Tag archive

Manuel Heitor

Primeiro-Ministro visita IPCA amanhã

Outubro 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

António Costa marca presença na sessão de abertura do ano letivo e inaugura edifício M-Factory Lab

O Primeiro-Ministro, António Costa, marca presença na sessão de abertura do ano letivo 2020-2021 do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), amanhã, dia 13 de outubro, no campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos.



Num ano marcado pelo regresso às aulas com segurança, mediante o rigoroso cumprimento do Plano de Contingência Interno do IPCA, bem como das medidas de segurança definidas pelas autoridades de saúde competentes, António Costa fez questão de estar presente na abertura oficial do ano letivo 20/21 do IPCA.

O Primeiro-Ministro iria ser acompanhado pelo Ministro do Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que tem defendido o regresso às aulas presenciais com segurança e responsabilidade de forma a permitir uma maior equidade e inclusão no acesso ao ensino superior. No entanto, esta segunda-feira, o país “acordou” com a notícia de o Manuel Heitor está infetado com o coronavírus, tendo que ficar em isolamento. Já António Costa testou negativo.

A visita do Primeiro-Ministro incluirá a passagem pelas Escolas, onde terá oportunidade de assistir a uma aula presencial e uma aula em regime híbrido (com estudantes em sala de aula e estudantes a participar à distância através do uso de smart board, sistema de som e câmara e outras ferramentas adequadas ao modelo de ensino híbrido), visita aos laboratórios de investigação e ainda falar aos novos estudantes que estarão representados na “Tenda Académica do IPCA”.

À margem desta sessão, será inaugurado o M-Factory Lab – um laboratório industrial que proporciona as melhores condições para a formação em contexto prático, nas áreas da mecatrónica, mecânica, robótica, maquinação e gestão industrial.

Após percorrer as instalações e realizar as visitas previstas, iniciar-se-á a sessão de abertura do ano letivo 2020/2021 no auditório Eng. António Tavares com um momento de espetáculo multimédia e os habituais discursos.

O ano letivo 2020/21 iniciou a 23 de setembro com o 2º e 3º ano dos cursos de licenciatura, tendo neste momento recebido já os novos estudantes de licenciatura e cursos técnicos superiores profissionais cujas aulas iniciaram a 06 de outubro. Até meados de 24 de outubro os cursos de mestrado estarão também todos em funcionamento.

Programa oficial da visita (Imagem: IPCA)

Esta sessão insere-se no âmbito do Welcome IPCA – um programa de receção e integração dos novos estudantes no seio académico e na cidade que os recebe, incluindo diversas atividades e iniciativas de índole académica, cultural e recreativa.

Fonte: IPCA.

Foto: DR.

[Ndr: notícia atualizada a 12.10.2020, pelas 15h50]

Ministro Manuel Heitor marca presença na abertura da IPCA Summer School

Julho 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Cerca de 40 estudantes vão desenvolver atividades de formação e investigação durante 3 meses, em regime presencial

Arranca na próxima segunda-feira, dia 27 de julho, a IPCA Summer School que conta com a presença de Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia em Ensino Superior.



A sessão de abertura está marcada para as 10h30, a decorrer no Auditório Eng. António Tavares, no campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, à qual se segue um workshop com o mote “Elaboração de um Plano de Negócios”, ministrado pelo docente da Escola Superior de Gestão (ESG), Carlos Plácido.

Esta é a 1ª edição da IPCA Summer School que tem o apoio especial das “Escolas de verão em Politécnicos e Universidades”, onde se pretende estimular o desenvolvimento de iniciativas integradas de Investigação e Desenvolvimento (I&D) e formação superior, exclusivamente presenciais, em estreita articulação com as unidades de I&D do IPCA. Pretende-se desenvolver esta iniciativa anualmente de forma a promover a integração da formação com as atividades de I&D.

Neste âmbito, o CICF organiza a Accounting and Finance Summer School que visa dotar os estudantes de competências técnicas e transversais que lhes permitam criar e gerir o seu próprio negócio através da simulação empresarial. O curso é frequentado por 18 estudantes das áreas da contabilidade, gestão e áreas afins e assenta numa perspetiva multidisciplinar, onde será estimulada a capacidade de investigação, trabalho em equipa e desenvolvimento de uma empresa em contexto simulado. Neste sentido, serão também promovidos workshops que visem dotar os estudantes de conhecimentos em métodos e metodologias de investigação, mais relacionadas com a elaboração de relatórios de investigação aplicada e com a análise de dados. Serão ainda apresentados aos estudantes os projetos de I&D em curso no CICF, permitindo o contacto com as mais recentes linhas de investigação nestas áreas. A Accounting and Finance Summer School culmina com a apresentação do projeto desenvolvido pelos estudantes no decorrer do curso.

