Tag archive

Festa das Cruzes

Barcelos “não esquece” Festa das Cruzes

Maio 1, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Devido à situação epidemiológica provocada pela Covid-19, este ano volta a não realizar-se a Festa das Cruzes nos moldes normais, mas os moradores de Barcelos quiseram dar um tom de “cruzes” à cidade de Barcelos.

Ao longo do trajeto da Procissão, entre a Igreja Matriz e o Largo da Porta Nova, podemos apreciar quatorze cruzes ornamentadas a evocar a Via Lucis, ou seja os diversos passos da revelação de Jesus Ressuscitado aos apóstolos, dizendo-nos a cruz gloriosa, que as Festas celebram.

Na Igreja Matriz está o andor do Senhor da Cruz, bem como algumas cruzes de prata representando as 89 paróquias do Arciprestado.

Até 8 de maio, pode ser apreciado o tapete de pétalas de flores naturais no Templo do Bom Jesus da Cruz.

Festa das Cruzes 2021

Abril 30, 2021 em Atualidade, Concelho, Lazer, Turismo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Devido à situação epidemiológica provocada pela Covid-19, este ano volta a não realizar-se a Festa das Cruzes, nesse sentido, Câmara Municipal de Barcelos decidiu, este ano, preparar algumas iniciativas para que os barcelenses possam celebrar a Festa das Cruzes de 2021, mesmo que de uma forma diferente.

Hoje, dia 30 de abril, será inaugurada a iluminação de rua e colocado um arco de romaria na Avenida da Liberdade.

Até 8 de maio, pode ser apreciado o tapete de pétalas de flores naturais no Templo do Bom Jesus da Cruz.

No que diz respeito à música, estão programados concertos que podem ser vistos no Facebook do Município.

Dia 1 de maio, às 11 horas os “The Classic” atuam no Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz.

Dia 2 de maio, às 11horas o Decateto de Metais da Banda de Oliveira.

Dia 3 de maio, às 18 horas no Largo da Porta Nova, tem lugar um concerto pelo Padre Sandro Vasconcelos.

No dia de feriado municipal, 3 de maio, os Zés P’reiras percorrem a cidade a partir das 10 horas e, às 16 horas, celebra-se a missa solene comemorativa do Milagre das Cruzes, a ser celebrada no exterior do Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz.

Em comunicado o Município refere que até dia 3 de maio, feriado municipal, “os barcelenses poderão reviver a essência da Festa das Cruzes, através de mensagens e vídeos, disponíveis nas plataformas digitais municipais, site e redes sociais, que assinalam os momentos mais marcantes da primeira grande romaria do Minho. Serão também realizados vídeos com o hastear da bandeira do Município pelo Presidente da Câmara Municipal, e mensagens do Presidente da Câmara Municipal e do Presidente da Assembleia Municipal”.

Fonte: MB

Festa das Cruzes não se vai realizar

Março 16, 2021 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Turismo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Pelo segundo ano consecutivo não se vai realizar a Festa das Cruzes, devido à situação pandémica que o país atravessa, “é quase impossível fazer a Festa das Cruzes pela dimensão de pessoas que frequentam a via pública” afirma Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, em videoconferência esta manhã.

A Festa das Cruzes, é a grande romaria do Minho, de matriz religiosa e popular constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. A festa conta com concertos, Batalha das Flores, os fogos de artifício, os tapetes de pétalas Igreja do Senhor da Cruz, e a procissão da Invenção da Santa Cruz.

Câmara Municipal de Barcelos assinala Festa das Cruzes

Abril 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Momento assinalado através de mensagens e vídeos

A Câmara Municipal de Barcelos vai assinalar a Festa das Cruzes de 2020, através de mensagens e vídeos dos momentos mais marcantes da primeira grande romaria do Minho que, devido à situação epidemiológica provocada pelo COVID-19, não se realiza este ano.



A Câmara Municipal deliberou, no passado dia 3 de abril, suspender todas as atividades culturais, desportivas e recreativas, como medida de redução do contágio, prevenção e combate à pandemia, em conformidade com o decretado pelo Estado de Emergência.

