Tag archive

Música

Terceiro álbum dos barcelenses L-Blues já viu a “Luz do dia”

Junho 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A banda barcelense L-Blues anunciou, nas suas redes sociais que o seu novo álbum, o terceiro da banda, intitulado de “Luz”, já foi lançado e está disponível em várias plataformas digitais, como o Spotify, iTunes, Google Play, Amazon, SoundCloud, entre outras.



“É com muito orgulho que hoje ‘iluminamos’ a nossa vida com uma ‘Luz’ diferente e especial. Desde setembro que ansiamos este dia, para poder partilhar convosco o trabalho elaborado desde o nosso último álbum ‘Vol.2’”, refere a banda.

A banda agradece a todos os envolvidos neste projeto, nomeadamente, a Paulo Miranda, do AMP STUDIO, a David Martins e Vera Fernandes, pelas suas contribuições musicais, e a Beatriz Anjo, por ter desenvolvido a estética da capa e todo o seu conceito musical.

Para além do formato digital, os interessados também poderão fazer já a sua pré-reserva para ter o álbum em formato físico.

Pode ouvir o álbum, por exemplo, acedendo a:

https://open.spotify.com/album/7dS4fkjGykl8s2dso1BY9y?si=TuKE71GhRFSWu858FpqkkQ&fbclid=IwAR344VhSMV1z_S7Vx_YE3HCiUNxMAFj-gCCO6NTtzOOBJtpCszLAP6dILAE .

O grupo é formado por Ana Neto (voz), Bruno Lopes (guitarra, harmónica e coros), Céu Neiva (guitarra e teclas), Diogo Silva (baixo) e Jorge Braga (bateria e percussões). O álbum contou com as participações especiais de Vera Fernandes (coros) e David Martins (piano elétrico em “Ausência”).

Imagens: DR.

Banda barcelense L-Blues lança “Luz” a 01 de junho

Abril 27, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Para além de marcar o Dia Mundial da Criança, o próximo dia 01 de junho assinala, igualmente, o dia de lançamento do terceiro disco da banda barcelense L-Blues, que se vai chamar “Luz” e será distribuído mundialmente em todas as plataformas digitais.



O disco foi produzido por Paulo Miranda, no AMP STUDIO, em Viana do Castelo, e contou com as participações especiais de David Martins, teclas, no tema “Ausência”, e da vocalista Vera Fernandes, da também banda barcelense Demure.

“O conceito poético para este disco é baseado na ‘Esperança’ e na certeza de haver sempre a esperança de encontrar a luz no fundo do túnel”, refere a banda.

“Esperamos que este disco demonstre a evolução da banda, mas mantendo a visão artística de juntar o Blues, o Rock, Folk com a poesia em português”, salienta.

Os L-Blues têm a sua origem na criação, pelo músico Bruno Lopes, do projeto “Guitarras de Manhente: Escola de Rock“. Tendo sido criada a escola com o objetivo de ensinar música a jovens e adultos de classes sociais com carências financeiras.

O Folk, Country, Blues e Rock caminham lado a lado na ideologia desta banda.

O seu nome faz uma homenagem à mitologia do pacto com o diabo de Robert Johnson e da encruzilhada (crossroads) dos Blues. O “L” no nome da banda deve se pronunciar “Hell”. O CD de estreia “Vol.1” dos L-Blues foi editado em 2016 e permitiu à banda percorrer o país durante dois anos.

A banda, em fevereiro de 2018, lança o disco “Vol.2”, que foi gravado no AMP STUDIO com a produção de Paulo Miranda. É um disco de puro Rock N’ Roll e Blues e teve distribuição digital mundial nas principais lojas online: Spotify, Amazon, Itunes, HMV digital, Googleplay e Soundcloud.

Depois do primeiro singleOutono”, que teve honras de entrar em muitas playlists de várias rádios nacionais, a banda lança o segundo single, “Ódio de Amor”, e embarca na tourVol.2 2019” com cerca de 30 datas realizadas e várias aparições na televisão nacional.

A banda tem na sua formação: Ana Neto (Voz), Bruno Lopes (Voz, Guitarras, Harmónicas), Céu Neiva (Teclas e Guitarra Elétrica), Diogo Silva (Baixo) e Jorge Braga (Bateria).

