Tag archive

Maria José Fernandes - page 6

Novos Diretores das Escolas de Tecnologia e de Gestão do IPCA tomam posse

Julho 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, deu posse, esta sexta-feira, aos novos diretores da Escola Superior de Gestão (ESG), Verónica Ribeiro, e da Escola Superior de Tecnologia (EST), Vítor Carvalho. Em ambas as cerimónias, Maria José Fernandes falou na necessidade de dar continuidade ao trabalho desenvolvido e reforçar a notoriedade da marca IPCA na investigação.

O primeiro a tomar posse foi Vítor Carvalho, que era até agora presidente do Conselho Técnico-Científico da EST, além de outras funções que já desempenhava na instituição. Doutorado em Eletrónica Industrial – Ramo de Informática Industrial; Mestre em Eletrónica Industrial; e Licenciado em Engenharia Eletrónica Industrial, sempre pela Universidade do Minho, é, também, Investigador no Digital Games Research Center, no IPCA, e no Centro Algoritmi R&D, na Universidade do Minho.

Vítor Carvalho: novo Diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA

Precisamente sobre a EST em concreto, Maria José Fernandes – que também tomou posse na passada segunda-feira – começou por agradecer ao anterior diretor, Nuno Rodrigues, pelo trabalho que desempenhou nos últimos anos e apontou como principais objetivos para o futuro “a afirmação da marca IPCA na investigação”, naturalmente mantendo as necessárias relações com outras instituições.

“A Escola Superior de Tecnologia do IPCA tem que ser muito competitiva, envolvendo os alunos, funcionários, professores e toda a comunidade externa”, disse. Salientou, contudo, a importância da “multidisciplinaridade com as outras escolas do IPCA”, que considerou “cada vez mais decisiva”.

Já o novo diretor da EST, Vítor Carvalho, depois de agradecer o “voto de confiança” enumerou três eixos de atuação que pretende adotar como orientadores da sua ação: ensino, investigação e ligação à sociedade.




No que se refere ao ensino, o novo diretor manifestou o desejo de “aumentar a oferta formativa de cursos de pós-graduação, mestrados e, quem sabe, de doutoramentos em parceria”. Por outro lado, “colocar em funcionamento a licenciatura aprovada de Engenharia e Gestão Industrial, oferecer novos cursos e programas de formação avançada, nomeadamente na Escola de Verão a criar em Esposende, e melhorar os níveis de sucesso escolar, especialmente ao nível dos mestrados.

Relativamente ao eixo da investigação, Vítor Carvalho referiu que irá procurar estimular o aumento da produtividade científica média por docente, criar um Centro de Investigação ou um polo de um Centro de Investigação reconhecido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e aumentar o número de candidaturas e de projetos financiados. Por fim, “nacionalizar” ou “internacionalização o Simpósio de Investigação Aplicada que a EST realiza anualmente.

No que se refere ao eixo de ligação à sociedade, Vítor Carvalho manifestou a intenção de “continuar a desenvolver e a fazer crescer atividades como o iDrone Experience e o IPCA Games Jam, entre outras, bem como aumentar as prestações de serviços à comunidade”.

O novo diretor da EST fez, ainda, questão de enaltecer as qualidades de éticas e de liderança da nova presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que foram decisivas para que tenha aceite o cargo.

Curso de Gestão de Empresas é um desafio para a ESG

Na tomada de posse de Verónica Ribeiro, a presidente do IPCA apontou o novo curso de licenciatura em Gestão de Empresas, que arranca já este ano, como “um dos grandes desafios” da Escola Superior de Gestão, sobretudo pela necessidade de “diferenciação”.

“Esta é a maior escola do IPCA, já tem muito trabalho feito nalgumas áreas em que se tornou numa referência a nível nacional, mas precisamos de trabalhar noutras que ainda não atingiram a necessária notoriedade”, salientou Maria José Fernandes.

Precisamente ao “herdar uma escola forte e produtiva”, a nova diretora, “com as suas qualidades, que revelou nomeadamente na direção do departamento de Contabilidade, será a pessoa certa”, disse a presidente do IPCA dirigindo-se a Verónica Ribeiro.



Maria José Fernandes fez, ainda, questão de agradecer à anterior diretora da ESG, Soraia Gonçalves, pelo trabalho desempenhado e que “ajudou a fazer crescer a escola mais antiga do IPCA”.

Contabilizando já 17 anos ao serviço da ESG, a nova diretora apelou ao envolvimento de todos na dinamização da escola, “tanto na sua vertente de formação e ensino/aprendizagem, como na vertente da organização e gestão da escola, mas também na promoção da sua ligação com o meio envolvente, apostando cada vez mais na internacionalização através da mobilidade tanto dos estudantes, como dos professores e funcionários”.