O 2Ai organiza a 2Ai Summer School que pretende promover o desenvolvimento de atividades de I&D presenciais focadas na área da inteligência artificial por 18 jovens investigadores. Esta irá decorrer nas instalações do Laboratório do 2Ai, na Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA. O plano de formação desta escola de verão encontra-se dividido em duas componentes: formação e investigação. A componente de formação baseia-se em cursos temáticos presenciais de curta duração lecionados por investigadores integrados e colaboradores do 2Ai. Estes cursos focam-se em temáticas emergentes de investigação e desenvolvimento tecnológico (nomeadamente, processamento natural de linguagem, deep learning para visão por computador, Tiny AI, robôs colaborativos, simulação e manufatura aditiva) e formação em componentes básicas de investigação (nomeadamente, metodologias de investigação, análise de dados, escrita científica, preparação de pitchs científicos e oportunidades de financiamento).

A IPCA Summer School acolhe, durante os próximos 3 meses, em regime presencial, cerca de 40 estudantes que vão receber uma bolsa de investigação financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Conta com o apoio especial “Escolas de verão em Politécnicos e Universidades” no verão de 2020, com atividades presenciais de estudantes, docentes e investigadores, incluindo soluções inovadoras associadas ao Programa de Estabilização Económica e Social, de resposta à pandemia de COVID-19. Uma iniciativa da FCT em colaboração com a Direção Geral de Ensino Superior (DGES).

Fonte e imagens: IPCA.

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita o IPCA

Maio 27, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Análise dos desafios que se colocam às IES na retoma da atividade económico e social foi o mote desta visita

O Ministro da Ciência da Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, visitou, ontem, as instalações e os laboratórios do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos.



Analisar o plano de retoma gradual das atividades letivas presenciais no IPCA, bem como discutir oportunidades e desafios que se colocam às Instituições de Ensino Superior (IES) no contexto de recuperação da economia e da sociedade foram os principais temas em debate.

O Ministro Manuel Heitor frisou o papel determinante das IES, e do IPCA em particular, no processo de recuperação económica, nomeadamente através da oferta especializada e de curta duração que deve ser colocada à disposição da população desempregada ou sem ocupação por força da pandemia provocada pela COVID-19.

Durante a visita, o Ministro teve ainda oportunidade de visitar o Applied Artificial Intelligence Laboratory, onde foram apresentados alguns dos projetos de I&D em curso, bem como os laboratórios de Design, desenvolvimento de produto e de audiovisuais onde presenciou a realização de algumas aulas laboratoriais em contexto presencial.

O professor Manuel Heitor aproveitou o momento, na presença de estudantes, para apelar a que continuem a estudar, sempre em segurança para que “adquiram competências de forma mais sólida através do contacto físico do que apenas na modalidade à distância”.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, ressalvou, durante a visita, que o IPCA está preparado para receber os estudantes de forma gradual. “Todas as divisões estão devidamente identificadas, as circulações condicionadas, implementamos o uso obrigatório de máscara e dispensamos as soluções desinfetantes pelas várias divisões”, referiu.

O IPCA retomou, gradualmente, as atividades presenciais desde o dia 18 de maio, e tem para consulta o Plano Operacional para Retorno às Atividades Presenciais no IPCA.

Poderá ver esse plano aqui:

Fonte e fotos: IPCA.

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior presente no “Welcome IPCA”

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

3ª Edição do Programa decorre de 16 a 19 de setembro

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) promove, em colaboração com a sua Associação, entre 16 e 19 de setembro, a 3ª edição do “Welcome IPCA”, que contará com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Este programa de receção aos novos estudantes do IPCA tem como objetivo “integrar os estudantes recém-chegados dos cursos de licenciatura e dos cursos técnicos superiores profissionais no seu novo ambiente académico e dar-lhes a conhecer a cidade de Barcelos”.

O programa prevê a realização de atividades de índole académica, pedagógica, cultural e recreativa. Através das atividades, os novos estudantes, vão ser apresentados à Instituição e “desafiados” a participar ativamente nas diversas dimensões do contexto académico, potenciando-se os momentos de partilha com os seus novos colegas e com os estudantes mais antigos, que também vão ser convidados a participar, sempre numa perspetiva de integração.

