Tag archive

James Igbekeme

Gil Vicente derrotado em casa pela Oliveirense

Dezembro 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado hoje de manhã, no Estádio Cidade de Barcelos, o Gil Vicente não conseguiu suplantar o seu adversário, a Oliveirense, terminando o jogo com uma derrota por 1-2.



Os gilistas eram favoritos neste jogo, primeiro por jogarem em casa e, depois, porque estão bem acima da Oliveirense na tabela classificativa. No entanto, esse favoritismo teórico não se fez sentir no resultado final.

Com arbitragem de Cláudio Pereira (AF de Aveiro), coadjuvado por Carlos Campos e Marco Vieira, com Sérgio Soares como 4º árbitro, as equipas entraram com os seguintes 11 jogadores:

Gil Vicente: Rui Sacramento, Luiz Eduardo, Vítor Tormena, Gabriel, Luís Tinoco, Miguel Abreu (Rafael Batatinha, 88’), André Fontes (Reko, 77’), Jonathan Rubio, Camara (João Pedro, 68’), James Igbekeme e Fall. No banco ficaram Júlio Neiva, Sandro, Henrique Brito e Ricardinho.

UD Oliveirense: Coelho, Xandão, Ricardo Tavares, João Mendes, Mathaus, Riascos, Alemão, Sérgio Ribeiro (Clayton, 75’), João Amorim (Boukassi, 75’), Diogo Valente (Rafa, 84’) e Godinho. No banco ficaram Kadú, Sérgio Silva, Cuero e Gabi.

Estatisticamente, o jogo foi equilibrado, com 50% de posse de bola para ambas as equipas; 10-9 em remates; 19-16 em faltas cometidas; 8-6 em cantos; e 0-1 em cartões amarelos (Alemão, aos 86 minutos).

Os forasteiros marcaram primeiro, por Sérgio Ribeiro, aos 42 minutos da 1ª parte. O golo apareceu na melhor altura para os visitantes e na pior para os da casa, pois pouco depois, as equipas saíram para o balneário.

O intervalo parece ter feito bem aos gilistas que pouco depois do reatamento, aos 53 minutos, por intermédio do nigeriano James Igbekeme empataram o jogo a 1 bola. Pouco depois, Jorge Casquilha começava a mudar as peças, colocando um jogador de pendor mais atacante, João Pedro. Já Pedro Miguel ia refrescando a equipa e esta ia sendo mais perigosa e dominadora. O “golpe de teatro” surgiu já a poucos minutos do final da partida, aos 87’, quando Riascos, numa época mais produtiva do que a anterior, marcou aquele se seria o golo da vitória para os homens vindos de Oliveira de Azeméis, num remate “estranho”.

Logo de seguida, Casquilha tira uma unidade mais defensiva (Miguel Abreu) e mete uma mais ofensiva (Batatinha) mas já não foi a tempo de conseguir, sequer, o empate.

Com este resultado, o Gil Vicente coloca-se no 10º lugar, com 19 pontos em 15 jogos. Na próxima semana, mais concretamente dia 10 de dezembro, visita a Madeira, onde defronta o Nacional da Madeira, com jogo a iniciar às 16h00.

Imagem: GVFC (alterada).

Gil Vicente perde em casa com o Famalicão

Novembro 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado hoje, no Estádio Cidade de Barcelos, o Gil Vicente foi derrotado pelo “vizinho” FC Famalicão, por 1-2.



A equipa orientada por Jorge Casquilha alinhou de início com Rui Sacramento, Henrique Brito, Vítor Tormena, Rui Faria (Valdeir, 80’), Ricardinho, Miguel Abreu, Reko (André Fontes, 62’), Jonathan Rubio (João Pedro, 73’), Camara, James Igbekeme e Fall. No banco ficaram Júlio Neiva, Luís Tinoco, Tiger e Gabriel.

