Tag archive

João Sousa

Barcelense João Sousa expõe fotografias na Galeria Municipal de Arte

Março 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 24 de março e 22 de abril, a Galeria Municipal de Arte recebe a exposição de fotografias “Reflexos”, do barcelense João Sousa.



O Rio Cávado é a inspiração para as 20 fotografias que compõem esta exposição do artista barcelense. Na obra exposta poderão ser encontradas referências a locais como as lagoas de Areias, o açude de Santo António de Vessadas, o areal de Barcelinhos, o Souto dos Burros ou o açude de Mereces, entre outros.

Nascido em Arcozelo, Barcelos, em 1961, João Alberto Monteiro Saraiva de Sousa apaixonou-se pelas artes desde muito cedo, expressando-se através de diversas áreas, como a música e a dança, assumindo que “a fotografia teve sempre o seu cantinho” ao longo da sua vida. Autodidata, frequentou algumas ações de formação modular e workshops de fotografia, apresentando um nível de exigência singular no que fotografa, procurando, cada vez mais, novas formas de obter técnicas próprias.

Em 2016, apresentou uma exposição individual, na Casa da Azenha, intitulada “Recantos, Barcelos no Caminho de Santiago”.

Fonte e imagem: CMB.

João Sousa, da ACR Roriz, vence “Margens do Cávado”

Maio 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado domingo, dia 28 de maio, em São Paio de Merelim – Braga, mais uma edição do Raid BTT “Margens do Cávado”, que consagrou João Sousa como o vencedor na categoria de Sub-18, onde se regista, também, o 3º lugar do Rui Gonçalves.

Destaque, igualmente, para o 2º lugar de Luís Pereira, em sub-23, e para o 3º lugar de Joana Figueiredo, em Femininos.

 




 

acr-roriz-margens-cávado-luís-pereiraFonte: ACR RORIZ CYCLING TEAM.

Fotos: BTT Margens do Cávado.

Roger Federer: a Lenda

Fevereiro 7, 2017 em Atualidade, Desporto, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

[sg_popup id=”3″ event=”onload”][/sg_popup]

Para surpresa de muitos, e espanto de outros, o Open da Austrália acabou em grande, com vitórias de Roger Federer e de Serena Williams.

Após meia época afastado dos courts, devido a uma lesão no joelho, Roger Federer entra com o pé direito em 2017 e exibe um excelente nível de ténis, acabando por vencer, na final, o seu grande amigo e rival Rafael Nadal, pelos parciais de 6-4, 3-6, 6-1, 3-6, 6-3.

É incrível como, com 35 anos, ainda consegue aguentar jogos com duração de 5 horas, a um ritmo elevado e em condições atmosféricas desfavoráveis à resistência dos atletas. De facto, temos que concordar com este nosso ditado popular: “velhos são os trapos”!

Federer, considerado por muitos como “o melhor jogador de ténis de sempre”, é, não só, um grande atleta como, também, um grande homem, que demonstra um fairplay digno de campeão, pois, no final do jogo e sabendo que acabara de ter uma das vitórias mais saborosas e difíceis da sua carreira, diz simplesmente que: “No ténis não há empates mas que não se importaria que aquela final acabasse num.”, visto que do outro lado da rede estava Nadal, a quem Federer muito respeita e admira.

Só os grandes campeões sabem ganhar assim. Já o vi a sorrir e a chorar em campo, não tendo vergonha de exteriorizar as suas emoções. Roger Federer é, definitivamente, um grande exemplo para todos os desportistas em geral e jogadores de ténis em particular. Que continue a lenda Roger Federer!

Quanto à vitória de Serena, está já era esperada, após Angelique Kerber ter sido derrotada nos oitavos-de-final pela Coco Vandeweghe. Sem tirar mérito às restantes jogadoras, Serena Williams domina o circuito de ténis feminino e a prova disso é que está de volta ao primeiro lugar do ranking.

Este fim de semana foi de Taça Davis, a mais importante competição de ténis por países. Portugal esteve brilhante pois conseguiu ganhar a Israel, algo que nunca tinha feito. Confirmado o triunfo por 5-0, Portugal avança para a segunda ronda do Grupo I da zona euroafricana, que será disputada contra a Ucrânia, em abril.

Deste modo, contando com jogadores como João Sousa e Gastão Elias, Portugal atravessa o seu melhor período de ténis, não só em resultados como no aumento de praticantes e clubes.

Também este fim de semana, alguns dos jovens jogadores do Clube de Ténis ESAF tiveram a experiência de competir pela primeira vez, num torneio federado realizado em Viana do Castelo. Apesar de praticarem a modalidade há pouco tempo estiveram muito bem e as ilações são positivas. Os meus parabéns!

Por: Carlos Ferreira.

Ir Para Cima