Tag archive

França

Pedro Silva, da ACR Roriz, em 10º no Tour de Gironde International (França)

Maio 21, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu, nos dias 18 e 19 de maio, a 45ª edição do Tour de Gironde International, prova organizada pela Union Sportive Villenavaise Cyclisme e que juntou 30 equipas oriundas de França, Itália, Polónia, Espanha, Alemanha, Canadá e, claro está, Portugal. A prova foi dividida em três etapas: a Etapa 1 englobou um contrarrelógio de 7,4 Km; a Etapa 2 um percurso de 92,2 Km; e a Etapa 3 um de 114,4 Km. Entre as equipas participantes estava a ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT.



O contrarrelógio da primeira etapa acabou por ser decisivo para quem pretendesse lutar pela classificação geral individual. A equipa rorizense partia com ambição de fazer uma boa prestação, mas a avaria e consequente troca de bicicleta de Daniel Dias condicionou bastante a sua prestação (ele que é o vencedor do contrarrelógio da Taça de Portugal), acabando por terminar no 137° lugar a 2m01s do vencedor. Tal como com Daniel Dias, também Pedro Silva atravessa um bom momento e foi o melhor posicionado da equipa, no 24° lugar, a 34s do vencedor. Quanto aos restantes, tiveram prestações muito idênticas. Bruno Silva terminou no 82° posto, a 1m06s; Flávio Fernandes no 98°, a 1m11s; e João Silva, em 103°, a 1m17s.

A segunda etapa terminava na dura ascensão a Cenon e tudo foi diferente. A equipa de Barcelos conseguiu estar na discussão da mesma e ainda lutar pela classificação da montanha. Pedro Silva terminou num bom 9° lugar a escassos 8s do vencedor. Daniel Dias foi 39°, a 25s, e venceu uma meta de montanha, tendo terminado em 3° noutra. Flávio Fernandes foi 101º, a 5m30s; João Silva 107°, a 6m04s; e Bruno Silva foi 121º, a 7m16s.

Por fim, a terceira etapa, com 116km, realizou-se debaixo de chuva intensa, o que dificultou, ainda mais, a prestação dos ciclistas. Mas, a exemplo do dia anterior, os rorizenses conseguiram estar na discussão pelos lugares cimeiros. A dupla Daniel Dias e Pedro Silva mostraram a sua bravura e terminaram no 4° e 7° lugar, respetivamente, a 12s do vencedor, que cortou a meta isolado. Também integrado no pelotão chegou Flávio Fernandes, que foi 63°. Por sua vez, João Silva e Bruno Silva não concluíram a etapa.

Com estes resultados, Pedro Silva conseguiu subir ao TOP10 desta competição internacional, finalizando, precisamente, na 10ª posição, o que é bastante positivo tendo em conta as características da prova e o nível competitivo.

Em nota, a ACR RORIZ salienta que fazem “assim, um balanço bastante positivo, ao termos três resultados dentro do TOP10 nas etapas, o Pedro ter terminado dentro do TOP10 da classificação geral e, ainda, o Daniel Dias ter alcançado o 5° lugar na classificação das Metas de Montanha, para além de mais uma excelente experiência competitiva”.

Fotos: DR.

Alunos da EBS de Viatodos a caminho de França

Abril 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Partiram ontem, pelas 20h30, de Viatodos, 54 alunos da Escola Básica e Secundária dessa localidade, com destino a França.



Por terras gauleses, durante uma semana, os alunos irão conhecer Bordéus, Paris, Chambord, o Futuroscope, entre outras atrações.

Fotos: DR/EBSV.

Pedro Silva, da ACR Roriz, brilha em clássica internacional

Março 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O barcelense Pedro Silva, da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT), esteve em grande destaque, no passado domingo, ao ser 3º classificado na 26ª edição da clássica do calendário internacional “La Bernaudeau Junior”, que se realizou na região de Nantes, em França.



A formação júnior da ACR Roriz apresentou-se com um quinteto bastante homogéneo, junto da elite europeia do ciclismo júnior (em termos futebolísticos, o equivalente a uma Liga dos Campeões de Juniores), determinada a estar na discussão da corrida e fazer parte da história desta prestigiada competição, composta por 34 equipas e 170 atletas de 10 nacionalidades diferentes.

