Tag archive

Joaquim Barbosa

Barcelense Joaquim Barbosa no Europeu de Duatlo em Espanha

Março 9, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Joaquim Barbosa, para além de presidir ao Conselho de Administração do Hospital Santa Maria Maior, EPE (Barcelos), para além da vida partidária, tem, também, uma vida desportiva. Neste caso, como praticante de Duatlo.



E o que é o Duatlo? Similar ao Triatlo, sem a Natação, esta competição é composta por uma parte de corrida, outra de ciclismo e, de novo, uma outra de corrida. Há três distâncias: a curta (sprint) é composta por 5km de corrida, 20km de ciclismo e 2,5km de corrida; a média (standard) tem 10km de corrida, 40km de ciclismo e 5km de corrida; por fim, a longa (long distance) tem uma prova de 10km de atletismo, uma de 150km de ciclismo e uma de 30km de atletismo.

Foi precisamente na distância standard que Joaquim Barbosa [Ndr: de óculos escuros na foto de destaque] competiu, no Campeonato Europeu de Duatlo, que decorreu entre 6 e 8 de março, em Punta Umbría (Huelva).

O barcelense conquistou a 23ª posição, em Grupos de Idade 55-59 masculinos.

Foto: Arquivo pessoal de Joaquim Barbosa.

JSD Barcelos preocupada com estado atual da Urgência Pediátrica do Hospital de Barcelos

Fevereiro 18, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos enviou às redações uma nota de imprensa sobre a Urgência Pediátrica do Hospital de Santa Maria Maior, EPE, de Barcelos.



Tendo por base uma notícia do Jornal de Barcelos, a estrutura jovem demonstra preocupação com o “envelhecimento” da equipa e “a falta de contratação de novos médicos especialistas”. Ainda de acordo com essa notícia, salienta que Joaquim Barbosa, Presidente do Conselho de Administração do Hospital, depois da reforma de dois especialistas, “não viu a atribuição de novos pediatras após solicitação ao Ministério da Saúde”.

Aludindo a uma declaração do Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, aquando de uma iniciativa do PSD Barcelos, a JSD salienta que a “atitude de passividade dos barcelenses em geral leva a que o Governo não faça os devidos investimentos no nosso hospital e respetivos serviços com grave prejuízo para a população”.

Por fim, demonstrando preocupação para com aquilo que considera ser uma possibilidade de encerramento do serviço de urgência pediátrica e, perante isso, deixa o alerta a todos “os barcelenses para a questão, que poderá levar ao fecho da urgência no período noturno e pede sensibilidade à administração do hospital para a resolução desta situação”.

Leia, na íntegra, a nota da estrutura jovem do PSD Barcelos:

«A JSD Barcelos manifesta preocupação com o estado atual da Urgência Pediátrica do hospital de Santa Maria Maior, E.P.E., de Barcelos. O Hospital tem como área de influência a população do concelho de Barcelos e ainda um elevado número de utentes a residir no concelho de Esposende, num total de cerca 150.000 habitantes e tem como hospital de referência o Hospital de Braga. 

Atualmente, o Serviço de Pediatria do Hospital de Santa Maria Maior conta com cerca de oito pediatras sendo que, consequência do envelhecimento desta equipa e a falta de contratação de novos médicos especialistas, apenas quatro destes se encontram a exercer funções na Urgência Pediátrica deste Hospital e os restantes a efetuar consulta externa e internamento.

Numa notícia a 15 de janeiro de 2020, por Zita Fonseca, no Jornal de Barcelos, releva-se o facto de a urgência pediátrica ser assegurada nos 7 dias da semana 24/24h por apenas quatro especialistas sob pena de dois destes já se encontrarem na idade de poderem pedir dispensa parcial ou total do serviço. De salientar que os médicos podem pedir dispensa de fazer urgência noturna ou total aos 50 e 55 anos, respetivamente.

