 zonas), Loulé, Malveira –  Venda do Pinheiro, Malveira, Marco de Canaveses, Moita, Montemor-o-Novo, Montemor-o-Velho, Montijo, Odivelas, Oliveira de Azeméis, Ourém, Paços de Ferreira, Peniche, Portimão, Porto, Póvoa de Varzim, Quarteira, Santarém, Seixal, Setúbal, Sousel, Tábua, Tavira, Tomar, Torres Vedras, Viana do Alentejo, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vila Real St. António, Vila Real, Vila Verde, Viseu, entre outros.

Para se inscrever nesta iniciativa em Barcelos, e porque a organização irá ter seguro, basta clicar no seguinte link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScHPg_Ic7LNGISjoBzNmrXt9dilsa2tEbitAjEkdc_re5LqEQ/viewform?usp=sf_link

Imagens: MàO (a imagem de destaque foi alterada).

[Ndr: notícia atualizada a 15.09.2019, pelas 20h50]

Barcelos vai calcular pegada ecológica

Maio 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 10 de maio, o acordo de colaboração com a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável para desenvolver o projeto “Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses”, em parceria com a Universidade de Aveiro e a Global Footprint Network



A pegada ecológica é uma importante ferramenta de avaliação e monitorização para os governos nacionais e locais que procuram reduzir os riscos e adaptarem-se às alterações climáticas, fomentando uma sustentabilidade global. O cálculo da pegada ecológica pode fornecer um roteiro para uma comunidade que, agora e num horizonte de 20 anos, está a tentar tornar-se ambientalmente saudável, economicamente próspera e equitativa.

O método base a utilizar para calcular a pegada global será o da Global Footprint Network, o mais reconhecido à escala global, permitindo, desta forma, a comparação dos resultados obtidos com qualquer outra cidade ou região do mundo.

As principais vantagens da avaliação e monitorização da pegada ecológica ao nível local são: obter um índice de sustentabilidade ambiental mundial e cientificamente reconhecido para o nível municipal, que prova ser eficaz na sensibilização dos cidadãos e no aumento do envolvimento da comunidade; destacar o papel das cidades / municípios nos debates globais e nacionais sobre sustentabilidade; ajudar os governos locais a acompanhar a procura de capital natural de uma população num dado município ou região e comparar essa procura com o capital natural disponível; informar sobre um amplo conjunto de políticas, que vão desde os transportes, à alimentação, à construção de infraestruturas e ao desenvolvimento do parque habitacional, por forma a determinar quais as propostas e ações mais relevantes; destacar a importância das decisões de infraestruturas de longo prazo; adicionar valor aos conjuntos de dados existentes sobre produção, comércio e desempenho ambiental, fornecendo uma estrutura abrangente para os interpretar.

No seguimento da política desenvolvida pela Câmara de Barcelos no âmbito de adaptação às alterações climáticas, o projeto “Pegada Ecológica dos Municípios Portugueses” visa, ainda, desenvolver investigação inovadora, não só ao nível da informação sobre a biocapacidade local, bem como na construção de políticas públicas que permitam a coesão territorial, a sustentabilidade e a equidade entre as diversas regiões do país.

O estudo decorrerá por um período de dois anos. No primeiro, será feita a avaliação da pegada ecológica e da biocapacidade de Barcelos e a sua contribuição para a média nacional; no segundo, será desenvolvida a calculadora da pegada ecológica online, específica para o concelho de Barcelos, permitindo que a sociedade civil calcule a sua própria pegada ecológica. Esta ferramenta será hospedada no site do Município e poderá ser usada em vários projetos pelas autoridades locais. O acordo de colaboração prevê, também, um workshop para discutir os resultados da pegada ecológica e opções de mitigação.

O projeto será financiado pelo Município de Barcelos em 20 mil euros por cada ano.

Fonte e foto: CMB.

Câmara de Barcelos revela que campanha de ecopontos domésticos e compostores “foi um sucesso”

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A campanha de distribuição de ecopontos domésticos e compostores, desenvolvida pelo Município de Barcelos em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM), no âmbito de um projeto conjunto de sensibilização para a recolha seletiva e compostagem, revelou-se “um sucesso”, de acordo com o Município.



Entre outras iniciativas, como a realização de palestras abordando a temática da compostagem doméstica, a campanha, dirigida a toda a população do concelho de Barcelos, contemplava a distribuição gratuita de 1173 ecopontos domésticos e 351 compostores, tendo os equipamentos esgotado, dado o elevado número de solicitações.

A entrega dos equipamentos aos requerentes é, agora, feita de forma faseada, tendo a primeira ação decorrido hoje, 29 de agosto, no Estádio Cidade de Barcelos.

O Vereador do Ambiente, José Beleza, mostrou-se muito agradado com a adesão à iniciativa, que “excedeu as expectativas” e “permite que a recolha seletiva no concelho aumente cada vez mais”, notando que, neste domínio, se verifica um crescimento em relação ao ano passado e que o objetivo é manter essa tendência positiva no futuro.

“A grande adesão a esta iniciativa motiva-nos a termos mais ações no concelho com vista a uma cada vez maior sensibilidade ambiental”, sublinhou José Beleza.

