Tag archive

JSD Barcelos

JSD Barcelos “desafia” Município a comemorar online a Festa da Juventude e Milhões de Festa

Maio 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em nota enviada às redações, a JSD Barcelos “desafia” o Município de Barcelos a assinalar a comemoração da Festa da Juventude e o Milhões de Festa, mesmo que em formato online.



“As contingências atuais face à pandemia da COVID-19 têm levado à recriação dos eventos sociais e culturais tais como os conhecemos. Muitas têm sido as adaptações para que estes eventos se mantenham e que cheguem a todos os seus apreciadores através de um formato totalmente digital”, refere a estrutura jovem do PSD.

“Na nossa opinião, a Festa da Juventude em Barcelos e o Milhões de Festa representam um papel importante na vida cultural dos jovens barcelenses dada a sua universalidade e popularidade das experiências proporcionadas. Estes eventos promovem o turismo cultural, despertando o interesse de milhares de pessoas a vivenciar uma experiência com grande impacto económico e social promovendo a cidade de Barcelos”.

Assim, a JSD Barcelos “considera fundamental a continuidade destas atividades através de uma adaptação digital que os tempos atuais exigem. À semelhança de outros eventos do mesmo género, também estes podem e devem manter-se recorrendo a plataformas já existentes e preparadas para esta realidade”.

“A JSD Barcelos quer ser responsável e lutar por projetos que beneficiem os barcelenses, acreditamos que este é um deles”, conclui.

Foto: DR.

JSD Barcelos relembra situação da EB1/JI da Pousa

Abril 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em nota enviada às redações, a JSD Barcelos relembrou que a situação da EB1/JI da Pousa continua por resolver e que ainda não notícia de lançamento do concurso para a realização da necessária empreitada. “Vivemos uma época difícil para todos, conturbada, cheia de incógnitas e incertezas. Não obstante, o tempo corre e o executivo municipal continua em funções, por isso, voltamos a trazer a temática para a ordem do dia”, refere a estrutura jovem do PSD Barcelos.



“Na nossa visão, acreditamos que este é um bom momento para o município lançar o concurso para a empreitada da escola da Pousa. Segundo informações fornecidas pelo município, o projeto está feito. Assim sendo, os próximos passos a dar serão o lançamento do concurso para, posteriormente, procederem à execução da obra”, salienta.

A JSD Barcelos ressalva que, devido ao momento de emergência nacional relacionada com a pandemia COVID-19, o país tem, por ora, as escolas quase vazias e, como tal, não existiria interferência das obras na dinâmica da referida escola. “Sabemos que o prazo de execução poderá, naturalmente, ultrapassar o 3º período e férias de verão, alargando-se até meados do próximo ano letivo. Mas parece-nos prudente e sensato, aproveitarmos este período que, infelizmente, vivemos, para atalhar caminho e minimizar os impactos que uma obra desta envergadura necessita, pelo menos num período letivo do ano escolar”, defende.

A estrutura recorda que o Presidente da Associação de Pais da referida escola, Cristiano Coelho, de acordo com o Jornal de Notícias, questionou o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, sobre se os procedimentos para o arrancar das obras, por parte do Município, iriam iniciar mesmo em abril. “Pois bem, estamos em abril, e a próxima reunião de Câmara será no final do mês”, alertam os jovens sociais-democratas.

“A JSD Barcelos quer ser responsável e lutar por projetos que beneficiem os barcelenses, acreditamos que este é um deles. Por estes factos, pedimos ao executivo municipal que lance o concurso e faça a reabilitação do jardim de infância e da escola do 1º ciclo da Pousa, sem descurar, evidentemente, o trabalho difícil que é o combate a esta pandemia. Deixamos ainda uma palavra de gratidão a todos aqueles que estão a cumprir as regras impostas pela Direção Geral de Saúde”, conclui.

Foto: GM.

JSD Barcelos está contra a forma como será assinalado o 25 de Abril pela Assembleia da República

Abril 20, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em nota enviada às redações, a Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos refere estar contra a forma como se irá proceder ao assinalar do 25 de Abril pela Assembleia da República, salientando que se reveem mais numa celebração através das redes sociais e televisão ou numa sessão parlamentar com um deputado a representar cada bancada, conforme defende Rui Rio, Presidente do PSD.