Nessa notícia, Joaquim Barbosa, presidente do conselho de administração do HSMM, reconhece a importância de rejuvenescer esta equipa que desde 2012, após a reforma de dois especialistas, não viu a atribuição de novos pediatras após solicitação ao ministério da saúde.

A questão de falta de recursos humanos já é antiga e era previsível que chegada esta altura, este problema surgisse.  Como tal, deveria isto ter sido previsto e deveria ter-se atuado para que não chegasse a este ponto. Na última vinda do bastonário da ordem dos médicos a Barcelos, Dr. Miguel Guimarães referiu que se a população e os órgãos responsáveis, nomeadamente os políticos, não fizerem o seu trabalho de reivindicação, estas questões não serão devidamente acauteladas no tempo e junto das entidades responsáveis, nomeadamente, no Ministério da Saúde. Esta atitude de passividade dos barcelenses em geral, leva a que o Governo não faça os devidos investimentos no nosso hospital e respetivos serviços com grave prejuízo para a população.

O Hospital de Barcelos tem perdido valências ao longo do tempo, depois do encerramento da maternidade sem nada receber em troca, encontra-se agora na eminência de perder o serviço de urgência pediátrica que recebe diariamente um grande número de pacientes vindos do concelho de Barcelos e arredores. Perante os factos, a JSD Barcelos alerta todos os barcelenses para a questão, que poderá levar ao fecho da urgência no período noturno e pede sensibilidade à administração do hospital para a resolução desta situação.

A Comissão Política da JSD Barcelos.»

Foto: DR.

Joaquim Barbosa continua na presidência da administração do Hospital de Barcelos

Agosto 2, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Marta Cristina Gomes é a nova Diretora Clínica

O Governo anunciou, ontem, a recondução de Joaquim Barbosa como Presidente do Conselho de Administração do Hospital Santa Maria Maior, EPE – Barcelos.



De igual forma, Manuel Passos também foi reconduzido como Enfermeiro-Diretor, havendo uma nova Diretora Clínica, Marta Cristina Gomes. O anterior Diretor, Rui Guimarães, foi nomeado para Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho.

Para o Conselho de Administração entrou, igualmente, Olívia da Silva Lopes, substituindo Maria José Simões.

Foto: DR.

Hospital de Barcelos destacado em reportagem da RTP

Julho 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A RTP realizou uma reportagem sobre a iniciativa do Hospital Santa Maria Maior, EPE – Barcelos colocar à entrada da urgência com o intuito de tentar “afastar” os utentes desta e redirecioná-los para um Centro de Saúde/Unidade de Saúde Familiar (USF) onde possam ser igualmente consultados.



Esta iniciativa, segundo a mesma reportagem, apanhou os utentes de surpresa. As opiniões não foram unânimes e nem todas foram positivas. Houve quem se mostrasse triste por ver tal cartaz, referindo que o “centro de saúde é para passar baixas e medicação, mais nada”. E quem tivesse afirmado ter ido a um centro de saúde, mas não ter ficado bem, recorrendo à Urgência deste hospital. No entanto, sendo doente não urgente, estava no sítio errado e teria que esperar horas.

A chamada “via rápida” que se estabeleceu entre este hospital e as USF da área já reduziu em 25% as falsas urgências, apenas em 2 meses. No entanto, ainda precisa de ser bem e muito explicado. Com mais de 70 mil atendimentos por ano, esta parceria já está a marcar a diferença neste hospital onde o tempo e o espaço está muito contado.

Rui Guimarães, diretor clínico do Hospital, explica, à RTP, as causas e motivações desta ideia: “Instalações antiquadas, com várias limitações estruturais e de equipamento. Portanto, pensámos que em cada dois doentes que entram aqui na urgência, um deles podia ter sido atendido com muito melhor qualidade junto do seu médico de família. Realmente, é uma ‘dor de cabeça’ e, por isso, temos que estar tão empenhados em conseguir retirar da urgência os doentes pouco urgentes”.