Depois de ter marcado presença no Villa Sessions Festival, a 21 de fevereiro, em Vila do Conde, a banda viu os seus concertos seguintes serem adiados por causa da pandemia COVID-19, nomeadamente, os de 21 de março (Centro Cultural da Vila das Aves), de 23 de maio (Theatro Gil Vicente – Barcelos) e de junho (Praças das Artes – Felgueiras). Estes três concertos serão reagendados em breve.

Para conhecer mais desta banda, pode clicar em https://www.facebook.com/LBluesBand/ (Facebook), em https://www.instagram.com/_lblues/ (Instagram) ou em https://www.youtube.com/channel/UCuFFGVoi_Qu4IyOZHIavyXw (YouTube).

Fotos: L-B.

Músicos contornam quarentena e celebram a liberdade em tempos de pandemia

Abril 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O “triciclo” promoveu ligações inéditas entre artistas para criarem, à distância, canções sobre a Liberdade. A iniciativa “Em cada casa um amigo” juntou 16 músicos para criarem seis canções originais, que foram compostas e gravadas de forma caseira. As músicas vão ser lançadas a partir de 25 de abril nas redes sociais na iniciativa.



Para assinalar o 25 de abril, o ciclo de concertos “triciclo” desafiou vários artistas que já passaram pela sua programação para se juntarem e criarem canções sobre Liberdade. A partir de casa, os artistas trocaram ideias, tocaram e gravaram músicas inéditas para celebrar a liberdade em tempos de pandemia.

Conforme referido, o resultado vai ser lançado a partir de 25 de abril nas redes sociais, através do lançamento de um videoclipe por dia, que incluirá uma canção original criada por dois diferentes projetos. As músicas são lançadas entre 25 de abril e 30 de abril, sempre às 21h00.

“Em cada casa um amigo” é promovido pelo “triciclo”, um ciclo de concertos produzido pelo Município de Barcelos.

Para poder assistir ao lançamento e aos videoclipes, aceder a: https://www.facebook.com/triciclobcl/.

Fotos: DR.

Música em tempos de COVID-19: Banda de ex-aluna do IPCA lança corrente de boa energia #VaiTudoFicarBem

Março 23, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Don’t you ever feel alone” é o novo tema dos nortenhos, Times of Trouble, onde pontifica Filipa Faria, ex-aluna do IPCA. Disponível no YouTube desde o passado domingo, a música espera passar uma mensagem a todos os portugueses, e a todo o mundo, que “juntos somos mais fortes, juntos iremos ultrapassar este momento e só juntos o podemos conseguir”.



“Estávamos a trabalhar neste tema e achámos que este era o momento certo para o divulgar. De nós para vós, porque vai ficar tudo bem (#EverythingIsGonnaToBeOk).”

Em isolamento voluntário, mesmo antes de ser decretado estado de emergência, os TOT trabalharam o lançamento do single a partir de suas casas. O áudio foi gravado dentro dos moldes do tema anterior e o videoclipe é uma compilação de fotos e vídeos. Alguns gratuitos e disponíveis online, outros feitos por cada elemento da banda, e um especial cedido por Raul Manarte, Humanitário, Músico e Fotógrafo.

Para assistir o videoclipe, aceda a: https://www.youtube.com/watch?v=B80YdlUO3j8

O single estará disponível, brevemente, nas restantes plataformas.

 Siga a banda nas redes sociais @timesoftroubleband para o Instagram, Facebook e YouTube.

Fotos: TOT.

Programação de março no Theatro Gil Vicente

Fevereiro 28, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O “triciclo” traz ao palco do Theatro Gil Vicente, Angélica Salvi + Conservatório de Música de Barcelos, um espetáculo único inserido no Serviço Educativo, onde a harpa desenha o caminho de novas possibilidades sonoras e os alunos acompanham esta viagem improvisada, com música contemporânea e eletroacústica. Esta sessão decorre no dia 7 de março, às 22h00, com entrada gratuita.



A programação para o mês de março abre com a dança, logo no dia 1, às 16h00, num espetáculo inserido nas comemorações dos 25 anos da Escola de Dança de Barcelos, intitulado “Dançar com Amor”, com entrada paga (3,00€). A dança volta a palco com um duplo espetáculo da Escola Nico Dance Studio, “Palavra que me Define”, no dia 22 de março, pelas 15h00 e pelas 18h00. Este espetáculo tem entrada paga (5,00€).

