Tag archive

Polónia

Karol Brozek: «Adoro Portugal e sei, com toda a certeza, que voltarei!»

Setembro 5, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Karol Brozek

Olá! O meu nome é Karol. Sou da Polónia e sou voluntário. Trabalho na SOPRO, uma organização de solidariedade, vivo em Portugal há quase um ano e estou aqui num projeto de SVE (Serviço Voluntário Europeu).



A decisão de ser um participante neste tipo de projetos foi tomada depois de um grave acidente. Após este acontecimento, senti que tinha ganho uma nova oportunidade na vida e cresceu em mim a vontade de fazer algo bom por outras pessoas sem pensar em benefícios próprios. E no fim, esta decisão deu-me muito mais do que esperava. Deu-me muitos amigos incríveis, autoconfiança e um bocadinho de responsabilidade (não muita, porque sou uma pessoa que opera mais em sentimentos e emoções do que em trabalhos que necessitem de organização e racionalização). Neste artigo gostaria de vos contar um pouco sobre as minhas experiências, aventuras e o que senti em Barcelos e em Portugal.

Escolhi Portugal, maioritariamente, por uma única razão: vocês têm o melhor jogador do mundo de futebol e eu sou um fanático por este desporto em especial. Um dos primeiros grandes torneios foi o Euro 2004. Lembro-me dos primeiros jogos do vosso ídolo, Cristiano Ronaldo, e lembro-me também da final infeliz contra a Grécia. Após 15 anos, senti a necessidade de ver os mesmos estádios e cidades que vi na televisão quando era criança. Algo que me surpreendeu bastante e pelo qual não esperava era que, aqui, todos fossem grandes entusiastas em relação ao futebol, até as mulheres! Gostei muito disso. Para mim, é realmente espetacular poder falar com todos sobre futebol. O meu clube favorito é o Gil Vicente e acredito que nesta época eles consigam jogar com o Benfica ou com o FC Porto e até ganhar, e quem sabe, até ser campeão português.

Gosto mesmo muito dos portugueses por serem muito amáveis e ajudarem sempre que podem. Posso descrever isto que acabei de referir com um exemplo muito simples. Se estiveres na rua, na Polónia, e vires outras pessoas, se continuares a sorrir, provavelmente vais reparar que a pessoa para quem sorrias desviou o olhar para o chão com alguma vergonha. Aqui em Portugal, na mesma situação e após alguns instantes, são amigos. Respeito muito isto pois apesar de Portugal não ser o país mais rico do mundo, todos vivem com um sorriso na cara.

Portugal tem também doces e pratos muito bons! O pastel de nata, para mim, é já um clássico português que adoro. A francesinha é muito boa também! Eu adoro peixe, por isso, também aprecio bacalhau, mas para ser honesto, não percebo o seu fenómeno. Talvez tenha vivido pouco tempo em Portugal para o compreender. Relativamente à língua portuguesa, esta é bastante complicada, mas com a ajuda que fui recebendo, já compreendo algumas coisas. No início, não conseguia reconhecer quando uma palavra terminava e outra começava. Para mim, era algo como “eszzszszszeszszszczszzse”. Agora, está bastante melhor!

Outra coisa que apreciei muito em Portugal é o facto de os portugueses viverem com pessoas de diversos países, como por exemplo, Brasil, Venezuela e Cabo Verde, sem conflitos supérfluos e desnecessários. Na Polónia, penso que uma vivência semelhante traria situações bastante diferentes.

Algo que me surpreendeu muito foi o facto de Portugal não apresentar temperaturas de -20 °C, como na Polónia, e, mesmo assim, eu podia ter congelado durante o inverno! Não esperava isto. Achava que seria sempre um tempo incrível e ameno.

Em Barcelos, o que mais gosto é da bonita ponte velha e da pequena e encantadora biblioteca. O dono teve uma ideia de génio. O espaço de leitura com ar fresco e vista incrível fascinam-me.

Relativamente ao meu projeto de SVE, no início, tive algumas tarefas na Ludoteca do Colégio La Salle. Eu e um amigo meu da Polónia preenchíamos o tempo livre dos alunos do Colégio. Esta foi uma experiência nova para mim, que me permitiu conhecer melhor os alunos e partilhar experiências com eles. Trabalhei na ludoteca durante 2 meses e após esse período, o meu amigo da Polónia decidiu voltar para a terra natal. Na mesma altura em que o meu amigo partiu, chegou um novo voluntário à SOPRO, vindo da Turquia. Juntos, fomos trabalhar para a Loja Social de Esposende. Adorei o conceito desta loja! Aqui, não existe dinheiro, mas sim, créditos. As pessoas podem doar alimentos e roupa e receber em troca outro tipo de bens. Isto quer dizer que alguém que necessite, por exemplo, de uma camisola para o inverno, pode ir à loja, trocar t-shirts de verão por créditos e, com esses créditos, levar a camisola de inverno. Após este tempo na loja social, ocorreu o enorme tornado em Moçambique. Nessa altura, todos os membros da SOPRO focaram-se em ajudar as pessoas de lá. Fiquei bastante surpreendido quando vi muitos portugueses a doar produtos úteis, que enviámos para Moçambique. Às vezes penso que os portugueses nasceram para uma coisa: ajudar os outros.

