Tag archive

Monteiro da Silva

Exposição coletiva “Entre Margens” na Sala Gótica dos Paços do Concelho

Julho 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura dia 21 de julho a exposição coletiva “Entre Margens”, que ficará aberta ao público até 26 de agosto.



Esta é uma exposição de pintura, escultura, desenho e fotografia do Grupo Arte Celano, composto Madalena Macedo, Monteiro da Silva, António Miranda, Mário Rebelo, Luís Carvalhido, Lurdes Rodrigues e António Nunes.

A entrada é grátis.

Imagem: AB.

Caixa Geral de Depósitos encerra balcão de Arcozelo

Junho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A “onda” de encerramentos encetada pela administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD), liderada por Paulo Macedo, parece não querer parar, nem abrandar, chegando, desta vez, a Barcelos e a Arcozelo mais concretamente.



Sabe-se, agora, que uma das 75 agências que são para encerrar este ano é a de Arcozelo, situada na Praceta do Correio-Mor, que encerra – consta-se – já no final deste mês de junho. Essa decisão, da qual os moradores da zona vão ficando a saber, está a indignar e a revoltar não só os habitantes da freguesia, como os habituais utilizadores dessa agência, que não moram nela.

Pedro Sousa, cliente, morador em Arcozelo e diretor deste jornal, salienta que “esta decisão é imensamente prejudicial para nós, moradores aqui da zona da agência, mas também, para quem a utiliza para tratar dos seus assuntos bancários. É verdade que com o encerramento da agência de Santo António, como era conhecida, junto ao Pavilhão Municipal, a afluência de clientes na de Arcozelo aumentou consideravelmente, havendo dias de filas enormes e muito tempo de espera. Mas isso só confirma que a agência não estava sem clientes, não estava ‘moribunda’. Pelo contrário, estava a precisar de ver serem-lhe alocados mais recursos humanos para menorizar esses efeitos. E o que é que a administração da CGD decide, lá de Lisboa? Encerrar uma agência que tem muita afluência e movimento”, conclui.

Mas os problemas não se ficam por aqui. Pedro Sousa relembra que “com este encerramento, a não ser que haja abertura de outra agência, quem quiser tratar de algum assunto numa agência da CGD terá que se deslocar ao centro da cidade, à agência junto à Praça de Pontevedra, ou a Barcelinhos. Agências essas que ficarão ainda mais ‘atoladas’ de clientes”. A agência de Arcozelo é utilizada por cidadãos de várias freguesias. “Só em Arcozelo moram mais de 13 mil habitantes que veem o único balcão do banco público fechar”, refere Pedro Sousa. “Julgo que a decisão não é a melhor. Para quê ter-se um banco público se ele não serve os seus clientes e os seus ‘proprietários’, que são os portugueses?”, pergunta este arcozelense.

O Barcelos na Hora sabe que há abaixo-assinados a circular pela zona da agência, nomeadamente, em estabelecimentos comerciais, que as pessoas podem assinar, numa tentativa de demover a administração da CGD, algo que poderá ser, obviamente, muito difícil.

Pedro Sousa deixa, igualmente, o “apelo à Câmara Municipal de Barcelos, à Junta de Freguesia de Arcozelo, às Assembleias – Municipal e de Freguesia –, às forças políticas e movimentos civis que tomem ações fortes no sentido de se demover a administração da CGD, sentada na capital, desta decisão que provoca dano, não só aos arcozelenses, como aos barcelenses em geral. Já enviei um e-mail ao Presidente da Câmara e outro ao Presidente da Junta a solicitar mais reação e desencadeamento de ações políticas e de protesto, tendo-me, até, disponibilizado para participar nelas, se necessário. Entretanto, peço a todas as pessoas que assinem os abaixo-assinados a circular na zona da agência e que, tal como eu, façam chegar a vossa voz a todas as entidades, políticas e não só, para que estas compreendam que esta decisão não é boa, nem para Arcozelo, nem para Barcelos”, concluiu.

Entretanto, o Barcelos na Hora sabe que a Junta de Freguesia de Arcozelo não foi informada oficialmente deste encerramento. Mal soube, de forma oficiosa, contactou o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, para o colocar ao corrente do assunto e enviou um ofício ao Presidente da CGD protestando contra esse encerramento. Como já referido, a Junta está a realizar abaixo-assinados e o Presidente da Câmara reunirá, ao que tudo indica ainda esta semana, com o Sub-Diretor da Região Norte, onde estará, igualmente, o Presidente da Junta, José Monteiro da Silva. Nessa reunião tratar-se-á, obviamente, deste assunto, deste encerramento anunciado.

Foto: Google Maps (alterada).