Já a equipa orientada por Dito alinhou com Gabriel Souza, José Pedro, Jorge Miguel, Joel Monteiro, Willian (Fred, 71’), João Mendes, Vítor Lima, João Faria, Feliz (Denner, 89’), Hocko e Rui Costa (Michael Thuíque, 84’). No banco ficaram Nuno Castro, Ângelo Meneses, Diogo Cunha e Jaime Poulson.

No campo da disciplina, Jonathan Rubio, dos da casa, foi admoestado com um cartão amarelo aos 69 minutos. Já da parte dos famalicenses, José Pedro (9’), Willian (44’) e Vítor Lima (51’) foram os “amarelados”. O jogo foi arbitrado por Gonçalo Martins (AF Vila Real), coadjuvado por Bruno Trindade e Ângelo Carneiro, sendo Duarte Oliveira o 4º árbitro.

Este foi um jogo equilibrado, com as estatísticas a comprovarem isso mesmo. Assim, a posse de bola foi de 50% para ambas as equipas, 7-8 em remates, 16-18 em faltas, 3-7 em cantos e 1-3 em cartões amarelos. Não houve expulsões.

O Gil Vicente saiu para o intervalo a vencer por 1-0, com um golo do nigeriano James Igbekeme mesmo a fechar, aos 45 minutos. No entanto, nos primeiros 20 minutos da 2ª parte, os comandados de Dito deram a volta ao marcador, com dois golos de Rui Costa, aos 56 e aos 66 minutos.

Após isso, os gilistas tentaram mudar o rumo das coisas, com Casquilha a trocar um defesa (Rui Faria) por um médio mais ofensivo (Valdeir), depois a trocar um médio (Rubio) por um avançado (João Pedro). Do outro lado, Dito tratava de “fechar a casa”, trocando um avançado (Willian) por um médio (Fred) e, já muito perto do fim, trocou um avançado (Feliz) por um defesa (Denner). A estratégia dos forasteiros resultou, com a equipa da casa a não conseguir, sequer, garantir um empate.

Gil Vicente abre a Liga a vencer fora o FC Porto B

Agosto 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Pedroso – V.N. de Gaia, iniciado às 16h00, o Gil Vicente FC levou de vencida a equipa B do FC Porto, na primeira jornada da Ledman LigaPro 2017/2018.

O FC Porto B, treinado por António Folha, alinhou com Diogo Costa, Bidi, Jorge Fernandes, Luís Mata, Rui Pires (Luizão, 59m), Fede Varela, Bruno Costa, Rui Moreira, Yahaya (Rúben Macedo, 88m), André Pereira (Tony Djim, 74m) e Galeno.

Suplentes não utilizados: Ricardo Silva, Diogo Queirós, Reabciuk e Madi Queta.

Já o Gil Vicente, orientado por Jorge Casquilha, alinhou com Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Jumisse, André Fontes (Miguel Abreu, 67m), Jonathan Rubio (Luiz Eduardo, 88m), Rui Miguel, James Igbekeme (Henrique Brito, 90m) e Fall.

Suplentes não utilizados: Júlio Neiva, Nuno Lopes, Gastón Camara e João Pedro.

O jogo começou de feição para a turma gilista, com Rui Miguel a abrir o marcador, de grande penalidade, logo aos 7 minutos. A turma da casa igualou, aos 26 Minutos, por Fede Varela mas pouco tempo depois, aos 38 minutos, o nigeriano James Igbekeme voltou a colocar a turma barcelense na frente do marcador.




Ao intervalo o resultado marcava uma vitória forasteira, por 1-2, resultado esse que se manteve até ao final do jogo, com a equipa gilista a optar por trocas mais defensivas, jogando pelo seguro, por forma a assegurar o mais desejado: a vitória e os 3 pontos.

No final do jogo, e em declarações transcritas na página do clube, o técnico Jorge Casquilha referiu que “a estratégia teve êxito devido à qualidade e ao compromisso de toda a equipa neste jogo”. Também nas redes sociais, o Gil Vicente deixou um agradecimento a todos os adeptos que marcaram presença no jogo de Pedroso.

Foto: GVFC.