Vi muitos locais bonitos em Portugal, mas o meu preferido é a cidade do Porto. Decidi que outra forma de conhecer Portugal, e também Espanha e as suas pessoas, seria ao realizar o Caminho de Santiago a pé. A viagem demorou 6 dias e trouxe algumas dificuldades (a principal foi ter de fazer parte do caminho com apenas uma perna). Esta foi uma ótima experiência que me fez sentir confiante e poderoso. Este foi o início dos meus treinos. Após esta viagem, decidi participar numa maratona. A 3 de novembro de 2019, em Istambul, irei participar na minha primeira maratona, por isso, cruzem os dedos por mim.

Calma, calma, calma – é a palavra que mais vezes ouvi. Eu gosto deste estilo de vida calmo. Como se estivéssemos em férias constantes. Talvez no supermercado seja ligeiramente problemático, mas não posso reclamar.

Para resumir, adoro Portugal e sei, com toda a certeza, que voltarei!

Adeus!

Por: Karol Brozek*.


**Note-se que esta notícia foi escrita em inglês pelo voluntário Karol Brozek e traduzida pela voluntária da SOPRO, Margarida Pereira.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Professores e alunos da Secundária Alcaides de Faria em projetos internacionais

Maio 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 13 e 17 de maio, a Escola Secundária Alcaides de Faria terá professores e alunos “em movimento”, participando em projetos internacionais no âmbito do programa Eramus.



Duas professoras e seis alunos participarão no projeto “We are better friends with stories”, na Polónia, onde irão trabalhar histórias partilhadas pelos vários países participantes.

Pela mesma altura, duas professoras e oito alunos irão a Itália, num projeto em que se debatem ideias e perspetivas relacionadas com a Democracia e os Diretos Humanos.

Todos os intervenientes têm reunido e trabalhado afincadamente, no sentido de darem o melhor da sua cidade e do seu país no estrangeiro.

Foto: DR.

Graça Costa, dos Amigos da Montanha, representa Portugal no Campeonato do Mundo

Abril 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelense bate recorde nacional de escalão

A atleta dos Amigos da Montanha, Graça Costa, representou, no último sábado, a Seleção Nacional no Campeonato do Mundo de Pista Coberta de veteranos, realizado em Torun, na Polónia.



Graça Costa correu a Meia Maratona, alcançando um novo recorde nacional de escalão, ao fazer o tempo de 1h32m48s. A atleta dos AM alcançou a 5ª posição no escalão F55 e o 34º lugar na classificação geral feminina.

Graça Costa salienta a sua participação “numa prova com os melhores atletas mundiais em cada disciplina. A meia maratona teve ritmos elevadíssimos, o que forçou a dar o melhor de mim e a conseguir um ótimo resultado. A organização do evento foi excelente, tanto a nível desportivo, como a nível logístico, assim como a comitiva portuguesa, com uma excelente receção aos atletas”, referiu a atleta.

A atleta foi, ainda, chamada a participar no 200m estafetas. “Longe de ser a minha praia, não podia perder a oportunidade de correr na pista com outras grandes atletas”, salientou.

A ANAV – Associação Nacional Atletismo Veterano salientou, também, esta participação na sua página de Facebook: “Portugal esteve representado com uma equipa feminina no escalão F40 e uma masculina no escalão M40. Pelas mulheres, correram a Isabel Ferreira, a Bárbara Moreira, a Ana Macedo e a Graça Costa. Foi impressionante assistir a como uma velocista, uma varista, uma marchadora e uma fundista se fizeram à pista com toda a força que tinham. Terminaram num 7º lugar, com 2h21m08s e a certeza que deram o máximo.”

Fotos: DR.

Barcelense Vanessa Barbosa, judoca da ADC Manhente, conquista medalha de bronze na Taça Europeia de Judo

Julho 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, a jovem judoca da Associação Desportiva e Cultural (ADC) de Manhente, Vanessa Barbosa [ndr: à direita na foto de destaque], conquistou a medalha de bronze na Taça Europeia de Judo, em Juniores, categoria de -44kg.



A atleta barcelense, em representação da Seleção Nacional, conseguiu este grande feito em Gdynia, na Polónia, tendo ficado apenas atrás de ucraniana Kateryna Sablieva (1ª) e da britânica Jaime-Leigh Whitaker (2ª).

