Tag archive

Lucy Santos - page 4

13 anos depois…Estamos na Primeira Liga!

Agosto 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Lucy Santos

Não poderíamos começar o campeonato da melhor maneira! Uma vitória…sobre um clube que luta por objetivos diferentes dos nossos! É caso para dizer: WOW! Que vitória! Mas, principalmente, que exibição!



Mas comecemos pelo início!

Passava pouco das 16h00 e já estava no estádio! O olhar atento pelos primeiros adeptos a chegar e pelo primeiro frenesim no primeiro jogo…Anos depois…Na Primeira Liga! Os adeptos portistas iam chegando e só mesmo isso…adeptos portistas! Porque camisolas do Gil Vicente, nem vê-las! A hora do jogo aproximava-se e já se ia notando alguns adeptos “da casa” nas longas filas que davam acesso ao estádio mais bonito: o estádio da minha cidade! Entrei no estádio…Aquela sensação de alívio da resolução do “Caso Mateus”, aquele friozinho na barriga de disputar um campeonato a sério (na época passada vi os jogos todos no estádio, sem contar pontos, sem contar para nada), o estádio cheio! Meu Deus…o estádio cheio!…Há tanto tempo que isso não acontecia!

Na primeira parte, vimos um Gil Vicente muito bom defensivamente e com rápidas saídas em contra-ataque. Na segunda parte, surgiu um Gil Vicente ainda mais destemido e aos 60’, um excelente golo, de qualidade, de Lourency! Nos 10’ seguintes, Rodrigo cortou a bola com o braço e o árbitro assinalou penalty, que foi batido por Alex Telles. O Gil Vicente continuou a fechar todos os espaços perante um FC Porto cansado e, aos 77’, Kraev fez o 2-1 para os Gilistas! Que ambiente no estádio! De repente, o estádio, que até então, parecia um “mar azul”, voltou a ganhar outras cores, lembrando que estávamos ali, na I Liga e que não era um sonho, era uma realidade!

Terminados os 90’, e mais 6 de descontos, o estádio vibrava com a vitória! Seria a vitória dos 13 anos à espera que a justiça fosse feita? Ou a vitória de um clube que ninguém esperava, com um adversário difícil? Uma equipa toda nova, feita de raiz, com 22 jogadores que custaram tanto como 1 do FC Porto, o Zé Luís…

Fiquei no estádio até todos saírem…Tinha uma felicidade que não cabia em mim…Não consigo descrever em palavras qual a melhor vitória deste jogo: a justiça feita 13 anos depois? A casa cheia? O vibrar do público, de pé, a aplaudir o clube da minha cidade?

Há coisas que não se explicam…Sentem-se!

Depois deste jogo, deixo só um apelo: tenham o clube que quiserem, pois cada um é livre, mas acho que deveríamos, primeiro, de defender o clube na nossa cidade! Quem sabe, se assim, não houvesse só 3 clubes e o campeonato estaria melhor dividido?

No passado sábado, o Gil Vicente jogou fora com o Moreirense. Tínhamos tudo para pontuar. A motivação com os 3 pontos conquistados em casa, estratégia bem definida, os jogadores preparados e o apoio! Nesse dia, e sendo um jogo fora, a bancada estava composta. A claque oficial puxava pelo público minutos antes dos jogadores entrarem em campo e via-se que estávamos todos à espera do renascimento do Gil Vicente, que outrora nos tinham empurrado para uma Segunda Liga! O futebol que vimos não foi o esperado, nem tão pouco o resultado! O Gil entrou em campo e ao intervalo já estava a perder por 2-0. Dois golos praticamente oferecidos! Na primeira parte, estavam perdidos e não fizeram nenhum remate à baliza! Na segunda parte, Vítor Oliveira tentou ir atrás do resultado, com duas substituições feitas ao intervalo, mas o Moreirense fez o 3-0 (fruto de um grande golo) e ditou, assim, o resultado final! Um resultado justo!

