Tag archive

Música - page 18

“Pequenos Galinhos” 2017 com enorme afluência de candidatos

Maio 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se no passado dia 29 de abril de 2017, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos, o Concurso Nacional de Piano “Pequenos Galinhos” 2017.

pequenos-galinhos2017-1

A oitava edição deste concurso teve uma enorme afluência de candidatos (53), com idades até aos onze anos e provenientes de todo o país (incluindo os Açores).

Neste concurso, os quatro níveis (de A a D) não correspondem, obrigatoriamente, a níveis etários mas ao grau de dificuldade do programa apresentado. Igualmente, todos os candidatos são premiados (dos primeiros aos quartos prémios), o que impede o sentimento de exclusão que tantas vezes os jovens pianistas sentem quando se apresentam a concurso. Desta forma, o esforço de candidatos, pais e professores é sempre recompensado. Para além dos prémios em cada nível, existe, também, o prémio “Pequeno Galinho”, que é atribuído à peça mais votada pelos elementos do júri, considerados todos os níveis.

pequenos-galinhos2017-2

Na edição 2017, o prestigiado júri foi constituído pelos pianistas Elisabete Costa, Ingrid Sotolarova e Daniel Cunha.




Eis os resultados por Nível:

Nível A

Matilde Campos de Oliveira – Academia de Música e Dança do Fundão

Prémio Público

Rodrigo Araújo de Sousa Carvalho – Conservatório de Música de Barcelos

Nível B

Sofia Nunes Azevedo – Conservatório de Música de Vila do Conde

Prémio Público

Raquel Romero Dias Bouça – Conservatório Regional de Ponta Delgada

Nível C

Luís Pedro de Queiroz Pereira Leite – Conservatório de Música da Maia

Prémio Público

Carolina Aires Pereira Martins – Conservatório de Música da Maia

Nível D

Gil Rocha Oliveira – Conservatório de Música do Porto

Prémio Público

Gil Rocha Oliveira – Conservatório de Música do Porto

Prémio “Pequeno Galinho” 2017

Gil Rocha Oliveira – Conservatório de Música do Porto

Fonte e fotos: Facebook do CMB.

Teatro Gil Vicente com programação de maio “para todos os gostos”

Maio 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente terá um mês de maio repleto de atividades para todas as idades. Os mais pequenos podem ver a representação de “Os Três Porquinhos”, uma encenação e adaptação da autoria de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, com espetáculos em vários dias e com várias sessões por dia (consultar programa). “Os Três Porquinhos” é uma fábula cujos personagens são exclusivamente animais que encantam as crianças.

Ainda na representação, a Companhia TACCO apresenta “Mentiras e Trapaçadas”, no dia 13 de maio, às 21h30, e no dia seguinte, à mesma hora, a peça de teatro “República das Mulheres” é apresentada pelo Teatro Popular de Carapeços.

“Conversas Sérias com Marta Gautier: O Que Farias Se Não Tivesses Medo?” sobe ao palco no dia 19, às 21h30, com a vertente solidária, em que o valor dos bilhetes será atribuído a uma associação barcelense. E a fechar as peças de teatro, o Teatro Farol promove um espetáculo para famílias, no dia 28 de maio, às 16h00, com a peça “A Lebre e a Tartaruga”.




Mas ao palco subirão, igualmente, artistas na área musical, iniciando com O Grupo de Fado “Memórias de Coimbra” que atua no dia 5, às 21h30, num encontro feliz de academias e de gerações. O Grupo de Fado é constituído por antigos estudantes das Universidades de Coimbra, Porto e Minho das décadas de 50, 60 e 70 do século passado. Une-os, não só o grande amor pela Canção de Coimbra (fados, baladas e variações), mas também o anseio de preservar e divulgar os valores histórico-culturais, o espírito e a paixão de uma manifestação musical de inegável valia artística.

Ainda no âmbito da música universitária, a Tuna Feminina do IPCA promove o XI Capas Traçadas – Festival de Tunas Femininas da Cidade de Barcelos, no dia 20, às 21h30.

No dia 26, às 22h00, e no dia 27, às 21h30, voltam a palco espetáculos musicais com Hugo Torres Acústico e com o Concerto de Orquestra com Solistas do Conservatório de Música de Barcelos, respetivamente.