As próximas ações de entrega de ecopontos domésticos decorrerão nos dias 4, 12 e 14 de setembro, no Estádio Cidade de Barcelos. No dia 14, pelas 18h00, no auditório do Estádio Cidade de Barcelos, realiza-se, também, uma palestra sobre a utilização do compostor.

Esta Campanha de Sensibilização Intermunicipal para a Recolha Seletiva e Compostagem domestica na NUT III Cávado é um projeto promovido pela CIM Cávado e cofinanciado pelo PO-SEUR – Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Fonte e fotos: CMB.

[ESGOTADOS] Município de Barcelos disponibiliza, gratuitamente, ecopontos domésticos e compostores

Agosto 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

ATUALIZAÇÃO:

O Município de Barcelos fez saber que “os ecopontos domésticos e os compostores que estavam a ser distribuídos pelo Município de Barcelos, em parceria com a CIM Cávado, já esgotaram. Os munícipes que fizeram a requisição serão avisados por e-mail da data e local da entrega do equipamento”. Assim, desta forma, esta notícia fica desatualizada pois já não há mais ecopontos e compostores.

O Município de Barcelos, em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), está a promover uma campanha de sensibilização para a recolha seletiva e compostagem doméstica.



Esta campanha tem como principal objetivo “sensibilizar para a importância da recolha seletiva dos resíduos, bem como para a valorização dos resíduos biodegradáveis, procurando assim fomentar a valorização dos resíduos orgânicos e reduzir a deposição final em aterro”, salienta o Município.

A campanha, dirigida a toda a população residente no concelho, prevê a realização de palestras, abordando a temática da compostagem doméstica, assim como a distribuição gratuita de 1173 ecopontos domésticos e 351 compostores.

Os interessados em beneficiar desta campanha devem, apenas, preencher a ficha de inscrição que se encontra disponível no site do município e enviar para gambiente@cm-barcelos.pt.

Esta Campanha de Sensibilização Intermunicipal para a Recolha Seletiva e Compostagem domestica na NUT III Cávado é um projeto promovido pela Comunidade Intermunicipal de Cávado e cofinanciado pelo PO-SEUR – Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Foto: CMB.

Ndr: notícia atualizada às 22h35 de dia 22-08-2018.

Câmara de Barcelos leva a cabo atividades no âmbito da Semana do Ambiente

Maio 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos promove, entre 2 e 8 de junho, e em parceria com a CIM-Cávado e a Agência de Energia do Cávado, várias atividades relacionadas com a natureza, no âmbito da Semana do Ambiente, “que visam, essencialmente, dar a conhecer as potencialidades do património ambiental através de uma vertente lúdica”, refere o Município.



No dia 2 de junho, a partir das 8h30, decorre a 4.ª Caminhada Ecológica “Pelas margens do Rio Neiva”, descendo até Panque, ao longo de dez quilómetros, num percurso pedestre que deverá durar cerca de três horas. O ponto de encontro será na Avenida da Liberdade, seguindo-se o transporte de autocarro até Balugães e que é assegurado aos inscritos pela organização.

No dia seguinte, também a partir das 9h30, decorre a já tradicional descida do Rio Cávado em canoa, com início em Areias de Vilar (junto ao açude) e término no areal de Barcelinhos. O percurso tem a distância aproximada de sete quilómetros e estima-se o tempo de descida em três horas. A inscrição assegura, além das canoas, um seguro de acidentes pessoais, coletes a todos os participantes e reforço alimentar no final da atividade. O ponto de encontro será junto à sede da Associação Amigos da Montanha, onde os participantes partem em transportes da organização para Areias de Vilar.

“Barcelos Cuida do Rio” acontece no dia 5 de junho, às 14h00, sendo uma iniciativa de sensibilização aberta a toda a população, que tem como objetivo principal abordar o impacto de plantas invasoras, em particular o jacinto-de-água, e o papel ativo do Município de Barcelos na defesa do Rio Cávado.

Os participantes terão, ainda, a oportunidade de fazer um passeio interpretativo, de barco, com o apoio das corporações de bombeiros do concelho. O ponto de encontro será na Avenida da Liberdade e tem como destino Areias de Vilar.

A Semana do Ambiente continua no dia 6 de junho, no Teatro Gil Vicente, com um concerto de Filipe Pinto, que apresentará “O Planeta Limpo”, projeto literário e musical de educação ambiental. O espetáculo, com início às 14h30, é dirigido a crianças e consiste numa adaptação para teatro dos textos da autoria de Narciso Moreira e Filipe Pinto, no livro homónimo, tocando em questões tão relevantes como os solos, a água, reciclagem e florestas. À noite, pelas 21h30, a semana ambiental chega aos ecrãs através da exibição da curta-metragem “Cinema Ambiental”, filme documental resultante do CineEco-Seia, Festival Internacional de Cinema da Serra da Estrela.

Para concluir a programação da Semana do Ambiente, no dia 7 de junho, às 14h00, decorre a visita ao Aterro Sanitário do Vale do Lima e Baixo Cávado (Resulima).

