Tag archive

Festival River Blues

River Blues regressa a Barcelos com espetáculos na Frente Ribeirinha

Agosto 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival “River Blues” volta a Barcelos, desta feita na Frente Ribeirinha, com três espetáculos inseridos na programação de verão do Município “Prá Frente Barcelos”.

“Depois do sucesso das três edições anteriores e com um público em crescendo, este festival procura dar uma nova visibilidade a Barcelos nesta área da música, apostando num evento de qualidade que vem complementar a oferta cultural do concelho, por si mesma de reconhecido dinamismo em termos de bandas rock e pop”, refere o Município em nota.



O Festival arranca no dia 28 de agosto, às 22h00, com os “The Smokestackers“, um duo formado por João Belchior e Diogo Mão de Ferro, que representam a imagem e o sentimento dos Blues, num repertório que abrange o tradicional e canções mais atuais. Em formato acústico, com umas notas de slide guitar e uma harmónica, e vozes que cantam essas letras já tantas vezes passadas de geração em geração.

L-Blues” atua de seguida, com a banda nortenha a apresentar o novo disco “Luz”, no qual o folk, o blues e o rock caminham lado a lado.

No dia 29 de agosto, às 22h00, é a vez da banda “Delta Blues Riders”, a mais carismática e completa banda de blues de Portugal, subir ao palco da Frente Ribeirinha para partilharem músicas e histórias do universo dos blues, viajando numa estrada de confissões, como quem se encosta ao balcão a desabafar com o barman.

Nas edições anteriores, pelo palco do rio Cávado, passaram nomes como Jean-Paul Rena, Quantic Mode, Minneman Blues Band, L-Blues, António Mão de Ferro, Just Soul Orchestra, Budda Power Blues, Nuno Andrade, Blues Drive e Vítor Bacalhau.

O “River Blues” é promovido pela Câmara Municipal de Barcelos, contando ainda com a participação de uma empresa e uma produtora de eventos.

Fonte e imagem: CMB.

“Prá Frente Barcelos” entre 18 de julho a 5 de setembro

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Atividades culturais na frente ribeirinha

“Prá Frente Barcelos” é o título da sugestão do Município para as atividades culturais a realizar na frente ribeirinha de Barcelos entre 18 de Julho e 5 de setembro.



Com as limitações impostas pela pandemia do COVID-19, que motivaram a anulação dos eventos culturais e artísticos, a Câmara Municipal de Barcelos decidiu relançar as atividades culturais com conteúdos capazes de atraírem a população.

Será assim ao longos dos próximos três meses, com uma programação que integra teatro, música, dança e cinema, em espaços montados na frente ribeirinha de Barcelos, ao ar livre, numa área limitada, com assistência condicionada às determinações da Direção-Geral da Saúde.

A programação inicia já no dia 18 de julho, às 11h00, com o espetáculo infantil “Os 3 Porquinhos”, pela Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos”. Às 22h00 é a vez do músico Frederico Dinis apresentar “An unexplained emptiness”.

Domingo, dia 19 de julho, às 18h30, a Ronda Típica do Bairro da Misericórdia proporciona um fim de tarde com muita música e diversão.

O cineclube ZOOM continua a apostar no cinema. No dia 21, o filme “Rio Bravo”, de Howard Hawks (1959), e, no dia 28, “Assalto à 13ª Esquadra”, de John Carpenter (1976).

Nos dias 23, 24, 25 e 26, o ciclo de concertos “triciclo” está de volta. O primeiro concerto fica a cargo de “Gãrgoola”, um projeto artístico do duo João Miguel Fernandes e Filipe Miranda. No dia 24, atua “Baleia,Baleia,Baleia”, uma dupla formada por Manuel Molarinho (baixo e voz) e Ricardo Cabral (bateria). Dia 25, realiza-se um concerto com “White Haus”, projeto musical de João Vieira (X-Wife, DJ Kitten). Todos os espetáculos acontecem às 22h00. No dia 26, “Homem em Catarse”, o alter-ego musical do músico barcelense Afonso Dorido, às 18h30.

No dia 31, às 21h30, dia em que se comemoram os 118 anos do Theatro Gil Vicente, no Largo Dr. Martins Lima (em frente ao Teatro), realiza-se um espetáculo de dança pela Escola de Dança de Barcelos e Trovas e Cantigas, com “Poetas e Tradições”.

