Tag archive

obras públicas

Empreitada de recuperação da Casa Conde Vilas Boas foi adjudicada

Abril 13, 2021 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou a adjudicação da empreitada de “Recuperação e remodelação da Casa Conde Vilas”, pelo valor de 2.779.993,93€ (IVA incluído) e com um prazo de execução de 18 meses.

A Casa Condes Vilas Boas é um edifício histórico, em pleno Largo do Município, que se encontra degradado, por isso, é objetivo do Município fazer uma intervenção com reabilitação integral, permitindo criar uma estrutura vocacionada para a memória da cidade e para a realização de eventos que possam atrair dinâmicas de outras instituições, ao mesmo tempo que é recuperada a qualidade paisagística do ambiente urbano da margem direita do rio Cávado e da Ponte Medieval.

A empreitada visa a preservação do enquadramento original, com a conservação de alguns elementos arquitetónicos, nomeadamente de fachadas, e a recuperação e reprodução fiel de alguns elementos decorativos. O edifício setecentista, que contempla uma área de jardim significativa voltada para o Cávado, conta com uma localização privilegiada. Está próximo de um conjunto de equipamentos culturais de significativa importância, como o Museu de Olaria, a Biblioteca Municipal, o Theatro Gil Vicente, a Galeria Municipal de Arte e o futuro Centro de Expressão pela Arte, que está a nascer na Casa Ascensão Correia. A Casa Conde Vilas Boas assume-se com um elemento importante na malha de serviços culturais.

Nesse contexto, a Casa Conde Vilas vai acolher o Museu do Design Português que contará com o acervo do colecionador Paulo Parra, composto por cerca de 500 peças, que representam as maiores empresas industriais e designers do país nas áreas da cerâmica, vidro, madeira, metal, plásticos e papel.

O edifício a ser recuperado vai incluir, também, o arquivo histórico e sala de exposições.

Fonte|Foto: MB

Começou hoje a obra de requalificação da Praceta Dulce de Montalvo (Urbanização São José).

Março 26, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Após a auscultação dos moradores, que demonstraram muito interesse na realização desta obra, a União das Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedro), iniciou hoje a requalificação da Praceta Dulce de Montalvo ( Urbanização de São José).

Esta obra tem como objetivo a requalificação do ringue, criação de novos espaços de lazer com a colocação de mesas, máquinas de manutenção física e divertimentos infantis.

Com esta intervenção será melhorado o espaço de lazer e consequentemente a qualidade de vida dos cidadãos.

Fonte|Foto: UFB

Câmara avança com construção de campos de treino junto ao Cidade de Barcelos

Março 5, 2021 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Está em fase de conclusão o processo de concurso público para a construção de campos de treinos no Complexo Desportivo Cidade de Barcelos. A empreitada, cuja adjudicação está para breve, tem um preço base de 2.348.313,71€ (IVA incluído), verba totalmente a suportar pelo Município.


Com o intuito de criar as melhores condições para a prática desportiva, em especial para os escalões da formação, e atendendo às carências existentes no tocante a espaços disponíveis no concelho, com visibilidade acrescida no clube de futebol com maior projeção do concelho, o Gil Vicente, o projeto implica a construção de dois campos de treino.

Estes equipamentos ficarão localizados a norte do Estádio Cidade de Barcelos, numa área de terreno a intervir, propriedade do Município, com cerca de 25 mil m2. Será construído um campo com relva natural e outro em sintético. A empreitada implica também a construção de uma bancada, com cinco filas.


Com esta obra dá-se passos significativos para a futura Cidade Desportiva de Barcelos e abre-se a porta à possibilidade de libertação das instalações do Estádio Adelino Ribeiro Novo, atualmente com poucas condições para a prática desportiva.


A criação das melhores condições para a prática desportiva tem sido uma preocupação do Município que, desde 2015, tem colaborado com várias coletividades do concelho, através da atribuição de apoios financeiros, para a instalação de relvados sintéticos.

Fonte|Foto: MB

Adjudicada reabilitação do edifício dos Paços do Concelho

Março 3, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal vai dar início a obras de reabilitação no edifício dos Paços do Concelho. A par da requalificação da imagem arquitetónica do edifício, a empreitada visa o melhoramento das condições físicas do edificado, a criação de percursos acessíveis para pessoas com mobilidade condicionada e a melhoria das condições de segurança contra risco de incêndios. 


Em termos mais pormenorizados, será feita a substituição das caixilharias e janelas, com colocação de vidro duplo, de forma a uma melhor eficiência térmica e acústica. Os estores também serão substituídos e as portadas em madeira maciça recuperadas. Serão, ainda, colocadas portas corta-fogo. 
A cobertura do auditório municipal em camarinha de cobre será recuperada. Já a cobertura com telha cerâmica será limpa e, em caso de elementos danificados, estes serão substituídos. As paredes exteriores serão limpas e reparadas. As interiores serão pintadas à cor existente. 


