Tag archive

GASC - page 2

Semana para a Igualdade e a não Discriminação assinalada em Barcelos

Novembro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

De 26 a 30 de novembro, em diferentes espaços municipais

O Município de Barcelos promove, de 26 a 30 de novembro, a Semana para a Igualdade e a não Discriminação, sob o mote “Barcelos Mais Igual – Igualdade, Cidadania, Parcerias e Desenvolvimento”.



O ponto alto do programa acontece no dia 30 de novembro, com o Hastear da Bandeira “Cidade Educadora”, no sentido de Barcelos sendo Cidade Educadora pugna pelo primeiro princípio das cidades educadoras “Construir uma cidade que cumpre o direito à igualdade”.

Barcelos, integrada na rede das Cidades Educadoras, vem permitindo uma nova forma de ver e pensar a Cidade, bem como a integração da necessidade de um esforço maior para criar, pela via da educação, da cultura e das políticas sociais, as condições e o ambiente perfeitos para o crescimento de cada um, num contexto de respeito por todos e num movimento contínuo de desenvolvimento sincronizado de toda a comunidade e de todo o território.

A Semana para a Igualdade e a não Discriminação começa com a sensibilização de rua no âmbito da Celebração do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres por vários locais da cidade.

Os temas “Igualdade de Género no Poder Local” e a “Conciliação da Vida Pessoal, Familiar e Profissional” são temas debatidos e dirigidos aos técnicos do Município, que enquanto Cidade Educadora procura assumir um compromisso com a inclusão social e a diversidade cultural, tendo como objetivo permanente o enriquecimento da vida dos seus cidadãos.

Para além destas ações, na  Semana para a Igualdade e a não Discriminação está prevista a abertura de um espaço para a igualdade, a funcionar no gabinete de Coesão Social da Câmara Municipal de Barcelos; a apresentação do Plano Municipal para a Igualdade; o reforço das parcerias com os parceiros-chave que trabalham esta temática no terreno, com projetos apoiados pelo Município (GASC e SOPRO); a continuidade de políticas que promovam a igualdade; e a continuação de integração de pessoas mais vulneráveis.

Na área da Igualdade e não Discriminação, a Câmara Municipal tem vindo a implementar diferentes projetos, nomeadamente: a criação do Projeto Piloto de Mediador Municipal; o projeto “Conta Mais” (combate ao estigma da comunidade cigana, dando importância à condição da mulher); a assinatura, em 2014, do protocolo de cooperação entre a Comissão para a Cidade e Igualdade de Género e o Município de Barcelos; a candidatura, em 2016, no âmbito do Programa ESCOLHAS 6G – Projeto Galo@rtis entre outras ações de sensibilização; a adesão, no ano passado, do Município de Barcelos e da Rede Social ao Roteiro para a Igualdade promovido pela Associação ANIMAR em parceria com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intermediação da CIM Cávado; o interesse, manifestado este ano, na adesão do Município à Rede de Municípios Solidários; o projeto da  Casa Abrigo1, desde 2005,  que constitui um recurso localizado no concelho (esta resposta é promovida pelo Grupo Ação Social Cristã – GASC); o apoio do Município de Barcelos ao Projeto SOPRO FEMININO, promovido pela associação SOPRO – Solidariedade e Promoção; entre outros.

Fonte e imagem: CMB.

Município de Barcelos presente na cerimónia de celebração do Consórcio de Parceiros

Outubro 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Vereadora da Ação Social, Armandina Saleiro, esteve hoje presente na sessão solene de oficialização da V edição do Projeto Sorrir, que visou a Celebração do Consórcio de Parceiros, que tem como parceiros-chave o Município de Barcelos e o Centro de Respostas Integradas de Braga, enquanto Entidade que monitoriza o desenvolvimento do projeto.



De acordo com o Município, “trata-se de um momento significativo para continuar a intervir no âmbito do tratamento de dependências e pretende valorizar esta dimensão que é o consórcio de parceiros”.

