Tag archive

Escola Superior de Tecnologia do IPCA - page 3

IPCA abre inscrições para Provas de Acesso a Maiores de 23 anos

Abril 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 9 e 22 de abril, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai abrir as candidaturas para as Provas Especialmente Adequadas, Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores do IPCA dos Maiores de 23 Anos (Provas M23).



Estas provas destinam-se a permitir às pessoas que completem 23 anos de idade até ao dia 31 de dezembro do ano anterior que antecede a sua realização e que não tiveram oportunidade de frequentar o ensino superior, a possibilidade de o fazerem. Visam facultar o acesso ao ensino superior a candidatos que demonstrem possuir competências para a frequência de um curso superior.

O IPCA promoveu, durante o mês de março, Cursos de Preparação para as Provas M23. A Escola Superior de Tecnologia (EST) lecionou Cursos de Matemática, Informática e Física; a Escola Superior de Gestão (ESG) teve cursos na área da Economia e do Direito a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) promoveu o curso de Português.

Na página da Divisão Académica do IPCA pode-se consultar o regulamento das provas especiais de acesso ao Ensino Superior, para maiores de 23 anos, bem como o calendário das provas.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA acolhe mais uma edição de “Board Games Meeting”

Março 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 10 de março, entre as 14h00 e as 22h00, a Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, acolhe mais uma edição de “Board Games Meeting”



O “Board Games Meeting” tem como objetivo dinamizar a criação de jogos de tabuleiro, realizando-se, mensalmente, no Centro de Investigação & Desenvolvimento.

A organização deixa um convite a todos. “Vem conviver e partilhar a tua paixão pelos jogos de tabuleiro. Contamos com a tua presença!”, refere.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA marca presença na 11ª edição da QUALIFICA, na EXPONOR

Fevereiro 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 1 e 4 de março, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) marca presença na QUALIFICA – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, na EXPONOR.



Em stand próprio, o IPCA vai estar representado pelas suas quatros Escolas: Escola Superior de Gestão (ESG), Escola Superior de Tecnologia (EST), Escola Superior de Design (ESD) e Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), que irão promover um conjunto de atividades ao longo desses quatro dias.

A ESG vai ter em mesa o desafio do marshmallow, que consiste em valorizar o trabalho em equipa. Com esparguete, fio, fita-cola e um marshmallow no topo, os participantes têm de construir a maior torre dentro do tempo estabelecido.

É no desafio da EST que vai sair o “Condutor mais rápido da QUALIFICA”, onde os participantes, através do simulador de condução, serão pilotos de uma competição de carros. Além desta atração, também têm acesso a um jogo de realidade virtual, onde através de uns óculos podem ver a realidade aumentada.

A ESD, para além da exposição de trabalhos dos alunos de Design Gráfico e Industrial, vai participar no Desfile de Moda, com a temática “Love the Planet” em que o desafio é apresentar coleções que recorram a tecidos orgânicos, material reciclado e peças reutilizadas. A aluna Sara J. Lopes, de Design de Moda, do Curso Técnico Superior Profissional, vai encher a passerelle da QUALIFICA, com a coleção “Tramp Royale”, em que o conceito da marca é a conscientização para com os gastos do mundo da moda.

A ESHT procura o “Verdadeiro Turista da QUALIFICA”. Com um Quizz bastante animado e interessante, os participantes são desafiados a testar a cultura geral acerca das tradições e costumes do nosso país.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a presença do IPCA nesta Feira de extrema importância, pois “para além de divulgar e promover o IPCA e a nossa oferta formativa também aproxima a instituição à sociedade e a potenciais estudantes”.

A Feira começa no dia 1 de março e a abertura oficial está agendada para dia 2, pelas 11h00, com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e, pelas 14h00, com a presença do Ministro do Trabalho e da Segurança Social, José António Vieira da Silva.

Fonte e imagens: IPCA.

Exposição “Digital Games@IPCA” no GNRation, em Braga

Novembro 23, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 25 de novembro, sábado, estarão em exposição, no edifício GNRration, em Braga, entre as 17h00 e as 23h00, cinco projetos de alunos de Mestrado e Licenciatura, na área do desenvolvimento de Videojogos, da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (EST/IPCA).



