Tag archive

José Mendes

Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade marca presença no lançamento da U-Bike no IPCA

Setembro 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) entregou as primeiras bicicletas do projeto Cabi/U-Bike com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes.



O projeto U-Bike Portugal tem o objetivo de “promoção de hábitos mais sustentáveis de mobilidade, incentivando-se a mobilidade ciclável, através da disponibilização de bicicletas elétricas e convencionais na academia”, refere a instituição.

Na passada sexta-feira, 20 de setembro, na abertura da cerimónia de lançamento das Cabi/U-Bike, a Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, realçou a importância deste projeto na estratégia da Instituição ao nível do Campus verde, saudável e seguro, que assume o compromisso com a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis.

Nesse âmbito, adiantou que há muito que o Campus está preparado para receber este projeto, com uma ciclovia criada que percorre todo o seu perímetro e instalação de locais para o parqueamento das bicicletas. Referiu, ainda, outras medidas que têm sido implementadas em prol do ambiente, nomeadamente, a instalação de postos de carregamento para veículos elétricos e a otimização da eficiência energética dos edifícios do Campus.

O Vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Barcelos, José Beleza, também esteve presente no lançamento e referiu que este projeto do IPCA “não só alavancou o projeto da criação de uma rede de ciclovias na cidade de Barcelos como também solidificou a nossa confiança no que a esta matéria da mobilidade diz respeito”. Foram divulgadas três imagens da rede de ciclovias a criar na cidade de Barcelos, mostrando que os percursos abrangem zonas de interesse aos estudantes do IPCA.

A sessão terminou com a intervenção do Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, que enalteceu a iniciativa e chamou a atenção de todos os presentes: “Este lançamento acontece na véspera do relatório da Nações Unidas sobre as alterações climáticas. Um tema que diz respeito a todos e um desafio de todos”. O Secretário de Estado Adjunto referiu, ainda, algumas formas simples de, no nosso dia a dia, descarbonizar o planeta, como reduzir viagens desnecessárias e optar pela utilização de transportes públicos coletivos ou pela mobilidade suave, sendo que a percentagem de viagens de bicicleta em Portugal é de 1%, muito abaixo da média europeia, que se situa nos 7%, por isso a importância de projetos que promovam a utilização deste meio de transporte.

No final da sessão foram entregues as primeiras bicicletas a membros a comunidade académica do IPCA. Cada utilizador recebeu, ainda, um kit com equipamento de proteção e segurança (capacete, colete refletor, cadeado, entre outros), sendo que antes da sessão de lançamento foi realizada pela GNR uma ação de sensibilidade sobre Prevenção Rodoviária na Mobilidade Ciclável, onde foram transmitidas as regras e as boas práticas para circular em segurança em bicicleta.

O projeto contempla 65 bicicletas elétricas e 65 convencionais, 6 postos de carregamento de baterias, 96 estacionamentos e uma oficina self-service.

Fonte e fotos: IPCA.

Equipas barcelenses competem no Grande Prémio do Minho que tem o barcelense José Gonçalves como um dos padrinhos

Julho 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Grande Prémio do Minho em ciclismo regressa à estrada, de 28 a 30 de julho, com Cabeceiras de Basto, Vieira do Minho e Melgaço a assumirem um papel de destaque no desenrolar da competição, apadrinhada pelos ciclistas internacionais portugueses Tiago Machado, José Mendes e o barcelense José Gonçalves, sendo uma competição destinada ao escalão de juniores.

José Gonçalves

Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho, em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo, a prova será disputada por um pelotão de 145 ciclistas, em representação de 16 equipas portuguesas e 6 espanholas.

Com o arranque da competição em Cabeceiras de Basto e o final em Melgaço, o pelotão terá que percorrer um total de 297,9 quilómetros, repartidos por três etapas, durante as quais encontrarão seis contagens do prémio da montanha e quatro metas volantes.

A montanha ajudará, certamente, a encontrar o vencedor do 29º Grande Prémio do Minho, mas o traçado da prova e a qualidade das equipas e atletas participantes deixa antever que será uma prova disputada até ao último metro e aberta à vitória de qualquer corredor.




