Tag archive

Marcelino Mota

Manuela Briote (Rotary) e Joel Silva (Rotaract) recebem a “Tarefa” de presidir os seus Clubs

Julho 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Transmissão de Tarefas decorreu em ambiente emotivo e seguro

Na noite da passada terça-feira, dia 30 de junho, a sala do Hotel Bagoeira recebeu mais uma Transmissão de Tarefas do Rotary Club de Barcelos e do Rotaract Club de Barcelos. A cerimónia foi muito mais contida e contou com muito menos participantes do que o habitual, devido aos condicionalismos inerentes da pandemia COVID-19.



A noite foi repleta de momentos cerimoniais e de muita emoção. Os pontos altos, de forma cronológica, foram a entrega dos Certificados de Agradecimento do Club de Barcelos ao Bagoeira – recebido por um dos seus funcionários – e ao Barcelos na Hora – recebido pelo seu Diretor, Pedro Soares de Sousa; os discursos de término de mandato de Cláudia Santos – Past Presidente do Rotary – e de Francisca Henriques – Past Presidente do Rotaract; assim como, das Transmissões de Tarefas e dos primeiros discursos, enquanto Presidentes, de Manuela Briote (Rotary) e de Joel Silva (Rotaract).

Instada a expressar o que sentiu no momento em que recebeu a Tarefa de presidir ao Club barcelense, Manuela Briote salienta que “um clube Rotário é um clube de profissionais ativos, envolvidos em projetos que criem oportunidades de servir, dentro dos valores de humanismo de Rotary. Ser Rotário é estar comprometido com a sua comunidade. Ser Rotário é potenciar mudanças duradouras na sua comunidade e no mundo, com vista a uma melhoria das condições de vida das populações, em áreas de enfoque tão distintas como: a Paz e Resolução de Conflitos, a Prevenção e Tratamento de Doenças, a Água Potável e Saneamento, a Saúde Materno-Infantil, a Educação Básica e Alfabetização, o Desenvolvimento Económico e Comunitário e a Defesa do Meio Ambiente. Ser Rotário é ‘Dar de Si antes de Pensar em Si’.” Mais precisamente sobre esse momento, “a Transmissão de Tarefas é um dos momentos mais importantes do Ano Rotário. Neste ano Rotário, cabe-me a mim a Responsabilidade e a Honra de assumir a função de Presidente do Rotary Club de Barcelos”.

A nova “timoneira” do Club deixa umas palavras sobre a Presidente cessante, Cláudia Santos, que “deixa um legado que faz aumentar a minha responsabilidade. Foi uma Presidente que teve a capacidade de liderar com o coração e a razão, sempre com uma mensagem positiva. Mesmo em tempo de contingência, conseguiu que o Club reunisse online, fez palestras e angariação de fundos para diversas organizações, apoio na aquisição de material hospitalar, distribuição de máscaras e desinfetantes”.

Já sobre o mandato rotário, a responsável afirma saber “que o ano que agora inicio será um Ano diferente, com adversidades e contingências, mas também sei que os Rotários são pessoas de Ação, e que, com a ajuda e colaboração dos meus companheiros e da minha equipa (Secretário: Francisco Cardoso e Tesoureiro: Marcelino Mota), que integram o quadro diretor, com o Protocolo Henrique Santos e Protocolo Digital Miguel Henriques, bem como com a nossa Past Presidente Cláudia Santos, vamos conseguir trabalhar mais e melhor em prol daqueles que mais precisam”, sendo que neste ano, pretende “dar continuidade ao trabalho que o Club tem vindo a desenvolver, em especial, terminar a concretização de alguns projetos do Club junto da comunidade local, bem como, apoiar o Projeto Girassol, a construção de um jardim de Infância em Cacheu na Guiné Bissau. Acredito que podemos fazer a diferença e Abrir Oportunidades”.

Finalmente, sobre o lema do Ano Rotário 20/21: “O Rotary Abre Oportunidades”, Manuela Briote salienta que “acreditamos que os nossos gestos humanitários, grandes e pequenos, criam oportunidades para as pessoas que precisam da nossa ajuda. O Rotary cria oportunidades de liderança e dá aos associados a hipótese de viajarem pelo mundo para colocarem as suas ideias de serviços humanitários em prática e criar vínculos duradouros”.

Joel Silva, que agora preside aos desígnios dos jovens rotários do Rotaract Club de Barcelos, começa por referir que “primeiramente, quando me convidaram a ser Presidente, tive algum receio, tinha dúvidas, medos e incertezas, fiquei com um passo atrás. Mas conforme o tempo foi passando, fui ganhando, aos poucos, confiança em mim mesmo e com o incentivo e apoio de todos, decidi então aceitar este desafio de ser o Presidente do Rotaract Club de Barcelos”, tendo sentido esse mesmo apoio na Transmissão de Tarefas. “Sei que, enquanto Presidente inexperiente, posso contar com o apoio de todos para aquilo que for necessário. Isso deixa-me mais aliviado e, ao mesmo tempo, com vontade de exercer o meu mandato”, salienta.