Nesta partida, vimos que ainda há um caminho longo a percorrer, perante um Gil Vicente ainda apático, com algumas afinações que terão de ser feitas!

Não nos subiram as vitórias à cabeça (Desportivo das Aves, para a Taça da Liga, e FC Porto, para o campeonato), mas pessoas não podem achar que o Gil Vicente tem a melhor equipa e são os melhores do mundo quando ganha e, quando perde, já somos os piores! Temos de estar cá, jogo a jogo, a apoiar a equipa, a defender Barcelos porque o caminho é longo, mas também é óbvio que não vamos ganhar os jogos todos (era bom se assim fosse) e também não os vamos perder todos!

Como diz o Mister Vítor Oliveira: “ganhar um jogo não é difícil, difícil é ganhar muitas vezes seguidas”!

Domingo, às 20h30, temos um grande jogo: Gil Vicente FC – SC Braga! Faço um apelo a todos os Barcelenses: quem puder, que se faça sócio do clube da cidade. O preço é acessível, são 25€ (valor único) e, depois, terá de pagar mais 5€ por mês! Jogar com um estádio cheio é mais motivador do que jogar para 500 ou 1000 pessoas!

Eu espero por ti, todos os jogos em casa, no Estádio Cidade de Barcelos!

Por: Lucy Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Que tenhamos um “Porto de honra”

Agosto 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá a todos os leitores do BnH!

Antes de começar, queria dar as boas-vindas à Lucy Santos (a “voz” do Gil aqui no jornal). Que comente muitas vitórias do Gil e, no final, a manutenção. 



Quanto ao meu FCP, parece que depois de várias semanas de tempestade, veio uma “bonançazinha”.

A vitória frente ao Setúbal foi justa e contundente. Exibição personalizada, dinâmicas interessantes e um querer visível.

Onde andava esta equipa contra o Krasnodar??…Zé Luís, com um, hat-trick, foi o MVP e mostrou o porquê de SC insistir na sua contratação. É impressionante a sua elevação e o seu jogo de cabeça! Luis Díaz e Marchesín mostraram, também, os seus créditos e capacidades.

Sábado jogamos contra o clube cujo presidente é o “dono disto tudo”…LOL

Eles são, atualmente, a melhor equipa em Portugal e não me custa admitir isso. São, claramente, favoritos e não sei que Porto se vai apresentar. 

Se perdermos, ficamos a 6 pontos da liderança e com apenas 3 jornadas disputadas! Confesso que não estou nada otimista, tenho receio da falta de atitude do Porto, receio do VAR e receio desta última campanha “de caça ao Rafa”! Não percebi esta campanha na semana do clássico, mas eles lá sabem a sua intenção.

Que tenhamos um “Porto de honra” e que, no final, brindemos à nossa vitória.  É que é tão bom ganhar na Luz e, ultimamente, tem sido uma constante…que assim continue.

Força Porto!

Sempre contigo, a ganhar ou a perder.

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Que seja a primeira de muitas

Agosto 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja Barcelenses e caros leitores do Barcelos na Hora.

Ao terceiro jogo oficial, foi de vez! AÍ está a primeira vitória oficial da época 2019/20, do meu Sporting Clube de Portugal! Sporting Clube de Portugal 2 – 1 Sporting Clube de Braga.



Após uma pré-época e um início nada promissor, eis que, 3 meses depois, regressámos às vitorias no nosso primeiro jogo oficial em Alvalade.

Contra uma boa equipa, que o é, inequivocamente, este S.C. Braga, vencemos, mas não convencemos. Valeu pelos 3 pontos, que, apesar de tudo, acho que foram justos!

Voltámos a entrar em campo sem um único reforço no onze titular! No defeso do verão, vieram: Eduardo Henrique, Luís Neto, Rafael Camacho, Rosier e Vietto. Quatro deles até estavam no banco de suplentes, mas o técnico não parece ter confiança suficiente em nenhum, para os colocar no 11 inicial!

