Tag archive

Futebol - page 3

Carreira é novo líder da sua Série em jornada de “chuva” de golos

Outubro 21, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Martim derrotado no jogo da jornada

Este foi um fim de semana de muita chuva, numa demonstração de estado meteorológico outonal, mas também de muitos golos, principalmente, nos jogos a envolverem as equipas barcelenses. Infelizmente para algumas delas, o destaque não foi os que marcaram, mas os que sofreram.



Começando pelo Pro-Nacional, o Santa Maria (16º) esteve envolvido numa das surpresas da jornada, mais, até, pela quantidade de golos que encaixou. Deslocou-se ao terreno do Vieira (13º), tendo sofrido uma goleada por 6-1. Na próxima jornada, recebe o Serzedelo, o “lanterna vermelha”.

Na Série A da Divisão de Honra, o destaque da jornada estava geolocalizado em Amares, com o líder a receber o vice-líder Martim. O marcador ditou uma vitória dos da casa, por 3-0. No entanto, este resultado permitiu, apenas, a distanciação entre ambas as equipas, sendo que os seus lugares na classificação se mantiveram. Na jornada que se segue, os homens de Martim terão um dérbi frente ao FC Roriz.

Seguem-se duas boas vitórias para equipas barcelenses. O Pousa (4º) continua numa boa senda de resultados, goleando, em casa, o Sequeirense (13º), por 4-0. Na próxima jornada deslocam-se ao Caldelas (8º).

O Águias de Alvelos (9º) também obteve uma vitória robusta, caseira, frente ao Terras de Bouro, o “lanterna vermelha”, por 3-1. De seguida, vão a Celeirós (7º).

Quem empatou foi o FC Roriz (12º), em casa e a 1 bola, na receção ao Caldelas. Segue-se, para os rorizenses, o dérbi em Martim.

Por fim, o MARCA (14º) tinha uma tarefa difícil, ao receber uma das equipas do topo da classificação, o Águias da Graça (3º). No final, os homens de Vila Cova saíram derrotados por 0-2. Deslocam-se, agora, ao Sequeirense.

Na Série B, nova surpresa para os de Barcelos. O Viatodos (3º) empatou em casa do “lanterna vermelha”, o vizinho Louro, por 1-1. Segue-se a receção ao Pica (10º).

A Série A da 1ª divisão tem novo líder e é de Barcelos. O Carreira goleou, numa autêntica “chuva de golos” (10!), o Antas (17º), por inusuais 7-3. De seguida, jogam no terreno do Martim B, em dérbi.

Não foi só esta vitória esmagadora que contribuiu para o alcançar da 1ª posição, isolada, do Carreira. Uma equipa sua conterrânea também deu uma “ajudinha”. A UD São Veríssimo (4º), a fazer um bom início de campeonato, recebeu o – então – líder Tadim (3º) e conquistou um empate a 1 bola. Na próxima jornada, jogam no terreno do Peões (16º).

Por falar em Peões, estes visitaram o “Os Ceramistas” (8º) e saíram derrotados por 2-0. Os homens de Galegos São Martinho têm uma deslocação difícil ao Soarense (6º).

Outra grande vitória foi conquistada pelo Ucha (5º), que visitou o Sete Fontes (11º) e veio de lá com uma goleada no saco, por 0-4. De seguida, recebe o Alegrienses (15º).

Por fim, em dérbi de Barcelos, o Granja (12º) recebeu o Martim B (7º). No final, o marcador apontou uma vitória forasteira por 2-3. Na próxima jornada, o Granja vai ao difícil terreno do Tadim. Já o Martim B recebe o novo líder, o Carreira, em novo dérbi barcelense.

Fotos: FCR/GFCP/UDSV/CFOC.

Nova liderança na 1ª divisão

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Na 2ª, trio de líderes passa a duo de vizinhos

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Mais uma semana cheia de futebol popular e com muitos golos marcados: 32 na 1ª divisão e na 2ª foram 27 os golos marcados.



Mas começando pela 1ª, o jogo da jornada opunha o Oliveira – equipa orientada por Ricardo Escudeiro – frente ao Carapeços, comandada por Miguel Sá Pereira. Estas duas equipas partilhavam o 1º lugar, juntamente com o Leões da Serra e o Leocadenses. O jogo ficou empatado a 1, o que permitiu ao Leões da Serra isolar-se no comando, depois de ter vencido em Carvalhal por 2-3.

Já o Leocadenses foi a Negreiros, campo sempre complicado de pontuar, empatar a 1.

