Tag archive

Patrícia Gomes

A DIGICOM volta para uma 3ª Edição em Barcelos

Novembro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, nos dias 9 e 10 de novembro, no Teatro Gil Vicente, em Barcelos, a segunda edição da DIGICOM, Conferência Internacional de Design e Comunicação Digital.



A conferência, organizada pela Escola Superior de Design (ESD), do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), foi palco de debate sobre o papel do design e da comunicação nos diferentes meios e plataformas digitais interativas.

A DIGICOM nasceu do âmbito de uma estratégia de inovação na área do Design Digital pela ESD, que começou no IPCA com a abertura do Mestrado em Design Digital, e da necessidade de se debater sobre esta área do Design e da Comunicação.

A sessão de abertura contou com a presença de Manuel Mota, em representação do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, a Vice-Presidente do IPCA, Patrícia Gomes, Paula Tavares, Diretora da Escola Superior de Design e Nuno Martins, Chair da DIGICOM e Diretor do Mestrado em Design Digital.

Manuel Mota começou por enaltecer a iniciativa e o facto de a mesma acontecer na cidade de Barcelos.  Já a Vice-Presidente, Patrícia Gomes, mostrou o orgulho que sente nesta conferência, ao elevar internacionalmente o nome do IPCA.

Paula Tavares referiu, no seu discurso, a importância da filosofia da conferência, num ambiente de comunicação digital, mas que no fundo se espera uma troca de conhecimentos entre várias áreas.

Nuno Martins, organizador da conferência, não podia estar mais satisfeito com os resultados, tanto da primeira edição como da segunda, que terminou no passado sábado, e adiantou que para o ano haverá a terceira edição da DIGICOM, mantendo-se a cidade de Barcelos como palco desta conferência.

A DIGICOM teve como convidados Mauricio Wolff, Designer do site BOOKING (a maior site mundial de alojamentos); Ernesto Ferreira, Chefe de Vendas na E-GOI (uma das principais empresas nacionais de marketing digital); Nuno Coelho Santos, Designer da DEEPMIND (empresa da Google) e Donato Ricci, Designer e Investigador sobre os métodos de design em Ciências Humanas e Sociais.

Além dos oradores convidados, foram apresentadas na DIGICOM mais de 30 comunicações, num evento que agregou diferentes investigadores, designers e académicos da área da comunicação digital.

Da organização fizeram parte vários docentes da ESD, assim como, estudantes do Mestrado em Design Digital e da Licenciatura em Design Gráfico do IPCA.

Fonte e fotos: IPCA.

Politécnicos juntaram-se em Barcelos para debater projetos na área das TIC

Janeiro 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, acolheu hoje o 5º Fórum Politécnico, que juntou mais de uma centena de participantes, entre representantes de Politécnicos de todo o país, investigadores, empresários e estudantes.

Promovido pelo Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), em colaboração com o Programa de Modernização e Valorização do Ensino Politécnico, este Fórum contou com a presença, na sessão de abertura, da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernanda Rollo, que enalteceu esta iniciativa orientada para a apresentação e debate de projetos na área das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Secretária_de_Estado_e_Vice_Presidente_IPCA
Fernanda Rollo (esquerda) e Patrícia Gomes (direita)

Fernanda Rollo afirmou, igualmente, que as instituições de Ensino Superior Politécnico têm dado um “contributo extraordinário” para a criação de uma cidadania digital no nosso país, realçando a convicção de que a área das TIC terá um “papel decisivo” para o futuro de Portugal.

Neste Fórum Politécnico foram apresentados, precisamente, seis projetos de investigação no domínio das TIC, desenvolvidos por Institutos Politécnicos. Um dos que teve maior impacto e suscitou os mais rasgados elogios foi o projeto “All Aboard”, que nasceu no âmbito de uma dissertação de mestrado realizada na Escola Superior de Tecnologia do IPCA e visa estimular a experimentação e a programação de sistemas digitais.

O “All Aboard” é uma plataforma pedagógica, suportada por uma equipa de formação, manuais e vídeos, que tem como base de trabalho um kit de hardware para programação e robótica. Apresentado pelo seu autor, Carlos Sousa, este kit tem vários sensores e atuadores incorporados e adapta-se a diferentes ambientes de desenvolvimento, proporcionando às crianças do ensino básico uma forma de fácil aprendizagem da programação através da realização de diferentes desafios lançados pela plataforma, que conjugam hardware e software.

O projeto já despertou, inclusive, a curiosidade da Microsoft que, no início de fevereiro, irá deslocar dos Estados Unidos até Barcelos uma equipa de reportagem, propositadamente, para conhecer melhor o “All Aboard”.

Foram, ainda, apresentados projetos dos Politécnicos de Setúbal, Bragança, Leiria, Beja e Tomar, alguns dos quais já implementados em colaboração com Câmaras Municipais e empresas parceiras.

Da parte da tarde, representantes de quatro empresas de referência (Cisco, Primavera Software, Eurotux e Altran Portugal) partilharam as suas experiências na área das competências digitais e abordaram as oportunidades e desafios, designadamente para os jovens recém-licenciados.

Na sessão de encerramento, o coordenador do Programa de Modernização e Valorização do Ensino Politécnico, Eduardo Beira, fez um balanço “muito positivo” deste Fórum Politécnico #5.

Em jeito de balanço, afirmou ter ficado demonstrado que “o valor da experiência e da prática na capacitação dos estudantes é um dos principais desafios” para o ensino superior, considerando fundamental proporcionar-lhes a possibilidade de terem “experiência no terreno” durante a sua formação.

Eduardo_Beira_e_Nuno_Mangas
Eduardo Beira (esquerda) e Nuno Mangas (direita)

“O sistema politécnico tem que ambicionar ser melhor do que as universidades. E, pela minha experiência, considero que ser melhor, sendo diferente, é perfeitamente possível”, concluiu.

A última intervenção coube ao Presidente do CCISP, Nuno Mangas. Em sua opinião, “estes fóruns têm vindo a cumprir os seus objetivos e estão em crescendo”, realçando o facto de “promoverem o encontro e a partilha” entre as instituições de Ensino Superior Politécnico, bem como entre estas e as empresas.

Nuno Mangas salientou, ainda, o “papel muito importante” do ensino superior para ajudar a ultrapassar “as grandes carências que a nossa sociedade tem ao nível das competências digitais e, também, de profissionais na área das TIC”.

Por outro lado, acrescentou, “os Politécnicos vêm demonstrando uma apetência crescente para o desenvolvimento de projetos de investigação nas TIC”.

O próximo Fórum Politécnico irá decorrer já no próximo mês de fevereiro, na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra e terá como tema central de discussão o papel dos simuladores no ensino da saúde.

Ir Para Cima