Sofia Leal, Coordenadora do Agrupamento de Centros de Saúde do Cávado (ACES Cávado), salienta que “já estamos apetrechados da capacidade de realização de análises clínicas e de raio-X. Verificámos que já ocorreu uma dedução de 25% das situações não urgentes, não emergentes no serviço de urgência local”.

O bloco operatório também notou diferenças, com um aumento de 33% de cirurgias no primeiro semestre, quase sem paragens no verão. São mais 1300 operações de ambulatório, só com duas salas e doentes que chegam de todo o país

Joaquim Barbosa, Presidente do Conselho de Administração do Hospital, refere que “na ortopedia temos doentes que chegam essencialmente do Algarve, já tivemos do Alentejo, Beja, designadamente, embora a maior parte dos utentes que nos procuram são de instituições vizinhas”.

Em oftalmologia, as listas de espera estão em contraciclo com as nacionais, reduzindo também por causa da captação de jovens médicos. Os rastreios têm das melhores taxas do país, tal como em pneumologia, algo que não impediu, por exemplo, ensaios clínicos inovadores.

Este hospital que parecia estar “condenado” ao encerramento, está agora, pela terceira vez, no 1º lugar do Grupo B, de hospitais de pequena dimensão, na avaliação independente feita a 41 dos 50 hospitais públicos portugueses.

Para assistir à reportagem, caso ainda não o tenha feito, basta clicar no link que se segue, que lhe permite entrar automaticamente:

https://www.rtp.pt/noticias/pais/linha-direta-entre-hospital-de-barcelos-e-centros-de-saude-reduziu-falsas-urgencias_v1088936

Amigos da Montanha entregam quatro camas ao Hospital de Barcelos

Agosto 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Amigos da Montanha entregaram, ontem, quatro camas à ala pediátrica do serviço de urgência do Hospital de Santa Maria Maior.

A entrega deste equipamento, no valor de 12.300€, foi possível no âmbito da iniciativa solidária “D+ Franqueira”, realizada no dia 4 de junho e cujo valor das inscrições das atividades desportivas – caminhada e corrida – revertia para esta causa.




Para completar o valor necessário à aquisição das quatro camas, os Amigos da Montanha contactaram amigos e patrocinadores e registaram uma adesão notável a esta causa. A iniciativa foi um sucesso e se no início o objetivo era angariar o valor possível para a ajuda na aquisição de uma ou mais camas, no final foi possível comprar as quatro camas necessárias para aquele serviço.

Na cerimónia que marcou a entrega deste equipamento, o Presidente da Direção dos Amigos da Montanha, Américo Alves, agradeceu à “enfermeira Tânia por ter proposto à associação a realização de uma iniciativa para angariar verbas para este equipamento, aos voluntários que ajudaram no evento, aos participantes que se inscreveram e aos patrocinadores particulares e empresas que completaram a fatia do bolo para ser possível a aquisição das camas”. Américo Alves evidenciou que esta foi uma atividade desportiva à qual juntaram uma vertente social, permitindo chegar a este resultado. “Os Amigos da Montanha são uma Instituição de Utilidade Pública e estão aqui a prestar um serviço público”, desejando que o equipamento agora entregue “seja útil às crianças, ao hospital e aos técnicos de saúde”, salientou.

O administrador do Hospital de Santa Maria Maior, Dr. Joaquim Barbosa, salientou que o equipamento recebido é “de altíssima qualidade”, permitindo que os serviços prestados fiquem, agora, reforçados.

O administrador referiu que se no início a expectativa era de uma “comparticipação para a aquisição das quatros camas que sentimos necessidade”, a iniciativa teve como resultado o “que vemos aqui hoje, quatro camas que vão equipar este serviço, foi um sucesso e foi possível conseguir a totalidade das verbas”, salientou.