Também a sétima arte marcará presença no Teatro Gil Vicente, com a Associação ZOOM a exibir quatro películas: no dia 9, às 10h00, inserido no Plano Nacional de Cinema, “Adeus Pai” de Luís Filipe Rocha”; “A Morte de Luís XIV” de Alberto Serra, no dia 11, às 21h30; Ciclo Wim Wenders – Amigo Americano, no dia 25, às 21h30; e “Outro País” de Sérgio Tréfaut, às 14h30, no dia 31.

O cinema tem presença reforçada no mês de maio com “As Sufragistas de Sarah Gayron” comentado por Augusta Trigueiros, no dia 15, às 21h30; no dia 17, inserido na programação sénior, voltará a ser exibido “Lutaram Como Diabos: Barcelos na Grande Guerra”, às 14h30, e no dia 23, às 21h30, passa o filme “Nascido em Angola” de Rui Goulart.




Pedro Carvalho apresenta no dia 21, às 16h00, um workshop para famílias de dança e literatura intitulado “Livros a Mexer” e, durante todo o mês de maio, pode visitar, no átrio, a exposição de fotografia “Olhares” de Anabela Alves.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694). Consulte no cartaz os espetáculos pagos e gratuitos.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Banda barcelense Waterland apresenta novo álbum

Abril 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Os Waterland realizam, dia 22 de abril, pelas 22h00, no Teatro Gil Vicente, um concerto de apresentação do seu novo álbum intitulado “Signs Of Freedom”, com a participação especial do coro “Jesus Choir”.

Este é o 4º álbum da banda barcelense, que conta com a participação de várias vozes. Os Waterland são uma banda de Barcelos, fundada em 2007 por Miguel Gomes (Ex- Guitarrista de Oratory) e, para além deste, composta por Patrícia Loureiro, António Silva, Ivan Batista e Tiago Moreira.

Tem 3 álbuns editados: “Waterland” (2008), “Virtual Time” (2010) e “Our Nation” (2015). No dia 18 de Março saiu o novo álbum “Signs of Freedom”. A apresentação deste realiza-se, então, no dia 22 de abril, no Teatro Gil Vicente, com a colaboração do coro “Jesus Choir”.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM Barcelos e Facebook da banda.

Conservatório de Música de Barcelos promove ciclo de concertos

Abril 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Conservatório de Música de Barcelos promoveu nos dias 31 de março e 02 de abril mais três concertos, que fecharam um ciclo de concertos dedicados a este período quaresmal.

O primeiro realizou-se no passado dia 31 de março, no Pátio Luiz Costa, no Conservatório de Música de Barcelos, com a apresentação das obras “Missa a 4 para Coro e Órgão”, do compositor barcelense Miguel Ângelo Pereira, e o “Requiem op.48”, de G. Fauré – versão para o coro e órgão. Foram intérpretes deste concerto o Coro CMB e o Coro dos Pequenos Cantores do CMB, tendo como solistas os alunos Cláudia Pereira, João Miranda, Pedro Cibrão, Tânia Macedo e Teresa Sá Cachada, juntamente com o Prof. Daniel Ribeiro – órgão sob a direção da Prof. Maria João Gonçalves.

07

No início, a Professora responsável contextualizou o programa do concerto, referindo que “…não se encontra registos da última apresentação da obra do compositor barcelense, pelo que se poderia considerar uma estreia para as últimas gerações”. Em relação à obra de Fauré, salientou que “…é considerada um dos principais ‘Requiem’ da história da música, tendo este por particularidade incluir na sua estrutura partes como o ‘In Paradisum’, que espelha profundamente uma visão positiva da morte, como uma porta para o além e não um fim em si mesma”.

Também no dia 31 de março, na Igreja Matriz de Vila Cova, apresentaram-se as classes de Conjunto, com os alunos em regime articulado da EB2,3 Abel Varzim, EB2,3 Gonçalo Nunes e EBS Vila Cova, onde os coros apresentaram vários temas com arranjos de D. Peter e J. Carter e partes da “Missa Modale” de J. Alain, sob a direção da Prof. Isabel Silva. Seguiu-se uma obra para orquestra com o arranjo de J. Van der Goot, sob a direção do Prof. César Maciel. O concerto culminou com a obra de J. Rutter “The Lord bless you”, para Coro e Orquestra, tendo provocado no público que encheu a Igreja uma forte manifestação de agrado.

