Tag archive

Inês Martins de Faria

Rodrigo Amaral e Avelino Mesquita homenageados no Dia da Cidade

Setembro 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora




Rodrigo Amaral e Avelino Mesquita foram agraciados com a Medalha de Mérito Cultural, grau prata, da Câmara Municipal de Barcelos, na cerimónia de comemoração do 89º Aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade, que se realizou ontem de manhã, dia 31 de agosto, no Auditório dos Paços do Concelho.

Esta distinção foi atribuída a Rodrigo Amaral, pelo contributo “em prol do folclore, bem como da preservação e difusão do património cultural nacional e local”; no caso de Avelino Mesquita, por ter tido“ uma presença assídua na imprensa regional e local, sendo autor de obras nas áreas da poesia e do teatro. A par destas atividades teve um papel determinante no associativismo local, designadamente nas áreas do desporto e da cultura”.

Depois da cerimónia do hastear da bandeira, foram entregues as medalhas aos cidadãos condecorados. Primeiro, foi a vez da esposa do Sr. Rodrigo Amaral receber a medalha das mãos do Sr. Presidente, uma vez que o homenageado não pôde comparecer por motivos de saúde. Em sua representação, Maria José agradeceu todo o apoio do executivo municipal ao Grupo Folclórico de Barcelinhos e a condecoração atribuída ao seu marido.

Seguiu-se a atribuição da medalha a Avelino Mesquita, que agradecendo a distinção, enalteceu a sua terra e os baluganenses que “tudo têm feito para valorizar Balugães”.

Por sua vez, o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, elogiou o papel relevante que os homenageados têm tido “na área da cultura e no movimento associativo do concelho”, nomeadamente “ao Sr. Rodrigo Amaral, pelo seu empenho no associativismo e, dentro dele, na promoção das nossas mais profundas tradições culturais, com o folclore”; e “ao Sr. Avelino Mesquita, homem de cultura e autodidata que, através da sua obra e da sua participação no dinamismo associativo local, nos mostra uma grande força de viver e um otimismo contagiante”. O autarca concluiu, expressando “a estes dois barcelenses, o meu mais profundo respeito e reconhecimento, agradecendo tudo quanto fizeram por Barcelos e pelos barcelenses”.

A cerimónia de atribuição das Medalhas de Mérito Cultural, integrada nas Comemorações do Dia da Cidade, teve início nessa manhã com a Cerimónia Protocolar do Hastear da Bandeira, no Largo do Município. No entanto, o programa de comemorações começou na passada sexta-feira, dia 25, com oficina de dança; no dia 28, com oficina de cordofones; e ontem, oficina de percussão.

As comemorações prosseguiram com várias intervenções musicais um pouco por toda a cidade, tendo o seu ponto alto com o espetáculo musical “Terreiro dos Sons”, que contou com a participação de diversas associações do concelho; e encerraram com um Baile no Terreiro, dinamizado pela Associação Coreto.

De realçar, ainda, a revelação do Prémio Literário do Município de Barcelos 2017, que foi atribuído a Inês Martins de Faria, com o trabalho “Menina Entre Dois Azuis”, na modalidade de ficção.

O Prémio Literário do Município de Barcelos vai na sua 9ª edição e foi, de acordo com o Município, “criado com o objetivo de criar condições para o aparecimento de novos valores, de incentivar a produção literária e de estimular o gosto pela escrita, contribuindo-se, deste modo, para a defesa e enriquecimento da Língua Portuguesa”. O prémio consiste na publicação da obra.

Fonte e fotos: CMB.

Livro “Pela poesia é que vamos” apresentado na Biblioteca Municipal

Junho 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

No dia 16 de junho, pelas 21h30, na Biblioteca Municipal de Barcelos, a professora e historiadora Inês Martins de Faria apresenta o seu livro, intitulado “Pela poesia é que vamos”. A apresentação estará a cargo de Teresa Duarte.

A sessão, de entrada livre, contará ainda com um recital de poesias cantadas, cantigas populares e declamação de poesia. “Pela poesia é que vamos” é um livro de poesia dividido por cinco temas, “Um entre todos, homens e Deus”, “Entre terra, céu e mar”, “Ânsias”, “Esperando, mas caminhando” e “Enfim…amor e saudade”, constituído por estrofes livres, sem versos, nem rimas definidos, e por sonetos.

pela-poesia-vamos-inês-martins-faria

Inês Martins de Faria nasceu, e cresceu, entre cestos de ervas e espigas de milho a debulhar, saídas dos campos de Curvos, freguesia de Esposende. E cresceu um pouco mais, chamando os “bois pela soga”, em tardes sem escola, ouvindo atentamente os pais e os oito irmãos mais velhos e sentindo-se mestra dos quatro mais novos.

E chorou contra as injustiças dos crescidos sobre os menores; e nisto tanto fez que fossem da família, como da sua sociedade ou doutras bem distantes. Mas também cantou a plenos pulmões, tanto nas lidas domésticas como nos trabalhos do campo, só ou acompanhada.

E foi escrevendo as suas alegrias e tristezas, mais estas do que aquelas, ao longo da vida, entre a aldeia e as cidades por onde foi passando, ou seja, da escola salazarista à mestria que a universidade lhe proporcionou. Desde há mais de 20 anos que é professora de História na Escola Rosa Ramalho e que reside neste concelho de Barcelos.

Desde muito jovem, foi-se perdendo em horas de escrita, leitura, investigação e mais escrita e nelas ficou até ser adulta, continuando pequena. Pessoas e locais entusiasmam-na. Depois de quatro obras de História Local, demográfica e de outros adjetivos, e de participações em iniciativas de outros, lançou-se agora a publicar a poesia dos seus últimos tempos, mas ainda com a mesma força dos tempos idos. Afinal, “pela poesia é que vamos”!




Já publicou os seguintes livros: “Santo André de Barcelinhos: o difícil equilíbrio de uma população, 1606-1910”, “A Igreja a Terra e os Homens. As visitas pastorais e outros achados…”, “Perto do fim. História e romance com base em testamentos (1720-1936)”, “Gente da Minha Terra. Curvos: análise demográfica e social (1596-1998)”. Concluído e a aguardar publicação, “Moure: cem anos de História (…)”.

Fonte e cartaz: Agenda Cultural da CMB.

Foto: Facebook da autora.

Ir Para Cima