Verónica Ribeiro fez questão de recordar os anteriores quatro diretores da ESG, a que agora sucede: João Carvalho (que foi depois presidente do IPCA), Maria José Fernandes (atual presidente do IPCA), Agostinho Silva (vice-presidente) e a diretora cessante Soraia Gonçalves.

“Aproveito ainda a oportunidade para, publicamente, desejar à Professora Maria José o maior sucesso na governação do IPCA, ao seu maior nível, tendo por certo que dará continuidade ao caminho traçado pelo Professor João Carvalho”, disse.

Verónica Ribeiro: nova Diretora da Escola Superior de Gestão do IPCA

Verónica Ribeiro é Doutorada em Ciências Empresariais – Ramo de Contabilidade, pela Universidade de Santiago de Compostela; Mestre em Contabilidade e Administração, pela Universidade do Minho; e Licenciada em Gestão de Empresas, também pela Universidade. É membro do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA.

Fonte e fotos: IPCA.

Presidente do IPCA toma posse no dia 17 de julho

Julho 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A nova Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, toma posse na próxima segunda-feira, dia 17 de julho. O Ato Solene terá lugar no Auditório Engº António Tavares, Campus do IPCA, a partir das 15h30.

Maria José Fernandes foi eleita pelo Conselho Geral do IPCA no passado dia 12 de junho e será a segunda presidente eleita da instituição, sucedendo a João Carvalho.

Com uma longa ligação ao IPCA, Maria José Fernandes é doutorada em Ciências Empresariais, com agregação em Gestão. Professora coordenadora principal, foi presidente do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Gestão, da qual foi também directora, entre junho de 2000 e outubro de 2003.

 

Entre diversos cargos desempenhados, é ainda diretora do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA e participou em diversas comissões de avaliação externa da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).




O mandato que assumirá a partir do próximo dia 17 de julho irá prolongar-se até 2021.

Fonte e foto: IPCA.

Maria José Fernandes eleita Presidente do IPCA

Junho 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Esta segunda-feira, realizou-se a reunião do Conselho Geral do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), onde a professora Maria José Fernandes foi eleita Presidente do IPCA.

Eleita com 19 votos a favor e uma abstenção, Maria José Fernandes foi a única candidata à presidência do IPCA, ficando agora a faltar, apenas, a homologação do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a publicação em Diário da República para que possa tomar posse.




Maria José Fernandes é, atualmente, professora coordenadora principal e presidente do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Gestão do IPCA, da qual foi diretora entre junho de 2000 e outubro de 2003. Doutorada em Ciências Empresariais e com agregação em Gestão, é ainda diretora do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do IPCA. Entre outras atividades, participou em diversas comissões de avaliação externa criadas pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Do programa de ação que apresentou para o mandato que irá prolongar-se até 2021, destaque para a intenção de “continuar o caminho” iniciado há mais de 10 anos, consolidando e afirmando o IPCA. Esse programa de ação assenta em seis eixos fundamentais, interligados entre si e alinhados com a missão institucional: 1) as pessoas; 2) o modelo de governação; 3) a formação e educação; 4) a investigação, desenvolvimento e inovação; 5) a interação com a sociedade; e 6) o Campus responsável.

Até 2021, Maria José Fernandes pretende ver concretizada a existência de uma identidade entre objetivos individuais e organizacionais, uma estrutura interna coesa que responda às necessidades do IPCA, o Campus concluído (responsável, verde e saudável), centros de investigação autónomos ou em parceria, com uma forte ligação entre o ensino e a investigação, e um perfil dos diplomados fortemente articulado com as competências exigidas pelo tecido empresarial.

 

Fonte e foto: IPCA.

Maria José Fernandes é candidata única à Presidência do IPCA

Abril 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

ipca(horizontal)O Conselho Geral do IPCA recebeu uma candidatura única à Presidência do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), apresentada por Maria José Fernandes, professora com uma ligação de 20 anos à instituição barcelense.

Maria José Fernandes é, atualmente, professora coordenadora principal e diretora do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Gestão do IPCA, da qual foi diretora entre junho de 2000 e outubro de 2003.

Doutorada em Ciências Empresariais e com agregação em Gestão, é ainda diretora do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do IPCA. Entre outras atividades, participou em diversas comissões criadas pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).




De acordo com o calendário eleitoral, a eleição do novo Presidente do IPCA terá lugar no dia 12 de junho, em reunião de votação do Conselho Geral.

Fonte e imagem: IPCA.

1 4 5 6
Ir Para Cima