Tag archive

Nação Barcelense 2006

Nós somos o Gil!

Setembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Lucy Santos

Olá a todos os leitores do BnH!

Antes de mais, quero agradecer a todos os adeptos que têm ido ao estádio apoiar o clube da nossa cidade. É bonito e gratificante ver que já existem pessoas orgulhosas da sua camisola e do seu cachecol. E isso nota-se. Em cada foto tirada, em cada mexida no cachecol, em cada vaidade ao virar o símbolo para a selfie, em cada palavra a falar do nosso clube. Tinha muito mais a falar de vocês, mas com o coração cheio e feliz, só vos digo OBRIGADA! O CLUBE PRECISA DE VOCÊS! NÓS SOMOS O GIL!



Jogámos dois jogos em casa, com o Sporting de Braga e com o Setúbal. O Braga, que vinha de uma vitória para a Liga Europa contra o Spartak, e o Setúbal, que vem de uma situação mais complicada, ainda sem vitórias, sem golos marcados e de uma derrota pesada perante o FC Porto.

No jogo com o Braga, que decorreu no domingo, podemos destacar o apagão, que de certa forma, deu “luz verde” ao Gil Vicente. Entrámos mal no jogo e aos 6 minutos, viríamos a sofrer o 0-1, um golo que chegou cedo demais. Decorria a segunda parte, já com o Gil Vicente a mostrar mais atitude e Kraev aproximava-se da grande área do Braga e atirava à baliza, tendo Eduardo defendido a custo. A luz do estádio foi abaixo, mas não foi resultado da violência do remate, mas sim, dos relâmpagos que se viam e faziam sentir por cima do Estádio Cidade de Barcelos. O estádio ficou sem luz! Durante esse tempo, os jogadores continuavam no relvado a fazerem exercícios para não arrefecerem. Os cânticos entoados pelos adeptos e as luzes nos telemóveis deram lugar a um espetáculo bonito enquanto se esperava pelo retomar do jogo. Um momento insólito, mas bonito! Quando a luz voltou e o árbitro deu ordem para recomeçar o jogo, vimos um Gil Vicente diferente, com mais atitude e o Braga foi, claramente, encostado atrás da linha de meio campo. Tivemos várias oportunidades de golo e nesta segunda parte, estivemos sempre por cima do jogo. Aos 90m+19m, Sandro Lima fez o golo da igualdade. Um resultado justíssimo!

Podemos destacar, neste jogo, os reforços, Sandro Lima e Samuel Lino.

Sandro Lima, o autor do golo, é brasileiro e chegou a Portugal em 2013/14 para defender as cores do Rio Ave. Nunca se afirmou na I Liga, tendo já passado também por equipas como o Estoril, Académico de Viseu e Chaves. Chega ao Gil Vicente com 28 anos e tem, agora, uma nova oportunidade de se afirmar no máximo escalão.

A figura deste jogo é Lino. O brasileiro tem 19 anos, não precisou de 45m dentro de campo e já mostrou que merece mais oportunidades.

Não podemos também esquecer do reforço, talvez mais importante do Gil Vicente, Vítor Oliveira! Um nome que todos conhecem e que aceitou, talvez, o desafio mais difícil da sua carreira, mas cá entre nós, acho que ele já sabia para o que é que ia e sabia exatamente o que ia fazer.

Este sábado, pelas 21.30, jogámos novamente em casa, com o Setúbal.

Neste jogo, na primeira parte, e ao contrário do jogo com o Braga, entrámos mais controlados, mais concentrados e tivemos algumas oportunidades de golo que não se concretizaram.

Na segunda parte, quando achávamos que só nos faltava o golo, apareceu um Gil Vicente sem grandes ideias, a ser deixado levar pelo antijogo que o experiente Setúbal fez, durante todo o jogo.

Acaba por ser um resultado justo, devido a uma segunda parte sem brilhantismo e, apesar de haver uma ou outra oportunidade, não fomos além do empate sem golos.

Não podemos esquecer que o Setúbal, neste momento, é uma equipa muito boa defensivamente e que nos 3 jogos que fez, excetuando contra o FC Porto, não marcou golos, mas também não sofreu.

O campeonato estará parado uma semana por causa da seleção, mas na semana seguinte teremos uma deslocação difícil ao terreno do Benfica. Vou aproveitar para informar que haverá um pack viagem e bilhete para o jogo, mas para isso terão de fazer a vossa reserva com a pessoa responsável, Bruno Santos, pelo número 913936232.