“Numa época totalmente atípica, onde todos abdicamos de comemorar a Páscoa, onde todos abdicamos de juntar a família para comemorar aniversários, onde todos abdicamos do luto e da última oportunidade para nos despedirmos de entes queridos ou mostrar a nossa solidariedade para com quem perde alguém próximo, temos um Parlamento que decide celebrar a data numa comemoração presencial com um terço dos deputados à Assembleia da República mais convidados oficiais”, refere a estrutura jovem.

“Se é pedido à população para ficar em casa e são utilizadas outras formas de celebração, será pedir muito à Assembleia da República que eles próprios se adaptem e façam o mesmo que a população? É comum, em altura de eleições, falar-se da elevada taxa de abstenção que existe e da falta de ligação entre a população e a política, mas esta comemoração poderá ser só mais um pequeno episódio do longo capítulo que a abstenção representa”, alerta.

“Não está, nem pode estar, em causa o comemorar o Dia da Liberdade. Mas a Liberdade que Abril trouxe era para todos e, por isso, apelamos a que a Assembleia da República reveja a forma como irá comemorar o 25 de abril”, ressalva, em jeito de conclusão, a JSD Barcelos.

Imagem: DR.

JSD Barcelos preocupada com estado atual da Urgência Pediátrica do Hospital de Barcelos

Fevereiro 18, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos enviou às redações uma nota de imprensa sobre a Urgência Pediátrica do Hospital de Santa Maria Maior, EPE, de Barcelos.



Tendo por base uma notícia do Jornal de Barcelos, a estrutura jovem demonstra preocupação com o “envelhecimento” da equipa e “a falta de contratação de novos médicos especialistas”. Ainda de acordo com essa notícia, salienta que Joaquim Barbosa, Presidente do Conselho de Administração do Hospital, depois da reforma de dois especialistas, “não viu a atribuição de novos pediatras após solicitação ao Ministério da Saúde”.

Aludindo a uma declaração do Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, aquando de uma iniciativa do PSD Barcelos, a JSD salienta que a “atitude de passividade dos barcelenses em geral leva a que o Governo não faça os devidos investimentos no nosso hospital e respetivos serviços com grave prejuízo para a população”.

Por fim, demonstrando preocupação para com aquilo que considera ser uma possibilidade de encerramento do serviço de urgência pediátrica e, perante isso, deixa o alerta a todos “os barcelenses para a questão, que poderá levar ao fecho da urgência no período noturno e pede sensibilidade à administração do hospital para a resolução desta situação”.

Leia, na íntegra, a nota da estrutura jovem do PSD Barcelos:

«A JSD Barcelos manifesta preocupação com o estado atual da Urgência Pediátrica do hospital de Santa Maria Maior, E.P.E., de Barcelos. O Hospital tem como área de influência a população do concelho de Barcelos e ainda um elevado número de utentes a residir no concelho de Esposende, num total de cerca 150.000 habitantes e tem como hospital de referência o Hospital de Braga. 

Atualmente, o Serviço de Pediatria do Hospital de Santa Maria Maior conta com cerca de oito pediatras sendo que, consequência do envelhecimento desta equipa e a falta de contratação de novos médicos especialistas, apenas quatro destes se encontram a exercer funções na Urgência Pediátrica deste Hospital e os restantes a efetuar consulta externa e internamento.

Numa notícia a 15 de janeiro de 2020, por Zita Fonseca, no Jornal de Barcelos, releva-se o facto de a urgência pediátrica ser assegurada nos 7 dias da semana 24/24h por apenas quatro especialistas sob pena de dois destes já se encontrarem na idade de poderem pedir dispensa parcial ou total do serviço. De salientar que os médicos podem pedir dispensa de fazer urgência noturna ou total aos 50 e 55 anos, respetivamente.

Nessa notícia, Joaquim Barbosa, presidente do conselho de administração do HSMM, reconhece a importância de rejuvenescer esta equipa que desde 2012, após a reforma de dois especialistas, não viu a atribuição de novos pediatras após solicitação ao ministério da saúde.

A questão de falta de recursos humanos já é antiga e era previsível que chegada esta altura, este problema surgisse.  Como tal, deveria isto ter sido previsto e deveria ter-se atuado para que não chegasse a este ponto. Na última vinda do bastonário da ordem dos médicos a Barcelos, Dr. Miguel Guimarães referiu que se a população e os órgãos responsáveis, nomeadamente os políticos, não fizerem o seu trabalho de reivindicação, estas questões não serão devidamente acauteladas no tempo e junto das entidades responsáveis, nomeadamente, no Ministério da Saúde. Esta atitude de passividade dos barcelenses em geral, leva a que o Governo não faça os devidos investimentos no nosso hospital e respetivos serviços com grave prejuízo para a população.