O Projeto Sorrir teve, no passado dia 1 de outubro, o início oficial da sua V Edição, cujo término está previsto para 31/12/2019. Esta nova edição resulta de uma nova candidatura do GASC ao Eixo de Tratamento do Programa de Respostas Integradas de Barcelos, no âmbito do Plano Operacional de Respostas Integradas, aprovada a 17 de setembro pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências (SICAD).

Na sua intervenção, Armandina Saleiro referiu que “é uma honra para o Município de Barcelos estar associado a este projeto desde a sua nascença e tendo finalidades tão objetivas que levam à sua concretização” salientando a “importância de ter alargado este projeto para a área dos jovens”.

O Projeto Sorrir é um projeto importante na Missão do GASC – Grupo de Ação Social Cristã, centrada no apoio ao próximo, pois representa um serviço que responde a uma necessidade concreta, objetiva e real do Concelho de Barcelos, que é o tratamento no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências pela representatividade que este fenómeno tem no território de Barcelos.

A V Edição do Projeto Sorrir vem dar continuidade à intervenção especializada no âmbito do tratamento de dependências de substâncias psicoativas ilícitas e/ou álcool, que se foi desenvolvendo, no território, ao longo das várias edições, desde 2009, mas, desta vez, vê alargado o seu âmbito de atuação também aos comportamentos aditivos sem substância, designadamente ao Jogo Patológico. Ao todo, ao longo das várias edições do Projeto Sorrir, passaram pelo serviço mais de 600 utentes.

Para além de parceiros como a Associação de Pais e Amigos das Crianças, a Casa de Saúde S. José e a Casa de Saúde S. João de Deus, que acompanham o Projeto Sorrir desde a sua primeira edição, em 2009, o projeto integra entidades muito ecléticas no que respeita ao seu âmbito de atuação e, por isso, também muito enriquecedoras no seu contributo, sendo estas: Delegação de Barcelos da Cruz Vermelha Portuguesa, a Associação para o Desenvolvimento,  a Associação RECOVERY IPSS, o Grupo de Alcoólicos Anónimos de Barcelos, a  ATAHACA – através do Projeto Open-b, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, o Centro de Emprego e Formação Profissional de Barcelos e a  Direção Geral de Reinserção Social e Serviços Prisionais.

Fonte e foto: CMB.

Barcelos é parceira no projeto “Igualdade de Género Torna a Europa Melhor”

Maio 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 12 de maio, o vereador José Beleza, em representação do Município de Barcelos, assinou, no Município de Santa Comba, em Espanha, um acordo de colaboração, no âmbito do Projeto “Gender Equality Makes a Better Europe“, inserido no programa “Europe For Citizens”, que tem a adesão de sete cidades provenientes de países como a Grécia, Eslováquia, Itália, Hungria, Bulgária, Portugal e Espanha, comprometendo-se a promover atividades nas áreas da juventude, economia, cultura e gastronomia, de forma a combater a desigualdade de género.



José Beleza, no seu discurso, afirmou que “a igualdade de género é um pilar básico no exercício do civismo e da democracia” e acrescentou que “o contexto escolar se afigura como prioritário na mudança de atitudes e comportamentos mais livres, fraternos e solidários que aceitam homens e mulheres de igual modo.”

Além disso, o representante do Município de Barcelos deu a conhecer aos parceiros alguns dos projetos que a Câmara Municipal tem vindo a implementar, nomeadamente: a criação do Projeto Piloto de Mediador Municipal; o projeto “Conta Mais” (combate ao estigma da comunidade cigana, dando importância à condição da mulher); a assinatura, em 2014, do protocolo de cooperação entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e o Município de Barcelos; a candidatura, em 2016, no âmbito do Programa ESCOLHAS 6G – Projeto Galo@rtis, entre outras ações de sensibilização; a adesão, no ano passado, do Município de Barcelos e da Rede Social ao Roteiro para a Igualdade promovido pela Associação ANIMAR em parceria com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intermediação da CIM Cávado; o interesse, manifestado este ano, na adesão do Município à Rede de Municípios Solidários; o projeto da Casa Abrigo1, desde 2005, que constitui um recurso localizado no concelho (esta resposta é promovida pelo Grupo Ação Social Cristã – GASC); o apoio do Município de Barcelos ao Projeto SOPRO FEMININO, promovido pela associação SOPRO – Solidariedade e Promoção; entre outros.