Cá para baixo, o destaque, pela negativa, vai para o Palme e o Carvalhal. Estas duas equipas têm apenas um ponto conquistado!

Na próxima jornada, destaco o Lijó-Oliveira e o Leões da Serra-Macieira.

Na segunda divisão, na semana passada, eram três os líderes. Esta semana passaram a dois.

Passaram a dois, pois o Feitos, um dos líderes na semana transata, empatou a 0 em Salvador do Campo, descendo ao 3º lugar.

Quem beneficiou com este empate, e fazendo o que lhes competia, foram o São Martinho e “Os Estrelas”. São Martinho, que venceu à tangente (2-3) em São Mamede. O “Os Estrelas”, que vos digo, está a fazer um início de época fantástico, também foi fora, vencer pela margem mínima (0-1) o Cristelo. Estes dois vizinhos não se largam até mesmo na classificação!

Uma palavra também para o Cambeses, que conquistou a primeira vitória, ao derrotar o Creixomil por uns expressivos 4-1.

Na próxima jornada, destaco o Estrelas-Cossourado e o Campo-São Martinho.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Segunda vitória consecutiva para o Santa Maria

Outubro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado fim de semana, mais uma jornada dos campeonatos distritais de Braga, com alguns destaques entre as equipas barcelenses.



Na divisão maior, a Pro-Nacional, o Santa Maria (16º) conseguiu a segunda vitória consecutiva, derrotando, em casa, o Torcatense (11º) por 3-1. Depois de estarem sem vencer no campeonato, os homens de Galegos Santa Maria encarreiraram o seu trajeto e somaram duas vitórias, 6 pontos, de uma forma consecutiva. Na Jornada 10, deslocam-se ao terreno do Vieira (15º).

A Série A da Divisão de Honra trouxe apenas uma vitória para Barcelos, se bem que a dificuldade dos jogos foi grande. Senão vejamos:

A única vitória foi para o Martim (2º), que recebeu e venceu o Ribeiro do Neiva (15º) por 3-0. A equipa de Martim dedicou a vitória ao malogrado Abel, antigo jogador do clube. Na próxima semana participará no “jogo da jornada”, deslocando-se a casa do líder, o Amares.

Amares que recebeu o FC Roriz (13º) e venceu por 4-3. Sete golos num jogo, mas que resultaram, infelizmente para os rorizenses, na vitória dos da casa. Na próxima jornada, o FC Roriz recebe o Caldelas (8º).

Outra equipa barcelense com deslocação difícil foi o MARCA (14º), que defrontou o Celeirós (4º), em casa destes, e perdeu pela margem mínima: 0-1. Segue-se a receção ao Águias da Graça (5º).

Esta última equipa recebeu o Pousa (6º) e venceu por 2-1. Esta vitória permitiu-lhes igualar a pontuação dos barcelenses. Na próxima jornada, o Pousa recebe o Sequeirense (11º).

Finalmente, a equipa de Barcelos que não venceu, mas também não perdeu, foi a Águias de Alvelos (10º), que empatou em casa do Marinhas (9º), a 0 bolas. Recebem a seguir o “lanterna vermelha” Terras de Bouro.

Já na Série B, o Viatodos (2º) venceu, por 2-0, o Ruivanense (14º). De seguida, desloca-se ao terreno do vizinho Louro, que está em último lugar na classificação.

Na 1ª Divisão, Série A, o Carreira (3º) conseguiu uma boa vitória, no terreno do Maximinense (4º), permitindo-lhe ultrapassar o seu adversário. O marcador final marcou um 0-1. De seguida, recebem o Antas (17º).

Antas que recebeu o Granja (10º) e saiu derrotado por 1-2. A equipa barcelense terá, de seguida, um dérbi barcelense com o Martim “B”.

O projeto “B” do Martim (9º) recebeu, igualmente em dérbi, a UD São Veríssimo (5º) e saiu derrotado por 0-1. A equipa de Tamel São Veríssimo recebe o líder na próxima jornada.

Líder, que recebeu o “Os Ceramistas” (11º) e venceu por 4-0. Os homens de Galegos São Martinho recebem o Peões (16º) na próxima jornada.

Por fim, o Ucha (7º) viu o seu jogo caseiro com a Associação LANK (14º) ser anulado. Descansou no último fim de semana, mas no próximo já terá uma deslocação de alta exigência, a casa do Sete Fontes (6º).

Fotos: AFCM/FCR/GFCP.