Com início em La Châtaigneraie, a prova disputou-se ao longo de 130 km, sendo os últimos 40 em circuito final na localidade de La Roche sur Yon, onde estava instalada a meta. Pelo meio, os atletas tiveram 4 sprints especiais e três metas de montanha.

Para além de Pedro Silva, alinharam, pela ACR Roriz, Daniel Dias, João Silva, Manuel Barbosa e Flávio Fernandes. Estes dois últimos atletas foram vítimas de furo logo nos quilómetros iniciais, o que levou à sua desistência, depois de um início feito a grande velocidade, num percurso estreito e acidentado, com média de 42Km/h na primeira hora de prova.

A corrida foi sempre muito atacada, tendo os atletas rorizenses estado presentes nessas iniciativas que, pelo km 50, resultou numa fuga com cerca de 20 atletas, onde se encontrava João Silva. Passados alguns quilómetros, foi a vez do Pedro Silva “saltar” do pelotão para a frente da corrida, que se manteve compacta até à entrada no circuito final, com cerca de 40 segundos para o pelotão.

No circuito final, a fuga foi, aos poucos, perdendo unidades, muito graças ao ritmo imposto e aos ataques que iam surgindo. Pedro Silva foi um dos mais irreverentes na fuga, isolando-se na frente da corrida com cerca de 10s de vantagem para a fuga perseguidora.  Dois elementos da fuga conseguiram fazer a junção à frente da corrida até à ultima volta, onde mais dois atletas conseguiram fazer a ponte do pelotão e, assim, discutir a vitória final a cinco.

No sprint final, Pedro Silva apenas foi superado pelo francês Loris Trastour (BOURGONHE), 1º classificado, e pelo belga Jago Williams (WIELER CLUB), na 2ª posição. A 20s chegou Daniel Dias (32º) e João Silva (74º), integrados no pelotão.

Com estas prestações, a equipa de Roriz obteve o 5º lugar coletivo entre as 34 equipas presentes.

A próxima competição é já no próximo sábado e domingo, com a realização do Troféu José Poeira, prova pontuável para a Taça de Portugal Júnior que se disputa em Odemira.

Fotos: DR.

Joaquim Sousa participa na “Marathon des Châteaux du Medoc 2018”

Setembro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 8 de setembro, o atleta barcelense Joaquim Sousa deslocou-se a França para participar na 34ª “Marathon des Châteaux du Medoc 2018”.



A maratona em questão tem algumas características únicas. Por exemplo, incentiva os participantes a competirem mascarados [Ndr: Joaquim Sousa é o 3º a contar da esquerda] conforme o tema e, para além dos habituais abastecimentos, tem muito vinho, cerveja, comida, como ostras, carne assada, fruta, queijos e gelados. Os atletas são, igualmente, animados por vários grupos, inclusivamente musicais, a cada quilómetro de prova, durante os 42 que a constituem, pelas ruas, vinhas e castelos da zona de Medoc.

Foto: DR.

Barcelense Susana Costa, da Casa do Povo de Alvito, com nova presença no Eurominichamp’s em França

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Schiltigheim, em França, foi o “quartel-general” de mais um Eurominichamp’s de ténis de mesa, competição que contou com a jovem barcelense Susana Costa, mesatenista da Casa do Povo de Alvito.



Esta competição foi organizada pela Associação Francesa de Ténis de Mesa, dirigida por Claude Bergeret e com os jogos a serem disputados no Gymnase des Malteries, sendo destinada a jovens nascidos após 2006.

Aos 10 anos de idade, Susana Costa, Campeã Nacional de Iniciadas e Campeã Nacional de Pares Mistos Iniciados, natural de Galegos Santa Maria, participou na 14.ª edição deste Eurominichamp’s, que decorreu naquela localidade francesa entre 24 e 26 de agosto. Esta edição acolheu, ao longo de três dias, 333 jogadores de 32 países e, pela primeira vez, para além dos países europeus, participaram também o Japão e os Estados Unidos, passando a competição para uma dimensão planetária.