A exposição está integrada no evento “OCUPA#2”, dedicado à divulgação artística, no âmbito das Media Arts, desenvolvido por criadores da região de Braga. Os jogos digitais são um elemento relevante no campo das Media Arts, pois integram criatividade, arte, narrativa, som e tecnologias avançadas de interação e computação. A exposição integra trabalhos correspondentes a projetos de licenciatura e mestrado, na área de investigação e desenvolvimento em jogos digitais, e apresenta um conjunto de cinco projetos que recorrem a diferentes tecnologias de interface. A entrada na exposição é gratuita.

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) é uma instituição de ensino superior pública onde, desde 2009, o curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais tem vindo a formar profissionais vocacionados para a indústria dos videojogos. Em março de 2014, o Campus do IPCA, em Barcelos, viu nascer o Centro de Investigação e Desenvolvimento de Jogos Digitais e, em 2016, arrancou também o Mestrado em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais (MEDJD), sendo estes os únicos cursos de engenharia de jogos digitais em Portugal.

O IPCA pertenceu ao Conselho Consultivo da candidatura da cidade de Braga a Cidade Criativa da UNESCO para as Media Arts, contribuindo com as suas atividades e projetos nas áreas do ensino, investigação e desenvolvimento nos Jogos Digitais, Media Arts, Ilustração e Animação.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA torna o seu Campus mais verde, saudável e seguro

Outubro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo ano prevê-se a abertura das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e da Biblioteca do IPCA no Campus do IPCA.



O IPCA “é uma instituição com preocupações no campo da responsabilidade intergeracional, vocacionada para a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis. A política do IPCA assenta num Campus ‘amigo’ de todos, sem esquecer os que têm necessidades especiais, designadamente com a inexistência de barreiras arquitetónicas”, refere a instituição barcelense em nota enviada a este jornal

Os acessos, quer por via pedonal, quer pela via automóvel, que se encontram quase prontos, tornam o Campus ainda mais amplo e mais aberto à comunidade. Os espaços verdes, seguros e monitorizados, estão a crescer e a mobilidade sustentável começa a ganhar dimensão com a ciclovia e a futura promoção do uso de bicicletas através do projeto U-BIKE. A construção de um Pavilhão multiusos vai proporcionar a prática frequente de desporto no Campus, assim como o desenvolvimento de atividades laborais e lúdicas.

Desta construção, é de destacar a promoção da eficiência energética por sistema fotovoltaico, e consequente melhoria de eficiência energética dos edifícios ao nível da climatização e iluminação, que constituem um Campus seguro e responsável.

Nesse contexto, de acordo com o IPCA, o seu Campus “assenta em três linhas direcionais: CAMPUS VERDE, que ambiciona deixar uma pegada ecológica, através da criação de instalações eco-friendly, em que o consumo de energias fósseis e esgotáveis seja reduzido ao mínimo e em que sejam preservadas as características naturais do ecossistema envolvente; CAMPUS SAUDÁVEL, que aspira a ambientes de trabalho saudáveis, com condições propícias ao exercício das diversas atividades laborais, docentes e não docentes, nas melhores condições possíveis à promoção da saúde humana; CAMPUS SEGURO, nos termos do qual se pretende prover o Campus de condições de segurança e monitorização que permitirão a utilização dos espaços com à vontade, a qualquer hora do dia ou da noite”.

Para além da reconstrução do Campus destaque para as novas instalações da Escola Superior de Design, no centro da cidade de Barcelos, e da construção da Escola-Hotel (Escola Superior de Hotelaria e Turismo) que vai ficar situada no concelho de Guimarães, num edifício histórico.

Fonte e imagem: IPCA.

Projeto de Realidade Virtual de alunos de Mestrado da Escola Superior de Tecnologia do IPCA no Festival Semibreve 2017

Outubro 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O “Apex Frontier VR” é um projeto de Realidade Virtual desenvolvido por alunos de Mestrado da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA que vai ser apresentado na 7ª edição do Festival Semibreve 2017.



O festival dedicado à música eletrónica e à arte digital e decorre de 27 a 29 de outubro, no Theatro Circo e na galeria GNRation, em Braga.

O trabalho “Apex Frontier VR”, desenvolvido no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), foi selecionado para estar presente nesta exibição, em exposição no Salão Nobre do Theatro Circo. Trata-se de uma experiência em realidade virtual que proporciona ao visitante um momento de viagem imersiva no espaço, sem gravidade, à volta e no interior de uma nave espacial, num planeta muito distante da Terra.