A primeira etapa (Cabeceiras de Basto – Cabeceiras de Basto) será disputada no dia 28 de julho (sexta-feira), num percurso de 88,8 quilómetros, a efetuar no “Encanto Natural” de um dos concelhos mais antigos e históricos do Minho. O pelotão efetuará o percurso por entre um vasto e rico património paisagístico e arquitetónico, terminando a etapa (15h20) junto ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos. Os ciclistas terão que vencer as dificuldades de uma contagem de montanha logo no início da etapa (Km 8,6 – 13h13) e de outra na Lameira (Km 62 – 14h37), prevendo ainda o percurso uma meta volante em Fafe (Km 52,2 – 14h22).

No dia 29 de julho (sábado), a segunda etapa (Vieira do Minho – Vieira do Minho) terá a extensão de 103 quilómetros e percorrerá uma “Terra de Encantos” em que as paisagens avassalam pela sua magnitude e pelo seu brilho. A etapa começará (13h00) e terminará (15h42) junto à Câmara Municipal de Vieira do Minho. Com uma passagem pela barragem do Ermal, a etapa integra uma contagem de montanha em Serradela (Km 53,4 – 14h24) e uma meta volante em Vieira do Minho (passagem pela meta ao Km 36 – 13h56).

A terceira e última etapa (Melgaço – Melgaço) será disputada no dia 30 de julho (domingo), no “destino de natureza mais radical de Portugal”, uma região verdejante, tipicamente Minhota, de forte e fértil vegetação, que possui um importante património histórico, cultural e arquitetónico, inserido no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Na extensão de 106,1 quilómetros, o percurso da última etapa integra três contagens de montanha e duas metas volantes. As metas de montanha serão discutidas em São Gregório (Km 22,1 – 13h34, Km 58,3 – 14h32 e Km 93,6 – 15h27) e as metas volantes aquando da passagem na meta (Km 32,7 – 13h51 e Km 68,8 – 14h48).

Tal como nas restantes etapas e percurso, para os quilómetros finais está em perspetiva um empolgante espetáculo desportivo ao qual não faltará, certamente, muito público para coroar o vencedor do 29º Grande Prémio do Minho em ciclismo.

O pelotão do 29º Grande Prémio do Minho será constituído pelas principais formações portuguesas e por seis espanholas, num total de 22 equipas, entre elas as barcelenses Centro Ciclista de Barcelos/ AFF/ Orbea/ Onda e ACR Roriz Seissa/ KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact.

Além dos principais conjuntos portuguesas, seis equipas espanholas marcarão presença: Fundacion Oscar Pereiro, Arte en Transfer – Leon, Bathco / CC Besaya, Clube Ciclista Cidade de Lugo, Codelse Cycling Team e Disgarsa – C.C. Colindres.

As restantes equipas portuguesas inscritas são as seguintes: Academia Joaquim Agostinho / UDO; ACD Milharado / Escola Ciclismo Manuel Martins; Bairrada; Escola de Ciclismo Carlos Carvalho; LA Alumínios / SGR Ambiente / C. C. A. Paio Pires; Maia; Matos Cheirinhos / Vila Galé / Etopi; Moreira Congelados / Feira / Bicicletas Andrade; RP / Boavista Formação; Sicasal / Liberty Seguros / Bombarralense; Silva e Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel; Sporting / Tavira / Eng. Brito da Mana; Team Almodôvar; e Tensai / Sambiental / Santa Marta – Bila Bikers / Carnes Silva / Cycleso.

O 29º Grande Prémio do Minho, organizado pela Associação de Ciclismo do Minho em parceria com a Federação Portuguesa de Ciclismo, conta com o apoio da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Câmara Municipal de Vieira do Minho, Câmara Municipal de Melgaço, Empiqua (Camisola Amarela), Controlsafe (Camisola Verde), Arrecadações da Quintã (Camisola Azul), Cision – Portugal (Camisola Laranja), Força Minho (Camisola Branca), Raiz Carisma – Soluções de Publicidade (Meta 5 Kms), POPP Design, AFA cycles, Jopedois, Auto Terror, Guimarpeixe, Fafefuel, TransNos, Saúde Constante, Salvaggio, Escola de Condução S. Martinho, Guimatubos, Hotel ibis – Guimarães, Correio do Minho e Ciclismo a Fundo (revista oficial).

Fonte e cartaz: ACM.

Ir Para Cima