Gil Vicente inicia os trabalhos e confirma mais cinco contratações

Junho 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Gil Vicente Futebol Clube iniciou, ontem, os trabalhos de preparação para a próxima época.

O novo – e regressado – treinador, Jorge Casquilha, contou com o plantel ainda em construção e com alguns jogadores ausentes deste primeiro dia de trabalho.

A grande novidade do dia foi mesmo as cinco “caras novas” que o clube gilista contratou. James Igbekeme, Nanú, Jumisse, Alioune Fall e Brayan Riascos são mais cinco novas contratações para o plantel. Já os juniores Bruno Morais, Nuno Lopes e Ebuka juntar-se-ão ao plantel principal.

O médio James Omonigho Igbekeme é nigeriano, tem 21 anos, e foi contratado à AD Oliveirense. Antes ainda passou pelo Ribeirão, seu primeiro clube em Portugal, vindo do Apapa Golden Stars FC, da Nigéria.

Nanú, vindo do Marítimo B, tem 23 anos e pode jogar ou a defesa direito ou extremo direito. Natural de Coimbra mas com ascendência angola, Eulânio Ângelo Chipela Gomes “Nanú” fez a sua formação passando por Sporting, Benfica, Taboeira e Beira-Mar, seu primeiro clube enquanto sénior. Depois de uma passagem pelo Gafanha, assinou pelo Marítimo, tendo atuado pela formação B do clube madeirense. Agora chega a Barcelos, para jogar no Gil Vicente.

Eduardo Jumisse é um regresso a Portugal. Médio de 33 anos, internacional AA por Moçambique, já representou por terras lusitanas o Portimonense e o Leixões. Jogou várias épocas no Maxaquene (Moçambique) e uma no Liga Desportiva de Maputo (Moçambique) antes de se transferir para Portugal. Pelo meio, ainda jogou no Ermis Aradippou (Chipre). Do Leixões transferiu-se para o FC Vaslui (Roménia), daí para o 1º de Agosto (Angola) e, por fim, para o HCB Songo (Moçambique), de onde se transferiu para o Gil Vicente.

Apesar de ter apenas 22 anos, o avançado senegalês Alioune Fall já joga em Portugal há alguns anos, vindo do Étoile Lusitana (Senegal), para o Chaves. Sempre com contrato com os flavienses, passou pelo Pedras Salgadas e Vizela, chegando agora ao Gil Vicente, ao que tudo indica, definitivamente.

Por fim, o avançado colombiano Brayan Riascos, também de 22 anos, vem do Famalicão. Antes, em Portugal, também já tinha representado o Trofense. Riascos fez parte da sua formação no Brasil, no Corinthians e Flamengo-SP, entrando em Portugal pela porta do clube da Trofa. Daí, transferiu-se, de novo, para o Flamengo-SP, passando por Bragantino (Brasil) e Atlético Huila (Colômbia), antes de voltar a Portugal, para o Famalicão. Agora está em Barcelos para tentar ajudar a equipa gilista a alcançar os seus objetivos.




Assim, e por ora, o plantel provisório do Gil Vicente FC é o seguinte:

GR – Rui Sacramento (ex-Arouca), Júlio Neiva e Rafa (ex-júnior);

Defesas – Ricardinho, Henrique Brito, Luiz Eduardo, Zaidu Sanusi, Vítor Tormena (ex-Grêmio Novorizontino), Rui Faria (ex-Salgueiros), Kimpala (ex-Campobasso), Luís Tinoco (ex-União da Madeira), Nanú (ex-Marítimo B) e Bruno Morais (ex-júnior);

Médios – Reko, Miguel Abreu (ex-Armacenense), James Igbekeme (ex-AD Oliveirense), Jumisse (ex-Songo) e Nuno Lopes (ex-júnior);

Avançados – Hugo Firmino, João Pedro, Jonathan Toro, Issa Baradji (ex-Red Star 93), N’Nomo (ex-Leyton Orient), Alioune Fall (ex-Chaves), Brayan Riascos (ex-Famalicão) e Ebuka (ex-júnior).

Foto: GVFC.

Ir Para Cima