O primeiro dia fica marcado pela apresentação institucional do IPCA aos novos estudantes do curso de licenciatura que vão ser recebidos pela Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, pela Provedora do Estudante, Irene Portela, e pelo Presidente da Associação Académica do IPCA, João Pereira. Nesse dia, os estudantes vão ter, ainda, a oportunidade de passear pela cidade de Barcelos, com paragem nos principais pontos de interesse. Esta visita é especialmente útil para os estudantes deslocados, sendo, em muitos casos, o seu primeiro contacto com esta cidade.

No dia 18, os estudantes dos cursos técnicos superiores profissionais vão ser recebidos pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, pela Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, e pelo Presidente da Associação Académica do IPCA, João Pereira. De referir que, apesar de constar na imagem que se segue que esta cerimónia iniciaria pelas 15h00, esta foi adiada para as 16h00. Os novos estudantes, que frequentam estes cursos nos Polos de Braga, Guimarães e Famalicão, irão deslocar-se ao Campus do IPCA para participar nas atividades desse dia.

Do programa, destaque, ainda, para o Arraial Académico, a decorre ainda no dia 18, pelas 17h30, em frente ao Edifício da Cantina, que pretende ser uma festa e convívio para todos os estudantes, docentes e funcionários desta academia e onde vai haver muita animação, com a ajuda dos grupos académicos do IPCA.

Fonte e imagens: IPCA.

[Ndr: Notícia atualizada a 19.09.2019, pelas 22h40]

Manuel Heitor marca presença nas celebrações dos 24 anos do IPCA

Dezembro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) celebrou, no dia 19 de dezembro, o seu 24º aniversário. O dia ficou marcado pela inauguração do novo edifício da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, na presença do Ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Depois de um desfile de drones, que guiou a plateia numa viagem aos 10 anos de Campus, o Ministro destacou a importância da passagem do IPCA a Fundação Pública, sendo que o novo regime jurídico do Politécnico facilita o crescimento da instituição e implica mais responsabilidade. “O regime fundacional no sistema politécnico é inaugurado no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; é um símbolo da capacidade de crescimento e afirmação do Instituto, que já é uma referência nacional e internacional”, referiu Manuel Heitor.

Durante a sessão solene, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, garantiu o apoio na criação de uma residência estudantil para os estudantes do IPCA, um projeto há muito reivindicado pela comunidade IPCA. O Presidente assegurou ainda, durante a sua intervenção, que o Município vai assumir o custo das novas instalações da Escola Superior de Design do IPCA, no centro de Barcelos, cuja inauguração se espera para o mais breve possível.

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, anunciou que a instituição vai continuar, no próximo ano, a investir no crescimento do Campus, na conclusão do edifício Factory Lab (oficinas para a megatrónica, robótica e eletrónica) e que as obras se vão estender a equipamentos desportivos, de restauração e bares.

Durante a sessão solene foram ainda distinguidos e atribuídos prémios de mérito aos estudantes do IPCA como forma de incentivar e estimular o bom desempenho académico, com o contributo do Banco Santander Universidades e um conjunto de empresas e entidades da região. Foi entregue, igualmente, o Prémio Valor IPCA/Santander Universidades a Maria Idalina Caldas e a Susana Marinho e Sousa pelo envolvimento das mesmas em projetos humanos e solidários, através de práticas de cidadania ativa e de voluntariado.

As festividades do Dia do IPCA iniciaram-se na terça-feira, dia 18, com a realização do I Sarau Cultural, dinamizado pelos estudantes do IPCA, sendo que no auditório estiveram presentes mais de 130 seniores de várias associações de Barcelos. Com esta iniciativa de cariz cultural e artístico, o IPCA pretendeu “promover a ligação da comunidade estudantil do IPCA com a comunidade sénior da região, numa abordagem de responsabilidade social, dando também a oportunidade aos estudantes que apresentaram os seus talentos e capacidade artística”, refere em nota.

Fotos: DR.

A partir de hoje, IPCA passa a Fundação Pública

Junho 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Conselho de Ministros na sua reunião realizada hoje, dia 28 de junho, aprovou a transformação do regime legal do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) numa fundação pública com regime de direito privado e aprovou os respetivos Estatutos.



O IPCA é, assim, a primeira instituição do sistema politécnico a quem foi atribuído o regime fundacional, seguindo o modelo de fundação pública adotado pelas Universidade de Aveiro e do Porto e, mais recentemente, pela Universidade do Minho e pela Universidade Nova.

Assume, então, esta nova fase “com enorme sentido de responsabilidade, continuando a afirmar a sua missão de criação, transmissão e difusão da cultura e do saber de natureza profissional, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da sociedade e, em especial, da região do vale do Cávado e do Ave”, refere em nota.