Apesar destes constrangimentos e à semelhança das comemorações do 46º aniversário do 25 de Abril, a autarquia vai assinalar a Festa das Cruzes, destacando as tradições culturais e religiosas associadas ao mais importante evento anual da cidade e do concelho de Barcelos.

Assim, a partir de hoje, quinta feira, e até domingo, dia 3 de maio, feriado municipal, serão exibidos vídeos dos momentos mais importantes da Festa das Cruzes, através das plataformas digitais municipais – site e redes sociais. Para além de pequenos filmes de Festas das Cruzes de anos anteriores, serão realizados vídeos com o hastear da bandeira do Município pelo Presidente da Câmara Municipal, mensagens do Presidente da Câmara Municipal e do Presidente da Assembleia Municipal e, no dia 3 de maio, às 12h00, a missa solene da Festa das Cruzes, em direto da Igreja do Senhor da Cruz.

Os vídeos incidem sobre a Feira de Barcelos, os Arcos de Romaria, os Tapetes de Pétalas, as Rusgas, o Folclore e as Bandas Musicais, a Batalha das Flores, a Procissão das Cruzes e o Fogo de Artifício.

Fonte e imagem: CMB.

Festa das Cruzes traz milhares de pessoas a Barcelos

Maio 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

“Um sucesso com lotação esgotada em todos os eventos! É o balanço que se pode fazer da Festa das Cruzes de 2019”, refere o Município em nota. Foram milhares aqueles que escolheram como local de eleição a Festa das Cruzes, onde puderam desfrutar de um programa de onze dias, tendo contado com os concertos de Agir, Dulce Pontes, Toy, Tito Paris, com a Batalha das Flores, os fogos de artifício, os tapetes de pétalas e a procissão da Invenção da Santa Cruz.



Uma das novidades desta edição da Festa das Cruzes 2019 foi a criação do Barcelos Bus Especial com quatro linhas de ligação entre o centro e zonas de estacionamento na periferia o que permitiu reduzir o tráfego nos principais dias de romaria.

Aquela que é a primeira grande romaria do Minho mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país e que teve, na Procissão da Invenção da Santa Cruz, no dia 3 de maio, feriado municipal, com as cruzes das 89 paróquias do concelho de Barcelos, a sua máxima expressão.

Debaixo de um sol radiante, foram milhares as pessoas que rumaram à cidade para assistirem à Batalha das Flores. A cidade tornou-se pequena para tanta gente que quis participar na “guerra” de pétalas que sobrevoou a Avenida da Liberdade, no dia 1 de maio. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade, na mais saudável de todas as batalhas.

A tradição esteve sempre presente, como no caso dos tapetes de pétalas na Igreja do Senhor da Cruz, cuja beleza deslumbrou os muitos milhares que, nestes dias, visitaram aquele templo. Por outro lado, o arraial “Bamos às Cruzes”, que teve, este ano, como novidade copos de plástico reutilizáveis, tornou-se um modelo de sucesso com o recinto a ficar muito mais limpo e arrastou milhares de jovens à Alameda das Barrocas para se divertirem ao longo de seis noites com muita música até de madrugada, ao som dos sempre excêntricos Cláudia Martins & Minhotos Marotos, Melão, Blaya, David Antunes, Zé Amaro e Luciana Abreu.

Os arcos de romaria de 52 freguesias do concelho, o folclore de rua, o fogo de artifício (fogo do ar, fogo da ponte, fogo do rio e fogo preso), o Festival de Folclore, das bandas filarmónicas, as rusgas ao Senhor da Cruz, o extenso parque de diversões, bem como a animação constante e diversificada um pouco por toda a cidade, o folclore nacional e galego e os Zés P’reiras, trouxeram milhares de pessoas a Barcelos, “contribuindo, de igual modo, para o êxito de mais uma edição da festa o que permitiu continuar a afirmar-se como a primeira grande romaria do Minho e uma das maiores do país”, conclui o Município.

A Festa das Cruzes encerrou com um concerto de João Fernandes e Amigos e com uma sessão de fogo de artifício no Largo da Porta Nova.

Fonte e fotos: CMB.

