Tag archive

Instituto Politécnico do Cávado e do Ave

IPCA entrega Cartas de Curso este sábado

Maio 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) realiza, este sábado, dia 18 de maio, pelas 15h00, a Cerimónia de Entrega de Cartas de Curso aos seus diplomados.

Este ano, a entrega de Cartas é alargada aos diplomados dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais, contando com a habitual presença dos diplomados dos cursos de Licenciatura e Mestrado.



A sessão decorre no edifício da Cantina do IPCA e conta com intervenções do presidente do Conselho Geral do IPCA, Pedro Fraga, do presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, da presidente da Associação Académica, Sara Ferreira, e da presidente do IPCA, Maria José Fernandes.

A abertura da cerimónia está a cargo do Grupo de Fados do IPCA e a fechar a sessão teremos a atuação da Tuna Mista do IPCA.

A Cerimónia de Entrega de Cartas de Curso é um dos momentos solenes mais significativos do ano, pelo que o IPCA convida toda a comunidade académica a estar presente neste dia.

Foto: IPCA.

Dia Aberto do IPCA junta 1500 estudantes do secundário

Maio 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O IPCA abriu as suas portas a cerca de 1500 alunos do ensino secundário, nos dias 8 e 9 de maio, no ano em que celebra 25 anos.



Os estudantes chegaram bem cedo ao Campus, vindos de 4 distritos (Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Porto) e usufruíram de meia centena de atividades que ilustraram a atividade do que cada escola do IPCA faz na área da gestão, hotelaria e turismo, tecnologia e design.

Acompanhados pelos seus professores, os participantes tiveram a oportunidade de ser recebidos pelos grupos académicos do IPCA e interagirem com a comunidade estudantil que os apoiou e guiou durante a visita.

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, na sua visita ao Open IPCA referiu que é um orgulho ver a casa cheia, sinal de que “o Open IPCA é já uma referência para os estudantes do secundário. Esta iniciativa torna-se fundamental não só na captação de novos estudantes e de potenciais candidatos, mas também na aproximação da academia à sociedade”.

Durante estes dois dias, o IPCA promoveu e divulgou a sua oferta formativa. A responsável pela organização do Open IPCA, Paula Loureiro, salientou que “durante todo o ano, fazemos ações de divulgação nas escolas secundárias e agora este é o momento das escolas virem até nós para conhecerem as nossas instalações, terem a oportunidade de perceber o ambiente que aqui se vive e as áreas das quais somos especialistas, experimentando atividades diversas”.

Entre as várias atrações e atividades, os participantes puderam pilotar um Drone, programar um Sphero numa pista todo o terreno, participar em jogos de estratégia e liderança de equipas, realizar atividades radicais como Rapel e Slackline, percorrer a Feira do Turismo, onde estiveram representadas mais de 30 empresas locais e nacionais, assistir a Workshops de impressão 3D e aos filmes premiados dos estudantes de Design.

O IPCA é já uma referência no panorama do ensino superior público e é cada vez mais uma instituição procurada. Para o ano o Open IPCA está de volta, nos dias 6 e 7 de maio.

Fonte e fotos: IPCA.

Fundação da Juventude promove Roteiros e Oficinas do Empreendedorismo no IPCA

Maio 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, dia 14 de maio, os Roteiros e as Oficinas de apoio ao Empreendedorismo, dirigidos a jovens estudantes do Ensino Superior das regiões Norte e Centro do país, vão estar no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos.



Incluídos no projeto Gera Talentos, um programa estruturante de apoio ao empreendedorismo qualificado e criativo, promovido pela Fundação da Juventude e é cofinanciado pelo FEDER – Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Regional, através do COMPETE 2020 – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização 2014-2020, do Acordo de Parceria PORTUGAL 2020.

Os Roteiros do Empreendedorismo terão duas sessões: uma entre 9h30 e as 11h00 e outra entre as 11h30 e as 13h00. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas em https://geratalentos.pt/sensibilizacao-para-o-espirito-empresarial/inscricao-roteiros-e-oficinas/.