De 9 a 12 de maio, mais de 60 cidadãos europeus discutiram uma das problemáticas que afetam a Europa: a desigualdade de género.

Durante os seis dias do programa de atividades, os participantes ficaram a conhecer as práticas desenvolvidas na Galiza no âmbito da educação igualitária dos adolescentes, assim como outras políticas para reduzir o fosso entre os dois sexos. No âmbito do projeto, outros objetivos foram propostos: promoção da democracia, tolerância e respeito pela diferença através de atividades interculturais.

Fonte e foto: CMB.

Município de Barcelos assina protocolo de apoio a pessoas mais carenciadas

Março 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou ontem, dia 21 de março, um protocolo de colaboração com algumas IPSS do concelho, no âmbito do Plano Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas, tutelado pelo Instituto de Segurança Social, que pretende apoiar as operações que visem a distribuição de géneros alimentares às pessoas mais carenciadas, por organizações parceiras, públicas ou privadas, bem como o desenvolvimento de medidas de acompanhamento com vista à inclusão social daquelas.



O Município de Barcelos celebrou um acordo de colaboração com a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Macieira, Centro Social Abel Varzim, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Viatodos, Centro Comunitário Moinhos de Vento, Centro Social e Paroquial de Fragoso, Casa de Saúde S. José (Instituto S. João de Deus) e GASC – Grupo de Ação Social Cristã, que se candidataram ao desenvolvimento deste programa enquanto polos recetores de bens alimentares, fazendo-os chegar a um conjunto de pessoas carenciadas.

Segundo o Município, “este acordo tem como objetivo apoiar financeiramente estas instituições na compra de equipamentos de frio, indispensáveis para garantir o armazenamento com qualidade dos bens alimentares, comparticipando também os respetivos gastos energéticos com o desenvolvimento deste programa”.

No total, no concelho de Barcelos, são beneficiadas mais de 600 pessoas por este programa.

Fonte e foto: CMB.

Espetáculo “Reis Magos? Não! Rainhas Godas!!!” a favor do GASC

Março 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 18 de março, pelas 15h00, o palco do Teatro Gil Vicente recebe o espetáculo “Reis Magos? Não! Rainhas Godas!!!”, da Escola de Dança de Barcelos.



A entrada é paga, no valor de 2,5€, com o valor a reverter a favor das causas sociais do GASC – Grupo de Ação Social Cristã.

Este espetáculo não está ao abrigo do Cartão Quadrilátero. Para mais informações ou reservas, utilizar os contactos tgv@cm-barcelos.pt e telf. 253809694.

Imagem: EDB/GASC.

 

 

Farmácia Oliveira desenvolve projeto solidário para ajudar o GASC

Fevereiro 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Durante o mês de março, a Farmácia Oliveira levará a cabo um projeto de cariz solidário com o intuito de ajudar o GASC – Grupo de Ação Social Cristã, sediado em Barcelos.



Assim, na compra de um creme de corpo, €1 irá reverter para a compra de bens que serão, então, doados ao GASC, no âmbito do projeto “Um teto para todos”, que procura acolher em residências partilhadas pessoas em situação de sem-abrigo.

Fonte e imagem: FO.

Município de Barcelos em parceria com GASC para proteger pessoas sem-abrigo

Fevereiro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos, no âmbito das parceiras que tem desenvolvido com as instituições locais, tem levado a cabo um conjunto de ações junto de pessoas em situação de grande vulnerabilidade social.



Esse é o caso do protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e o Grupo de Ação Social Cristã (GASC), que prevê um conjunto de intervenções junto da população sem-abrigo do concelho.

Através deste protocolo, foi implementado, em 2016, o projeto “Um teto para todos”, em que o Município assume os encargos financeiros decorrentes do aluguer de algumas casas do edifício do IHRU, em Arcozelo, para que o GASC possa acolher e autonomizar as pessoas beneficiárias deste projeto.

