Tag archive

Festival de Teatro de Barcelos

Últimos espetáculos do Festival de Teatro de Barcelos

Outubro 20, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival de Teatro de Barcelos, organizado pel’ A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e pelo Município de Barcelos, chega ao último fim de semana de espetáculos.



Esta sexta-feira, dia 23 de outubro, pelas 21h30, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresenta “Circo Lar” [Ndr: imagem de destaque], um espetáculo que reinventa o imaginário do circo, outrora, lugar de celebração artística e de partilha comunitária. Um velho circo, outrora grandioso, encontra uma nova esperança quando surge Heitor, que se junta a esta companhia trazendo novas ideias para pôr este circo na ribalta, mostrando que o dia a dia se faz de reinvenções. Será que juntos vão ser capazes de transformar o seu próprio destino?

O encerramento do festival fica a cargo do Teatro de Balugas. Sábado, dia 24, pelas 21h30, o grupo barcelense apresenta “Raposos”. Eleito “Melhor Espetáculo Não Profissional 2020” pelo Guia dos Teatros, o espetáculo fala-nos da construção de uma barragem que “não passou o tamanho das portadas da igreja”. A aldeia foi salva pelo rio que secou, mas homens e bichos procuram a água e os esconderijos levados pelo corte das árvores.

“Raposos”, por Teatro de Balugas (Foto: DR)

Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara; já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Imagens: DR.

“Raposos”, do Teatro de Balugas, encerra o Festival de Teatro de Barcelos no próximo sábado

Outubro 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A peça “Raposos” marca o encerramento do Festival de Teatro de Barcelos. O espetáculo do Teatro de Balugas, distinguido pelo Guia dos Teatros como “Melhor Espetáculo Não Profissional 2020”, realiza-se este sábado, dia 24 de outubro, pelas 21h30, no Theatro Gil Vicente.



O trabalho artístico, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, é um alerta sobre a propriedade da terra e os seus elementos naturais. A história fala-nos de uma barragem abandonada na construção, que não passou o tamanho das portadas da igreja da localidade, ao contrário das grandes barragens que engoliram aldeias inteiras; aqui o rio pressentindo tamanha clausura secou. Entre as árvores cortadas e a aldeia abandonada, os que ficaram, entre homens e bichos, tudo tentam para encontrar o rio novamente, algum sinal de água. Esta é uma procura efabulada sobre esconderijos, animais e homens antigos.

Cartaz da peça “Raposos” (Imagem: TB)

Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Imagens: TB.

Segundo fim de semana do Festival de Teatro de Barcelos propõe dois espetáculos

Outubro 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival de Teatro de Barcelos continua na próxima sexta-feira, dia 16 de outubro, com “A Ceia dos Cardeais”, d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, pelas 21h30.



Três atores devem apresentar “A Ceia dos Cardais”, de Júlio Dantas, mas a sua insatisfação pelo texto leva-os, durante a montagem, a fazer suas as palavras de Almada Negreiros. «Morra o Dantas, Morra! Pim!». Este é um espetáculo divertido que junta o academismo literário de Júlio Dantas e o febril modernismo de José de Almada Negreiros.

A Ceia dos Cardeais (Foto: DR)

Domingo, dia 18 de outubro, pelas 16h00, o Teatro e Marionetas de Mandrágora apresenta “O Jardim – Tomo I – Primavera”, um espetáculo de marionetas para crianças dos 0 aos 6 anos, que pretende captar a sua atenção e transportá-las para um universo de fantasia através de símbolos, cor e uma forte componente musical.

O Jardim – Tomo I – Primavera (Foto: DR)

Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara, já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Fonte: A CAPOEIRA.

Fotos: DR.

Entre 02 a 24 de outubro, o Festival de Teatro de Barcelos sobe ao palco do Theatro Gil Vicente

Setembro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos organiza o 33º Festival de Teatro de Barcelos. De 2 a 24 de outubro, o Theatro Gil Vicente receberá 7 espetáculos, para todas as faixas etárias.