Este processo de transformação do Politécnico do Cávado e do Ave em Fundação Pública, inédito no sistema politécnico, resultou da vontade do Presidente do IPCA, João Carvalho, que apresentou a proposta inicial, e da atual Presidente, Maria José Fernandes, que no início do seu mandato assumiu a proposta e a apresentou ao Conselho Geral, tendo sido aprovada por maioria absoluta. A proposta foi, posteriormente, remetida para o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, tendo terminado agora com a aprovação em Conselho de Ministros.

A Fundação Pública IPCA continuará a ser uma instituição pública, em algumas matérias seguindo o regime de direito privado, mas continuando a manter os princípios constitucionais respeitantes à administração pública, nomeadamente, a prossecução do interesse público e os princípios da igualdade, da imparcialidade, da justiça e da proporcionalidade.

Seguindo as recomendações do grupo de trabalho que avaliou estas fundações, o IPCA criará um fundo autónomo com o objetivo de assegurar a prossecução das respetivas atribuições através de fontes alternativas de financiamento.

O novo regime legal para a Fundação Pública IPCA estabelece, ainda, a possibilidade de implementação de um contrato plurianual a estabelecer entre o Estado e o IPCA com o objetivo de incentivar o “estímulo à qualificação e especialização digital através do apoio a formações curtas e especializadas de ensino superior, bem como à promoção da atividade de investigação baseada na prática nas regiões do Vale do Cávado e do Vale do Ave, designadamente reforçando infraestruturas e atividades de ensino e investigação e desenvolvimento.”

O funcionamento em regime fundacional tem um período experimental de cinco anos, sendo realizada, no final, uma avaliação, podendo o Conselho Geral propor, fundamentadamente, o regresso ao regime não fundacional.

A Presidente do IPCA, Professora Maria José Fernandes, referiu que “é um dia histórico e um grande desafio para o futuro do IPCA e também uma oportunidade única de adequar o modelo de governação às necessidades de gestão. Esta decisão vai de encontro às mais recentes recomendações da OCDE que defendem que este é o modelo que melhor se adequa à gestão das instituições de ensino superior, aumentando a sua autonomia e aproximando-as às empresas e à comunidade”. Acrescentou que “é também um dia muito importante para o sistema politécnico pois abre caminho a que outros politécnicos possam adotar este regime fundacional”.

A Presidente do IPCA finalizou, referindo que “neste dia é devido um agradecimento ao Ministro Professor Manuel Heitor, por ter lançado o desafio e apoiado a sua concretização, e um agradecimento ao Professor João Carvalho, por ter a visão estratégica de ter iniciado este processo há cerca de dois anos, pois ambos contribuíram para que este dia fique na história do IPCA e do ensino politécnico como um marco inédito e estimulante”.

Fonte e foto: IPCA.

Ministro do Ensino Superior inaugura a Biblioteca José Mariano Gago, no IPCA

Junho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) inaugurou, no dia 4 de junho, a nova biblioteca do IPCA, Biblioteca José Mariano Gago.



Uma biblioteca projetada há cerca de dez anos, aquando da visita do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior à data, José Mariano Gago, que referiu a aposta do Governo na consolidação e afirmação do IPCA.

Foi no ano de 2010 que se elaborou o programa para a construção da Biblioteca do IPCA. Somente em 2016, após aprovação do projeto, foi possível iniciar-se o procedimento concursal para a execução da empreitada de construção do edifício da Biblioteca e da primeira fase da Escola Superior de Tecnologia. Esta obra, inaugurada esta segunda-feira, representou um custo de cerca de 2 milhões e 500 mil euros, suportado inteiramente pelo IPCA e sem derrapagem orçamental.

Durante a cerimónia, a Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, explicou a escolha do nome da Biblioteca José Mariano Gago, pois foi precisamente “o primeiro ministro do Ensino Superior a visitar o IPCA em dois momentos muito importantes para o seu desenvolvimento: o primeiro dos quais na inauguração da sua primeira escola, a Escola Superior de Gestão, e o segundo, os serviços de ação social”. Com o mote de gratidão, a Presidente aproveitou ainda o seu discurso para enaltecer todo o trabalho que João Carvalho realizou em prol do desenvolvimento do IPCA e que esta biblioteca é obra do antigo dirigente. O antigo presidente teve ainda um mural de homenagem como forma de gratidão por todo o trabalho e dedicação desenvolvido no IPCA.