Santa Maria conquista primeira vitória

Outubro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, disputou-se mais uma jornada dos campeonatos distritais de Braga, assim como a 1ª eliminatória da Taça.



Um dos destaques vai para a primeira vitória do Santa Maria (16º), em casa do Porto d’Ave (17º), por 0-2. Segue-se a receção ao Torcatense (9º).

Na Série A da Divisão de Honra, o Martim (2º) conseguiu uma vitória sólida, em casa do Este (11º), por 1-3. De seguida recebe o Ribeira do Neiva (15º).

Outra boa vitória para o Pousa (3º), que derrotou em casa o Celeirós (5º), por 3-1. Vitória essa que permitiu aos barcelenses ultrapassarem os seus adversários na classificação. Na próxima jornada têm uma deslocação difícil ao Águias da Graça (6º).

Seguiram-se 3 empates. O FC Roriz (13º) empatou em casa frente ao Sequeirense (12º), por 1-1. De seguida, visitam o terreno do líder, o Amares.

Por incrível que possa parecer, o MARCA (14º) obteve o seu segundo empate seguido…a 3 golos! Desta feita, em casa, frente ao Terras de Bouro (16º). Na jornada que se segue, visita o Celeirós.

Por fim, o Águias de Alvelos (10º) teve um bom empate em casa, a 2 bolas, frente ao Vila Chã (4º). De seguida, vão ao Marinhas (7º).

Na Série B, o houve surpresa no jogo do Viatodos (4º), em casa do Amigos de Urgeses (12º), com os da casa a levarem de vencida os barcelenses por 4-3. O Viatodos recebe o Ruivanense (13º).

O campeonato da 1ª Divisão não se disputou, com algumas equipas envolvidas na 1ª eliminatória da Taça, entre elas duas de Barcelos.

O Granja foi eliminado em casa do Juventude Póvoa, por 4-2. Já o “Os Ceramistas” foi eliminado em casa, pelo Fermilense, por 0-1.

Fotos: FCR/MARCA/ARCAA/GFCP.

Haja respeito pela “família” do futebol popular!!!

Outubro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Gonçalo Santos

Olá, “família” do Futebol Popular!

Passado o interregno das férias, já com uma imensa saudade do futebol popular, cá estou eu novamente para vos falar um pouco sobre o “nosso futebol”.



Não há melhor forma de começar este artigo de opinião do que parabenizar os vencedores do primeiro troféu oficial, a Supertaça, o Carapeços. Também uma palavra de honra para os vencidos, o Carvalhal.

E claro, não podia deixar em branco o fator mais negativo da Supertaça, que foi o local onde foi disputada. Não que tenha algo contra o Estádio Padre Sá Pereira, mas sim, os motivos pelo qual levaram os responsáveis da AFPB a realizarem em Esposende o jogo que marcou o arranque das competições da época desportiva. De salientar que foi antes das eleições autárquicas 2017, que elegeu este executivo municipal e, principalmente, este vereador do desporto, que se disputou a última final do futebol popular, ou da supertaça, em recintos municipais. Ficando aqui esta nota negativa para os responsáveis municipais, que não tiveram qualquer consideração para com os milhares de pessoas que fazem parte desta nossa “família”, da “família” do futebol popular, que semana após semana se deslocam de freguesia para freguesia para assistirem ao nosso futebol.

No que ao campeonato diz respeito, este início de campeonato foi marcado por algumas surpresas, quer positivas, quer negativas. Começando pela primeira divisão e pelas surpresas positivas, destaco o excelente início de campeonato que o Oliveira está a realizar, com 3 vitórias em outros tantos jogos, sendo o fator diferencial para as outras equipas, que também partilham a primeira posição e os 9 pontos na tabela, as goleadas em todas as 3 jornadas disputadas. O Leocadenses, o Leões da Serra e o Carapeços são as equipas que também partilham a liderança no campeonato. Também um destaque positivo para o Paradela, que ascendeu à primeira divisão e está a fazer um bom início de temporada, registando duas vitórias fora de portas e apenas uma derrota com o Carapeços, que é campeão em título.

Os destaques negativos começam pelas duas equipas que ainda não pontuaram, o Palme e o Fonte Coberta. Mas há ainda duas equipas a merecer destaque negativo, o Sequeade, porque na época transata fez uma excelente primeira volta, e o Carvalhal, que na época passada defendia o título conquistado na época 2017/2018 e também era apontado como um dos mais fortes candidatos ao título de campeão. Esta época, estão ambos com um ponto conquistado à terceira jornada do campeonato.