Corresponde a um projeto de investigação e desenvolvimento na unidade curricular de Realidade Virtual e Aumentada, da autoria dos alunos mestrandos David Marques, Pedro Silva, Tito Machado e Vítor Araújo, sob a orientação do Professor João Martinho Moura, no Mestrado em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais (MEDJD), da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA.

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave é uma instituição de ensino superior pública onde, desde 2009, o curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais tem vindo a formar profissionais vocacionados para a indústria dos videojogos. Em março de 2014, o Campus do IPCA, em Barcelos, viu nascer o Centro de Investigação e Desenvolvimento de Jogos Digitais e, em 2016, arrancou também o Mestrado em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais (MEDJD), sendo estes os únicos cursos de engenharia de jogos digitais em Portugal.

Recentemente o IPCA integrou uma rede mundial de talentos na área da criação de jogos digitais, sendo uma das 26 instituições de ensino superior de todo o mundo, e a única portuguesa, a figurar na restrita lista de escolas associadas à Unity Connect, uma rede profissional e mercado de talentos na área do entretenimento digital.

Fonte e imagens: IPCA.

Novos Diretores das Escolas de Tecnologia e de Gestão do IPCA tomam posse

Julho 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, deu posse, esta sexta-feira, aos novos diretores da Escola Superior de Gestão (ESG), Verónica Ribeiro, e da Escola Superior de Tecnologia (EST), Vítor Carvalho. Em ambas as cerimónias, Maria José Fernandes falou na necessidade de dar continuidade ao trabalho desenvolvido e reforçar a notoriedade da marca IPCA na investigação.

O primeiro a tomar posse foi Vítor Carvalho, que era até agora presidente do Conselho Técnico-Científico da EST, além de outras funções que já desempenhava na instituição. Doutorado em Eletrónica Industrial – Ramo de Informática Industrial; Mestre em Eletrónica Industrial; e Licenciado em Engenharia Eletrónica Industrial, sempre pela Universidade do Minho, é, também, Investigador no Digital Games Research Center, no IPCA, e no Centro Algoritmi R&D, na Universidade do Minho.

Vítor Carvalho: novo Diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA

Precisamente sobre a EST em concreto, Maria José Fernandes – que também tomou posse na passada segunda-feira – começou por agradecer ao anterior diretor, Nuno Rodrigues, pelo trabalho que desempenhou nos últimos anos e apontou como principais objetivos para o futuro “a afirmação da marca IPCA na investigação”, naturalmente mantendo as necessárias relações com outras instituições.

“A Escola Superior de Tecnologia do IPCA tem que ser muito competitiva, envolvendo os alunos, funcionários, professores e toda a comunidade externa”, disse. Salientou, contudo, a importância da “multidisciplinaridade com as outras escolas do IPCA”, que considerou “cada vez mais decisiva”.

Já o novo diretor da EST, Vítor Carvalho, depois de agradecer o “voto de confiança” enumerou três eixos de atuação que pretende adotar como orientadores da sua ação: ensino, investigação e ligação à sociedade.




No que se refere ao ensino, o novo diretor manifestou o desejo de “aumentar a oferta formativa de cursos de pós-graduação, mestrados e, quem sabe, de doutoramentos em parceria”. Por outro lado, “colocar em funcionamento a licenciatura aprovada de Engenharia e Gestão Industrial, oferecer novos cursos e programas de formação avançada, nomeadamente na Escola de Verão a criar em Esposende, e melhorar os níveis de sucesso escolar, especialmente ao nível dos mestrados.

Relativamente ao eixo da investigação, Vítor Carvalho referiu que irá procurar estimular o aumento da produtividade científica média por docente, criar um Centro de Investigação ou um polo de um Centro de Investigação reconhecido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e aumentar o número de candidaturas e de projetos financiados. Por fim, “nacionalizar” ou “internacionalização o Simpósio de Investigação Aplicada que a EST realiza anualmente.

No que se refere ao eixo de ligação à sociedade, Vítor Carvalho manifestou a intenção de “continuar a desenvolver e a fazer crescer atividades como o iDrone Experience e o IPCA Games Jam, entre outras, bem como aumentar as prestações de serviços à comunidade”.