A música chega no dia 6 com o ciclo “Jazz ao Largo”, num encontro de Marcos Cavaleiro, José Pedro Coelho e Masa Kamaguchi, que vão partilhar o palco pela primeira vez, num encontro que irá abrir espaço à interseção musical dos seus universos, numa viagem ao desconhecido (6 de março | 22h00 | 3,00€). A Tuna Feminina do IPCA traz ao Theatro Gil Vicente o espetáculo IPCA Solidário, que junta todos os grupos académicos. Este ano, a Amar 21 terá uma participação especial, promovendo a integração do cidadão com Trissomia 21 (13 de março | 21h30 | 5,00€).

O “triciclo” traz a Barcelos os Evols, uma banda formada em 2008 por França Gomes, Carlos Lobo e Vítor Santos. A banda é influenciada por toda a música psicadélica e vão apresentar os trabalhos lançados nos dois LP´s, em 2010 e 2015 (20 de março | 22h00 | 3,00€). No dia seguinte, sábado, 21 de março, é a vez de Frederico Dinis apresentar o seu trabalho “An Unexplained Emptiness” (3,00€).

O teatro está de volta ao cenário do Theatro nos dias 14 e 27 de março. Primeiro, com “Tire Dali a Menina” pel’Os Pioneiros da Ucha (14 de março | 21h30 | 2,50€), e depois com “A Ceia dos Cardeais” pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos. Este espetáculo comemora o Dia Mundial do Teatro, no dia 27 de março, às 21h30 (3,00€).

A sétima arte chega este mês com quatro sessões. A primeira apresenta “Violeta“, um filme de Kantemir Balagov, no dia 10; no dia 17, é a vez do filme de Albert Serra “Liberté“, e por fim, no dia 24, “Nuestro Tiempo“, de Carlos Reygadas. Estas sessões são apresentadas pelo cineclube ZOOM, todos com início às 21h30 e com o preço de 3,50€.

A quarta sessão de cinema está inserida da rubrica “Em família no TGV”, que proporciona às famílias uma tarde de domingo por mês dedicada à cultura no Theatro Gil Vicente, de forma gratuita. No dia 29 de março é apresentado o filme “A Vida Secreta dos Nossos Bichos“, de Yarrow Cheney e Chris Renaud, para pais e filhos.

Fonte e imagem: CMB.

Barcelense Diogo Carlos vence primeiro prémio no Leicester MusicFest, em guitarra

Fevereiro 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Católica dos Mártires Ingleses, em Leicester, recebeu, no passado fim de semana, mais uma edição do Leicester MusicFest, um festival de música destinado a músicos amadores de todas as idades.



Estes músicos puderam participar nas competições de piano, órgão, guitarra e canto, assim como num novo concurso de composição.

Para além destes concursos, os participantes desfrutaram de concertos, recitais, workshops e master classes.

O Leicester MusicFest é organizado por um conjunto de músicos e professores locais, todos voluntários.

Um dos participantes foi o barcelense Diogo Carlos [Ndr: o 4º a contar da direita], ex-aluno do Conservatório de Música de Barcelos que “não fez por menos” e conquistou, no dia 14 de fevereiro, o ouro (1º lugar) na competição de G5 – Recital de Guitarra Avançada, deixando para trás Mihael Majetic e Haydn Bateman.

Nas redes sociais, o jovem músico barcelense já se mostrou “feliz por ter ganho o 1º prémio”, deixando os “parabéns para os outros participantes”, numa “tarde bem passada”.

Foto: DR.

“Depois do Medo”, de Bruno Nogueira, em fevereiro no Theatro Gil Vicente

Janeiro 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A programação de fevereiro do Theatro Gil Vicente (TGV) traz, como grande destaque, o espetáculo “Depois do Medo”, de Bruno Nogueira, que marca o regresso do humorista ao stand-up. O espetáculo acontece no dia 8 de fevereiro, às 21h30.



O teatro está de volta ao cenário do espaço vicentino com a comédia “O assalto”, pela Via 3 – Companhia de Teatro (22 de fevereiro|21h30); “Humidade”, pela Companhia de Teatro de Braga (29 de fevereiro|21h30) e “Quem tem medo do lobo mau?”, apresentado pela Kings Produções, (23 de fevereiro|16h00), destinado a todas as faixas etárias, inserido na rubrica “Em Família no TGV”, que proporciona às famílias terem uma tarde de domingo por mês dedicada à cultura no Theatro Gil Vicente, de forma gratuita.