Relembro, mais uma vez: continuem a apoiar o clube da nossa cidade como se tem feito notar, as bancadas têm estado cada vez mais compostas e têm aderido, junto com a nossa claque oficial Nação Barcelense, e veremos que só assim aparecerão melhores resultados dentro de campo, fazendo da massa associativa Barcelense o décimo segundo jogador

Apoiem sempre o clube da nossa cidade, em primeiro lugar! Façam-se sócios e convidem um amigo!

Por: Lucy Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Gil Vicente com duas vitórias em outros tantos jogos

Agosto 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Campo de Ribes, em Santa Maria de Oliveira (VN de Famalicão) recebeu a 2º jornada da Série “A” do Campeonato de Portugal, opondo a equipa da casa – AD Oliveirense – ao Gil Vicente FC, que terminou como vencedor, por 0-2.



A AD Oliveirense alinhou com Fábio Santos, João Sidónio, Soro, Fernando Neves, Jorginho (Stanly, 65’), Mohamed Touré, Lassina Touré (João Cardoso, 74’), Dibola Júnior, Tiago Silva, André Pereira e Apolo Silva. O treinador Tonau deixou no banco Jorge Sousa, André Gomes, Rui Ribeiro e Hélder Veloso.

Já Nandinho fez o Gil Vicente FC alinhar com Wellington, Júnior, Rui Faria, Bruno Morais, Edwin Vente, Tiago Gomes, Juan Villa (Ramalho, 68’), Gabriel Mejía (Henrique Brito, 74’), Joãozinho (Bruno Lopes, 65’), Tanko e Ahmed Isaiah. No banco ficaram Rafa Pires, Tiger, Dimba e Victor Hugo.

O Gil Vicente controlou o jogo, debaixo de intenso calor, com a AD Oliveirense a dar boa réplica. O primeiro golo gilista foi apontado por Gabriel Mejía, aos 39 minutos, num grande trabalho deste jogador colombiano, que recebe no peito, na zona da meia-lua, uma bola longa do seu compatriota Juan Villa, amortece-a e, de cabeça, coloca-a à disposição do seu pé direito, rematando sem hipóteses para o guarda-redes da casa. Grande passe e grande trabalho individual destes dois jovens (18 anos) colombianos que começam a mostrar qualidade. Gabriel que ainda teve uma bola na trave durante a 1ª parte.

Na 2ª, e poucos minutos depois de entrar, Bruno Lopes recebe um passe longo de outro jovem colombiano, no caso, Edwin Vente (22 anos), passa “na raça” por um defesa, entra na área e remata, permitindo a defesa de Fábio Santos com o pé. No entanto, a bola sobra de novo para o jogador gilista que recebe, vira para a baliza, prepara e aponta o remate, metendo a bola entre o guarda-redes e um jogador adversário, fechando o marcador em 0-2 para o Gil Vicente FC.

A equipa de arbitragem, dirigida por Carlos Macedo, coadjuvado por David Macedo e Ulisses Costa, mostrou dois cartões amarelos. Um a Ahmed Isaiah (35’), do Gil Vicente, e outro a Tiago Silva (37’), da Oliveirense.

No final, em declarações à GVTV, Nandinho salientou que era objetivo chegar a Santa Maria de Oliveira e vencer o jogo, algo que foi concretizado “com mérito, com justiça”. “Se calhar os números pecam por escasso, face ao volume de jogo que tivemos, em termos de oportunidades de golo e volume ofensivo. Mas acho que a vitória não sofre qualquer contestação. Fizemos uma boa exibição, na generalidade. Na segunda parte, ‘caímos’ um bocadinho, o jogo ficou um bocadinho mais repartido a partir do meio da segunda parte e segundo golo trouxe-nos, realmente, alguma tranquilidade. Há que realçar, acima de tudo, a globalidade, um jogo bem conseguido e uma vitória inteiramente justa da nossa equipa”, concluiu.

O Gil Vicente é, conjuntamente com o São Martinho, uma das duas únicas equipas apenas com vitórias (2) nesta Série “A”. Na próxima jornada, no dia 26 de agosto, os gilistas recebem, pelas 17h00, os Caçadores das Taipas.

Uma palavra para os adeptos que se deslocaram num final de domingo à tarde abrasador a terras do concelho famalicense, nomeadamente, para os membros da claque Nação Barcelense, que puxaram constantemente pela equipa, debaixo de sol, pois a bancada onde se encontravam não tinha cobertura, nem havia sombras para se resguardarem. Sem dúvida, de louvar.

Fotos: GVFC.