Santana Lopes e Paulo Sande passam o 1º de Maio em Barcelos

Abril 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Aliança festeja o 1º de Maio em Barcelos, em plena pré-campanha para as eleições europeias.  Pedro Santana Lopes, presidente do partido, junta-se aos três primeiros candidatos da lista, Paulo Sande, Maria João Moreira e Bruno Costa, assim como à Comissão Instaladora Distrital de Braga e ao represente no concelho de Barcelos, Daniel Maciel, numa visita à Festa das Cruzes, uma das mais antigas e conhecidas romarias do Minho. A partir das 15h00, a comitiva da Aliança segue em arruada, integra os festejos e participa na Batalha das Flores.



Antes da visita à Festa das Cruzes, os candidatos, em ações de campanha distintas na parte da manhã, reúnem-se à hora de almoço no restaurante “Casa dos Arcos” para conhecerem o Galo Assado à moda de Barcelos, uma receita característica da região.

De manhã, Paulo Sande participa de uma arruada em Famalicão; Maria João Moreira integra a marcha “Diz Não ao Paredão”, no Porto; e Bruno Costa vai estar também no Porto, no Mercado da Aguda. Estas três ações iniciam-se às 10h00. 

Quem pretender participar no almoço, pode inscrever-se, até ao final do dia 30 de abril, através do seguinte link:

https://forms.gle/RmmSaVbN2c9NvMUa6

Foto: DR.

Alteração de trânsito durante a Festa das Cruzes

Abril 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Devido à realização da Festa das Cruzes, até ao dia 5 de maio, haverá alterações de trânsito no centro da cidade de Barcelos, para as quais o Município chama a atenção e pede a compreensão da população.



As alterações de trânsito serão as seguintes:

De 20 de abril a 5 de maio

Estacionamento proibido a veículos pesados na rua Cândido da Cunha, Avenida Sidónio Pais e Avenida dos Combatentes.

Sentido único e trânsito proibido, exceto ambulâncias e veículos de emergência na artéria Nascente do Campo da República, paralela ao mesmo e limítrofe da urgência do Hospital de Santa Maria Maior de Barcelos.

Sentido único, orientação norte-sul da Avenida da Liberdade e Avenida Sidónio Pais, até à PSP de Barcelos (exceto autocarros das carreiras regulares até ao dia 25 de abril).

Autorizadas as operações de cargas e descargas na Alameda das Barrocas, Praceta Sá Carneiro e Avenida da Liberdade, desde que os veículos sejam devidamente autorizados e identificados pela Organização.

Dia 25 de abril a 5 de maio

Deslocação das paragens de autocarro para a Avenida Cândido da Cunha e para a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, deslocação da praça de Táxis para a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra.

Dia 26 de abril

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval, rua Duques de Bragança (a partir do entroncamento com a rua dos Arcos) e na rua José António Pereira Machado (a seguir ao entroncamento com a rua Rosa Ramalho), das 20h00 até às 02h30 do dia 27.

Dia 27 de abril

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval e no Largo de Guilherme Gomes Fernandes (na rua em frente ao edifício dos antigos bombeiros) devido ao fogo de artificio da ponte, das 13h00 até às 02h00 do dia 28;

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval, rua Duques de Bragança (a partir do entroncamento com a rua dos Arcos) e na rua José António Pereira Machado (a seguir ao entroncamento com a rua Rosa Ramalho), das 20h00 até às 02h30 do dia 28.

Dia 30 de abril

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval, rua Duques de Bragança (a partir do entroncamento com a rua dos Arcos) e na rua José António Pereira Machado (a seguir ao entroncamento com a rua Rosa Ramalho), das 20h00 até às 02h30 do dia 01 de maio.

Dia 1 de maio

Trânsito proibido nos dois sentidos na Avenida da Liberdade.

Trânsito proibido nos dois sentidos na Rua Cândido da Cunha, das 9h00 até às 19h00.

Interrupção de trânsito na Avenida dos Combatentes, Avenida da Liberdade e Avenida Sidónio Pais, devido à Batalha das Flores, das 14h00 às 19h00.

Dia 2 de maio

Trânsito proibido nos dois sentidos na Avenida da Liberdade.

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval, rua Duques de Bragança (a partir do entroncamento com a rua dos Arcos) e na rua José António Pereira Peixoto Machado (a seguir ao entroncamento com a rua Rosa Ramalho), das 20h00 até às 02h30 do dia 03 de maio.