O Hospital de Barcelos tem perdido valências ao longo do tempo, depois do encerramento da maternidade sem nada receber em troca, encontra-se agora na eminência de perder o serviço de urgência pediátrica que recebe diariamente um grande número de pacientes vindos do concelho de Barcelos e arredores. Perante os factos, a JSD Barcelos alerta todos os barcelenses para a questão, que poderá levar ao fecho da urgência no período noturno e pede sensibilidade à administração do hospital para a resolução desta situação.

A Comissão Política da JSD Barcelos.»

Foto: DR.

Vereadores do PSD abordam Escola do Aldão, Biblioteca Municipal e subsídios às freguesias em reunião de Câmara

Fevereiro 11, 2020 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Na reunião extraordinária da Câmara Municipal de Barcelos, no passado dia 07 de fevereiro, os vereadores sociais democratas, Mário Constantino, José Novais e Mariana Carvalho, questionaram o executivo sobre alguns assuntos que consideram merecerem a atenção e respostas por parte de Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara.



Sobre a Escola do Aldão, em Vila Frescaínha São Martinho, os referidos vereadores aludiram à idade da escola, que ainda possui cobertura em amianto e cujas obras de requalificação continuam por se realizar. “A Escola Básica do Aldão em Vila Frescaínha S. Martinho é uma das Escolas Básicas do Concelho de Barcelos que ainda possui cobertura em amianto. Foi construída de raiz há cerca de 40 anos, pelo que tem a requalificação justificada pela sua longevidade e necessidade de adequar às atuais exigências que a qualidade do ensino requer em matéria de instalações, nomeadamente em matéria de aquecimento”, refere a vereação do PSD, salientando que a “Escola Básica do Aldão foi ‘abandonada’ pela Câmara durante todos estes anos e a sua requalificação é a obrigação mínima que se impõe fazer, no imediato, para suprir fragilidades estruturais”. De acordo com os vereadores em causa, a requalificação já deveria ter iniciado em 2016 e deveria ser concluída em 2022.

“Por desleixo e negligência, nada foi feito pelo seu proprietário, o Município de Barcelos, mesmo com milhões de euros de disponibilidades financeiras nos últimos anos, pois em 31/10/2019 as disponibilidades financeiras do Município eram de cerca de 20 milhões de euros. Também na Escola EB1 do Aldão, Vila Frescaínha S. Martinho, o executivo municipal usa critérios desconformes em matéria de requalificação de escolas EB1, porque se trata de uma Freguesia situada na área urbana de Barcelos, frequentada por cerca de 150 alunos”, concluem.

Alargamento do horário de funcionamento da Biblioteca Municipal

Seguindo uma solicitação da JSD Barcelos, deixada no último plenário da concelhia do PSD, os vereadores deixaram uma recomendação para que o horário de funcionamento da Biblioteca Municipal de Barcelos seja alargado, principalmente, numa fase inicial e experimental, nas alturas de exames do ensino superior (janeiro, fevereiro, junho e julho), para que os estudantes possam usar o espaço para estudar e consultar bibliografia, sendo que o único local de que dispõem é a Biblioteca do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. De igual forma, deixaram a sugestão para que a Casa da Juventude fosse usada, igualmente, como local de estudo para os jovens barcelenses. O executivo mostrou abertura para analisar esta proposta, atitude que já foi, inclusivamente, alvo de elogio e agradecimento por parte da JSD.

Subsídios às freguesias

A atribuição de subsídios às freguesias foi alvo de declaração de voto por parte dos vereadores, acusando o Município de não os atribuir de forma justa. Segue, na íntegra, a declaração de voto:

«Votamos a favor desta proposta de atribuição de subsídio à Junta de Freguesia, para o investimento nela previsto, porque reconhecemos a importância das Juntas de Freguesia na resposta célere, atempada e eficaz às necessidades das populações.

A atribuição de subsídios tem de obedecer a critérios claros, transparentes, de equidade, de coesão territorial e de compensação, para que todas as Juntas possam saber previamente com o que contam e de que forma a Câmara Municipal irá colaborar para que o desenvolvimento do concelho possa ser mais justo e mais equilibrado.