Na segunda divisão, e começando pelos destaques positivos, as 3 equipas que lideram a classificação: “Os Estrelas”, o Feitos e o S. Martinho. Entre estas três equipas, a que surpreende mais nesta posição é “Os Estrelas”, devido ao facto de, nos últimos anos, a turma de Vila Frescaínha S. Pedro estar afastada das primeiras posições da tabela classificativa. O Feitos não surpreende muito, devido ao facto de ainda no início da temporada passada ter conseguido 8 vitórias em outros tantos jogos e só não conseguiu a promoção à primeira divisão porque descarrilou bastante logo após as míticas oito vitórias consecutivas. O S. Martinho é uma equipa que nos tem habituado a estar em lugares de luta pela subida, mas que tem tido prestações menos conseguidas durante as segundas voltas dos campeonatos. Apesar de nesta temporada estar com novo alento em virtude da colocação de piso sintético no seu recinto desportivo.

Os destaques negativos vão para as três equipas que se encontram no fim da tabela, com 3 derrotas e, consequentemente, 0 pontos, sendo elas: Cambeses, Silveiros e Baluganense. O Baluganense, pelo facto de ser um despromovido da primeira divisão, leva um destaque ainda mais negativo, porque, de facto, esperava-se mais da equipa mais nortenha do concelho de Barcelos.

Despeço-me com votos de um bom campeonato para todos e com a promessa de nos vermos por aí.

Do vosso amigo, Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

O importante é ganhar, mas…

Outubro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, barcelenses, portistas e leitores do BnH!

Vamos falar, com paixão, da bola que nos rodeia.

O meu Porto foi vencer a Vila do Conde, tangencialmente, por 1-0. Vitória sofrida, mas justa.



O ultimo quarto de hora do FCP foi de postura de equipa pequena, mas eficaz. Todas as linhas fechavam o meio campo e reduziam os espaços para a equipa adversária.  Até Mbemba entrou para fechar, destruir e aliviar. O importante é ganhar, mas é estranho ver o Porto “encostado às cordas”!

Já não há jogos fáceis e todas as equipas estão melhor preparadas e apetrechadas.

Na próxima jornada, recebemos o surpreendente Famalicão, ao qual dou os meus parabéns. Espero que seja o jogo do título e que o Porto saia vencedor… (Risos)

O sorteio da Taça de Portugal ditou que o Porto faça uma curta viagem a Gaia para jogar frente ao Coimbrões. Que seja um jogo especial, que o vai ser para os gaienses, mas que o FCP não facilite em nada.

Desilusão foi mesmo a jornada europeia! Sabíamos que ia ser difícil vencer na “banheira de Roterdão”, mas não impossível.  A passividade e falta de agressividade nos jogadores do FCP foi algo inacreditável.  Começo a sentir jogadores contrariados e, se assim for,…andamento com eles.

Que esta pausa traga serenidade, ambição, foco e novas ideias. 

Para terminar “o que passou-se” na Assembleia Geral do SLB???

Longe vão os tempos de liberdade de expressão…LOL.

Ai se este episódio fosse com o FCP…ui, ui, ui!

Fiquem bem e até à próxima!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Arbitragem merece uma chamada de atenção

Outubro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Lucy Santos

Olá a todos os leitores do BnH!

Vamos ser justos. O Santa Clara foi o justo vencedor. Mas não foi assim fácil. A nossa equipa nunca desistiu e, mesmo jogando com 10 jogadores quase o jogo todo, lutou sempre até ao fim para tentar trazer pontos para Barcelos.

A partir do momento da expulsão, o Gil Vicente fechou mais e foi tirando espaço ao Santa Clara. O treinador do Santa Clara, a dada altura, mudou a tática. Passou, então, de três homens ao ataque, para cinco, o que viria a mudar o fio de jogo.

Já na reta final, Carlos Júnior fez o golo, beneficiando de um erro de Nogueira, que desviou a bola, involuntariamente, dando então a vitória ao Santa Clara.

Sandro Lima, continua a ser o homem do jogo. O avançado segura muito bem a bola e, neste jogo, a jogar com dez, foi sobrecarregado, mas correspondeu. Segurou a bola, criou perigos no remate e ainda ajudou a defender.