Gil Vicente entra a ganhar no campeonato

Agosto 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Estádio Cidade de Barcelos voltou a receber os jogos oficiais do Gil Vicente Futebol Clube, no caso, a contar para a 1ª jornada da Série A do Campeonato de Portugal, opondo a equipa de Barcelos ao Vizela.



De relembrar que os jogos do Gil Vicente FC não valem pontos, nem para os gilistas, nem para as equipas que os defrontam. O jogo de ontem fez com que o Vizela ficasse no fundo da tabela, se bem que ficou como se não tivesse ainda efetuado algum jogo, mesmo tendo sido derrotado por 1-0.

A partida teve como árbitro Daniel Cardoso, coadjuvado por Nélson Cardoso e Carlos Martins (AF Aveiro).

A equipa orientada por Nandinho alinhou com Vítor Brasil, Junior, Rui Faria, Bruno Morais, Edwin Vente (Henrique Brito, 64’), Tiago Gomes, Ahmed Isaiah, Juan Villa, Joãozinho (Tiger, 74’), Bruno Lopes (Dimba, 80’) e Tanko. No banco ficaram Rafa, Ramalho, Rui Gomes e Carlos.

Já a equipa orientada por Rui Amorim alinhou com Cajó, João Pedro, João Faria, Aidara, Igor Rocha, Zag, João Oliveira (Leandro Borges, 59’), Kuku (Kiko, 72’), Zé Valente, Correia (Fall, 68’) e Leandro Souza. No banco ficaram Rafa, Silla, André Soares e Weliton.

O jogo ficou decidido ainda na primeira parte, com o jovem colombiano da equipa gilista, Juan Villa, a apontar o tento da vitória, aos 43 minutos. Este jogo também ficou marcado pela expulsão, com vermelho direto, de João Silva, do Vizela, aos 70 minutos, muito pouco tempo depois do técnico vizelense ter refrescado o ataque com um ex-gilista (Fall).

Ainda no que concerne à disciplina, o árbitro admoestou com amarelo o gilista Rui Faria (30’) e o vizelense Aidara (34’).

A equipa gilista entrou, desta forma, da melhor maneira neste Campeonato, derrotando uma das boas equipas desta série. Na próxima jornada, o Gil Vicente FC desloca-se ao terreno da AD Oliveirense.

Nação Barcelense tem o seu autocarro com a pintura completa

Em março deste ano, a claque oficial do Gil Vicente FC, a Nação Barcelense, anunciou a aquisição de um autocarro para transportar os seus membros para os jogos da equipa gilista, por forma a que esta não deixe de ter apoio nas bancadas.

Na altura, Bruno Santos, líder da claque, salientou ao Barcelos na Hora que ainda faltava terminar alguns pormenores desse autocarro, nomeadamente, a pintura exterior alusiva à claque.

Pois bem, a Nação Barcelense conseguiu concluir mais um objetivo, estando o referido autocarro “vestido de gala” para percorrer as estradas deste nosso país, mostrando a todos quem nele vai, ou seja, a claque do Gil Vicente FC, a Nação Barcelense.

Fotos: GVFC e NB.

Gabriel (Gil Vicente) aborda momento da equipa e lança jogo frente ao Guimarães B

Março 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em conferência de imprensa difundida pela GVTV, o defesa brasileiro do Gil Vicente, Gabriel, abordou o momento atual da equipa gilista, o último jogo e o jogo deste domingo, pelas 16h00, em Guimarães, frente ao Vitória B local.



Sobre a vitória caseira frente ao Leixões, na última jornada e ao fim de 15 jogos sem vencer, Gabriel salientou que esta chegou no momento certo. “A vitória veio num momento certo, ainda faltam muitas jornadas. Estávamos a necessitar dessa vitória. Agora é continuar a trabalhar, com os ‘pés no chão’ e bastante humildade. Foi apenas uma vitória, ainda não conquistamos nada. A equipa está focada e vamos fortes para enfrentar o Guimarães”, disse.

O defesa, questionado sobre as críticas que iam surgindo, quer na comunicação social, quer na opinião pública, sobre a falta de vitórias da equipa, referiu que” não temos que estar preocupados com o que as pessoas acham e falam de fora e escrevem nos jornais”, não deixando de ressalvar que “ninguém gosta de estar na situação em que estamos. Estamos todos focados que vamos sair desta situação. Eu confio muito na nossa equipa e creio que vamos dar a volta por cima e responder a muita gente”.