A programação continua no mês de agosto com muita música e cinema.

A iniciar o mês, no dia 1, às 22h00, Filipe Miranda e Joana Jardim apresentam “Do aqui para sempre”. No dia 2, às 12h00, a Escola da Banda Musical de Oliveira leva a palco “Estágio de Sopros e Percussão”.

Às 18h30, é a vez do Circulo Católico Operários de Barcelos apresentar “Dimensão Minhota”.

O cineclube ZOOM leva à frente ribeirinha, duas sessões de cinema. No dia 4, o filme “Bacarau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles (1959), e, no dia 11, “Martin Eden”, de Pietro Marcello (2019).

O teatro infantil fica a cargo da Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos com a peça “Pinóquio”, no dia 8, às 11h00. Às 22h00, “O Fado de Lisboa” é apresentado pela artista barcelense Carla Cortez.

A música continua no dia 14 com o Ciclo “Jazz ao Largo”, com o guitarrista português “Tó Trips”. No dia 15, a Banda Musical de Oliveira apresenta “Big Band”, às 21h30.

No dia 21, às 22h00, tem lugar um espetáculo da Linha TGV e, no dia 22, às 22h00, o músico João Miranda.

O Festival “River Blues” está de volta, mas desta vez no palco da frente ribeirinha. Arranca no dia 28 de agosto, às 22h00, com o espetáculo de “Smokestakers” e “L – Blues “. No sábado é a vez de “Delta Blues Riders”.

A programação de verão “Prá Frente Barcelos” termina no dia 5 de setembro com a peça de teatro “Enxôta Diabos”, pela A Mó-Grupo Teatro Vale do Neiva, às 21h30.

Todos os espetáculos são de entrada livre, mas com levantamento obrigatório de bilhete no Theatro Gil Vicente, de terça feira a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, ou no próprio dia do espetáculo (no período de 1 hora que antecede o evento). O espaço estará preparado para receber 400 pessoas com todas as condições de segurança.

Fonte e imagem: CMB.

River Blues de regresso ao palco do Cávado

Agosto 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival River Blues volta ao palco sobre o rio Cávado, em Barcelinhos, nos dias 29 e 30 de agosto. “Depois do sucesso das duas edições anteriores e com um público em crescendo, este festival procura dar uma nova visibilidade a Barcelos nesta área da música, apostando num evento de qualidade que vem complementar a oferta cultural do concelho, por si mesma de reconhecido dinamismo em termos de bandas rock e pop”, refere o Município em nota.



O Festival arranca no dia 29 de agosto, com um workshop de blues (15h00) e, às 22h00, é a vez de Nuno Andrade Blues Drive deixar os acordes ecoarem no palco junto à margem do Cávado, em Barcelinhos. Nuno Andrade é um guitarrista, vocalista e compositor que se dedicou à experimentação do blues, com o intuito de compreendê-lo, explorar e testar novas formas e abordagens. Da banda, também fazem parte Nifa Lobo (bateria) e Diogo Rodrigues (baixo), músicos experientes e fortemente influenciados pelo blues, jazz, rock e funk.

Já no dia 30, o algarvio Vítor Bacalhau (voz e guitarra) encerra o festival com a sua banda constituída por João Ventura na bateria e Luís Trindade no baixo. Com influências desde os primeiros blues do delta até ao grande e barulhento rock’n roll, esta atuação promete ser memorável.

Nas edições anteriores, pelo palco do rio Cávado, passaram nomes como Jean-Paul Rena, Quantic Mode, Minneman Blues Band, L-Blues, António Mão de Ferro, Just Soul Orchestra e Budda Power Blues.

O River Blues é promovido pela Câmara Municipal de Barcelos, contando ainda com a participação de uma empresa e uma produtora de eventos.

Fonte e imagem: CMB.

Festival River Blues no palco sobre o Cávado em Barcelinhos

Agosto 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A segunda edição do festival “River Blues” volta às margens do rio Cávado, no palco instalado em Barcelinhos, entre os dias 29 e 30 de agosto, pelas 22h00.



Este evento cultural aposta na fusão de sonoridades de Blues, Soul Music e Funk, voltando a colocar Barcelos na rota dos festivais musicais de cariz urbano, contemporâneo e cosmopolita.