007

Este ciclo terminou com mais um concerto na Igreja Matriz de Barcelos, no dia 02 de abril, com um programa bastante variado e estruturado à volta da obra de J.S. Bach. Enquadrado com o ano mariano, o Coro SemiGaltom e Coro Galtom apresentaram as “Avé Maria” de C. Franck e I. Vitória, a que juntou o motete de A. Bruckner “Locus iste”, seguindo-se de partes da “Missa a 4”, do compositor barcelense Miguel Ângelo Pereira, que teve como solistas os alunos Cláudia Pereira, Pedro Cibrão e Tânia Macedo. Estas obras foram alternando com as árias “Ich folge dir” e “Bist du bei mir” de J.S. Bach, interpretadas pelas alunas Cláudia Pereira e Tânia Macedo, respetivamente, até chegar ao exigente Concerto para dois Violinos e Orquestra “BWV1043” do mestre de Leipzig, interpretado pelos alunos Joana Ribeiro e João Carvalho, sob a direção do Prof. Jorge Teixeira. O concerto terminou com as partes finais do “Requiem op.48” de G. Fauré, “Libera Me” e “In Paradisum”, pelo Coro dos Pequenos Cantores do CMB e solista João Miranda, sintetizando, assim, a temática do concerto.

014

Fonte e imagens: CMB.

Saraus Musicais no Salão Nobre da Câmara Municipal

Abril 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

 

cmúsicabarcelosO Conservatório de Música de Barcelos apresenta, nos próximos dias 03 e 04 de abril, às 19h00 e 21h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos, os seus “Saraus Musicais”.

 

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

Épocas e estilos diferentes sobem ao palco do Teatro Gil Vicente

Março 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

O arranque da programação de abril do Teatro Gil Vicente (TGV) é realizado por uma das mais tocantes histórias de amor, o tradicional conto de fadas francês, “A Bela e o Monstro”, nos dias 1 e 2, às 21h30, e a peça o “Diário de um Palhaço”, que retrata o mundo mágico do dia a dia da vida de um palhaço, no dia 3, às 10h00. Ambos os espetáculos são uma encenação e adaptação da autoria da conceituada Companhia de Teatro de Barcelos – A Capoeira, que regressa novamente às luzes da ribalta, no dia 28, para encerrar a programação do mês de abril com o clássico “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente.



A 5 de abril, o Teatro Nacional de Kherson, da Ucrânica, vem a Barcelos apresentar a comédia “Cuidado, mulheres!”, pelas 21h30.

O fim de semana de 7, 8 e 9 será, igualmente, dedicado às artes cénicas, com a peça “A Lenda da senhora que passou”, na sexta-feira, protagonizada pela Universidade Sénior de Barcelos, e o espetáculo de dança “Barbie e Ken”, pelo Nico Dance Studio, no sábado e domingo. O coreógrafo e matemático Pedro Carvalho regressa ao TGV com o espetáculo “O Homem que só pensava em números”, a história de um homem que dedica toda a sua vida e existência aos números. Esta performance, que alia duas disciplinas, a dança e a matemática, será apresentado numa sessão dedicada às famílias, no dia 23, e no dia 24 apresenta quatro sessões destinadas às escolas.




A música está a cargo da banda barcelense Waterland que, no dia 22, dá a conhecer o seu novo álbum “Signs of Freedom” com a participação do coro Jesus Choir.

O cineclube ZOOM apresenta uma programação variada, onde constam obras do mestre da animação, Hayao Miyazaki, cinema português e do incontornável Wim Wenders, que será alvo de um ciclo. A 21 será exibido novamente o documentário sobre os barcelenses na I Grande Guerra, “Lutaram como diabos”, no dia em que se comemora o centenário da partida do contingente barcelense dos Paços do Concelho rumo às trincheiras.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.



Guitarrista do Conservatório de Música de Barcelos vence Concurso Nacional de Guitarra e Piano

Março 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora




João Carvalho, aluno do Conservatório de Música de Barcelos, de apenas 15 anos de idade, venceu, no passado sábado, dia 24 de março 2017, o prestigiado Concurso Nacional de Guitarra e Piano “Cidade de Gaia”.

Este aluno frequenta o 10º ano, Curso de Secundário de Música, em regime articulado, na Classe de Guitarra, do professor Francisco Gomes.

