Tag archive

Fundação Inatel

Teatro de Balugas estreia peça “Pão Nosso”

Outubro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A estreia da peça “Pão Nosso” marca o encerramento do Festival de Teatro de Barcelos. O novo espetáculo do Teatro de Balugas, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, resulta da residência artística de teatro comunitário realizada no ano passado e que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL.



A estreia está agendada para o dia 3 de novembro, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, e conta com a participação especial da Ronda Típica da Ponte das Tábuas.

Segundo o Teatro de Balugas, “a peça fala-nos da aldeia de Balugães que foi terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos”.

Imagens: TB.

Teatro de Balugas leva a cena “Auto dos Bons Diabos” em Balugães

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro de Balugas apresenta, dia 19 de novembro, pelas 16h00, no auditório da Junta de Freguesia de Balugães, a peça “Auto dos Bons Diabos”. Esta produção teatral integra a programação do ciclo “Teatro no Outono 2017”, uma organização da Fundação INATEL.



A peça é o relato de um artista de teatro popular que se desdobra em histórias e personagens dessa mesma história, do desaparecimento do mundo rural, da festa feita nas terras pelas gentes que contavam apaixonadamente as suas crenças, tradições e costumes, de uma certa ideia de progresso que não serve homens nem comunidades.

– Estou a ficar velho, mas hei-de morrer a cavar a terra, ou nas tábuas do palco,

Ela já mo disse, ó homem cava já o buraco que com as tábuas do teatro faz-se o caixote e assim não se gasta dinheiro com o funeral”.

Baltasar Diabo e a sua companhia são os últimos resistentes do que resta de um vale outrora rural, esvaziado em grande parte pela fuga para as cidades, vilas e estrangeiro. Aqui habitam histórias de resiliência e sobrevivência, onde a cultura popular de gerações resiste nas mãos de um punhado de artistas anónimos.

“Teatro no Outono 2017” é uma organização da Fundação INATEL e que conta com a colaboração do Teatro de Balugas, de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, do Teatro Coelima – Sol no Miral Associação Cultural, da Nova Comédia Bracarense e do Teatro D’ART – Associação Recreativa de Trandeiras.

Fonte e imagens: TB.

Ir Para Cima