Quanto à arbitragem, acho que merece uma chamada de atenção. Não é discutível se o lance será justo ou não. O que está em causa, na minha maneira de ver, foi o facto de o árbitro ter puxado o cartão amarelo, mas por indicação do quarto árbitro, guardou o cartou e puxou o vermelho direto. No entanto, na segunda parte, existe uma agressão a Sandro, mesmo perto do banco Gilista e do quarto árbitro, e ninguém viu! Noutra jogada, também não se mostrou o segundo cartão amarelo a Rashid. Fazendo das palavras de Vítor Oliveira as minhas, “continuamos a fazer orelhas moucas e ouvidos cegos”, mas não podemos continuar assim.

São estas situações que vão estragando o nosso futebol.

Temos agora quase um mês para recuperar os nossos jogadores que ainda se encontram lesionados, como Rúben Fernandes, Bodja e Naidji.

Estou confiante que esta paragem no campeonato dará uma lufada de ar fresco e regressaremos mais fortes.

Dos nossos jogadores, espero também mais golos, porque temos apenas 3 golos marcados (dois com o FC Porto e 1 com o Braga).

Falando agora da Taça da Liga, o mister Vítor Oliveira já tinha referido, e bem, que a sua prioridade seria o campeonato e que nesta taça iria colocar os jogadores menos utilizados a jogar para dar minutos. O mais importante agora é pontuar o mais rápido possível para conseguirmos o nosso principal objetivo: a manutenção.

Para a Taça de Portugal, temos jogo agendado para o próximo dia 20 de outubro, às 16h. Está disponível um pack viagem e bilhete para este jogo. Podem reservar o vosso lugar pelo número 913 936 232.

Apoiem sempre e em primeiro lugar, o clube da vossa cidade.

Juntos somos muito mais fortes!

Por: Lucy Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Continua Sofrível

Outubro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Mais de um mês depois, após cinco jogos sem vencer, voltámos aos triunfos, sofríveis diga-se, frente ao Desportivo das Aves e ao LASK Linz. Desportivo das Aves 0-1 Sporting Clube de Portugal.



Vencemos a equipa que está em último lugar no campeonato nacional, por 1-0, com golo de penálti, apontado por Bruno Fernandes quando já estavam decorridos 83 minutos de jogo. Uma vez mais, portanto, foi sofrer até ao fim. Mas valeu a pena. Não pela nossa exibição, globalmente muito fraca, mas pelos 3 pontos conquistados!

Estreia do novo treinador, Silas – quinto da era Varandas – começou com o pé direito. O seu antecessor, Leonel Pontes, orientou o Sporting em 4 partidas, com um saldo francamente negativo: 1 empate e 3 derrotas.

Vitória merecida, porque fomos a melhor equipa em campo, mas num jogo insípido e quase bocejante, revelámos, porém, maior segurança na posse de bola. Vitória que foi, também, possível graças a algo que nos tem faltado noutras jornadas: o fator sorte.

Na Liga Europa, recebemos a equipa austríaca do LASK Link. Sporting Clube de Portugal 2-1 LASK Linz.

Contra a equipa que segue em segundo lugar no campeonato austríaco, obtivemos uma vitória nada merecida, conseguida apenas com muita sorte! Num jogo que o adversário dominou quase por completo, dispôs claramente de mais oportunidades de golo, e foi para o intervalo a vencer por 1-0. O nosso Sporting só esteve por cima do jogo durante cerca 15 minutos, na segunda parte, mas aproveitámos da melhor maneira esse período, onde marcámos os dois golos – por Luiz Phellype, de cabeça, na sequência de um canto apontado por Bruno Fernandes, aos 58′, e o outro pelo nosso capitão Bruno Fernandes, numa boa desmarcação, com assistência do ponta de lança brasileiro, aos 63′. Muito melhor o resultado neste confronto da Liga Europa do que a exibição. Há noites assim!!!

As exibições continuam muito aquém do esperado!!!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respect e Fair-Play!!!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Não faz isso, Bella…

Outubro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

Foi esta uma das primeiras frases que o padrinho ensinou à sua afilhada. Provavelmente, para mangar com o pai da menina, benfiquista de coração. E a menina, ao ver que fazia sucesso e arrancava uns sorrisos, ora mais, ora menos satisfeitos, repetia a frase numa espécie de cantilena engraçada.



Quando me lembro dos recentes jogos do nosso Glorioso, não consigo deixar de recordar este acontecimento. Em princípio, Bella Guttman só amaldiçoou as finais europeias. Mas, recentemente, a maldição parece ter alastrado. Primeiro, a toda a fase das competições internacionais. Mais recentemente, parece que também paira aí “algo” sobre o campeonato.