Dia 3 de maio

Trânsito proibido nos dois sentidos na Avenida da Liberdade.

Interrupção do trânsito na Ponte Medieval, rua Duques de Bragança (a partir do entroncamento com a rua dos Arcos) e na rua José António Pereira Peixoto Machado (a seguir ao entroncamento com a rua Rosa Ramalho), das 20h00 até às 02h30 do dia 04 de maio.

Interrupção de trânsito na rua Dr. Miguel da Fonseca, Rua Duque de Bragança, Largo do Município, Rua Infante D. Henrique, Rua D. António Barros, Avenida da Liberdade e Campo 5 de Outubro, devido à procissão da Invenção da Santa Cruz, a partir das 14h00.

Proibição de esplanadas na rua D. António Barroso e Avenida da Liberdade junto ao monumento do Bombeiro entre as 16h30 e as 20h00.

Foto: DR.

“III Festival de Folclore das Cruzes 2019” realiza-se a 5 de maio

Abril 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 5 de maio, na Avenida da Liberdade, pelas 15h00, realiza-se a 3ª edição do Festival de Folclore das Cruzes 2019, organizado pelo Grupo de Danças e Cantares de Barcelos e inserido no programa da Festa das Cruzes.



Para além do grupo organizador, participarão o Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével (Cartaxo), o Rancho Folclórico Os Minhotos da Ribeira Lage (Oeiras), o Rancho Folclórico do Vimeiro (Alcobaça) e o Grupo Folclórico da Corredoura (Guimarães).

Imagem: DR.

Barcelos Bus gratuito e com horário alargado durante a Festa das Cruzes

Abril 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Com o objetivo de descongestionar o trânsito automóvel no centro da cidade durante a Festa das Cruzes, o serviço Barcelos Bus será gratuito e funcionará também aos feriados e fins de semana, com horário alargado à noite nos principais dias de romaria.



O serviço “Barcelos Bus Especial – A Sua Ligação às Cruzes” contempla, também, quatro zonas de estacionamento automóvel na periferia da cidade, onde as pessoas podem deixar as suas viaturas e seguir de transporte público até ao centro.

Esta medida visa oferecer comodidade e segurança para que a população possa usufruir das comemorações sem preocupações com a sua mobilidade.

Assim, as quatro zonas de estacionamento na periferia da cidade originam quatro linhas de ligação ao centro, com frequência regular.

As zonas de estacionamento serão as seguintes:

Parque do Estádio Cidade de Barcelos (Linha Verde) – Para quem chega da Zona Norte do Concelho (Viana do Castelo e Ponte de Lima). A paragem no centro localiza-se junto à Escola Alcaides de Faria;

Parques da Igreja de Vila Frescainha S. Pedro e Casal de Nil (Linha Amarela) – Para quem chega da Zona Poente do Concelho (Esposende). A paragem no centro localiza-se junto ao Mercado Municipal;

Parque do Conservatório de Música e Central de Camionagem (Linha Azul) – Para quem chega da Zona Nascente do Concelho (Vila Verde e Braga). A paragem no centro localiza-se junto aos Bombeiros de Barcelos (Av. Dr. Sidónio Pais);

Parque dos Bombeiros de Barcelinhos e E-Leclerc (Linha Vermelha) – Para quem chega da Zona Sul do Concelho (Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Famalicão e Braga). A paragem no centro localiza-se junto aos Bombeiros de Barcelos (Av. Dr. Sidónio Pais).

O Barcelos Bus Especial funcionará, complementando o serviço habitual, nos dias 26, 27, 30 de abril e 2 de maio, das 20h00 às 02h00; nos dias 28 de abril, 1, 3, 4 e 5 de maio, das 8h00 às 20h00.

Fonte e foto: CMB.

89 (!) Paróquias de Barcelos

Outubro 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Sousa

Inicio hoje uma nova “empreitada” na minha vida, que me levará a abordar, não só, assuntos/eventos divulgados aqui, no Barcelos na Hora, como outros da atualidade do nosso Concelho. Espero conseguir. Já agora, nomeei este espaço de “Olhar Barcelos”!