Ainda sobre o momento da Transmissão de Tarefas, o responsável refere que, mesmo dentro de todas as restrições causadas pela pandemia, o momento superou as suas expectativas e já “sentia saudades” de um momento como esse. “Sendo este um encontro tão especial para a comunidade de Rotary e de Rotaract, era ainda mais especial para mim pois eu iria receber um cargo com muita importância. No momento da transmissão, senti-me (mais do que esperava) emocionado, feliz, um pouco nervoso, entusiasmado e ansioso. Foi, de facto, um momento muito bonito que eu irei, sem dúvida, guardar para sempre na memória. Apesar do cargo como Presidente, sinto-me, e sou, ainda novo na comunidade, ao contrário da presidente anterior. Daí que, agora como presidente e representante, espero conhecer e interagir ainda mais com a comunidade, conectar-me não só com um mundo, mas com aqueles à minha volta”. E falando destes, Joel Silva salienta que tem “a equipa de Rotaract, a minha querida, amigável, atenciosa e feliz equipa. Exceto a presidente anterior, Francisca Henriques, e outro membro do grupo, os restantes três eu não conhecia, mas ao longo do ano, adorei imenso conhecê-los e o tempo que estive com eles foi suficiente para perceber que eles são pessoas que me irão apoiar quando eu precisar porque, no final de contas, esta equipa é o maior apoio que tenho enquanto Presidente e, por isso, agradeço a todos os membros integrantes e, em especial, à ex-Presidente Francisca Henriques pelo excelente mandato feito no ano 2019-2020. Para ela, as minhas palavras não têm medida suficiente para demonstrar a minha gratidão. Quero, também, deixar um agradecimento, obviamente, ao Rotary Club de Barcelos, em especial à Mariana Ballester, que, de certa forma, atuava como porta-voz do Rotary e nos ajudou sempre que necessário”.

Como objetivos para o ano rotário do Club que agora preside, o jovem refere que “passam, neste momento, por manter e dar continuação aos projetos anteriores e, sobretudo, na captação de novos membros. Temos, igualmente, alguns projetos em mente, mas não posso adiantar muito devido à incerteza causada pela situação pandémica em que vivemos”.

De uma forma mais intrínseca, Joel Silva sente-se motivado e entusiasmado “para fazer algo em prol do bem da comunidade, neste ano mais difícil devido à pandemia, tornando o desafio maior. Mas considero que o Rotaract conseguirá fazer aquilo que sempre fez e encontro-me confiante acerca disso”, conclui.

Fotos: DR.

Programa cultural marca o 50º Aniversário do Rotary Club de Barcelos

Abril 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 20 de abril, o Rotary Club de Barcelos comemorou os seus 50 anos de existência. Nesse dia, o programa de comemorações incluiu uma exposição de parte do vasto espólio do Club, a apresentação de livro e medalha comemorativos da efeméride e um jantar festivo no Hotel Restaurante Bagoeira.



O jantar festivo contou com a presença de duas centenas de convidados, entre os quais o Governador do Distrito 1970, Alberto Soares Carneiro, membros de mais de duas dezenas de clubes rotários de Portugal e Espanha (Pontevedra) e representantes de várias instituições do concelho.

No evento foram distinguidas, com a medalha dos 50 anos, várias associações e entidades com quem o Rotary tem trabalhado ao longo da sua história, tais como, o Município de Barcelos, as três corporações de bombeiros do concelho, o IPCA, entre outros.

O presidente do Club, Marcelino Coelho Mota, anunciou, durante o jantar, a concretização de uma aspiração antiga do Club – a edificação do monumento rotário, cujo processo de licenciamento está em fase final de aprovação pela Câmara Municipal.

De relembrar que ao longo de cinco décadas, por via das contribuições financeiras para os projectos do Rotary e das suas Fundações, ou através da implementação de projectos próprios em Portugal e no exterior, o Rotary Club de Barcelos transformou vidas.

Fonte: RCB.

Fotos: Carlos Araújo.

Rotary Club de Barcelos angaria donativos que permitem vacinar 3000 crianças contra a Pólio

Novembro 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Na passada terça-feira, dia 31 de outubro, o Rotary Club de Barcelos promoveu um jantar frugal, no Restaurante Bagoeira, inserido na iniciativa The World’s Greatest Meal, cujos fundos revertem para a erradicação da Pólio.



O Presidente do Rotary Club de Barcelos, Marcelino Mota, referiu que o Clube “conseguiu angariar um donativo suficiente para permitir a vacinação de 3000 crianças”. Com o apoio da Bill & Melinda Gates Foundation, cada euro recolhido pela The Rotary Foundation será triplicado, com o objetivo de muito brevemente se conseguir erradicar esta doença. Atualmente, existem apenas três países onde a doença ainda é considerada endémica: Afeganistão, Nigéria e Paquistão.