Após mais de dois anos do mandato, confirmamos uma enorme discriminação negativa nos apoios financeiros atribuídos a cada uma das 61 Freguesias e Uniões de Freguesia, variando esses apoios desde valores irrisórios até valores superiores a CEM mil euros, NÃO OBSTANTE OS INÚMEROS PEDIDOS das Juntas não respondidos pela Câmara, bem como a DISPONIBILIDADE orçamental da Câmara.

Todas as Juntas devem usufruir dos mesmos instrumentos e ter as mesmas condições e meios disponibilizados pela Câmara Municipal na resposta às solicitações das populações e às dificuldades e/ou necessidades da sua freguesia.

O executivo municipal não tem uma lógica coerente, estratégica e unitária na atribuição de subsídios às juntas de freguesia o que é revelador da falta de transparência e opacidade na gestão municipal, apenas com critérios consoante a sua cor partidária.

Recomendamos que a atribuição de subsídios para obras ou aquisição de bens ou serviços deverá ser suportada em orçamentos e documentos técnicos descritivos das obras ou serviços, a executar ou contratar, tais como plantas, perfis, mapas de medição, características técnicas, etc.

Para isso a Câmara Municipal deve atribuir subsídios para investimento na base de acordos de execução equitativos, proporcionais e transparentes.»

Os vereadores também deixaram o alerta para a falta de limpeza na zona da Escola Secundária de Barcelos e falta de iluminação pública nalguns locais da zona.

Foto: DR.

JSD Barcelos sugere alargamento do horário da Biblioteca Municipal

Fevereiro 11, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

38º Congresso do PSD é alvo de balanço pela estrutura

Em nota enviada às redações, a JSD de Barcelos informa que, no passado dia 07 de fevereiro, através dos vereadores do PSD na Câmara Municipal de Barcelos, foi apresentada uma recomendação de sua autoria, onde se solicita ao executivo camarário o horário da Biblioteca Municipal de Barcelos.



Esta “medida justifica-se pela extrema necessidade de muitos estudantes terem uma rotina de estudo noturna, contudo, em Barcelos, não existe um espaço público que lhes permita estudar depois das 18 horas durante a semana, a não ser a biblioteca do IPCA”, refere a estrutura jovem do PSD.

“Nesse sentido, e de maneira a defender o interesse dos jovens, recomendamos, numa primeira fase, o alargamento do horário de funcionamento da Biblioteca Municipal nos meses de exames (janeiro, fevereiro, junho e julho). E salientamos, ainda, que a Casa da Juventude, por exemplo, também poderia, e deveria, servir como espaço de estudo para os jovens barcelenses”, continua.

A JSD recomenda, “todavia, que esta medida passe por uma fase de projeto piloto, onde o município recolha a opinião dos estudantes que beneficiariam desta medida, de forma a implementar um horário adequado à procura”, sendo que, não sendo o ideal, a estrutura crê “que disponibilizar um espaço público que permita o estudo 24h/dia nas épocas de exame seria uma mais-valia”, sugerindo “o alargamento do horário da biblioteca até às 24 horas durante a semana e no sábado, alterando, assim, o horário das 9h00 às 18h00 existente durante a semana e 9h00 às 12h30 ao sábado”.

Por fim, a JSD Barcelos “agradece ao executivo a disponibilidade demonstrada na reunião para o debate deste tema, esperando que a curto prazo seja possível termos a nossa biblioteca aberta na próxima época de exames”, conclui.

38º Congresso do Partido Social Democrata

A JSD Barcelos esteve representada no 38º congresso do PSD, que decorreu em Viana do Castelo, entre 7 e 9 de fevereiro, onde participaram, como delegados, Miguel Fernandes e  Paulo Alves. Além destes, estiveram, ainda, presentes como observadores  Fábio Fernandes, José Torres, Leandro Ferreira, Joana Sousa, Marcos Silva e Joel Mendes. Como participantes, a JSD teve Beatriz Silva, João Pedro,  Jéssica Silva e  Cátia Araújo.

“Após o congresso, onde pudemos assistir a um debate político intenso e apresentação das moções, queremos felicitar e desejar um excelente mandato a todos os militantes eleitos para os órgãos nacionais do partido. Felicitar, de forma especial, a Dr.ª Mariana Carvalho e o deputado Carlos Reis, militantes do PSD Barcelos, que foram eleitos para o conselho nacional do PSD.

Fotos: DR.