Entrámos muito bem no jogo. Domínio absoluto nos primeiros 20 minutos. Relegámos o Braga para o seu reduto defensivo, com pressão muito alta, condicionando a saída da bola da equipa adversária. Bons lances coletivos neste período, tanto pelas alas, como pelo corredor central. A nossa superioridade foi coroada com o nosso primeiro golo, apontado aos 16′ por Wendel.

Depois veio o melhor momento do jogo, ocorrido aos 44′, com um golo de bela execução, do, mais uma vez, melhor em campo: Bruno Fernandes!

Na segunda parte, o S.C. Braga reduziu por Wilson Eduardo, jogador que se formou na Academia de Alcochete! (nós formamos, outros aproveitam, também tem acontecido muito)

A vencer pela margem mínima, veio o sinal de medo, transmitido pelo treinador. Keizer mandou sair um elemento da linha ofensiva (Diaby, uma nulidade diga-se!), trocando-o por um central (Neto). Passámos, assim, a jogar em nossa casa, com um bloco de 5 defesas?!? Para mim, é atitude de equipa pequena, “estacionando o autocarro”, o que em nada condiz com o nosso espírito leonino.

Vencemos pela margem mínima. Foi justo, mas voltámos a não convencer!

É este o “futebol de ataque”, que os rótulos da propaganda interna colaram ao técnico holandês quando chegou ao Sporting? Foi sol de pouca dura!!!

Como vamos ser equipa goleadora, se queremos “vender/dispensar” Bas Dost?

Mais uma “telenovela”, e desta feita, parece que vamos mesmo perder o nosso goleador, e por uma “pechincha”. Já se apresentaram mil e uma razões para tal saída, onde, para mim, a mais evidente de todas é Marcel Keizer. Bas Dost, ficou fragilizado desde o “ataque” à Academia? É um facto inequívoco que sim! Mas nunca vi, (ou raramente) enquadrar-se no Futebol que Marcel Keizer pretende. Com toda a sinceridade, neste momento, preferia mil vezes Bas Dost, que Marcel Keizer. Mas eu não mando nada na estrutura leonina! Apenas dou a minha opinião e sinto que voltamos aos “tiros nos próprios pés”! O foco tem sido tudo, e mais alguma coisa, e no que realmente nos devíamos focar, que é nos nossos jogos, nos nossos adversários, é o que se vê! Exibições paupérrimas, jogadores no 11 inicial sem categoria, para o que um clube como o Sporting Clube de Portugal devia exigir.

Reforços que simplesmente pouco tempo, ou nenhum, jogam, e jogadores como Bas Dost, com médias de 30 golos por época, a serem vendidos ao “desbarato”!

Um passo em frente…dois passos atrás!

Assim vamos andar muitos e bons anos a lutar por conquistas de Taças! Sim, porque, com esta pré-época sem exigência, com este início tão fraco e o nosso Presidente a achar que não é motivo de preocupação, o título nacional será uma miragem, cada vez maior, ano após ano!!! Falta estabilidade e ponto!

Que eu esteja tremendamente enganado…mas não me parece, de todo!!!!!

Quanto ao nosso Gil Vicente, vou deixar a opinião, e as boas-vindas, à nova cronista do BnH, a Gilista Lucy Santos!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Adepta gilista realiza leilão para ajudar claque Nação Barcelense

Janeiro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

Lucy Santos, adepta gilista, está a realizar, através do seu perfil de Facebook, um leilão online por forma a poder ajudar a Associação Nação Barcelense 2006, claque do Gil Vicente Futebol Clube.



O objeto em leilão é um cachecol do “Gil Vicente Campeão”, de 2010-2011, sendo que o leilão termina na próxima terça-feira, às 22h00.

Para aceder ao leilão online basta clicar no seguinte link (entra direto):

https://www.facebook.com/lucilia.figueiredo.9/posts/10204024292283635

Foto: LS.

Ir Para Cima