Nestas sessões de capacitação de 90 minutos cada, dinamizadas por agentes de capacitação e consultores especializados, “os jovens serão motivados a desenvolver competências empreendedoras, a desenvolver o espírito de iniciativa e a motivação pelo empreendedorismo. Receberão ainda, informação sobre as possibilidades e a oferta de serviços de apoio ao empreendedorismo e de diferentes formas de inovação e de empreender ao longo da vida”, refere a organização.

As Oficinas de apoio ao Empreendedorismo decorrem entre as 14h30 e as 17h30 e a inscrição pode ser realizada em https://geratalentos.pt/sensibilizacao-para-o-espirito-empresarial/oficinas-de-apoio-ao-empreendedorismo/.

As Oficinas de apoio ao Empreendedorismo “vão trabalhar na capacitação dos jovens empreendedores para os passos necessários à criação de uma empresa e dotá-los de ferramentas de gestão empresarial desde a fase da validação da ideia até à definição do Business Plan. Nestas sessões de 180 minutos cada, serão ainda abordados temas específicos da realidade da gestão das PME – fornecedores, clientes, recursos humanos, comunicação e marketing, vendas, financiamento, acesso a redes, propriedade intelectual e direitos de autor, entre outras áreas de interesse.

Open IPCA 2019 a 8 e 9 de maio

Maio 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, abre as suas portas nos dias 8 e 9 de maio a centenas de estudantes do ensino secundário para participarem nas atividades do Open IPCA 2019. Este ano subordinadas ao tema da Sustentabilidade.



À semelhança do ano anterior, a 5ª edição do Open IPCA conta com a participação de escolas secundárias dos distritos de Braga, Porto, Viana do Castelo e Vila Real. Os visitantes vão ter a oportunidade de conhecer um Campus Verde, Seguro e Saudável e participar em mais de trinta atividades organizadas pelas quatro escolas do IPCA.

Nos dois dias, os participantes vão viver de perto o ambiente do ensino, da investigação, da vida académica e ficar a conhecer a oferta formativa e as saídas profissionais dos cursos que o IPCA oferece.

Acompanhados pelos seus professores, os estudantes vão ter a oportunidade de ser recebidos pelos grupos académicos do IPCA e interagirem com a comunidade estudantil que, além de os ajudar na realização das atividades, vão, também, dar o seu testemunho e esclarecer dúvidas sobre o que é ser estudante no IPCA.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera esta iniciativa essencial: “O Open IPCA é uma iniciativa que se tem vindo a repetir ao longo dos anos e tem captado cada vez maior interesse por parte dos estudantes do secundário; esta iniciativa torna-se fundamental não só na captação de novos estudantes e de potenciais candidatos, mas também na aproximação da academia à sociedade”.

Já a Presidente da Comissão Organizadora do Open IPCA, Paula Loureiro, lembra que, no ano passado, o IPCA recebeu “cerca de 1500 estudantes do Ensino Secundário, nos dois dias. Este ano temos um programa mais rico, com mais novidades e estamos à espera de superar as expetativas”.

Entre as várias atrações e atividades a realizar, destaque para a possibilidade de programar um Sphero numa pista todo o terreno, jogar ao Twister, fazer atividades radicais como slide e Slackline, LITTLEBITS – uma maneira muito fácil de criar um protótipo e aprender com a eletrónica – e, até, ter workshops de impressão 3D na prototipagem no processo de Design e produzir uma peça simples de um automóvel no novo edifício do MECHATRONICS FACTORY LAB.

O Open IPCA é já uma referência no panorama do ensino superior público e é cada vez mais uma instituição procurada.

Fonte e fotos: IPCA.

Conselho Geral do IPCA aprova relatório de atividades e contas por unanimidade

Abril 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Conselho Geral do IPCA reuniu, na passada terça feira, dia 23 de abril, tendo aprovado, por unanimidade, o relatório de atividades e contas do IPCA do ano de 2018.



