Tag archive

Norte 2020

Norte 2020 viabiliza financiamentos de 61 milhões de euros para fazer avançar a Ciência na Região

Abril 7, 2021 em Atualidade, Ciência, Concelho, Economia, Educação, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) apresentou esta terça-feira um dos mais robustos pacotes de sempre de apoio às infraestruturas científicas e a projetos de Investigação & Desenvolvimento na região Norte. No evento que contou com a participação da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e do Ministro da Ciência e Tecnologia, Manuel Heitor – o Presidente da CCDR-N, António Cunha, destacou que “a Ciência é hoje um pilar do desenvolvimento regional do Norte”.

Ao todo, a CCDR-N tem aprovados ou em fase final de aprovação, ao abrigo do NORTE 2020 (Programa Operacional Regional do Norte), um conjunto de financiamentos comunitários que ascende a 61 milhões de euros, num investimento total de 72 milhões, a realizar até 2023.

Neste conjunto, destacam-se os investimentos estruturantes em oito infraestruturas científicas da região, com um volume de financiamento comunitário superior a 30 milhões de euros.

Entre esses está o “Centro Compreensivo do Cancro do Porto” (P.CCC), que agregará o Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto e o i3S Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto, tendo por objetivo promover a investigação e inovação de ponta e transformar o futuro dos cuidados oncológicos, através da disponibilização de produtos para o rastreamento, diagnóstico e terapia do cancro. O desenvolvimento de biomarcadores para vigilância de pacientes oncológicos e familiares em risco, novas metodologias de diagnóstico e prognóstico e estratégias terapêuticas, modelos experimentais de pesquisa pré-clínica e ensaios clínicos iniciais para medicamentos novos ou reaproveitados.

Os demais projetos deste pacote, dizem respeito a infraestruturas para investigação da química biológica e a genética (Instituto de Biologia Molecular e Celular, IBMC), a computação avançada e a investigação em recursos microbianos (Universidade do Minho), o desenvolvimento da microscopia avançada para as ciências da Saúde (Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, INL), a investigação em nutrição e alimentação (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), o desenvolvimento de aplicações tecnológicas para o tratamento de nutrientes, água e energia (Fraunhofer Portugal), e a digitalização da investigação clínica no Norte de Portugal (envolvendo o Centro Clínico Académico), este último em fase final de aprovação.

Também no pipeline de aprovação, em fase final de análise, encontra-se o projeto “BIOPOLIS”, promovido pelo ICETA – Instituto de Ciências, Tecnologias e Agroambiente da Universidade do Porto, para a criação de um centro de excelência em biologia ambiental, Ecossistemas e agrodiversidade, investimento que ascende a 13 milhões de euros, com um financiamento de 11 milhões.

Fonte|Foto: CCDR-N

NORTE 2020 financia programas para a inserção de pessoas em situação de sem-abrigo

Dezembro 22, 2020 em Atualidade, Economia, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em nota informativa enviada às redações, o NORTE 2020 informa que, lançou um concurso direcionado para a inserção de pessoas em situação de sem-abrigo (AVISO NORTE-30-2020-92). O aviso tem uma dotação financeira máxima de 1,5 milhões de Euros e encontra-se aberto até ao dia 29 de janeiro.


O concurso insere-se no Objetivo Temático “Promover a inclusão social e combater a pobreza e qualquer tipo de discriminação” e destina-se entidades públicas e a entidades privadas sem fins lucrativos como autarquias locais, fundações, associações de desenvolvimento regional e local, empresas municipais, organizações não-governamentais e outras entidades privadas sem fins lucrativos que tenham no seu objeto social ou como prática reconhecida a intervenção junto de pessoas em situação de sem-abrigo.
No âmbito desta tipologia de operação são financiadas operações que integrem a criação de equipas que assegurem o acompanhamento psicossocial e o acesso aos recursos existentes na comunidade, bem como a respostas integradas dirigidas a pessoas em risco de exclusão social, nomeadamente em situação de sem-abrigo; e o desenvolvimento de respostas que implementem ações ocupacionais adequadas às características e vulnerabilidades das pessoas em situação de sem-abrigo, promovendo a empregabilidade e a inserção profissional.
Estão ainda complementadas ações que favoreçam o combate ao estigma que incide sobre a condição de sem-abrigo, designadamente: iniciativas de informação e de sensibilização das comunidades locais sobre o fenómeno das pessoas em situação de sem-abrigo, tendo em vista a prevenção e o combate à discriminação; e ações de capacitação e de formação pessoal, emocional e profissional à medida das competências cognitivas, psicológicas, emocionais e dos estados de saúde física e mental das pessoas em situação de sem-abrigo.