O novo diretor da EST fez, ainda, questão de enaltecer as qualidades de éticas e de liderança da nova presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que foram decisivas para que tenha aceite o cargo.

Curso de Gestão de Empresas é um desafio para a ESG

Na tomada de posse de Verónica Ribeiro, a presidente do IPCA apontou o novo curso de licenciatura em Gestão de Empresas, que arranca já este ano, como “um dos grandes desafios” da Escola Superior de Gestão, sobretudo pela necessidade de “diferenciação”.

“Esta é a maior escola do IPCA, já tem muito trabalho feito nalgumas áreas em que se tornou numa referência a nível nacional, mas precisamos de trabalhar noutras que ainda não atingiram a necessária notoriedade”, salientou Maria José Fernandes.

Precisamente ao “herdar uma escola forte e produtiva”, a nova diretora, “com as suas qualidades, que revelou nomeadamente na direção do departamento de Contabilidade, será a pessoa certa”, disse a presidente do IPCA dirigindo-se a Verónica Ribeiro.



Maria José Fernandes fez, ainda, questão de agradecer à anterior diretora da ESG, Soraia Gonçalves, pelo trabalho desempenhado e que “ajudou a fazer crescer a escola mais antiga do IPCA”.

Contabilizando já 17 anos ao serviço da ESG, a nova diretora apelou ao envolvimento de todos na dinamização da escola, “tanto na sua vertente de formação e ensino/aprendizagem, como na vertente da organização e gestão da escola, mas também na promoção da sua ligação com o meio envolvente, apostando cada vez mais na internacionalização através da mobilidade tanto dos estudantes, como dos professores e funcionários”.

Verónica Ribeiro fez questão de recordar os anteriores quatro diretores da ESG, a que agora sucede: João Carvalho (que foi depois presidente do IPCA), Maria José Fernandes (atual presidente do IPCA), Agostinho Silva (vice-presidente) e a diretora cessante Soraia Gonçalves.

“Aproveito ainda a oportunidade para, publicamente, desejar à Professora Maria José o maior sucesso na governação do IPCA, ao seu maior nível, tendo por certo que dará continuidade ao caminho traçado pelo Professor João Carvalho”, disse.

Verónica Ribeiro: nova Diretora da Escola Superior de Gestão do IPCA

Verónica Ribeiro é Doutorada em Ciências Empresariais – Ramo de Contabilidade, pela Universidade de Santiago de Compostela; Mestre em Contabilidade e Administração, pela Universidade do Minho; e Licenciada em Gestão de Empresas, também pela Universidade. É membro do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA é a única instituição portuguesa que integra rede mundial de talentos na criação de jogos digitais

Julho 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Devido aos cursos de licenciatura e de mestrado em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, é uma das 26 instituições de ensino superior de todo o mundo, e a única portuguesa, a figurar na restrita lista de escolas associadas à Unity Connect, uma rede profissional e mercado de talentos na área do entretenimento digital.

A plataforma Unity Connect foi criada pela Unity Technologies, empresa responsável por um dos mais populares motores de jogo e líder mundial de soluções para a criação de videojogos, contribuindo para estabelecer a ligação entre a indústria, os profissionais e as instituições de ensino superior.

Das instituições referenciadas na plataforma figuram várias das mais prestigiadas universidades com formação na área do desenvolvimento de jogos e do entretenimento digital, designadamente dos Estados Unidos, Canadá, China, Reino Unido, Espanha e Coreia do Sul.




A plataforma Unity Connect tem como objetivo dar visibilidade a novos talentos em áreas como a programação e o design de jogos digitais. Ali, eles podem disponibilizar o seu portefólio e, dessa forma, ganhar notoriedade junto da indústria, aumentando a probabilidade de virem a integrar as principais empresas mundiais do setor.

Para o diretor do curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais da Escola Superior de Tecnologia, Duarte Duque, “a integração do IPCA nesta comunidade significa um importante reconhecimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal na área dos videojogos e uma excelente oportunidade para os recém-licenciados”.

O IPCA é uma instituição de ensino superior pública onde, desde 2009, o curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais tem vindo a formar profissionais vocacionados para a indústria dos videojogos. Em março de 2014, o Campus do IPCA, em Barcelos, viu nascer o Centro de Investigação e Desenvolvimento de Jogos Digitais e, em 2016, arrancou também o Mestrado na mesma área, sendo estes os únicos cursos de engenharia de jogos digitais em Portugal.