A sétima arte preenche quatro dias de programação, a iniciar com a curta-metragem “A lenda do Galo”, do barcelense Carlos Araújo (1 e 2 de fevereiro|21h30 e 19h00). Segue-se “J’accuse – O Oficial e o Espião”, de Roman Polanski (11 de fevereiro|21h30), e “Cem anos de cinema: dois filmes, um único grito” (18 de fevereiro| 21h30), do mesmo realizador, trazidos pelo Cineclube ZOOM. A entrada tem um custo de 3,5€ e é gratuita para os Sócios ZOOM.

A dança também tem espaço este mês no TGV, primeiro com “Um presépio à portuguesa com certeza!” (2 de fevereiro| 16h00), trazido pela Escola de Dança de Barcelos, inserido nas comemorações dos seus 25 anos de existência, com entrada paga (3,00€); e “The Avenue” (15 de fevereiro| 21h30), pela Kayser Ballet. A peça é um retrato contemporâneo de uma Avenida, por onde passeiam pessoas, cada uma com a sua personalidade, cada uma com os seus desejos, sonhos e emoções. Com momentos de muito boa disposição a peça pretende transportar para o palco cenas do quotidiano, transportando o público para um mundo fictício e, ao mesmo tempo, tão real. A entrada é paga a partir dos 15 anos (2,5€).

A música no mês de fevereiro está a cargo do brasileiro Chico Bernardes, que atua no Theatro Gil Vicente no dia 7, às 22h00, no decorrer da sua primeira visita à Europa para apresentar o mais recente disco homónimo que contém inspirações na folk e na música popular brasileira. A entrada tem um custo de 3 euros. E no dia 22, às 22h30, o “triciclo” vai elevar os decibéis com os portuenses 10 000 Russos e os barcelenses Gator, The Alligator, que atuam no Pavilhão Municipal de Barcelos. Este concerto marca o regresso da banda local à cidade, depois da sua primeira tour europeia. A entrada custa 5 euros.

De 7 de fevereiro a 29 de março poderá visitar a exposição de desenho digital “Galigrafias”, por Carlos da Torre. A entrada é gratuita.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

River Blues de regresso ao palco do Cávado

Agosto 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival River Blues volta ao palco sobre o rio Cávado, em Barcelinhos, nos dias 29 e 30 de agosto. “Depois do sucesso das duas edições anteriores e com um público em crescendo, este festival procura dar uma nova visibilidade a Barcelos nesta área da música, apostando num evento de qualidade que vem complementar a oferta cultural do concelho, por si mesma de reconhecido dinamismo em termos de bandas rock e pop”, refere o Município em nota.



O Festival arranca no dia 29 de agosto, com um workshop de blues (15h00) e, às 22h00, é a vez de Nuno Andrade Blues Drive deixar os acordes ecoarem no palco junto à margem do Cávado, em Barcelinhos. Nuno Andrade é um guitarrista, vocalista e compositor que se dedicou à experimentação do blues, com o intuito de compreendê-lo, explorar e testar novas formas e abordagens. Da banda, também fazem parte Nifa Lobo (bateria) e Diogo Rodrigues (baixo), músicos experientes e fortemente influenciados pelo blues, jazz, rock e funk.

Já no dia 30, o algarvio Vítor Bacalhau (voz e guitarra) encerra o festival com a sua banda constituída por João Ventura na bateria e Luís Trindade no baixo. Com influências desde os primeiros blues do delta até ao grande e barulhento rock’n roll, esta atuação promete ser memorável.

Nas edições anteriores, pelo palco do rio Cávado, passaram nomes como Jean-Paul Rena, Quantic Mode, Minneman Blues Band, L-Blues, António Mão de Ferro, Just Soul Orchestra e Budda Power Blues.

O River Blues é promovido pela Câmara Municipal de Barcelos, contando ainda com a participação de uma empresa e uma produtora de eventos.

Fonte e imagem: CMB.

IV Encontro “Unidos pela Música” em Milhazes

Julho 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 20 de julho, pelas 21h00, realiza-se o IV Encontro “Unidos pela Música – Filhos da Terra”, que terá lugar no Centro Paroquial de Milhazes.



Este será um espetáculo musical, em grupo e a solo, de índole instrumental e vocal, promovido pelo Grupo Infantojuvenil de Milhazes.

As inscrições deverão ser realizadas junto do referido grupo. O evento terá bar com café, bebidas, bifanas, entre outras coisas mais.