A população-alvo é constituída pelos utentes atendidos/acompanhados pelo GASC que estejam em situação de sem-abrigo, de risco de despejo, de incapacidade para fazer face ao mercado privado de arrendamento e que possua condições de autonomia pessoal.

O projeto tem como objetivos, segundo o Município, “proporcionar um contexto habitacional nas situações já descritas; promover a aquisição de competências pessoais e profissionais que contribuam para o reforço da autonomia do indivíduo; a reorganização do projeto de vida e de reinserção familiar, social e profissional, entre outros”.

“Pretende-se, em suma, que estas pessoas sejam apoiadas nestas situações, evitando que passem as noites sem qualquer abrigo e que sejam acolhidas em programas de reinserção”, refere o Município.

O GASC desenvolve, ainda, outras atividades em parceria com o Município de Barcelos, através de um acordo de colaboração, com atribuição de valor de 25.000 euros/ano ao GASC, para o desenvolvimento de atividades nas suas diferentes valências. Para além disso, o Município cede instalações onde funcionam o refeitório social e balneários.

Entre outros apoios e projetos sociais, o Município assumiu ainda o apoio financeiro para a aquisição de equipamentos de frio, no âmbito da resposta de distribuição de bens alimentares a famílias carenciadas (Plano Operacional de Apoio a Pessoas mais carenciadas); é parceiro do Projeto “SORRIR” – Eixo do tratamento no âmbito das dependências e mantém um acordo de colaboração com a entidade APDES, para a dinamização de uma equipa de intervenção de rua (Giru-Barcelos), para prestar cuidados a pessoas com dependências, numa perspetiva de minimização de danos decorrentes da situação de dependência (troca de seringas, apoio médico, apoio social).

Fonte: CMB.

Foto: DR.

OPEN B celebra segundo aniversário

Dezembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 14 de dezembro, o CLDS 3G (Contrato Local de Desenvolvimento Social – 3. ª Geração) de Barcelos, designado OPEN B – Oportunidades, Parcerias e Empreendedorismo no Núcleo Urbano de Barcelos celebrou o seu segundo aniversário. Este é um projeto do qual a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave — é a Entidade Coordenadora Local da Parceria.



Na sessão aberta aos colaboradores e parceiros marcou presença a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, que reconheceu ser “uma honra estar com o OPEN B nesta parceria sólida” iniciada há dois anos.

Quem também marcou presença foi o presidente da Entidade coordenadora, Prof. Mota Alves, que agradeceu aos parceiros o esforço e dedicação nesta causa que visa “deixar uma marca positiva na vida das pessoas marcadas por acontecimentos negativos”.

Este projecto teve o seu início a 14 de dezembro de 2015 e tem como objetivo “desenvolver uma série de atividades divididas por 3 eixos de intervenção, Eixo: Emprego, Formação e Qualificação; Intervenção Familiar e Parental, preventiva de pobreza infantil e Capacitação da Comunidade e das Instituições”.

De acordo com Armandina Saleiro, é uma forte aposta na intervenção social a qual procura implementar uma estratégia de combate contra os flagelos do desemprego, principalmente o jovem, da exclusão social e do abandono escolar, da pobreza infantil, da solidão e isolamento da população.

Dá, ainda, uma especial atenção à promoção da revitalização das instituições e das comunidades locais, com particular incidência nos bairros sociais da área de intervenção.

Criaram-se e dinamizaram-se projetos e acções conjuntas que concretizam a promoção da inclusão social e combatem a pobreza na freguesia de Arcozelo e União das Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro) particularmente a infantil, sem excluir a restante área do concelho.

O Prof. Mota Alves lembrou que estes dois anos de actividade se saldaram por “resultados positivos que espero sejam duradouros e possam ter continuidade como forma de credibilizar as instituições”.

O presidente da ATAHCA acredita que “vai ficar uma semente duradoura, que há-de germinar e produzirá novos frutos”.

Reconhecendo que o trabalho na área social “não é fácil e precisa de persistência de todos nós”, Mota Alves não esqueceu a gratidão a “todos os parceiros, apesar dos constrangimentos que obrigam a um esforço muito grande devido ao atraso nos pagamentos”.