O Relatório de Atividades e Constas do IPCA é um documento de análise e avaliação das atividades desenvolvidas pelo IPCA, suas estruturas orgânicas e serviços, ao longo do ano transato, refletindo a atuação da Instituição no desempenho da sua missão e no alcance da estratégia definida, incluindo a análise do desempenho orçamental, económico e financeiro. O nível de detalhe da informação incluída no documento permite que este funcione como instrumento de gestão e facilita a monitorização do desempenho institucional.

No ano de 2018, para além do destaque no crescimento do número de estudantes e da oferta formativa (nomeadamente de Cursos Técnicos Superiores Profissionais), é de realçar também o aumento significativo do investimento em bens de capital, através de receitas próprias, com vista à melhoria das infraestruturas de apoio ao ensino e investigação; a institucionalização de uma cultura de responsabilidade social e de sustentabilidade ambiental; e, também, a passagem do IPCA para o regime fundacional. Ao nível do desempenho orçamental, económico e financeiro, destaca-se a capacidade para aumentar a atividade e os outputs produzidos em 2018, que apenas foi possível através de uma maior capacidade na captação de receitas próprias (nomeadamente através de projetos financiados por fundos comunitários). De referir, ainda, que as contas consolidadas de 2018 refletem algumas alterações face aos anos anteriores por força da aplicação do novo normativo, o Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas aprovado pelo Decreto-Lei 192/2015 de 11 de setembro.

Durante a reunião, o Conselho Geral do IPCA aprovou, ainda e por unanimidade, a proposta da Presidente do IPCA sobre o valor das propinas para o ano letivo 2019-2020, que contempla um aumento de 50 euros/ano para os Cursos Técnicos Superiores Profissionais e de 40 euros/ano para os cursos de Licenciatura, mantendo-se os restantes valores inalterados. A proposta mereceu a concordância de todos os membros do órgão, que se baseou na proposta da Presidente do IPCA em aplicar os valores provenientes do aumento dos valores de propina na melhoria das condições do Campus do IPCA e seus Polos, nomeadamente a construção do pavilhão multiusos, o aumento e melhoria das áreas de alimentação, o aumento dos lugares de estacionamento e a melhoria geral das infraestruturas de ensino e investigação.

O órgão deliberou, ainda, por unanimidade, designar os membros externos, Filomena Moreira e Jorge Saleiro, para integrar o Conselho para a Avaliação e Qualidade nos termos dos Estatutos do IPCA.

Foto: DR.

Criadores de efeitos especiais da série Guerra dos Tronos e dos videojogos Assassins Creed reunidos no IPCA

Abril 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Tecnologia (EST), a Escola Superior de Design (ESD) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organizam, de 30 de maio a 1 de junho, a 2ª edição do “IPCA GameDev Week 2019”, um dos maiores eventos de videojogos e conteúdos digitais em Portugal.



Face ao sucesso da 1ª edição, em 2018, esta edição do “GameDev Week”, tem como principal objetivo “ser uma plataforma de interligação entre instituições de ensino superior, indústria, e principais estúdios e empresas tecnológicas do sector dos videojogos, VFX e tecnologias de interação”, conforme refere o IPCA em nota.

Pretende-se criar uma oportunidade de aproximação dos alunos das diversas escolas do IPCA, e também do público presente no evento, a “empresas de topo, colocando-os frente a frente com uma realidade que não se encontra normalmente em nenhum outro evento nacional. O que se vai refletir como uma mais-valia na formação profissional e pessoal dos participantes” explicou Duarte Duque, membro do comité de organização do evento.

Estarão presentes neste evento oradores e recrutadores internacionais dos grandes estúdios, tais como Plastiek, Framestore, Nu Boyana FX, Pixomondo, Ubisoft, Lucasfilm, TreehouseNinjas, entre outros que serão ainda anunciados.

Estes oradores e recrutadores, que vão passar pelo IPCA nestes três dias, são responsáveis por jogos e filmes de renome no mundo dos efeitos especiais, tais como a série de jogos Assassins Creed, The Witcher, Wolfeinstein, The Heretic: Tech Demo, ou os filmes/séries da Guerra dos Tronos, HellBoy, Vingadores, Capitã Marvel, Dumbo, Rei Leão, a saga Aliens, Harry Potter, Ready Player One, Jurassic World, e muitos outros.