A iniciativa surgiu quando a enfermeira do serviço de urgência pediátrica do Hospital Santa Maria Maior, Tânia Campos, contactou os Amigos da Montanha para verificar a possibilidade de realização de uma ação de angariação de fundos para se conseguir comprar novas camas para aquele serviço. “Hoje concretiza-se a realização de um desejo pessoal, que consiste em melhor acolher as crianças que recorrem ao nosso Serviço de Urgência do Hospital de Barcelos. Desta forma, pretendo demonstrar e manifestar o agradecimento, em nome pessoal e de todas as crianças que aqui represento, a todos que das mais diversas formas colaboraram nesta tão nobre causa”, referiu Tânia Campos no momento de entrega do equipamento. “Quero agradecer aos colaboradores desta grandiosa associação que são os Amigos da Montanha que contribuíram para que nada faltasse neste dia tão especial. Agradeço a todos os patrocinadores e colaboradores que contribuíram monetariamente para a aquisição destes novos equipamentos que hoje aqui recebemos”, salientou a enfermeira.

Recorde-se que a iniciativa desportiva levou centenas de participantes a subir ao Monte da Franqueira, na corrida e na caminhada, no passado dia 4 de junho. Quem quis superar-se na corrida fez uma prova curta, de quatro quilómetros desde a igreja de Carvalhal até ao Santuário de Nossa Senhora da Franqueira, mas de esforço máximo pela subida bastante acentuada. A maioria passou a manhã de domingo numa caminhada de convívio desde Barcelinhos até ao topo da Franqueira, onde a festa aconteceu num cenário com uma vista deslumbrante. No final todos tinham participado num desafio em que quem ficou a ganhar foram as crianças e jovens que têm de recorrer à Urgência Pediátrica.




Fonte e fotos: AM.

PS Barcelos “lamenta” renúncia de Presidente do IPCA

Fevereiro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em comunicado, datado de dia 14 de fevereiro, o PS Barcelos refere que tomou conhecimento do pedido de renúncia do cargo de Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) por parte de João Carvalho e que “lamenta que assim tenha que ser”.

Depois de enaltecer o trabalho e as qualidades do ainda presidente do IPCA (só a partir de 01 de março é que se efetiva a decisão), o PS Barcelos termina desejando que este momento “delicado e sensível” seja passageiro, terminando com votos de felicidades e êxitos ao novo Presidente do IPCA, o Professor Agostinho Silva.

Eis o comunicado na íntegra, assinado pelo Presidente da Comissão Política Concelhia, Joaquim Barbosa:

«O Partido Socialista de Barcelos tomou conhecimento do pedido de renúncia ao cargo de Presidente do IPCA, com data de validade a partir do próximo dia 1 de Março, do Professor Doutor João Carvalho, por motivos de doença.

Principal obreiro do crescimento do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e da excelência que esta escola superior adquiriu no contexto de Barcelos, da região e do país, na formação de milhares de jovens e não só, na relação privilegiada que estabeleceu com as empresas barcelenses e na investigação e inovação que promove, o Professor João Carvalho deixará para sempre o seu nome inscrito na história do instituto e da cidade e concelho de Barcelos.

O Partido Socialista de Barcelos, embora reconheça que, nas circunstâncias pessoais desta fase difícil da sua vida, o Professor João Carvalho não pode continuar a dirigir uma instituição que tanto lhe deve, lamenta que assim tenha que ser, pois homens com as suas qualidades de juízo ponderado, arguta inteligência, dinamismo, rigor e seriedade são sempre muito importantes para as instituições e para as comunidades.

Todos esperamos que este sensível e delicado momento da sua vida seja passageiro e que João Carvalho volte ao assíduo convívio dos muitos amigos e colegas que tem.

O PS de Barcelos deseja entretanto ao novo Presidente do IPCA, o Professor Agostinho Silva, as melhores felicidades e os maiores êxitos nas importantes funções que passará a desempenhar.

Barcelos, 14 de Fevereiro de 2017»

 

Ir Para Cima