Susana Costa integrou a comitiva portuguesa, constituída por Matilde Pinto, Rafael Kong, Mariana Santa Comba, Tiago Abiodun, Inês Fernandes, Mariana Costa, Pedro Gonçalves, Susana Costa, Júlia Leal, Letícia Charamba e Tiago Olhero.

No primeiro dia, realizaram-se as qualificações por grupos, com 3 fases distintas, definindo quem continuava na competição principal ou quem, por outro lado, passava para o “Torneio de Consolação” (os 4ºs classificados da 1ª fase, juntamente com os atletas eliminados das 2 fases seguintes).

Nesse dia de competição, realizado a 24 agosto, (Qualificação por grupos), e logo na 1.ª fase de qualificação, a atleta barcelense ficou num grupo fortíssimo de 4 jogadoras, do qual fez parte a jogadora romena que viria a ganhar o Eurominichamp’s 2018, na categoria feminina 2007 – Bianca Mei-Rosu.

Nesta fase, Susana Costa apenas conseguiu 1 vitória, frente à jogadora da Eslováquia, classificando-se na 4.ª posição do grupo, após o desempate por “goal-average“, (quociente entre os pontos marcados e os pontos sofridos), com as jogadoras da Normandia e da Eslováquia.

Ao pormenor, os jogos da atleta de Galegos Santa Maria:

Nina Nemethova (Eslováquia) x Susana Costa (Portugal): 2-3 (6/11; 11/9; 11/13; 11/7; 8/11)

Noémie Vanden (Normandia) x Susana Costa (Portugal): 3-1 (11/7; 3/11; 11/1; 11/7)

Bianca Mei-Rosu (Roménia) x Susana Costa (Portugal): 3-0 (11/3; 11/5; 11/1)

1ª Bianca Mei-Rosu (Roménia)

2.ª Noémie Vanden (Normandia)

3.ª Nina Nemethova (Eslováquia)

4.ª Susana Costa (Portugal)

Esta classificação condicionou a manutenção na competição principal, sendo remetida para o “Torneio de Consolação”, que se iniciaria no dia seguinte.

No segundo dia de competição (26 agosto), e já a disputar o “Torneio de Consolação”, Susana Costa ficou num grupo de 5 jogadoras, tendo apenas conseguido alcançar 1 vitória, frente à jogadora inglesa por 3-2.

De novo, conheça os resultados e jogos desta jovem jogadora:

Maja Belaj (Eslovénia) x Susana Costa (Portugal): 3-1 (13/11; 11/8; 8/11; 11/9)

Louanne Madelin (Normandia) x Susana Costa (Portugal): 3-1 (11/6; 11/5; 11/7)

Juliette Hartmann (Ile de France) x Susana Costa (Portugal): 3-1 (11/5; 8/11; 12/10; 11/5)

Bethany Ellis (Inglaterra) x Susana Costa (Portugal): 2-3 (8/11; 11/6; 8/11; 11/9; 7/11)

1ª Louanne Madelin (Normandia)

2.ª Juliette Hartmann (Ile de France)

3.ª Maja Belaj (Eslovénia)

4.ª Susana Costa (Portugal)

5.ª Bethany Ellis (Inglaterra)

Atendendo a que apenas as duas primeiras classificadas passavam para a fase seguinte do Torneio de Consolação, Susana Costa viu, por aqui, terminada a sua participação na 14ª edição do Eurominichamp’s.

Em suma, com 7 jogos realizados e 27 sets disputados ao longo destes dois dias, a mesatenista barcelense melhorou a sua participação relativamente à edição anterior e classificou-se na 41ª posição, num total de 84 jogadoras participantes no escalão 2007.



Consciente do longo caminho que ainda falta percorrer, e sabendo que encontrou pela frente adversárias um ano mais velhas e com níveis de desenvolvimento físico muito diferenciados, a mesatenista da Casa do Povo de Alvito regressa a casa com vontade de continuar a trabalhar para preparar a 15ª edição do Eurominichamp’s.

