Tag archive

Junta de Freguesia de Balugães

Caminhada Solidária em Balugães a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro

Julho 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 04 de agosto, pelas 9h30, em Balugães, uma Caminhada Solidária a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro.



A partida efetua-se junto à sede da Junta de Freguesia. A organização está a cabo da Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Junta de Freguesia de Balugães, onde se efetuam as inscrições.

Cada inscrição dá direito a t-shirt e água, num evento que está inserido nas Jornadas Culturais da Freguesia de Balugães.

Imagem: LPCC – DB.

XIII Jornadas Culturais em Balugães

Julho 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 2 e 4 de agosto, a freguesia de Balugães assistirá à 13ª edição das Jornadas Culturais, com um programa muito variado de atividades.



Assim, a 2 de agosto, pelas 20h45, abre a Feira do Livro. Segue-se uma sessão de teatro, pelo Grupo Vozes Outonais, uma homenagem aos alunos (ano letivo passado), uma atuação do Coro de Câmara de Barcelos, nova homenagem, apresentação da revista e “Porto de Honra”.

No dia seguinte, pelas 15h00, inicia o torneio de sueca. Já ao entardecer, pelas 19h30, há novo momento musical, com a Ronda da Ponte das Tábuas. Segue-se a entrega dos troféus do torneio de sueca, mostra gastronómica e sessão de teatro, com a peça “Pão Nosso”, pelo Teatro de Balugas.

Finalmente, domingo, dia 4 de agosto, logo pelas 9h30, realiza-se uma caminhada solidária em prol da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Já à tarde, pelas 16h30, há jogo de futebol juvenil, seguido de outro, mas de veteranos. Pelas 19h00, há momento musical, novamente pela Ronda da Ponte das Tábuas, com a tarde a terminar com sardinha assada e caldo verde.

Imagem: DR.

“Palco de Terra” termina com atribuição de prémio anual

Novembro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O festival de teatro PALCO DE TERRA termina este fim de semana com mais dois espetáculos e a atribuição do prémio anual, instituído para reconhecer e agradecer o trabalho e o esforço de pessoas ou instituições no âmbito do teatro realizado no meio rural e da criação artística sobre o Minho.



Este ano, a distinção será atribuída ao Cénico Lírio do Neiva, grupo de teatro mais antigo do Minho em atividade, tendo sido fundado em 1933, celebrando 85 anos de teatro popular e de amadores.

No sábado, pelas 21h30, é a vez do Grupo de Expressão Dramática de Escapães levar à cena a peça “Os (des)Amores de Inês”. O certame encerra no domingo, dia 2 de dezembro, pelas 16h00, com a comédia “O Médico da Aldeia”, pelo Grupo Cénico Lírio do Neiva e, de seguida, será realizada a cerimónia de atribuição do Prémio PALCO DE TERRA.

O festival é organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos). A entrada é livre e limitada à lotação do auditório da Junta de Freguesia.

Imagem: TB.

Festival de Teatro “Palco de Terra” está de volta

Novembro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O festival de teatro “Palco de Terra” arranca este fim de semana. De 24 de novembro a 2 de dezembro, vindo da Galiza, Santa Maria da Feira, Gondomar e Barcelos, o teatro monta palco na terra de Balugães.



Já este sábado, pelas 21h30, a comédia musical “Do Céu Caiu um Anjinho”, do Teatro Vai Avante, abre a programação. No domingo, pelas 16h00, é a vez da companhia galega Andaravía Teatro levar à cena a peça “Moito Barulho e Poucas Carolas”.

O festival continua no fim de semana seguinte, no dia 2 de dezembro, pelo Grupo de Expressão Dramática de Escapães, com a peça “Os (des)Amores de Inês”. O certame fecha com a comédia “O Médico da Aldeia”, pelo Cénico Lírio do Neiva, grupo que será distinguido este ano com o Prémio “PALCO DE TERRA” por ser o grupo de teatro mais antigo do Minho em atividade, tendo sido fundado em 1933.

O prémio anual PALCO DE TERRA foi instituído para reconhecer e agradecer o trabalho e o esforço de pessoas ou instituições no âmbito do teatro realizado no meio rural e da criação artística sobre o Minho. Em 2017, a distinção foi atribuída ao ator, encenador e dramaturgo Fernando Pinheiro, pelo trabalho desenvolvido ao longo de 50 anos de teatro no Minho.

O festival é organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães. A entrada é livre e limitada à lotação do auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos).

Imagens: TB.