Os ingressos para o “IPCA GameDev Week 2019” já estão disponíveis, assim como todas as informações acerca do evento em http://gamedevweek.ipca.pt.

O evento realiza-se no Campus do IPCA em Barcelos, no edifico J.

Fonte e imagem: IPCA.

Cortejo académico do IPCA enche as ruas de Barcelos

Abril 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Cortejo Académico voltou a encher as ruas de Barcelos. Foram centenas os estudantes universitários do IPCA que este sábado, 13 de abril, desfilaram pelas ruas da cidade de Barcelos no tradicional cortejo com carros alegóricos decorados pelos estudantes dos cursos de licenciatura do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).



Os estudantes honraram os seus cursos e cada vez que um camião chegava perto da tribuna, caloiros e finalistas saudavam os presentes e apresentaram os seus cânticos, nunca escondendo a emoção que sentiam por chegar ao fim de mais esta fase do seu percurso académico. Uns choraram porque o primeiro ano estava feito, outros recordaram o curso que carregam ao peito.

“Já não ser caloiro acaba por ser uma mistura de sentimentos. Sinto orgulho pessoal e coletivo, foi graças à união que se vive no IPCA, que tornaram tudo isto possível e que me fizeram crescer enquanto pessoa”, conta Raquel Ferreira, aluna do primeiro ano do curso de Gestão de Empresas.

O programa das atividades académicas começou no dia 7 de abril com a Missa de Finalistas e a Monumental Serenata, que se realizaram na Igreja Matriz de Barcelos. A semana académica prolonga-se até 23 de maio com a Bênção do Traje, na Praceta Sá Carneiro, Largo do Tribunal.

À semelhança do ano passado, a zona Ribeirinha recebeu as noites de festa com um programa de concertos, entre os quais Piruka e Quim Barreiros. A Associação Académica do IPCA continua a zelar pela sustentabilidade e pela adoção de boas práticas ambientais sendo que todos os copos servidos eram reutilizáveis.

Noé Fraga, Dux-Veteranorum, que preside do conselho de veteranos do IPCA, revelou os vencedores da Liga Académica de Cursos deste ano letivo. A Liga Académica de Cursos que engloba atividades como a Latada, que foi efetuada durante a semana de receção ao caloiro IPCAliza-te ’18, a participação nas atividades dos grupos académicos e institucionais, e, por fim, a participação no cortejo académico. O curso vencedor foi o que melhor representou a academia durante esta liga, que é um evento anual, e foi o curso de Finanças, seguido por Design Industrial e Engenharia de Sistemas Informáticos, em 2º e 3º lugares, respetivamente.

A organização de mais uma edição da Queima do Galo esteve a cargo da Associação Académica do IPCA. 

Fonte e foto: IPCA.

[Ndr: Notícia atualizada a 17.04.2019, 12h45]

Cursos de Mestrado, provas M23 e de titulares CTeSP com candidaturas abertas no IPCA

Abril 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem a decorrer, até ao dia 7 de julho, as candidaturas da 1ª fase de acesso aos seus cursos de Mestrado. Nesta primeira fase estão abertas 370 vagas distribuídas pelas quatro Escolas do IPCA.



A Escola Superior de Design abriu 60 vagas distribuídas pelos três cursos de mestrado atualmente em funcionamento: Design e Desenvolvimento de Produto, Ilustração e Animação e Design Digital. A Escola Superior de Gestão disponibiliza 175 vagas distribuídas pelos mestrados de: Fiscalidade, Solicitadoria, Auditoria e Gestão Autárquica. A Escola Superior de Tecnologia, abriu 110 vagas nesta 1ª fase nos mestrados de: Engenharia Informática, Engenharia Eletrónica e de Computadores, Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais e Sistemas Integrados de Gestão QAS (Qualidade, Ambiente e Segurança). A mais recente unidade orgânica do IPCA, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo abriu 25 vagas ao mestrado de Gestão do Turismo.