A participação de Susana Costa no Eurominichamp’s 2018 contou com o “apoio e colaboração da Junta de Freguesia de Galegos Santa Maria, da Câmara Municipal de Barcelos, da Butterfly Portugal, bem como do apoio e carinho de todos os familiares e amigos, a quem respeitosamente agradece”, refere, em nota, a treinadora Sandra Esteves, da Casa do Povo de Alvito.

Fotos: DR.

Susana Costa, da Casa do Povo de Alvito, presente no Euro Mini Champs em França

Agosto 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Susana Costa, jovem mesa-tenista da Casa do Povo de Alvito, já se encontra em Schiltigheim, onde entre hoje e dia 26 irá participar na 14ª edição do Euro Mini Champs.



Esta competição é organizada pela Associação Francesa de Ténis de Mesa, dirigido por Claude Bergeret e com os jogos a serem disputados no Gymnase des Malteries.

O torneio destina-se a jovens jogadores nascidos após 2006 e conta, para além da barcelense, com a presença dos jovens portugueses Inês Fernandes, Júlia Leal, Letícia Charamba, Mariana Costa, Matilde Pinto, Mariana Santa Comba, Pedro Gonçalves, Rafael Kong, Tiago Abiodun e Tiago Olhero.

Imagens: DR.

Ténis de Mesa da Casa do Povo de Alvito organiza convívio de fim de época

Julho 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 21 de julho, sábado, pelas 11h00, o Ténis de Mesa da Casa do Povo de Alvito leva a cabo o seu convívio de final de época desportiva, que decorrerá durante todo o dia.



O evento terá lugar na referida Casa do Povo e, de acordo com a sua direção, o convívio “é um momento de lazer e confraternização com atletas e familiares no final de uma época histórica para a Casa do Povo de Alvito, com a consagração da Campeã Nacional de Iniciados, Susana Costa, e com a conquista de 79 troféus desta época desportiva”, assim como, “a preparação de mais uma representação de Susana Costa no Eurominichamp’s, em agosto, em França”.

Foto: CPA-TM.

Grupo Folclórico São Lourenço de Alvelos atua em França

Junho 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Grupo Folclórico São Lourenço de Alvelos desloca-se a França, para onde partiu ontem, com destino à vila francesa de Boissise le Roi, onde atuará no Festival de Folclore, dia 3 de junho.



Esta é a primeira atuação internacional deste Grupo Folclórico e este facto ganha ainda maior relevo visto que esta vila francesa está geminada com a Freguesia de Alvelos.

Para além do grupo de Alvelos, atuam o Groupe Folcklorique Skd Izvor Paris (Sérvia), o Grupo de Bombos Mogadouro no Coração (Groslay – França) e o Groupe Folcklorique Cancioneiros de Portugal (Boissise le Roi).

No sábado, realiza-se uma cerimónia protocolar, com a inauguração de um Galo na vila, que contará com a presença de representantes da Câmara Municipal de Barcelos, da Junta de Freguesia de Alvelos e da paróquia de Alvelos.

Foto: GFSLA.

Por proposta de José Manuel Fernandes, Portugal recebe 50,6 milhões de euros para as zonas afetadas pelos incêndios de 2017

Maio 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Parlamento Europeu aprovou, ontem, dia 30 de maio, a proposta do eurodeputado José Manuel Fernandes para a mobilização de 50,6 milhões de euros do Fundo de Solidariedade da União Europeia (FSUE) com vista ao restabelecimento das infraestruturas danificadas pelos incêndios de 2017 em Portugal.



O relatório foi aprovado no plenário, que decorreu em Estrasburgo, com 629 votos a favor, 21 votos contra e 9 abstenções.

Por proposta do eurodeputado do PSD, o relatório final deixa uma recomendação à Comissão Europeia para que aprove propostas de reprogramação dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) que os Estados-Membros venham a apresentar, com o objetivo de financiar ações para a prevenção de incêndios florestais.

José Manuel Fernandes sublinha que fica lançado o desafio ao governo português e ao primeiro-ministro António Costa, que têm a responsabilidade de aproveitar a oportunidade para reforçar os recursos de apoio às vítimas e zona afetadas.