Imagem: DR.

Theatro Gil Vicente comemora 118 anos com auto de Gil Vicente

Junho 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos apresenta, para o mês de julho, uma programação repleta de arte e talento, com entradas gratuitas. Ao longo do mês, poderá contar com momentos de cultura e lazer nas Salas do Theatro Gil Vicente bem como outros espaços.



A programação inicia no dia 5, às 21h30, com a Associação Clube Moto Galos apresentar no TGV o espetáculo de música “3º Cinemoto Barcelos”.

No dia 11, às 21h30, o Theatro Gil Vicente recebe o Memorial a Bernardete Costa com um recital de poesia autógrafa pelos alunos da Oficina de Teatro e do Clube de Leitores da Barcelos Sénior, para maiores de 3 anos.

O teatro vem ao palco, já no dia 27 de julho, às 10h30, com a peça infantil “Um Assunto Malcheiroso”, da responsabilidade do “Teatro A Quatro”, destinado a crianças dos 0 aos 5 anos.

A rubrica “Em família no TGV” reserva a tarde de domingo, dia 24, às 16h00, com a peça “Os Músicos de Bremen”, da CTB – Companhia de Teatro de Braga, para maiores de 4 anos.

No dia 31, às 21h30, dia em que se comemoram os 118 anos do Theatro Gil Vicente, o espaço vicentino recebe a peça “Auto da Barca do Inferno”, protagonizada pela CTB – Companhia de Teatro de Braga, para maiores de 12 anos.

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de julho, a Igreja Matriz recebe, no dia 10, às 21h00, o espetáculo Rejoice (“Alegrem-se”) pelo Grupo Word and Voice de Lviv, Ucrânia.

O Ciclo Jazz ao Largo regressa a Barcelos, no dia 12, às 22h00, no Largo da Porta Nova, com o espetáculo da Orquestra de Jazz de Matosinhos, concerto incluído na programação da Feira do Livro.

No dia 19, às 22h00, o Paço dos Condes recebe o concerto “Slower Pace of Existence”, de Frederico Dinis.

O segundo semestre do ciclo de concertos Música no Salão regressa no dia 20 de julho, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com o Duo Harpa e Saxofone, com Angélica Salvi & Isabel Anjo. A entrada é livre.

Barcelos integra, pela primeira vez, o Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous – o mais influente festival de circo contemporâneo do país, que decorre entre 24 e 27 de julho, nas quatro cidades que formam o projeto de cooperação intermunicipal Quadrilátero.

A celebrar a sua estreia no Festival, Barcelos recebe o primeiro espetáculo desta sexta edição. “A Simple Space”, dos Gravity & Other Myths está agendado para o dia 24 de julho, às 22h00, no Largo da Porta Nova.

No dia 25 de julho, às 19h00, o Largo da Porta Nova recebe o grupo Coração nas Mãos que apresenta a sua peça “Chá das Cinco”. À 22h00, é a vez da estreia do espetáculo “Fábrica da Mentira”.

Tal como nas edições anteriores, o festival volta ainda a apostar num “Showcase”, no dia 26 de julho, às 11h00, no Theatro Gil Vicente, que permite aos criadores emergentes apresentarem os seus projetos aos programadores que marcam presença no Vaudeville Rendez-Vous.

Ainda de destacar, no âmbito das estreias nacionais, a dança acrobática “Zoog”, de Amir and Hemda, no dia 26 de julho, às 19h00, no Largo da Porta Nova, que representa o amor e o ódio numa relação, assim como a rotina e os altos e baixos de uma história íntima.

No dia 26, às 22h00, é a vez do grupo francês Cirque Exalté protagonizar o espetáculo “Furieuse Tendresse”, na Praceta Francisco Sá Carneiro.

O Vaudeville Rendez-Vous termina no dia 27 de julho, às 11h00, com as performances da companhia portuguesa Dulce Duca com a peça “Um belo dia”,  um espetáculo sem narrativa, baseado nas memórias do autor, que coloca a artista no centro do palco a representar emoções e, às 19h00, com um espetáculo que concilia dança, circo, teatro e performance, de Joan Català, de Barcelona, que apresenta, pela primeira vez em Portugal, “Pelat”, projeto que promove uma interação única com o público um espetáculo. Ambos os espetáculos decorrem no Largo da Porta Nova.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

1 2 3 17
Ir Para Cima