 

Jornadas Culturais de Balugães iniciam na próxima sexta-feira

Julho 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se, entre 3 e 5 de agosto, mais uma edição das Jornadas Culturais de Balugães, com um programa que vai desde o teatro ao desporto, passando pela música e gastronomia.



Assim, no dia 3 de agosto, pelas 20h30, dá-se a abertura da Feira do Livro. Quinze minutos depois, abrem oficialmente as Jornadas Culturais. Na mesma noite, os visitantes poderão assistir a teatro, pelo Grupo Vozes Outonais, a cerimónias de homenagem e inauguração, momentos musicais, apresentação de uma revista e Porto de Honra.

No dia seguinte, o programa disponibiliza um torneio de sueca, momento musical com a Ronda da Ponte das Tábuas, mostra gastronómica e uma peça de teatro pelo grupo Teatro de Balugas.

Finalmente, no último dia destas Jornadas, é a vez do futebol juvenil e de veteranos, seguindo-se de um novo momento musical com a Ronda da Ponte das Tábuas e de sardinha assada acompanhada a caldo verde.

Foto: TB.

Imagem: JFB.

Sessões de esclarecimento da Águas de Barcelos chegam a 35 freguesias do concelho

Julho 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Águas de Barcelos tem vindo a promover sessões de esclarecimento sobre a “A importância da Água da Rede Pública na Promoção da Saúde” pelas freguesias de Barcelos. Atualmente, a iniciativa já esteve presente em 35 freguesias do município.



Começando por Negreiros e terminando na freguesia de Balugães, são já 35 as freguesias de Barcelos por onde passaram as 25 sessões de esclarecimento levadas a cabo pelas Águas de Barcelos.  A iniciativa integra um conjunto de ações de sensibilização dirigida aos munícipes para a importância do consumo de água da rede pública na promoção da saúde, em substituição das águas provenientes de furos e poços não controlados.

A última das 25 sessões de esclarecimento realizou-se no passado sábado, dia 13 de julho, na sede da Junta de Freguesia de Balugães, que abriu portas para receber este momento de diálogo e reflexão acerca da importância que o consumo da água da rede pública tem para a saúde. A sessão teve início pelas 21h00 e destinou-se aos munícipes da freguesa.

As sessões de esclarecimento têm sido bastante elogiadas e têm despertado a curiosidade de muitos munícipes que, interessados pela temática, fazem questão de aderir à iniciativa e intervir com as suas dúvidas.

Esta iniciativa contou com a intervenção da Diretora do Laboratório de Saúde Pública de Braga em cada uma das sessões, que deu resposta às dúvidas dos presentes. A iniciativa da Água de Barcelos contou, ainda, com o apoio na sua promoção e divulgação das 35 Juntas de Freguesias por onde passaram as sessões.

Foto: AdB.

“Palco de Terra’18”, em Balugães, recebe a peça “O Genro Doutor”

Março 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 24 de março, o auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe, pelas 21h30, a Associação de Teatro Experimental de Feitos com a peça de teatro “O Genro Doutor”, com encenação de José Pimentel e texto original de Lídia Sá.



O “Palco de Terra” é um ciclo de teatro organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães, estando dividido em quatro partes, decorrendo cada uma delas numa estação do ano.

A comédia do Teatro Experimental de Feitos (Barcelos) sobe ao palco para a edição da primavera deste ano. A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e a dinamização dos projetos teatrais na aldeia. O ciclo encerra em dezembro com o grupo de teatro mais antigo do Minho, o Cénico Lírio do Neiva.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala. Saiba mais em (basta clicar para aceder automaticamente) https://goo.gl/VPwQcT.

Imagem: TB.

Teatro de Balugas atribui prémio “Palco de Terra” a Fernando Pinheiro

Dezembro 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 3 de dezembro, domingo, pelas 16h00, no auditório da Junta de Freguesia de Balugães, o Teatro de Balugas entrega a Fernando Pinheiro o prémio anual “Palco de Terra”.



O Teatro de Balugas, através da organização do ciclo de teatro “Palco de Terra”, tem como objetivo a promoção e a divulgação de projetos teatrais. Nesse sentido, decidiu instituir o prémio anual “Palco de Terra” para “reconhecer e agradecer o trabalho e o esforço de pessoas ou instituições no âmbito do teatro realizado no meio rural e da criação artística sobre o Minho”, refere o dito Teatro em nota enviada a este jornal.

Nesta primeira edição, a distinção foi atribuída ao ator, encenador e dramaturgo Fernando Pinheiro, pelo trabalho desenvolvido ao longo de 50 anos de teatro no Minho.