Fazendo um balanço destes dois anos de parceria do OPEN B com a ACIB, o GASC e restantes parceiros, entre eles, Juntas de Freguesia e Agrupamentos de Escolas, o presidente da ATAHCA reconheceu que “estão ao nível do que esperávamos e em algumas áreas foram além do esperado”.

Mota Alves espera que o OPEN B “deixe uma marca sentida na vida das pessoas” que aqui são “acolhidas de braços abertos mas apertados contra o coração” — como sustentou Armandina Saleiro.

Estiveram presentes representantes da Associação Humanitária de Rio Côvo Santa Eugénia, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, Grupo de Acção Social Cristã, VilaWork – Barcelos Business Center, Escola Secundária de Barcelos, bem como o presidente da Junta de Freguesia de Arcozelo.

Após ser servido o bolo de aniversário, cada um dos participantes recebeu um postal de Natal, elaborado por alunos da Escola 2/3 Gonçalo Nunes.

Fonte e fotos: OPEN B.

 

Projeto SER leva a cabo campanha de sensibilização para eliminação de todas as formas de violência contra as Mulheres

Novembro 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, dia 25 de novembro, assinala-se o Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Violência contra as Mulheres, criado em 1999, pela Assembleia Geral das Nações Unidas. A escolha deste dia tem por base a data em que, em 1960, as três irmãs Mirabal, ativistas políticas na República Dominicana, foram brutalmente assassinadas a mando do ditador Rafael Trujillo. A partir daí, o 25 de novembro passou a ser uma data de suma importância, em que os governos, organizações internacionais e organizações não-governamentais, procuram apelar e alertar o público para os vários casos de violência contra as mulheres, nomeadamente, casos de abuso ou assédio sexual, maus tratos físicos e psicológicos.



Nesse sentido, o Projeto SER – Serviço Especializado em Rede de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego – POISE, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu – FSE, cujo organismo intermédio é a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, sendo o GASC – Grupo de Acção Social Cristã a entidade promotora, desenvolveu, durante o mês de novembro, uma campanha de sensibilização especialmente dirigida aos jovens em idade escolar, por forma a sinalizar esta data.

Esta campanha englobou uma iniciativa de sensibilização na Escola Secundária Alcaides de Faria, junto das turmas do 10.º ano de escolaridade, com o objetivo de sensibilizar e consciencializar os alunos para as Desigualdades de Género que ainda persistem, promovendo uma atitude de igualdade e cidadania, tendo presente a importância de uma abordagem em fases mais precoces de vida, potenciando a formação de valores e comportamentos que assenta na Igualdade de Género.

Ainda durante a última semana do mês de novembro, esta campanha centrou-se na divulgação de cartazes em todas as escolas secundárias do concelho de Barcelos, campanha que poderá também ver por toda a cidade.

O Projeto SER deixa a todos um apelo:

“A Violência contra as Mulheres não é só uma questão de género! É uma questão de Direitos Humanos! Seja a Mudança que quer ver!”





Fonte e imagens: SER.

“Espaço Experiência”, do Projeto OPEN B, inicia amanhã

Setembro 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora




No âmbito do Projeto OPEN B – Oportunidades, Parcerias e Empreendedorismo no Núcleo de Barcelos, integrado nos Contratos Locais de Desenvolvimento Social 3ª Geração, a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, na qualidade de Entidade Coordenadora Local da Parceria, em parceria com a ACIB – Associação Comercial e Industrial de Barcelos, o GASC – Grupo de Ação Social Cristã e a União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro) iniciarão amanhã, dia 20 de setembro, a atividade “Espaço Experiência”, na sala de atividades da União de Freguesias, sita na Rua da Barreta (junto ao Restaurante Furna).

De acordo com o Projeto OPEN B, “pretende-se que este espaço seja potenciador de um estilo de vida saudável e de cidadania da população idosa, com atividades diversificadas e adequadas à idade”.

As sessões decorrerão todas as quartas-feiras, das 14h30 às 16h30, tendo como destinatários os cidadãos maiores de 65 anos.

Fonte e imagem: OPEN B.

Ir Para Cima