“O governo português tem a porta aberta para propor, na reprogramação do Portugal 2020, o reforço de fundos para fazer face aos prejuízos nas áreas atingidas pelos incêndios do ano passado e para reforçar a prevenção, de forma a que não haja a repetição da tragédia do ano passado. É uma questão de vontade política atendendo a que ainda faltam executar cerca de 20 mil milhões de euros. A prevenção é a melhor solução. Temos de fazer tudo para evitar a perda de vidas humanas”, sustenta o eurodeputado.

A resolução aprovada – em que se lamenta o número de vidas perdidas – exige que os montantes sejam utilizados de forma transparente, assegurando uma distribuição equitativa por todas as regiões afetadas.

“O governo deve revelar os critérios que utiliza e em que concelhos vai investir os 50,6 milhões de euros”, afirma José Manuel Fernandes, coordenador do Partido Popular Europeu (PPE) na Comissão dos Orçamentos e relator para o Fundo de Solidariedade da UE.

A proposta de mobilização do FSUE foi aprovada em tempo recorde pelo Parlamento, tendo sido apresentada pela Comissão Europeia em 15 de fevereiro, no seguimento do pedido de assistência financeira enviado pelas autoridades portuguesas em 17 de julho de 2017, atualizado em 13 de outubro e 14 de dezembro, devido a outros incêndios que deflagraram no país. Um adiantamento de 1,5 milhões de euros do FSUE foi entregue a Portugal em novembro.

A mobilização ontem aprovada prevê, igualmente, a concessão de assistência financeira à Espanha (3,2 milhões de euros), relacionada com os incêndios na Galiza, à França (49 milhões), devido aos furacões em São Martinho e Guadalupe, e à Grécia (1,3 milhões), na sequência dos sismos na ilha de Lesbos. Os montantes ficam disponíveis desde já, uma vez que também já foram aprovados pelo Conselho.

Foto: DR.

ACR Roriz com boa participação no Tour de Gironde Internacional Júnior, em França

Maio 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O departamento de Gironde, na região de Nouvelle-Aquitaine (sudoeste de França), recebeu mais um Tour de Gironde Internacional Júnior, onde marcou presença a equipa barcelense ACR RORIZ | SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT.



A última etapa desta prova do Calendário Internacional Júnior (UCI), realizada este último domingo, trouxe o melhor resultado para a formação rorizense em terras gaulesas. O atleta João Carvalho, natural de Penalva do Castelo, conseguiu realizar um bom sprint final, tendo conquistado a 9ª posição, depois de uma exigente etapa com 112km, realizada a alta velocidade (43km/h média), sob ventos fortes, chuva torrencial e queda de granizo, que fraccionou totalmente o pelotão, constituindo-se um grupo de 40 atletas na frente da corrida, onde se encontrava, também, o seu colega Hélder Gonçalves. Este grupo viria a discutir a vitória entre si. O mais forte no sprint final foi Gauthier Navarro (Culture Velo Racins Team U19) e Hélder Gonçalves foi 23º.

No sábado, os atletas tiveram de cumprir, da parte da manhã, um Contrarrelógio Individual de 9 km, onde João Carvalho foi o melhor posicionado da equipa de Roriz, na posição 66, a 1,26 do vencedor, Carlos Rodríguez (Fundação Alberto Contador). Ainda nesta etapa, Hélder Gonçalves foi 85°, Bruno Silva 87°, João Rocha 109°, Rafael Torres 110° e Flávio Fernandes 126°.

Da parte da tarde, os atletas tiveram uma etapa com 77km, na região dos Landes, com as típicas estradas e viragens estreitas, num sobe e desce constante. Esta etapa, com início em Frontecac, ficou marcada por várias quedas, o que levaria à desistência de Bruno Silva e à chegada fora do controlo de João Rocha. O atleta Hélder Gonçalves foi o único a seguir com o grupo principal, tendo terminado na 41ª posição. João Carvalho foi 84°, Flávio Fernandes foi 92° e Rafael Torres 94°. A etapa foi ganha pelo francês Valentin Retalleau.

Nas contas da geral individual, destaque para Hélder Gonçalves, na 33ª posição, e para João Carvalho, no 63° Lugar.

Fonte: ACRR.

Fotos: DR.

 

Ir Para Cima