A plataforma da Unity Connect está disponível em (basta clicar no link): https://connect.unity/s.

 

Fonte e imagens: IPCA.

IPCA abre candidaturas a Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Julho 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem abertas, até 15 de agosto, as candidaturas a Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP). Estes cursos irão funcionar no Campus de Barcelos e nos polos de Braga e Guimarães.

Os CTeSP são uma formação superior (nível 5) com dois anos de duração e seis meses de estágio garantido numa empresa, visando uma formação técnica muito prática e a rápida inserção no mercado de trabalho. Dão, ainda, a possibilidade de ingressar numa licenciatura através de concursos especiais.

Podem concorrer aos CTeSP, sem necessidade de realização de prova, os titulares de um curso de ensino secundário profissional de nível 4, os titulares do 12º ano completo (ou habilitação legalmente equivalente), os titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET) e os titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

Podem, ainda, inscrever-se num CTeSP os candidatos que tenham sido aprovados nas provas M23 (Maiores de 23 anos).

Para o ano letivo 2017/2018, o IPCA tem abertas candidaturas para 20 cursos técnicos superiores profissionais, distribuídos pelas suas escolas superiores de Design, Gestão, Tecnologia e da recém-criada Hotelaria e Turismo.

A Escola Superior de Design dispõe de vagas para os CTeSP de Design do Calçado, Design de Moda, Design para Media Digitais e Ilustração e Arte Gráfica.

Na Escola Superior de Gestão irão funcionar os cursos técnicos de Apoio à Gestão, Comércio Eletrónico, Exportação e Logística, Contabilidade e Fiscalidade e Gestão Agrícola. Este último será ministrado no Polo de Guimarães, em parceria com o Instituto Politécnico de Bragança.

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo tem vagas abertas para os CTeSP de Organização e Gestão de Eventos e de Turismo, Natureza e Aventura.

Na Escola Superior de Tecnologia irão funcionar os seguintes cursos: Gestão Industrial da Produção; Desenho Técnico e Maquinação; Desenvolvimento Web e Multimédia; Eletrónica, Automação e Comando; Energia, Telecomunicações e Domótica; Sistemas Eletrónicos e de Computadores; Aplicações Móveis; Mecânica Automóvel; Redes e Segurança Informática.




Tal como todos os outros estudantes do ensino superior, os alunos dos CTeSP têm direito a candidatar-se a Bolsa de Estudo e a todos os restantes apoios sociais existentes no IPCA.

As candidaturas aos CTeSP decorrem, exclusivamente, online, através da plataforma de candidaturas do IPCA disponível em www.ipca.pt (basta clicar no link).

Fonte e imagens: IPCA.

Estudantes de Engenharia de Jogos Digitais do IPCA apresentam publicamente os seus videojogos

Junho 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Os alunos do curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, apresentam publicamente, já amanhã, no Auditório Eng.º António Tavares (Campus do IPCA), duas dezenas de videojogos que desenvolveram ao longo do ano letivo.

EST-IPCA-logoNa sessão, que decorrerá das 14h00 às 17h00, os alunos apresentarão os seus trabalhos e serão avaliados, estando prevista, além da respetiva nota, a atribuição de prémios atribuídos pelo Rotary Clube de Barcelos aos dois melhores trabalhos do 1º e do 3º anos.

Na primeira parte da sessão, seis grupos de alunos do 3º ano (finalistas) irão apresentar os respetivos trabalhos de fim de curso, desenvolvidos na unidade curricular de Projeto Aplicado, que terão características de programação muito variadas.

Durante a segunda parte, caberá aos colegas do 1º ano, divididos em 14 grupos, apresentarem os seus jogos, exclusivamente em 2D e programados em C# monogame, criados no âmbito da unidade curricular de Tecnologia de Desenvolvimento de Jogos.

ipca(horizontal)Além de ser aberta ao público em geral, a apresentação destes trabalhos contará com a presença, na assistência, de empresários da área dos jogos e media digital e de representantes da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE).

O momento será o culminar do ano letivo para os estudantes do único curso em Portugal de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, que funciona na Escola Superior de Tecnologia do IPCA desde 2009.




Fonte: IPCA.

Ir Para Cima