João carvalho tem realizado um percurso académico notável, contando já com o 2.º Prémio no Festival Internacional de Guitarra de Guimarães, 3.º Prémio no Concurso de Guitarra Luso-Espanhol e 2.º Prémio no Concurso Nacional de Guitarra de Almada.

cmúsicabarcelos

Numa nota enviada à comunicação social, a Direção do Conservatório de Música de Barcelos congratula o aluno, pais e professor por mais este excelente resultado.

Fonte e imagens: CMB.




“Canto do Gineceu” no Teatro Gil Vicente

Março 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação D’Improviso leva a cena, hoje, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, o espetáculo poético-musical “Canto do Gineceu”.

Conforme a denominação indica, será um espetáculo de poesia e música, dedicado à Mulher.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM Barcelos.

“Os Aurora”, banda do barcelense Tiago Araújo, editam o primeiro disco

Março 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda “Os Aurora”, que tem na sua composição o barcelense Tiago Araújo, editou esta sexta-feira, dia 10 de Março, o primeiro álbum de estreia e de originais.

Dia 10 de Março de 2017 será uma data que jamais será esquecida pela banda “Os Aurora”. Após três anos desde a sua formação, a edição do seu disco de estreia tem finalmente data marcada.

O lançamento do seu disco tardou, mas foram os anos de espera e de aprendizagem que levaram à maturação da banda e o resultado final são canções com grande significado e de mensagem de esperança.

“Grita” é um disco que apesar de ter as tradicionais canções de amor, tem como grande componente a afirmação da banda. O “Acreditar”, o “Nunca Desistir”, são o fio condutor em grande parte das canções do disco.

Assumidamente uma banda pop, “Os Aurora” não se contentam com a simples cópia do que já existe, tentando sempre inovar. Produzido por Filipe Survival, “Grita” mistura as tradicionais guitarras acústicas com as novas tendências e sons mais eletrónicos.

Quatro rapazes com uma grande vontade de mostrar a sua música a todos, sem exceções! No auge da sua juventude, desejam levar este disco aos ouvidos do maior número de pessoas possível. Eles nunca desistiram e este álbum é a prova disso. David Silva, Eduardo Monteiro, João Carrasqueira e Tiago Araújo formam esta banda a quem se augura grande futuro.

Ligações (basta clicar):

FACEBOOK: https://www.facebook.com/osauroraoficial

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/osauroraoficial

TWITTER: https://twitter.com/osauroraoficial

WEBSITE: http://www.osaurora.com/

 

iTunes: http://apple.co/2mIov7Y

Spotify: http://spoti.fi/2ncTEOB

TIDAL: https://t.co/F5jTU78kvz

FNAC: http://bit.ly/2mszEsO

 

A banda anunciou, já, os concertos de apresentação:

  • Porto, Hard Club, 24 Março
  • Lisboa, Hard Rock, 26 Março

Fonte e imagem: a banda.

Barcelenses indignu [lat.] apresentam álbum “OPHELIA”

Fevereiro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 18 de fevereiro, pelas 22h00, o coletivo de Barcelos “indignu [lat.]” apresentam o seu álbum “OPHELIA”. O concerto decorrerá no Teatro Gil Vicente – Barcelos.

Depois de “Odyssea” (2013), o grupo de Barcelos está de regresso aos discos com “Ophelia”. No novo trabalho, o sexteto abre o véu para a temática da bipolaridade humana, lembrando ao mesmo tempo que as maiores e mais desconcertantes viagens ocorrem, na maior parte das vezes, dentro de nós.

Gravado nos meses de Agosto de 2015 e Fevereiro e Março de 2016, “Ophelia” foi produzido por Paulo Miranda, conhecido produtor e responsável por trabalhos de The Legendary Tiger Man, peixe : avião, Old Jerusalem, entre outros, no AMP Studios, em Viana do Castelo, e masterizado por Miguel Marques, nos estúdios Sá da Bandeira, Porto, que masterizou também discos de Capitão Fausto, Keep Razors Sharp, Glockenwise e Filho da Mãe.

“indignu [lat.]” é formado por Afonso Dorido (guitarra), Graça Carvalho (violino e sintetizadores), Helena Silva (violino), Jimmy Moom (guitarra, metalofone, baixo), Paulo Miranda (bateria) e Mateus Nogueira (baixo, piano, guitarra).

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

1 16 17 18
Ir Para Cima