A pólio também é conhecida como poliomielite ou paralisia infantil. Sendo altamente contagiosa e provocando deformações por vezes fatais, em que afeta particularmente crianças com menos de cinco anos de idade, é um perigo para a Humanidade. O vírus ataca o sistema nervoso e pode ter como consequência a paralisia. Continua nos dias de hoje a não existir cura, mas a doença pode ser prevenida pela vacina, que o Rotary e os seus parceiros têm utilizado para procurar imunizar mais de 2,5 mil milhões de crianças no mundo inteiro.

Se esta doença não for erradicada, estima-se que dentro de 10 anos poderá ter como consequência o aparecimento de 200.000 novos casos, anualmente, em todo o mundo. Apesar de ser endémica atualmente em apenas três países, nenhuma criança poderá ser considerada salva se esta doença não for eliminada.

O arranque do programa Pólio Plus no ano de 1985 foi considerada a primeira iniciativa para erradicar a paralisia infantil por meio da imunização massiva, e levou a que o número de casos da doença tenha caído de forma muito significativa. O Rotary International contribuiu com cerca de 1,7 mil milhões de dólares e infindáveis horas de trabalho voluntário para conseguir obter a imunização de mais de 2,5 mil milhões de crianças num total de 122 países.

O evento contou também com a participação da AMAR 21, uma associação sedeada na cidade de Barcelos, fundada no ano de 2012, por pais, familiares, amigos e técnicos de crianças com Trissomia 21 que motivados pelo sentimento de insatisfação, tanto pelas respostas escolares oferecidas a estas crianças, bem como a integração e as oportunidades que a sociedade lhes oferece, procuram criar uma mudança.

A AMAR 21 apresentou o seu projeto Capacita 21, projeto de profissionalização na área da pastelaria. O Clube rotário barcelense tem apoiado esta iniciativa através da aquisição de doces produzidos pelos jovens da associação.

Fonte e foto: RCB.

Governador do Distrito 1970 visita Rotary Club de Barcelos

Outubro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Na passada terça-feira, dia 26 de setembro, Alberto Soares Carneiro, Governador do Distrito 1970, visitou o Rotary Club de Barcelos. Durante esta visita, e depois de ser recebido na Câmara Municipal pela Vice-Presidente, Armandina Saleiro, foi conhecer duas das mais prestigiadas empresas da região: a Krystaltek Laser e a Malhas Sonix.



Na passagem pela Câmara Municipal de Barcelos, foram apresentados os projetos mais emblemáticos de Rotary a nível internacional, nacional e local. A autarquia e o Rotary Club barcelense, que integra a Rede Social do Município, já trabalharam em conjunto para a comunidade e ficou a vontade de fazer mais.

A Malhas Sonix, fundada em 1966, foi a primeira empresa visitada. Dedica-se à produção de vestuário e roupa interior em malha para senhora, homem e criança. O grupo, liderado por Conceição Dias, emprega cerca de 1500 pessoas – direta e indirectamente – e produz, mensalmente, aproximadamente 200.000 peças de vestuário, das quais 90% são exportadas para mercados internacionais como Inglaterra, Estados Unidos, Itália, França, Alemanha, Holanda e Dinamarca.

O Governador do Distrito 1970 foi a segunda entidade a visitar as novas instalações da Krystaltek Laser, que foram inauguradas em junho pelo Primeiro-Ministro António Costa. A empresa dedica-se à atividade de maquinação, torneamento e corte por laser de peças de alta precisão que têm como destino o mercado da indústria aeronáutica, automóvel, militar e ótica.

Depois das visitas, Alberto Soares Carneiro sentou-se com o Presidente do Club, Marcelino Mota, e restantes membros do clube para uma reunião de trabalho com o intuito de discutir os projetos para este ano rotário. O clube de Barcelos vai, depois do pedido do presidente do Rotary International, plantar uma árvore por cada membro; vai, também, realizar ciclos de palestras e desenvolver um projeto de Mentor de Carreiras. Com o objetivo de dar a conhecer o movimento aos mais jovens, pretendem fazer apresentações nas escolas da região. Em parceria com o Rotary Club de Arouca vão continuar a apoiar o Projeto Cuidar em Timor, que é dinamizado por três jovens portuguesas que partiram dia 4 de julho para Timor, por forma a ajudar os médicos locais nos cuidados de saúde. Para além disto, apoiam a associação Amar 21, que ajuda pessoas com Trissomia 21.

O dia terminou com um jantar comemorativo, que contou com a presença da Vice-Presidente do Município. O Presidente do Club deu a conhecer algumas das metas que o Club estabeleceu para este ano e o Governador realçou a importância que o Rotary tem, através dos seus projetos de serviço à comunidade, no aumento do nível de ensino e educação em todo o mundo.

Fonte e foto: RCB.

Ir Para Cima