As recentes jornadas na Liga dos Campeões têm sido para esquecer. Joga-se pouco, não se marcam golos, nem se pontua. Na UEFA, ainda demos um ar de graça, mas depois de fazer o mais difícil, fomos ser eliminados por um modesto (porém, bravo) Eintracht Frankfurt. E como se não bastasse, sendo que nas competições nacionais a coisa até tinha bom ar, agora até para consumo doméstico andamos a serviços mínimos.

Sou um admirador de Bruno Lage. Nele, gosto de praticamente tudo, no que ao futebol diz respeito. Mas precisa, rapidamente, de fazer um balanço e contas. É que no Benfica, o terceiro anel ainda é pior que o Bella. E nem é preciso começar a perder muito. Basta uma série de más exibições e o abutre vem tomar o lugar da águia Vitória. Faz-te à vida, Bruninho. Por mim, ficas. Mas… sabes como é a malta…

Um parágrafo final para o presidente lfv. E Não, a letra pequena não é “gralha”. É mesmo para condizer com as atitudes mais recentes deste senhor. É absolutamente incontestável que o atual presidente pegou num SLB moribundo e voltou a fazer dele um grande europeu… financeiramente. Hoje em dia, grandes clubes têm que ser geridos como empresas. Mas NUNCA como empresas apenas. É importante o projeto desportivo. É essa a alma mater do clube. De todos os clubes desportivos. Daí, a compreensiva insatisfação dos sócios. É tudo muito bonito (e é-o, de facto), mas sem título é tudo uma treta. Nunca por nunca poderia, lfv, ter tido a atitude que teve com um sócio (aperto de pescoço) numa recente assembleia geral. Mas nunca. O clube são os sócios, não uma personalidade (isso é mais pra norte). Convém não esquecer: Passam os Azevedos, passam os Vieiras. Só o clube permanecerá. Sempre. Et pluribus unum.

Viva o Benfica.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Será que os candidatos se começam a perfilar?

Outubro 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores! Mais uma semana cheia de futebol popular.

Será que os candidatos se começam a perfilar?



Bem, certo é que há 4 equipas na liderança, todas elas com 6 pontos conquistados. Acredito que este será o ano mais difícil de se vencer este campeonato. As equipas reforçaram-se muito, e bem, com jogadores de qualidade e muitos deles deixaram o futebol federado para se integrar no nosso futebol popular de Barcelos. Será um ano em que a competitividade estará no máximo!

O destaque, esta semana, vai para o Oliveira. Repetiu o resultado da semana passada, vencendo por 5-2 o Fragoso. É o melhor ataque, com 10 golos.

Com os mesmos pontos está o Leocadenses. Esta semana voltou a vencer, mas por uns expressivos 0-4. A “vítima” foi o Sequeade, terreno de onde muito poucas equipas saem com pontos! Leocadenses é a melhor defesa deste campeonato, ainda não sofreu golos. Quem irá conseguir essa proeza? Sequeade, que ainda não marcou nenhum golo, sendo a única na 1ª divisão!

O Leões da Serra, também com 6 pontos, deslocou-se a Palme e conseguiu uma vitória pela margem mínima (2-3), mas garantiu os tão desejados 3 pontos.

O campeão Carapeços deslocou-se a Paradela. As duas equipas com sintético, neste campeonato, deram espetáculo, num jogo com 6 golos. A vitória sorriu aos homens comandados por Miguel Sá Pereira, com 2-4 como resultado final.

Desengane-se quem pense que são estas as equipas a lutar pelo título. Com o decorrer do campeonato verão!!

Na próxima jornada, destaco o Leocadenses-Carvalhal.

Na segunda divisão, coincidentemente, também são 4 as equipas a liderar, com 6 pontos conquistados. São elas o Feitos, São Martinho, Estrelas e São Mamede. As últimas três, todas elas vizinhas.

O Feitos foi a Cambeses vencer pela margem mínima: 0-1; São Martinho deslocou-se ao Pedra Furada e venceu por 1-2; o Estrelas venceu o Silveiros (1-2), com a vitória a sorrir nos instantes finais, através de uma grande penalidade; e o São Mamede recebeu, e venceu, o Campo por 2-0. O Cambeses é a única equipa que não marcou qualquer golo na 2ª divisão. A melhor defesa é a do Cossourado, com nenhum golo sofrido. Fazem-se apostas: quem será que marca o 1º golo ao Cossourado? E, já agora, quem será a primeira equipa a sofrer um golo do Cambeses?

Na próxima jornada, destaco o Feitos-São Mamede.

Por esta semana é tudo. Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Ir Para Cima