JSD Barcelos preocupada com situação na Escola Básica da Pousa

Fevereiro 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Estrutura solicita que Município atente a este problema

Em nota de imprensa enviada às redações, a JSD Barcelos demonstrou a sua preocupação pela degradação da Escola Básica da Pousa, veiculada pelos meios de comunicação social.



Por consequência, a estrutura jovem do PSD Barcelos informou que apresentou uma proposta aos vereadores do PSD na Câmara Municipal de Barcelos para levarem o tema à reunião de câmara “até que o problema seja resolvido”, refere a JSD.

De igual forma, tiveram a “oportunidade de visitar as instalações do jardim de infância e da escola da Pousa, no passado dia 28 de janeiro”, contando com a presença do deputado barcelense Carlos Eduardo Reis, o que lhes permitiu “verificar as condições lamentáveis que o nosso município disponibiliza para os alunos, professores e demais funcionários”, continuam.

“Uma escola pública não pode, jamais, ser o primeiro fator discriminatório das novas gerações. É nossa obrigação, enquanto sociedade, disponibilizar boas condições para os professores exercerem a sua função de ensinar aqueles que serão o futuro. Em qualquer atividade profissional, boas condições de trabalho são fundamentais para um melhor rendimento e aproveitamento. Tal sucede também numa escola ou qualquer outro estabelecimento de ensino. Achamos deplorável e desumano que crianças precisem de utilizar mantas para não terem frio dentro da sala de aula! Problemas ao nível da caixilharia de madeira, falta de acesso coberto entre a escola e a cantina e problemas de infiltração de água na infraestrutura do jardim de infância são questões que saltam à vista de qualquer cidadão que visite a escola”, denuncia.

“Enquanto estrutura política, reconhecemos também a coragem que a associação de pais teve em denunciar publicamente o problema, após uma série de anos com promessas vãs. Assim, a JSD Barcelos solicita, publicamente, ao executivo municipal que olhe para a escola da Pousa e resolva o problema. Apelamos ainda para que o executivo promova uma análise às restantes instalações de que o município é responsável, ao nível da gestão e conversação, a fim se se perceber se existem mais infraestruturas a necessitar de obras”, conclui.

Foto: Google Maps.

JSD Barcelos realiza primeiro plenário concelhio em Negreiros

Janeiro 31, 2020 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 25 de janeiro, a Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos realizou o seu primeiro plenário concelhio, que decorreu na sede da Junta de Freguesia de Negreiros. O plenário teve como principais pontos da ordem de trabalhos a apresentação do plano de atividades e o debate das primeiras propostas que a estrutura jovem do PSD local fez junto do partido.



Outro assunto amplamente discutido foi o dos problemas que a Escola Básica da Pousa enfrenta, sendo que a JSD considera que “não pode ser aceitável que as escolas públicas não proporcionem as mesmas condições para os seus alunos”, tendo considerado ser sua obrigação “demonstrar, desde já, solidariedade para com os estudantes, funcionários e a associação de pais, que se viram ‘forçados’ a denunciar o problema, dada a ausência de resolução” do mesmo. “A JSD Barcelos solicita ao Município a sua atenção para este problema grave, solicitando medidas de ação brevemente. Não iremos descansar até que o Município solucione esta situação”, refere em nota.

O Orçamento Participativo de Barcelos também foi alvo de atenção, sendo que a JSD Barcelos deixou um apelo a todos os jovens barcelenses para participarem na escola das propostas, sendo que, para tal, basta acederem à plataforma criada pelo Município e registarem-se até ao final do dia de hoje. As votações online será entre 07 e 21 de fevereiro. “Vamos todos escolher, ativamente, alguns projetos que ajudem a um Barcelos melhor”, é o mote deixado pela JSD Barcelos.

Foto: JSD-B.

Nova Comissão Política e Mesa de Plenário da JSD Barcelos tomam posse

Dezembro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado dia 06, na Várzea, o jantar de Natal do PSD Barcelos, que contou com uma elevada participação de militantes e simpatizantes do partido.



Nesse evento decorreu, também, a tomada de Posse da Comissão Política e Mesa de Plenário da JSD Barcelos.

“Todos os anos tem vindo a ser tradição convidar os barcelenses a participar neste jantar, uma oportunidade de impulsionar o convívio entre militantes, mas também o mote para discutir questões a nível concelhio e nacional”, refere a JSD em nota. Um serão marcado pelas intervenções de Cristiano Pinheiro, recém-eleito presidente da JSD Distrital de Braga, Marcos Silva, presidente da Mesa de Plenário da JSD Barcelos, Miguel Fernandes, presidente da JSD Barcelos e o Presidente da Comissão Política do PSD Barcelos, José Novais.