O atual Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, marcou presença nesta inauguração e adiantou que o IPCA será a primeira instituição politécnica do país a tornar-se fundação pública de direito privado. «Tudo farei para que até ao final do ano seja uma realidade. É a primeira vez que um politécnico entra neste regime. Vai, no futuro, projetar ainda mais o IPCA”, referiu o Ministro, que enalteceu, igualmente, o papel do Professor João Carvalho na afirmação e crescimento do ensino politécnico, em particular do IPCA, que é hoje uma Instituição de referência na região, no país e na Europa.

Fonte e fotos: IPCA.

Ministro do Ensino Superior inaugura nova Biblioteca do IPCA

Maio 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai inaugurar o novo edifício da Biblioteca do IPCA no dia 4 de junho, com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. A cerimónia tem início pelas 11h00, no Campus do IPCA em Barcelos.



A inauguração inicia com uma visita às instalações, seguindo-se as intervenções do Ministro Manuel Heitor, do presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, do presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, e da presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que encerra a cerimónia.

O dia da inauguração terá, ainda, momentos surpresa para todos os convidados, altura em que será divulgado o nome oficial da Biblioteca.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA assina protocolo de cooperação: Roteiro Inovação – GO PORTUGAL

Fevereiro 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebeu representantes da Frisian Design Factory da NHL Stenden University of Applied Sciences (Holanda) e da Netherlands Organisation for Scientific Research, no âmbito de um workshop que decorreu inserido na iniciativa GO PORTUGAL, que contou também com a presença de outros convidados do Politécnico de Leiria, ESAD das Caldas da Rainha, Design Factory do Porto e Agência Nacional para a Inovação.



Foram debatidos e apresentados projetos, presentes e futuros, do plano “The FriPort Start Program – Practice based Research and professional Education Cooperation of Portuguese and Frisian Universities of Applied Sciences aimed at Regional Innovation”.

Com o enquadramento da Design Factory de Leeuwarden da NHL-Stenden e a cooperação atual com o IPCA, no evento GO PORTUGAL, foi ainda assinado um protocolo entre o IPCA e a Frisian Design Factory da NHL Stenden University of Applied Sciences. Assinaram o protocolo, o Ministro da Ciência e Tecnologia – Manuel Heitor, a Presidente do IPCA – Maria José Fernandes, o Presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia – Paulo Ferrão, a Representante da Agência Nacional de Inovação – Isabel Caetano e o Vice-Presidente da NHL-Stenden – Klaas Wybo van der Hoel.

De acordo com o IPCA, são objetivos do protocolo “o estabelecimento e potenciamento de um Centro de Design de apoio à investigação e ensino aplicados, nesta área no IPCA, em parceria com a Design Factory de Leuwarden e a cooperação ao nível da investigação baseada na prática e a aprendizagem baseada em projeto (PBL)”.

Esteve presente nesse encontro, o Primeiro-Ministro António Costa, que reforçou a relevância da internacionalização para o IPCA enquanto elemento gerador de conhecimento.

Fonte e fotos: IPCA.

Manuel Heitor, Ministro da Ciência, conversa com investigadores do IPCA Barcelos

Dezembro 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Ao final da tarde de hoje, no Auditório Engº. António Tavares – Campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior esteve à conversa com os investigadores do IPCA.



A presença do Ministro no IPCA teve por objetivo “contribuir para a discussão da estratégia de capacitação científica dos politécnicos, no âmbito do programa em curso de Modernização e Valorização dos Institutos Politécnicos”. Teve, ainda, como objetivo “envolver as comunidades científicas num debate aberto e orientado para garantir a melhoria de todos os instrumentos institucionais e legais para o reforço da investigação científica e das condições para o seu desenvolvimento, incluindo a diversificação de instrumentos de apoio público e uma adequada corresponsabilização das instituições”, segundo fonte do Ministério.

O Programa de Modernização e Valorização dos Institutos Politécnicos, em curso desde 2016, desenvolve-se em cinco eixos programáticos:

  • Incentivar atividades de Investigação & Desenvolvimento (I&D) baseadas na experiência;
  • Reforçar a oferta de formações especializadas de curta duração;
  • Fomentar a melhoria do desempenho e da qualidade da despesa pública, designadamente fomentando consórcios e a partilha de recursos;
  • Estimular uma rede de Cidades e Regiões com Conhecimento;
  • Alargar a base social do conhecimento e a sua especialização progressiva em temáticas com forte apropriação territorial.

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, enalteceu a vinda do Ministro ao IPCA, num período crucial para a definição da estratégia da investigação no sistema Politécnico, sendo este também um momento particular para o IPCA, que acabou de aprovar o Plano Estratégico para 2021 com uma clara aposta na capacitação e melhoria da investigação aplicada.

Fonte: IPCA.

Ir Para Cima