A informação relativamente aos prazos a cumprir, as vagas disponíveis para acesso a cada um dos cursos de mestrado, bem como a documentação necessária para a instrução da candidatura deve ser consultada no edital de abertura do concurso, disponibilizado no site da instituição em www.ipca.pt.

À semelhança do que acontece nos cursos de Licenciatura, o IPCA disponibiliza também Bolsas de Estudo e Apoio na frequência dos cursos de Mestrados. As candidaturas são realizadas online no portal académico do IPCA (www.siga.ipca.pt/cssnet).

Candidaturas às Provas M23 e provas para os titulares de CTeSP

De 8 a 20 de abril decorrem as inscrições nas provas especialmente destinadas a avaliar a capacidade para a frequência de cursos superiores do IPCA. Estas provas destinam-se a candidatos que tenham completado 23 anos até ao dia 31 de dezembro de 2018, que pretendam ingressar num curso de Licenciatura ou num Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP). Por outro lado, os titulares de CTeSP que pretendam ingressar numa Licenciatura do IPCA (para o qual o seu curso TeSP não permite o acesso direto sem prova), podem também apresentar a sua candidatura no mesmo período.

As inscrições são efetuadas online no portal académico do IPCA (www.siga.ipca.pt/cssnet), devendo ser consultado, previamente, o Edital do concurso em www.ipca.pt.

Curso Breve de Inglês

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do IPCA tem abertas inscrições aos Cursos Livres de Inglês.

Os Cursos Livres de Inglês são abertos à comunidade, de forma a responder à crescente necessidade de jovens e adultos de melhorar e certificar as suas capacidades de comunicação em Inglês.

Estes cursos realizados no IPCA encontram-se divididos em quatro níveis de domínio da Língua Inglesa, de acordo com o definido no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR). O QECR define seis níveis comuns de referência (A1, A2, B1, B2, C1 e C2), para três grandes tipos de utilizador: o utilizador elementar, o utilizador independente e o utilizador proficiente.

Os Cursos decorrem de 27 de abril a 22 de julho de 2019 em Barcelos (Campus do IPCA) e têm a duração de 45 horas.

Fonte e fotos: IPCA.

Mais de 5 euros por cada euro de investimento público no IPCA

Abril 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Estudo sobre o impacto dos Institutos Politécnicos em Portugal

No estudo apresentado esta quinta-feira, 4 de abril, sobre “O impacto económico dos institutos superiores politécnicos em Portugal”, do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), que analisa os impactos diretos e indiretos da presença de 12 institutos nas regiões onde se inserem, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) é o que apresenta melhores resultados no retorno do investimento público, que multiplica por 5 cada euro investido pelo Estado.



Foi possível apurar-se o impacto económico gerado pela localização do IPCA na região, verificando-se um impacto direto e indireto superior a 30 milhões de euros, o que corresponde a um retorno de mais de 5 euros por cada euro investido pelo Estado no financiamento do IPCA e a um peso de 2,02% no PIB de Barcelos. Este impacto económico está associado à criação de 1020 empregos, que representam 1,77% da população ativa no concelho em que o IPCA se localiza.

Este estudo pretende medir o impacto económico de um conjunto de Institutos Politécnicos, situados em diferentes regiões do país, com contextos socioeconómicos diversos e distinta capacidade de atracão de estudantes. Desta forma, este estudo procura contribuir, ainda que de forma modesta, para melhorar a compreensão sobre o impacto económico das Instituições de Ensino Superior (IES).

A medição do impacto económico aborda a avaliação de como os gastos da própria instituição, dos funcionários docentes, dos funcionários não docentes e dos estudantes afetam a região onde a Instituição está inserida, através de efeitos diretos e indiretos sobre o nível de atividade económica local.

Os gastos dos estudantes, sobretudo em alojamento, representam em média 80% do impacto económico direto dos institutos politécnicos nas regiões onde estão inseridos, de acordo com um estudo hoje divulgado pelo conselho coordenador destas instituições.