[Notícia atualizada às 18h22, do dia 11-06-2018]

Exposição em Famalicão com artistas barcelenses

Maio 31, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Estará patente, entre 3 e 30 de junho, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, a exposição coletiva “Diálogos a 7”, com obras expostas dos pintores barcelenses Madalena Macedo, António Miranda e Monteiro da Silva, acompanhadas de outros artistas mas de outras “paragens”: Lurdes Rodrigues, Manuel Lima, Mário Garrido e Mário Rebelo de Sousa. De referir que o barcelense Armindo Cerqueira participará como declamador.

Sobre a exposição, Madalena Macedo refere que “‘Diálogos a 7’ é uma exposição de pintura que reúne sete artistas, de estilos diversos, num espaço dedicado às artes – Casa das Artes de Famalicão.

A ideia é divulgar e partilhar as infinitas possibilidades dos eventos, em que a diversidade artística é o lema. Conversas enriquecedoras através da arte e dos vários percursos de vida.

Sete artistas oriundos de diferentes locais: Barcelos, Braga, Caminha, Guimarães, Âncora e Moledo”.



Exposição em Oliveira de Azeméis com artistas barcelenses

Maio 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 28 de maio, em Oliveira de Azeméis, uma exposição integrada no evento “Entr’artes”, levado a cabo pela Câmara local, com obras expostas dos artistas barcelenses Madalena Macedo, António Miranda, Monteiro da Silva e participação do, também barcelense, Armindo Cerqueira, como declamador. Esta exposição decorrerá na Galeria Tomás da Costa.

Sobre o evento, Madalena Macedo refere que “anualmente, Oliveira de Azeméis reúne, no último domingo de maio, dezenas de artistas em diversas (poesia, escultura, pintura, teatro, dança, etc…) atividades, que animam a cidade durante todo o dia. Aos pintores são distribuídas telas e o almoço é oferecido pela Câmara. Tem um ambiente formidável!”



Exposição em Espanha com artistas barcelenses

Abril 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora




Este sábado, no mercado municipal de Tomiño (Espanha), será inaugurada uma exposição coletiva luso-galaica sobre “Espantalhos” no Caminho de Inverno de Santiago de Compostela, originalmente, “Espantallos do vento no Camiño”, cujo curador é o espanhol Manuel Estevez. A exposição irá decorrer entre 01 e 30 de abril.

Na exposição participam os artistas barcelenses Madalena Macedo, Monteiro da Silva, António Miranda e Sandra Longras, entre mais portugueses, espanhóis e um cubano.

Barcelos é, desta forma, muito bem representada neste evento de pintura por terras da Galiza.




Exposição de pintura “O Tempo que Passa”

Março 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura no próximo dia 11 de março, pelas 21h00, no Espaço Artístico do VilaWork (Vila Boa), a exposição coletiva de pintura e desenho “O Tempo que Passa”.

Estarão expostos trabalhos de Mário Rebelo de Sousa (Âncora), Mário Vasconcelos (Viana do Castelo), Victor Alves (Caminha), Mário Garrido (Caminha), Monteiro da Silva (Barcelos), Lurdes Rodrigues (Braga), Madalena Macedo (Barcelos) e António Miranda (Barcelos). Haverá, igualmente, uma tertúlia literária a cabo de Armindo Cerqueira (Barcelos).

Os temas são a Mulher, a Liberdade e a Árvore, usados como fio condutor para reunir, harmoniosamente, os sentimentos e memórias ligadas aos meses em questão. A primavera, a mulher e a Revolução de abril vistos através de obras de artistas de diferentes regiões e de diferentes áreas profissionais.

No sentido de enriquecer o evento e alargar os horizontes artísticos realizar-se-á em simultâneo um evento literário submetido ao mesmo tema e aberto à população em geral.

Fonte e imagem: Página do evento no Facebook.

Barcelense Monteiro da Silva expõe na Biblioteca Municipal de Barcelos

Janeiro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por Pedro SousaPedro Sousa

A artista plástica barcelense inaugurará a sua exposição de 25 quadros a óleo no próximo dia 7 de janeiro, pelas 16h00. Intitulada de “Entre…tanto”, esta é a terceira exposição que realiza na Biblioteca Municipal tendo, igualmente, exposto na Igreja Beneditina da Nossa Senhora do Terço, em Barcelos.

Nascida em Barcelos, Maria Manuela Monteiro da Silva dedica-se à pintura depois de uma vida ligada ao ensino. As suas experiências pessoais e o trabalho com crianças especiais, como na APACI, de que é cofundadora, servem de inspiração a esta artista.

A exposição decorrerá até dia 10 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e aos sábados, das 9h30 às 12h30. A entrada é gratuita.

 

Fontes: Agenda Cultural da CM de Barcelos e sugestão pessoal.

Ir Para Cima