A cerimónia terá, também, a participação especial da Nova Comédia Bracarense, com o espetáculo de teatro “O Aniversário do Casamento”, a partir do livro Ópera-Bufa, de Fernando Pinheiro.

Fonte: TB.

Fotografia: João Brites/Cartaz: André Sobreiro.

Teatro de Balugas apresenta hoje, em Balugães, livro “Bons Diabos”, de Paulo Alegria

Novembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, pelas 21h30, no Auditório da Junta de Freguesia de Balugães, o Teatro de Balugas apresenta o livro “Bons Diabos”, de Paulo Alegria. De recordar que esta apresentação esteve, primeiramente, agendada para 6 de agosto último mas foi adiada.



Este livro é o resultado do encontro, de apenas um dia, do fotógrafo Paulo Alegria com o grupo Teatro de Balugas. Um conjunto de fotografias que mostram a dedicação e o envolvimento do coletivo de teatro na preparação do evento num palco improvisado pelo próprio elenco, no adro da velha igreja de São Martinho de Balugães.

Nas palavras de Raul Pereira, “observando o elenco, enquanto este deitava mãos à obra e tornava palco o adro da igreja românica de São Martinho de Balugães, as imagens extraídas trazem-nos o Vale do Neiva, essa terra antiga de onde o teatro popular nunca desapareceu e onde permanecem intactos os espaços onde ele acontecia.

A peça apresentada, que é uma adaptação para teatro de rua do Auto dos Bons Diabos, obra de Cândido Sobreiro, é um forte testemunho de que os “Balugas” constroem muito mais do que singelas encenações: é que, nas suas peças, o Alto Minho emerge inteiro, como região em que a permanente dicotomia entre aceitação e recusa foi sempre o gérmen criador da nossa identidade.

O entusiasmo instala-se peça e livro adentro, quando nos apercebemos que as novas gerações retiveram um dos mais sábios ensinamentos: que um futuro interessante e suportável só surgirá da enxertia da planta do presente no sólido fuste do passado”.

O Teatro de Balugas foi fundado em 2007, o Teatro de Balugas inspira-se na cultura popular do Minho. É teatro feito na aldeia, acreditando que este trabalho comunitário manterá viva a identidade desta, enquanto espaço de criação, numa luta contra o desaparecimento do mundo rural, da festa feita nas terras pelas gentes que contavam apaixonadamente as suas crenças, tradições e costumes, de uma certa ideia de progresso que não serve homens nem comunidades. É uma história escrita por artistas anónimos que pisam o palco de balugas ou borzeguins, botas altas com atacadores, de onde deriva o topónimo da aldeia de Balugães.

Já o autor, Paulo Alegria, nasceu em 1970, em Oliveira de Azeméis, mas vive e trabalha em Viana do Castelo. Autor do livro Romeiros, um retrato contemporâneo das pessoas que se deslocam às romarias alto-minhotas e responsável pela cinematografia do filme Alto do Minho, um trabalho documental sobre a identidade do povo da mesma região. Foi-lhe atribuída uma bolsa pela Estação Imagem, em Mora, onde desenvolveu um intenso trabalho fotográfico próximo da população do concelho alentejano, documentando o seu associativismo, que resultou no livro Cultura Magra. Recentemente, integrou uma exposição coletiva itinerante no norte de Portugal e na Galiza, promovida pela DRCN, no âmbito do programa Rota das Catedrais, com um trabalho desenvolvido na Sé Catedral de Lamego. Formou-se em Design Gráfico e passou por outras áreas do conhecimento, como a Arquitetura, a Educação Visual, a Gravura, a Serigrafia e a Fotografia.

Fonte e fotos: TB.

Teatro de Airiños (Espanha) leva a palco “Romeo e Xulieta” em Balugães

Novembro 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 2 de dezembro, pelas 21h30, o auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe o Teatro de Airiños (Espanha), com a peça “Romeo e Xulieta”, uma adaptação de Esther F. Carrodeguas a partir do clássico de William Shakespeare, no âmbito do ciclo de teatro “Palco de Terra”.



Este é um ciclo de teatro organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães e que está dividido em quatro partes, em que cada uma tem lugar numa estação do ano. A comédia do Teatro de Airiños (Galiza) sobe ao palco para a edição de inverno deste ano. A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e a dinamização dos projetos teatrais na aldeia.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala. Saiba mais em (basta clicar): https://goo.gl/MrpY91.

Fonte e imagem: TB.

Ir Para Cima