Para Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, estes resultados “representam o impacto positivo dos politécnicos nas regiões onde se inserem e a forma como dinamizam a economia do local. No caso do IPCA, estes são resultados de que nos podemos orgulhar; o IPCA é a instituição politécnica com maior retorno do investimento público. Este retorno é determinado pelo reduzido financiamento do Orçamento de Estado, comparado com outras Instituições de Ensino Superior; o IPCA tem hoje mais de 4.500 estudantes, recebendo do Estado menos de 1400 euros por estudante (um valor inferior a 50% da média nacional). Apesar do impacto positivo em termos do retorno do investimento público esta situação tornar-se-á insustentável a médio e longo prazo, sendo que também sairá prejudicada a região. O IPCA precisa de mais investimento público para melhor servir os estudantes, as empresas e a sociedade em geral”.

Para além dos benefícios de cariz económico, deve ser reconhecido que existe, simultaneamente, uma ampla gama de impactos não monetários na economia local (por exemplo, melhor saúde, baixas taxas de criminalidade, maior estabilidade familiar e menor dependência de programas de assistência social) que devem ser levados em consideração quando se analisa o impacto do IPCA na região.

Fonte e fotos: IPCA.

Ciclovia urbana e melhoria das paragens com investimento superior a 2,2 milhões de euros

Março 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou dois projetos, no valor global superior a dois milhões de euros, para a construção de uma rede de ciclovias urbanas e de melhoria das condições operacionais e de rebatimento do transporte público.



Os dois investimentos estão previstos no quadro de compromissos relativo ao PEDU Barcelos 2020, no âmbito do eixo PI 4.5 – Mobilidade Urbana, sendo financiados quase na totalidade pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

“A cidade de Barcelos tem sofrido uma pressão considerável sobre o seu sistema de transportes, sendo mais crítica a acessibilidade ao centro da cidade de automóvel, pelo que o Município pretende implementar uma ciclovia circular, tendo em vista uma inversão dos hábitos de mobilidade, na procura de um futuro mais sustentável”, refere em nota.

A ciclovia circular terá uma extensão de 7,2 km, entre Vila Frescaínha de São Pedro e a Estrada da Estação / Rua de Olivença. Parte da estação ferroviária, percorre a Rua de Olivença em direção a norte, cruzando a circular de Barcelos; continua pela Rua Nossa Senhora de Fátima até à Rotunda do Professor, seguindo pela EN204 até à Circular de Barcelos e entrando aí nos terrenos do IPCA; passará pela Rua Filipa Borges, Rua Casal de Nil e instalações da Santa Casa da Misericórdia em direção à Ponte Medieval; de seguida, prossegue pela Rua Fernando Magalhães e Avenida João Paulo II, passando pelo cemitério até chegar à Estrada da Estação, fechando o círculo.

O projeto visa, ainda, estreitar a ligação da cidade ao IPCA, que está a desenvolver o projeto “U-Bike”, através do qual disponibiliza bicicletas à comunidade académica. Nesse sentido, prevê-se a implementação de um corredor ciclável que ligue o Politécnico ao centro da cidade e, daí, à estação ferroviária.

O valor base da obra é de 1.019.452,96 euros, acrescidos de IVA, tendo uma verba disponível do FEDER de 797.040,22 euros.

Já as obras do projeto de melhoria das condições operacionais e de rebatimento do transporte público nas principais paragens têm um valor base de 1.229.537,44 euros, acrescidos de IVA, sendo que o FEDER disponibiliza 1.140.700 euros.

Trata-se de um projeto de articulação entre as redes de modos suaves nas paragens de transportes públicos, que tem como objetivo “assegurar o acesso a peões e ciclistas em segurança, bem como melhorar as condições nas paragens de transporte público”.

A ação compreende, ainda, a renovação das paragens do transporte público coletivo rodoviário; a melhoria das condições de toque nas paragens, tanto nas condições de acesso aos passageiros, como de forma de entrada em circulação do veículo, minimizando os conflitos entre o transporte público e o transporte individual.

Nas paragens que cruzem a rede ciclável deverão ser disponibilizados lugares de estacionamento para bicicletas.

Fonte e imagens: CMB,

1 2 3 10
Ir Para Cima