O festival será inaugurado pela Fértil Associação Cultural que, dia 2 de outubro, apresentará o recém-estreado “Talvez um dia”, um espetáculo sobre a nossa infinita esperança de que tudo se resolve e a inércia a que essa mesma esperança nos pode levar.

“Talvez um dia” (Foto: DR)

Neste fim de semana, o público poderá, ainda, contar com a presença da Ajidanha, no dia 3 de outubro, que apresentará “À Deriva”, um espetáculo premiado em Portugal, Espanha, Cuba e Canadá, caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

“À deriva” (Foto: DR)

No dia 4, a Fértil volta ao palco barcelense, desta vez com um espetáculo para crianças maiores de seis anos: “Os Grandes Não Têm Grandes Ideias”. Com recurso à marioneta e a formas animadas, o espetáculo questiona as ideias dos adultos, sensibilizando para questões ambientais, políticas e de educação.

“Os Grandes Não Têm Grandes Ideias” (Foto: DR)

O festival prossegue dia 16 de outubro com “A Ceia dos Cardeais”, pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e, dia 17, com um espetáculo para crianças dos 0 aos 6 anos: “O Jardim – Tomo I – Primavera”, pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Para encerrar o festival, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresentará “Circo Lar”, no dia 23, e o Teatro de Balugas volta ao Theatro Gil Vicente com ”Raposos”, dia 24.

“Raposos” (Foto: DR)

“Este projeto d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos tem vindo a assentar no objetivo de elevar a qualidade da oferta teatral para o público barcelense, focando parte da atenção na criação de público a longo prazo, através espetáculos para o público infantil e privilegiando espetáculos com qualidade artística reconhecida”, refere a companhia em nota.

O Festival de Teatro de Barcelos conta com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos.

Os espetáculos dominicais, dedicados ao público mais jovem, realizam-se pelas 16h00, enquanto os restantes têm início às 21h30.

“Após tantos meses sem a emoção que nos traz o teatro, é hora de voltar, tendo sempre em conta o momento particular em que vivemos. Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara, já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras”, informa a organização.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt.

Fotos: DR.

Teatro de Balugas distinguido novamente com o prémio de “Melhor Espetáculo” no Festival de Teatro de Barcelos

Dezembro 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A peça de teatro “Raposos”, do Teatro de Balugas, venceu o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos, tendo sido ainda contemplada com os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa.



Depois de, em 2018, ter vencido, com a peça “Pão Nosso”, o prémio de Melhor Espetáculo no mesmo Festival, a companhia de teatro de Balugães apresentou novamente, no Theatro Gil Vicente, um texto de Cândido Sobreiro que, desta vez, é um alerta sobre a propriedade da terra e os seus elementos naturais.

A história fala-nos de uma barragem abandonada na construção, que não passou o tamanho das portadas da igreja da localidade, ao contrário das grandes barragens que engoliram aldeias inteiras; aqui o rio pressentindo tamanha clausura secou. Entre as árvores cortadas e a aldeia abandonada, os que ficaram, entre homens e bichos, tudo tentam para encontrar o rio novamente, algum sinal de água. Esta é uma procura efabulada sobre esconderijos, animais e homens antigos.

Fotos: TB.

“Raposos”, do Teatro de Balugas, encerra o Festival de Teatro de Barcelos

Outubro 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A estreia de “Raposos” marca, por outro lado, o encerramento do Festival de Teatro de Barcelos. O novo espetáculo do Teatro de Balugas, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, realiza-se no dia 3 de novembro, pelas 16h00, no Theatro Gil Vicente.



A peça é um alerta sobre a propriedade da terra e os seus elementos naturais. A história fala-nos de uma barragem abandonada na construção, que não passou o tamanho das portadas da igreja da localidade, ao contrário das grandes barragens que engoliram aldeias inteiras; aqui o rio, pressentindo tamanha clausura, secou.