No que respeita à acessibilidade de pessoas com mobilidade condicionada, serão criados percursos acessíveis à maioria dos espaços do edifício. Dada a natureza arquitetónica e a dificuldade de ligação entre a ala poente e a nascente, consideraram-se duas entradas acessíveis ao edifício: uma pelo alçado sul, através da rampa de acesso ao Balcão Único, e outra pelo alçado poente, designadamente pelo portão que dá acesso ao claustro, ao auditório e ao elevador principal. Esta entrada irá assegurar o acesso aos três pisos do edifício a pessoas com mobilidade reduzida, designadamente o acesso ao auditório, à secretaria geral, aos recursos humanos, às instalações sanitárias, assim como ao piso superior, onde se localizam salas de reuniões, vereação e presidência. 

Fonte|Foto: MB

Passagem superior à Linha do Minho, em Aborim, vai ser ampliada

Fevereiro 25, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Está adjudicada a obra de ampliação/construção da passagem superior à Linha do Linho, em Aborim. A empreitada tem um custo de 291.448,04€ (IVA incluído), totalmente suportado pelo Município, e um prazo de execução de 150 dias. 


A atual passagem superior, construída em alvenaria de granito, tem um perfil transversal de 2,45 metros, o que condiciona fortemente a fluidez do trânsito nesta via de acesso primordial ao cemitério da freguesia. 
A intervenção projetada prevê que a faixa de rodagem, com duas vias de circulação, passe a ter 5,40 metros, a que acresce um metro de passeio num dos lados. 

A empreitada irá manter a altura da passagem acima dos seis metros, não interferindo ou prejudicando o sistema de eletrificação da Linha do Minho. 
A intervenção pretende causar o menor impacto possível na circulação, nomeadamente no que diz respeito ao tráfego ferroviário e à velocidade de circulação. Não haverá, por isso, qualquer construção, incluindo fundações, a uma distância inferior a cinco metros do eixo da via ferroviária, suscetível de afetar a estabilidade dos taludes.

Fonte|Foto: MB

Município adjudica obra de requalificação da Escola Gonçalo Pereira

Fevereiro 23, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em reunião ordinária realizada sexta-feira, dia 19 de fevereiro, a Câmara Municipal de Barcelos, aprovou a adjudicação da empreitada de requalificação do edifício da antiga Escola Gonçalo Pereira, por um valor de 1.312.077,01€ (IVA incluído) e um prazo de execução de 365 dias, tendo em vista a instalação, naquele espaço, da Escola Superior de Design do IPCA. 

Construído nos anos 30 do século XX, o edifício, edificado na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra e constituído por subcave, rés-do-chão e primeiro andar, apresenta-se em bom estado de conservação.

No entanto, por forma a melhor se adaptar às necessidades educativas de estudantes e professores de Design, serão adaptados e criados novos espaços. Na subcave ficarão localizados quatro espaços de oficinas, uma sala de arquivo e duas zonas técnicas. Na ala oeste, irá manter-se o acesso ao exterior de forma a garantir uma área de cargas e descargas. Quanto ao rés do chão ficará reservado para os acessos principais ao edifício, com espaço para serviços administrativos, sala de reuniões, gabinetes, uma sala multiusos, uma copa de apoio, bar e cantina. Já no piso um, além das salas, destaca-se a criação de áreas expositivas, com ênfase para uma parede que será substituída por um vidro, duplicando a profundidade do hall e atribuindo ao espaço um caráter inovador e arrojado, perfeitamente enquadrado com a Escola Superior de Design.

Em todo o edifício, as instalações sanitárias também serão alvo de intervenção. 
A empreitada terá também em conta a necessidade e importância em conservar a imagem pública e coletiva do edifício, procurando manter a traça original do edificado, nomeadamente com a recuperação da claraboia existente, da fachada, dos vãos e do desenho antigo da porta principal. 

Fonte: MB

Foto: IPCA

*Artigo atualizado 23/02/2021 às 11:49

Câmara Municipal requalifica Escola primária de Durrães

Fevereiro 21, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal vai proceder à reabilitação da escola primária de Durrães. A empreitada, já adjudicada, terá um custo 215.755,30€ (IVA incluído), totalmente suportado pelo Município, e um prazo de execução de 180 dias. 


O objetivo é melhorar as condições de bem-estar dos alunos, com intervenções ao nível das fachadas e coberturas, resolvendo problemas de isolamento térmico. Todos os vãos interiores serão substituídos assim como o sombreamento interior. As caixilharias foram alteradas recentemente, assim como colocado vidro duplo nas janelas, pelo que nestas áreas não haverá intervenção. 


No interior, as instalações sanitárias serão melhoradas por forma a poderem ser usadas por alunos com mobilidade reduzida. Irá proceder-se também à substituição dos revestimentos em mau estado, à reparação dos pavimentos em madeira e será colocado teto falso. 
A escola primária de Durrães é um edifício de dois pisos, com duas salas em cada um, átrio de entrada central, instalações sanitárias e alpendre no exterior. Pertence ao conjunto de edifícios escolares designados por “Plano dos Centenários”, construídos, segundo os projetos-tipo regionalizados de escolas primárias, aprovados pela Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais em 1935. 

Fonte|Foto: MB

Ir Para Cima