Sendo um “neobarcelense”, pois resido cá apenas desde 2013, já conheço o concelho desde 2008 – uma “migalha” para quem já vive cá durante toda a sua vida –, quando iniciei o ensino de Inglês por dezenas de freguesias de Barcelos. E foi assim que comecei a conhecer, para além dessas freguesias, os seus habitantes.

O que me traz hoje aqui são as 89 (!) Paróquias do arciprestado de Barcelos! Oitenta e nove! (Confesso que, por extenso, o número não me parece tão grande…mas é!!) Quando falo disto a amigos “não barcelenses”, o pasmo é o resultado mais evidente.

Com a implementação (polémica!) da reorganização administrativa das freguesias, o concelho de Barcelos passou a ter “só” 61 freguesias e uniões de freguesias. “Só”! Mas as Paróquias mantiveram-se e continuaram a ser 89 (!). Cada uma com o seu orago e com veneração de mais Santos e Santas para além deste.

Agora que a fase de maior incidência de festas religiosas e populares já passou, atrevo-me a analisar, levemente, este aspeto da cultura religiosa – e não só – de Barcelos. Aliás, como Diretor deste jornal online, sinto bem “na pele” o facto deste concelho ter esta magnitude tal que torna hercúlea a tarefa de divulgar e /ou cobrir todas as festas. Simplesmente – e aqui faço a minha penitência – não conseguimos. Peço desculpa por todas aquelas que não ajudámos a divulgar, mesmo que nos possamos escusar no facto de nem sempre recebermos nota ou sermos alertados para a festa em questão.

As festas em Barcelos unem famílias e amigos. E sei bem do que falo, por experiência pessoal. Nos dias das festas, há filhos e filhas da terra que voltam, que a visitam, que visitam os seus. Há dezenas e dezenas de espetáculos musicais e de atos religiosos, muitos dos quais, quase exclusivos dessa freguesia e/ou do concelho. E o fogo de artifício?! (cada vez mais, infelizmente, colocado em causa pelo flagelo dos fogos florestais) Admito que acho admirável o esplendor que a maioria dos habitantes do concelho tem pelo fogo de artifício. Na hora deste, é vê-los de olhar colocado no céu para admirarem a miríade de luzes e cores que o pintam. Sabem que mais? Eu também já o faço!

As procissões são sempre tradições fortes nestas festas, quer sejam as de Velas, quer sejam as “Majestosas”. As fanfarras a abrir, os figurantes, os andores, as autoridades eclesiásticas e civis, os estandartes, os pálios, as bandas a fechar e os fiéis. Tudo isto faz com que as festas nas 89 (!) Paróquias de Barcelos sejam ainda mais esplêndidas!

Sem qualquer tipo de desprimor para com as demais, a Festa das Cruzes é o expoente máximo das festas de Barcelos. Milhares e milhares de pessoas visitam a cidade; dezenas de eventos religiosos e não só; os arcos, os tapetes de flores, os concertos, o fogo de artifício (lá está!), os carrocéis e zona de diversões, a “Batalha das Flores” e a procissão das Cruzes, entre outros. Nesta última, podemos constatar a tal magnitude das 89 (!) Paróquias e das suas Cruzes. Mesmo os ateus e agnósticos – que saibam, claro, respeitar as tradições religiosas seculares – não conseguem ficar indiferentes a este ato religioso. Sempre que assisto a esta procissão, dou por mim a maravilhar-me com a exuberância das 89 (!) Cruzes; a tentar reconhecer alguém que nela vá a desfilar (e vejo alguns antigos alunos, por exemplo); ou, mesmo, a admirar os pormenores de cada uma delas.

Não me delongo mais. Deixo apenas um pedido aos barcelenses (saído de um “neobarcelense”): tenham orgulho nas vossas 89 (!) Paróquias, nas vossas tradições religiosas e continuem a mantê-las bem vivas na nossa memória. (Louvo aqui os milhares de paroquianos que, todos os anos, fazem parte das comissões de festas por esse concelho fora) Eu, enquanto alguém que gosta de observar, “estudar” e vivenciar as tradições e costumes, as histórias e estórias, e o dia a dia de uma comunidade, agradeço-vos imenso.

Até breve!

Por: Pedro Sousa*. (Professor e Diretor do Barcelos na Hora)

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Fotos: DR.

 

Ir Para Cima