Entre as árvores cortadas e a aldeia abandonada, os que ficaram, entre homens e bichos, tudo tentam para encontrar o rio novamente, algum sinal de água. Esta é uma procura efabulada sobre esconderijos, animais e homens antigos.

Imagens: TB.

Festival de Teatro de Barcelos arranca este domingo

Outubro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O mais antigo e importante evento de teatro do concelho está de volta. De 13 de outubro a 3 de novembro, o Theatro Gil Vicente recebe cinco espetáculos de grupos de teatro de Barcelos.



A 32ª edição do Festival de Teatro Popular de Barcelos começa no dia 13 de outubro, às 16h00, com o TPC – Teatro Popular de Carapeços a levar à cena a comédia “República das Mulheres 2.0”.

No dia 20, A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos apresenta a peça “Pinóquio”, às 16h00. No dia 25, às 21h30, é a vez da Associação D’Improviso – Artes do Espetáculo trazer “O Peixe Engoliu o Pescador”. O Grupo TeatroNeiva- Associação A Mó apresenta a peça “Frades do Vale do Neiva enxotam diabo”, no dia 26, às 21h30.

A fechar a 32ª edição do certame, o Teatro de Balugas apresenta a peça “Raposos” no dia 3 de novembro, às 16h00.

Organizado pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, e com o apoio do Município de Barcelos, o festival tem como “principal objetivo a troca de experiências entre grupos, o desenvolvimento da arte teatral e a promoção de novos projetos teatrais”, refere a organização.

A entrada é livre, mas sujeita a reserva, que poderá ser efetuada através de e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Peça “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, é “Melhor Espetáculo” do Festival de Teatro de Barcelos

Novembro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A peça de teatro “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, venceu o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos, tendo sido, ainda, contemplada com os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa.



“Pão Nosso”, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, resulta da residência artística de teatro comunitário realizada no ano passado e que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL. A estreia contou com a participação especial da Ronda Típica da Ponte das Tábuas.

“A peça fala-nos da aldeia de Balugães, que foi terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos”, refere o referido Teatro.

Fotos: DR.

Teatro de Balugas estreia peça “Pão Nosso”

Outubro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A estreia da peça “Pão Nosso” marca o encerramento do Festival de Teatro de Barcelos. O novo espetáculo do Teatro de Balugas, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, resulta da residência artística de teatro comunitário realizada no ano passado e que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL.



A estreia está agendada para o dia 3 de novembro, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, e conta com a participação especial da Ronda Típica da Ponte das Tábuas.

Segundo o Teatro de Balugas, “a peça fala-nos da aldeia de Balugães que foi terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos”.

Imagens: TB.

Festival de Teatro de Barcelos: Teatro Experimental de Feitos leva a cena “O Genro Doutor” no Teatro Gil Vicente

Novembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de novembro, domingo, pelas 16h00, no Teatro Gil Vicente, o Teatro Experimental de Feitos leva a cena a peça “O Genro Doutor”, no âmbito do XXX Festival de Teatro de Barcelos, organizado por A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e pelo Município de Barcelos.



A peça retrata a vida de Ofélia, que só pensa em casar as filhas. Francisco só pensa em ser promovido. Quando surge a oportunidade de satisfazer os desejos dos dois de uma só vez, metem logo as mãos ao trabalho!

Com texto de Lígia Sá e encenação de José Pimentel, conta no elenco com Ana Sofia Quinta (Ofélia), Miguel Pereira (Francisco), Andreia Batista (Quinhas), Vera Sá (Dorinha), Eduarda Vale (Elisa), Anabela Vale (Regina), Rodrigo Alves (Valdemar), Inês Vilas Boas (Neta) e Catarina Quinta (Mariete). Conta, ainda, com a colaboração de Rui Pereira, Rui Miguel Miranda e Carlos Araújo.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. Pode-se efetuar reservas na bilheteira do Teatro, através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

Fonte e fotos: AC-CTB.

Ir Para Cima