No dia 8, às 9h30, realiza-se a visita à Estação de Tratamento de Água – Águas do norte (Areias de Vilar). Ambas as visitas têm concentração na Avenida da Liberdade e transporte assegurado.

Durante os dias 4 e 24 de junho, inserido na Semana do Ambiente, estará presente na Sala Gótica a exposição “Fotografia Ambiental”.

Tanto para a descida do rio, como para a caminhada ecológica, a inscrição é gratuita mas deverá ser efetuada através do e-mail gambiente@cm-barcelos.pt indicando nome, contacto telefónico e data de nascimento.

Para assistir a qualquer uma das atividades gratuitas no Teatro Gil Vicente deverá reservar bilhetes através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagens: CMB.

Formação gratuita “Multiplicação de Plantas – Enxertia e Alporquia”

Dezembro 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos, através do Pelouro do Ambiente, organiza, no próximo dia 19 de janeiro de 2018, entre as 10h00 e as 18h00, uma formação com o tema “Multiplicação de Plantas – Enxertia e Alporquia”.



A formação será orientada pelo Eng.º. José Pedro Fernandes, no Estádio Cidade de Barcelos e é dirigida à população em geral, com participação gratuita.

Serão abordados diversos tipos de enxertias, as épocas de realização (inverno e verão), as espécies em que se pode aplicar e os principais cuidados fitossanitários, bem como a produção de alporques. Também serão conduzidas experiências práticas com os participantes, a título de exemplificação.

Tal como referido, a participação é gratuita, embora com inscrição obrigatória e limitada a 40 formandos (por ordem de inscrição). Para efetuar a inscrição, os interessados deverão enviar e-mail com nome, morada e contacto telefónico para o seguinte endereço eletrónico: gambiente@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagem: AB.

Exposição “Natal Ecológico” está patente na Casa da Juventude

Dezembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Desde 11 de dezembro, e até 8 de janeiro de 2018, está patente na Casa da Juventude a exposição “Natal Ecológico”, com trabalhos de várias instituições e estabelecimentos de ensino do concelho de Barcelos.



A exposição é o resultado de um projeto do Pelouro do Ambiente e consiste na elaboração de um trabalho alusivo à época Natalícia, elaborado com materiais reutilizados/reciclados. No final, serão atribuídos prémios aos três melhores trabalhos.

Participam neste concurso 13 estabelecimentos de ensino e instituições do concelho, com 16 trabalhos. São elas o Jardim de Infância de Moure, Jardim de Infância de Reimonde – Carreira, Jardim de Infância de Padrão – Carreira, Jardim de Infância de Chavão, Escola Básica 1 de Caminhos – Lama, Escola Básica e Secundária de Vila Cova, Escola Básica 1 de Padrão – Carreira, Escola Básica 1/Jardim de Infância de Creixomil, Centro Social e Paroquial de Areias de Vilar, Centro Social de Cultura e Recreio da Silva, Casa do Povo de Alvito – CATL mais o seu Jardim de Infância e a Valência Sénior, da Associação Social, Cultural e Recreativa de Creixomil, da APACI – CAO e da APACI – CAO – Centro Dr. Aníbal Araújo.

Fonte e imagem: AB.

Palestra “Reabilitação e Limpeza de Rios e Ribeiras” no Auditório da Biblioteca

Março 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 31 de março, já amanhã, pelas 21h00, a Câmara Municipal de Barcelos, através do Pelouro do Ambiente, promove a Palestra “Reabilitação e Limpeza de Rios e Ribeiras”, no Auditório da Biblioteca Municipal.



De acordo com o Município, “considerando que os espaços ribeirinhos têm um alto valor ecológico e são potencial de desenvolvimento social, podem ser utilizados como fonte de conhecimentos, laboratório de descoberta e investigação, e são um espaço de lazer. Pretende-se com esta palestra conhecer e valorizar os recursos hídricos nos seus ecossistemas.”

A palestra será orientada pelo Eng.º Pedro Teiga e é dirigida a técnicos, juntas de freguesia, proprietários de terrenos marginais a linhas de água e à população em geral.

Na palestra serão abordados os seguintes temas:

  • Princípios de Reabilitação;
  • Metodologia de Reabilitação Fluvial;
  • Implementação de Estratégia de Reabilitação Fluvial à Escala Municipal;
  • Casos de Estudo com intervenções exemplares;
  • Melhores Práticas em Limpeza e Intervenção Fluvial.

A participação é gratuita, embora com inscrição obrigatória. Para efetuar a inscrição, os interessados deverão enviar e-mail com nome e contacto telefónico para o seguinte endereço eletrónico: gambiente@cm-barcelos.pt.

Complementando esta palestra será realizado, nos dias 6 e 7 de abril, o workshopReabilitação fluvial com técnicas de engenharia natural“, onde serão desenvolvidos os conceitos de reabilitação, técnicas de engenharia natural e estabilização de margens, incluindo saídas de campo com vista à caracterização e observação in loco das disfunções, valores ecológicos e patrimoniais presentes nas margens fluviais.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CMB.




Ir Para Cima