Fonte: CCDRN

PSD Barcelos “lamenta posição modesta” do Município de Barcelos nos projetos aprovados no âmbito do “Norte 2020”

Abril 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Partido elogia desempenho das empresas barcelenses

Em nota enviada às redações, o PSD Barcelos fez saber que “lamenta a posição modesta da Câmara de Barcelos no ranking dos financiamentos dos diversos municípios” no que concerne aos projetos aprovados para apoio ao investimento municipal no âmbito do programa de apoio “Norte 2020”.



Segue, na íntegra, a referida nota:

«Mais uma vez…Empresários Barcelenses à frente da Câmara na captação de Fundos Comunitários

O NORTE 2020 publicou os valores de PROJETOS APROVADOS para apoio ao INVESTIMENTO MUNICIPAL nos 86 Municípios da CCDR-Norte, apoiados por Fundos Comunitários, contabilizados até à data de 31 de março 2020.

O PSD de Barcelos lamenta a posição modesta da Câmara de Barcelos no ranking dos financiamentos aos diversos Municípios, porque está ao nível dos Concelhos médios e muito abaixo do que é conseguido pelos Concelhos grandes.

1 – Porto – 24 projetos – 41.289.144,06€

2 – Gaia – 39 – 38.492.197,21

3 – Matosinhos – 55 – 27.467.037,60

4 – Braga – 24 – 26.828.840,16

5 – Bragança – 26 – 19.573.121,44

6 – Famalicão – 25 – 19.119.384,94

7 – Maia – 46 – 18.564.677,62

8 – Chaves – 51 – 17.741.728,79

9 – Viana Castelo – 38 – 17.076.396,22

10 – Valongo – 27 – 15.354.297,60

11 – Gondomar – 51 – 11.877.222,27

12 – Barcelos – 22 – 10.806.096,52

13 – Póvoa Varzim – 19 –10.452.715,25

14 – Guimarães – 18 – 10.104.081,18

15 – Ponte de Lima – 22 – 9.726.557,82

16 – Santo Tirso – 36 – 9.232.264,95

20 – Fafe – 17 – 8.887.063,51

26 – Arcos Valdevez – 14 – 7.291.232,22

Um desconfortável e pouco auspicioso 12º lugar.

Ora, os apoios ao investimento municipal destinam-se à “construção ou modernização de infraestruturas coletivas, de que são exemplo as escolas, a promoção do património cultural e natural, a aposta em eficiência energética, a promoção das TIC nos serviços públicos, bem como da reabilitação e mobilidade urbanas e ainda, neste domínio investimentos de caráter intermunicipal”.

É ESTA A AMBIÇÃO DA NOSSA CÂMARA PARA BARCELOS E PARA OS BARCELENSES!!!!

Felizmente os Empresários Barcelenses têm uma visão maior, e assim, nos “PROJETOS APROVADOS para apoio ao INVESTIMENTO EMPRESARIAL”, encontram-se em posição contrária!

1 – PORTO – 547 PROJECTOS – 64.442.250,48€

2 – GUIMARÃES – 386 – 54.701.347,38

3 – Braga – 345 – 41.692.144,95

4 – BARCELOS – 256 – 39.984.425,95

Um honroso e profícuo 4º lugar.

É caso para questionar a Câmara no que está a falhar face ao sector privado!

Falta de iniciativa, de garra e de acreditar no futuro de Barcelos.

Impõe-se à Câmara rever de imediato a sua política no que tange a esta matéria.»

Fotos: José Santos Silva e DR.

Ir Para Cima