Foram discursos direcionados sobretudo ao partido, onde os intervenientes realçaram a importância de um PSD unido e preparado para ser a alternativa certa nas próximas autárquicas, datadas para daqui a dois anos.

Cristiano Pinheiro sublinhou que só com convicção “se travam as batalhas mais difíceis” e Miguel Fernandes destacou a força da estrutura atual da JSD. Numa era em que as redes sociais são o palco de todos os temas, e o grande foco dos jovens, o presidente da JSD Barcelos acredita que “as redes sociais não resolvem os nossos problemas enquanto sociedade” e que a juventude precisa de uma oportunidade para participar na organização e bom funcionamento do Estado. O presidente da JSD aproveitou o momento para lançar o repto ao PSD de devolver Barcelos aos barcelenses e formar uma equipa dinâmica.

Um dos pontos mais avaliados foi a política “adormecida” do atual presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, perante a juventude barcelense, onde em dez anos de Partido Socialista não desenvolveu qualquer visão estratégica sobre matérias relacionadas com a política de juventude. Nomeadamente, a Casa da Juventude, uma infraestrutura já existente, mas com pouco destaque no dia a dia dos jovens, e ainda a falta de apoio aos estudantes do IPCA no que diz respeito a residências e uma rede melhorada de transportes e da via pública.

Foto: JSD-B.

Cinco jovens barcelenses eleitos para os órgãos da Distrital da JSD

Novembro 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Cristiano Pinheiro, de Vieira do Minho, é o novo Presidente da Distrital

Os jovens Joaquim José Gonçalves (Presidente da Mesa do Congresso Distrital), Paulo Alves (Vice-Presidente da Comissão Política), Leandro Ferreira (vogal), Marcos Silva (Secretário da Mesa) e José Torres (Suplente da Comissão Política) tomarão posse no próximo dia 14 de dezembro como membros dos órgãos da Distrital de Braga da Juventude Social Democrata, agora liderada por Cristiano Pinheiro.



Cristiano Pinheiro, militante da concelhia de Vieira do Minho, foi eleito Presidente da JSD Distrital de Braga com 97 votos a favor, 5 votos em branco e 3 nulos, num universo de 105 votantes.

Já Joaquim José Gonçalves, militante da concelhia de Barcelos, foi eleito Presidente da Mesa do Congresso Distrital com 82 votos a favor, 20 votos em branco e 3 votos nulos no mesmo universo de votantes.

Para este mandato de 2 anos o mote é “Aproximar”, aproximar os jovens da política e da JSD, aproximar as concelhias da Distrital, aproximar a Distrital do centro de decisão nacional, aproximar os jovens do poder autárquico. No seu discurso, o recém-eleito presidente, Cristiano Pinheiro, deu especial ênfase ao trabalho autárquico a que esta nova equipa distrital se propõe a fazer, com uma forte aposta na formação, deixando ainda a garantia de que a JSD Distrital de Braga será sempre uma voz inconformada na luta pelos interesses dos jovens, descomprometida e sagaz.

O jantar de tomada de posse será no dia 14 de dezembro, em Barcelos, e contará com a presença do líder do PSD, Rui Rio.

Em comunicado, a JSD Barcelos, agora liderada por Miguel Fernandes, já felicitou “o companheiro Cristiano Pinheiro, que foi eleito como Presidente da Comissão Política Distrital, bem como o companheiro Joaquim José Gonçalves como Presidente da Mesa do Congresso”, salientando que “a JSD Barcelos está representada nos órgãos da JSD Distrital de Braga através dos companheiros Joaquim José Gonçalves, Marcos Silva, Paulo Alves, Leandro Ferreira e José Torres. Por fim, aproveitaram, ainda, “para dar os parabéns ao Firmino Vila Verde Costa e ao Luís Carvalho, que foram eleitos Presidente Distrital Honorário e Militante Distrital Honorário, respetivamente”.

O jantar de tomada de posse dos novos órgãos da JSD Barcelos realiza-se em conjunto com o Jantar de Natal do PSD de Barcelos, dia 06 de dezembro, pelas 19h30, no restaurante Solar das Fontes, na Várzea. As confirmações poderão ser efetuadas através do e-mail da estrutura jovem.

Foto: DR.

Ir Para Cima