No dia 29, o “River Blues” traz a banda portuense Minneman Blues Band, a banda de Wolfram Minnemann que pratica um estilo bem personalizado de blues, com laivos de boogie-woogie e honky-tonk do seu piano, juntamente com uma invulgar expressividade vocal.

No dia 30, o palco está reservado para Jean Paul Rena que, desde cedo, descobriu os blues como percurso musical. Ainda neste dia sobem ao palco os barcelenses L-Blues, uma banda com origem no projeto “Guitarras de Manhente”, em 2010, em que o folk, o country, os blues e o rock caminham lado a lado nas opções desta banda.

O local escolhido – o palco sobre o Rio Cávado, instalado em Barcelinhos – além de propiciar um cenário de grande beleza natural e patrimonial, pretende, de acordo com o Município, “fazer um reaproveitamento mais racional do palco que recentemente recebeu o Festival de Folclore do Rio”.

O festival “River Blues” é organizado pela Câmara Municipal de Barcelos em parceria com a Eventos David Martins, sendo os concertos de entrada gratuita.

Imagem: CMB.

Jazz, Blues e muito mais animam a programação de setembro do Teatro Gil Vicente

Agosto 31, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora




O Teatro Gil Vicente abre portas no mês de setembro, estendendo a sua programação para o palco sobre o Rio Cávado, nos dias 1, 2 e 3, com o Festival River Blues. Os concertos iniciam-se a 1 de setembro, com a banda barcelense QUANTIC MODE e os bracarenses BUDDA POWER BLUES. No sábado, 2 de setembro, é a vez da banda nacional JUST SOUL ORCHESTRA se apresentar com sons da Soul Music e do Funk. No último dia do Festival, a 3 de setembro, será lançado o novo álbum de originais de ANTÓNIO MÃO DE FERRO, um dos mais importantes guitarristas portugueses.

Mas os festivais não ficam por aqui. Entre os dias 13 e 17 de setembro é a vez do Largo Dr. Martins Lima receber o JAZZ AO LARGO. Este ano, o evento conta também com sessões de free jazz na Frente Ribeirinha da Azenha, no dia 16, às 15h e às 17h, e no dia 17, às 17h.

A música continua no Gil Vicente nos dias 8, com Pierre Chacal; 23, com o barcelense “Homem em Catarse”, na apresentação do seu primeiro álbum a solo; e, no dia 29, com o guitarrista barcelense João Dias, que apresenta o seu primeiro concerto num espaço fechado.

No primeiro dia do mês, o Teatro recebe a exposição de postais “Barcelos no Tempo – 89ª Aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade”, da Associação de Colecionismo de Barcelos – ACOBAR, que estará patente até 10 de setembro. A fotografia também terá o seu espaço reservado no átrio do Gil Vicente, com a exposição “Max Vadukul na Coleção EI”, inserida no Festival Encontros da Imagem, que celebra este ano trinta anos da sua fundação.

O espaço cénico recebe, nos dias 9 e 10 e 16 e 17, formações em cenografia por Luís Santos, numa parceria do Município de Barcelos com A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

“Livros a Mexer” é o título da atividade dedicada aos seniores, no dia 13, com o workshop de dança e literatura por Pedro Carvalho e, no dia 17, é a vez das famílias se dedicarem à dança e ao cinema com o workshop “O filme que eu danço”. Os mais novos podem agendar o dia 24 para assistir à peça “Arlequim Recicla Assim”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

No dia 18, às 18h00, tem lugar uma palestra dedicada ao Autismo, inserida no The Son-Rise Program®. Uma iniciativa da Associação Vencer Autismo em colaboração com a Câmara Municipal de Barcelos.

E a sétima arte preenche sete dias da programação do mês de setembro, começando no dia 2 com a apresentação dos trabalhos dos alunos da oficina de verão “Quem Conta um Conto”, que teve lugar na Galeria Municipal de Arte, no âmbito das férias escolares. Nos dias 7, 13, 14, 21 e 28, a Associação ZOOM traz os filmes “Contos da Lua Vaga”, “Bird – O Fim do Sonho”, “O Intendente Sansho”, “A Rua da Vergonha”. E no dia 10 de setembro há lugar para as Moondog Sessions com “Jesus the Snake ao vivo nas ruínas de Conímbriga”.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Ir Para Cima