Em relação ao próximo adversário, o Guimarães B, Gabriel salientou que “nesta Liga não há equipas fracas. São jogos parecidos e temos que olhar muito os adversários. Vamos impor o nosso ritmo, como fizemos com o Leixões. Creio que vamos sair vitoriosos. É claro que a vitória deu-nos mais confiança, a equipa jogo bem com 11 e, depois, com um homem a menos conseguimos dar a volta por cima do resultado. Depois de sofrermos o empate ainda com um a menos conseguimos dar a volta. Acho que isso mostra o poder da nossa equipa, da união e acho que ficou claro para todos que não há falta de vontade no nosso grupo. Infelizmente, nos jogos anteriores houve um ou outro que a bola não entrava. Mas isso já passou. Essa vitória traz-nos mais confiança e, daqui para a frente, espero só vitórias”.

Por fim, instado a falar sobre a importância dos adeptos e, nomeadamente, da claque gilista Nação Barcelense, o experiente defesa enalteceu a sua importância e deixou, para além de um pedido, uma dedicatória. “É importante todos agarrarem-se, dar as mãos. O apoio deles foi fundamental no jogo anterior, contra o Leixões. Dedicamos essa vitória também a eles, que estão sempre connosco, sempre a mandar mensagens. Antes dos jogos estão na garagem, no parque de estacionamento, com bandeiras e isso é importante para nós. É preciso transmitir, essa confiança e mostrar que estamos todos juntos. Espero que apareçam mais adeptos no Estádio. Da nossa parte não vai faltar vontade, empenho e vamos atrás de mais vitórias. Conto com o apoio deles em Guimarães”, terminou.

Nação Barcelense, claque do Gil Vicente, adquire autocarro

Março 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Esta semana, a claque do Gil Vicente FC, Nação Barcelense, anunciou a aquisição de um autocarro para as deslocações dos seus elementos, por forma a apoiarem o clube barcelense.



Foi através de uma rede social que Bruno Santos, líder da Nação Barcelense, anunciou a “boa nova” e o concretizar desse objetivo, desse sonho.

A este jornal, Bruno Santos referiu que o projeto “foi bastante pensado e analisado. Há cerca de dois anos colocámos o projeto em PPL Crowdfunding. Consistia em angariar o máximo de dinheiro possível entre as pessoas, durante cerca de dois meses. Caso não chegasse ao valor total, devolviam o dinheiro já depositado”, referiu.

No entanto, o caminho nem sempre foi fácil. “Conseguimos angariar algum porque as pessoas disseram para ficar com o dinheiro e o restante fomos angariando através de venda de rifas, leilões de camisolas de jogadores e venda de produtos”, salientou Bruno Santos.

A claque teve o apoio de adeptos, “que se disponibilizaram para nos ajudar, comprando produtos”, afirmou o responsável.

De momento, o principal projeto da claque é concluir o autocarro, faltando a parte da elaboração e dos acabamentos. Entretanto, seguir-se-ão novos projetos que já têm em vista.

Sobre o balanço do trabalho, não só seu, como da equipa que dirige e organiza a claque, Bruno Santos faz um balanço positivo. “Neste momento temos já a legalização da claque, onde já despendemos, também, algum dinheiro. E, agora, o projeto do autocarro, que servirá para levar mais gente ao estádio e minimizar os custos das deslocações”, referiu.

Como diz a sabedoria popular, “quem corre por gosto, não cansa”. No caso deste responsável, e de quem o acompanha, essa evidência parece ser um facto. “Quando se trabalha em prol de um projeto desta dimensão, que é o nosso clube, o clube da nossa cidade, com vontade, dedicação e muito trabalho, tem tudo para dar certo. Os resultados falam por si. Estamos a trabalhar arduamente para conseguir atingir os nossos objetivos. Barcelos merece”, salientou Bruno Santos.

Por fim, este responsável aproveitou para “agradecer a toda esta direção, que me tem apoiado”, deixando no ar que “brevemente, teremos outro grande projeto”, concluiu.

Foto: BS.

Adepta gilista realiza leilão para ajudar claque Nação Barcelense

Janeiro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Lucy Santos, adepta gilista, está a realizar, através do seu perfil de Facebook, um leilão online por forma a poder ajudar a Associação Nação Barcelense 2006, claque do Gil Vicente Futebol Clube.



O objeto em leilão é um cachecol do “Gil Vicente Campeão”, de 2010-2011, sendo que o leilão termina na próxima terça-feira, às 22h00.

Para aceder ao leilão online basta clicar no seguinte link (entra direto):

https://www.facebook.com/lucilia.figueiredo.9/posts/10204024292283635

Foto: LS.

Ir Para Cima