Vanessa Barbosa manter-se-á em estágio até dia 11 de junho e depois partirá para a República Checa para nova competição em representação das cores nacionais.

Em nota, a ADC Manhente deixou a Vanessa Barbosa e ao seu treinador, Nélson Azevedo, os “parabéns pelo feito alcançado”.

Foto: DR.

Judoca Vanessa Barbosa, da ADC Manhente, representa Portugal na Polónia e República Checa

Julho 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A judoca Vanessa Barbosa, da Associação Desportiva e Cultural (ADC) de Manhente está, desde hoje e até dia 11, na Polónia em representação da Seleção Nacional de Judo, categoria de Juniores, onde estará em competição e estágio.



Vanessa Barbosa e seu treinador Nélson Azevedo marcarão presença na Junior European Judo Cup and Training Camp, a realizar em Gdynia, na Polónia.

Entretanto, a judoca também convocada para estar a representar a Seleção Nacional em Praga, capital da República Checa, entre 19 e 25 de julho.

Depois de já ter estado presente, conjuntamente com o seu colega de equipa João Pires, na Taça da Europa de Juniores, em A Corunha – Espanha, este é mais um momento marcante na já profícua carreira desta jovem judoca, assim como, no da ADC Manhente.

Foto: ADCM (alterada).

Barcelos presente na primeira reunião magna da Rede Mundial das Cidades Criativas

Junho 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, participou na primeira reunião magna da Rede Mundial das Cidades Criativas, que se realizou em Cracóvia e Katowice, na Polónia, entre os dias 12 e 15 de junho.



Este foi um evento que juntou mais de 350 delegados e 40 responsáveis políticos de 180 cidades da rede, nos domínios criativos que a sustentam: Artesanato e Arte Popular, Gastronomia, Design, Filmes, Media Artes, Música e Literatura.

Neste encontro anual foram debatidas estratégias de desenvolvimento nos domínios criativos referidos e na forma como estes devem prosseguir no sentido de dar cumprimento dos 17 objetivos da Agenda 2030 das Nações Unidas, que estão focados na constituição de um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar da humanidade, proteger o meio ambiente e combater as alterações climáticas, tendo na inovação e criatividade argumentos fortes e válidos de desenvolvimento urbano e como exemplos de boas práticas a nível global.

Barcelos tem no seu programa para os primeiros quatro anos, a criação de espaços na cidade que potenciem o desenvolvimento e regeneração urbana tendo por base as artes e ofícios tradicionais. Possui um programa de educação pelas artes que visa disseminar e fortalecer o saber fazer criativo que está associado ao território, sendo a Torre Medieval um dos pontos mais importantes da promoção e internacionalização desta criatividade. Possui, ainda, um programa de internacionalização do artesanato, que se encontra já em curso; a organização de um meeting anual no domínio dos buyers das artes e ofícios e a cooperação com cidades dos países de língua oficial portuguesa para o desenvolvimento das artes e ofícios, como argumento de desenvolvimento socioeconómico. Ações que se enquadram e são muito valorizadas pela rede das Cidades Criativas no domínio do Artesanato e Arte Popular.

O encontro anual potenciou a interação entre diversas cidades do mundo nos mais variados panoramas criativos, tendo-se revelado fundamental para o estreitamento de laços, reforço e estabelecimento de parcerias dentro das redes temáticas.

No caso de Barcelos, foram particularmente proveitosos os contactos estabelecidos com cidades como Limoges (França), Porto Novo (Benim), João Pessoa (Brasil), Fabriano (Itália), Bagui (Filipinas), Carrara (Itália), Kutahya (Turquia) e Skeki (Azerbaijão), que possibilitaram o conhecimento de novas dimensões das artes e ofícios no mundo, que permitirão conduzir ao estabelecimento de novas parcerias criativas e de partilha de práticas e experiências, bem como ao estabelecimento de ações conjuntas de promoção das artes e ofícios como argumentos centrais para a sustentabilidade e desenvolvimento das cidades.

A participação de Barcelos neste Encontro Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, que integrou neste ano um Mayors Forum, “foi, sem dúvida, um marco para internacionalização do Município. Foi um momento relevante para o encontro de decisores políticos, que possibilitou o conhecimento e partilha de novas políticas e outras dinâmicas municipais, de âmbito criativo, a nível global”, refere o Município em nota.

“Não menos importante, este encontro foi um momento que contribuiu para estreitar laços com as cidades portuguesas que integram esta rede, com vista ao desenvolvimento de ações futuras e conjuntas, que contribuam positivamente para o estabelecimento de um horizonte comum e proeficiente para as cidades que integram esta rede”, concluiu.

Fonte e fotos: CMB.

 

Barcelos participa em encontro europeu em Itália

Maio 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos, conjuntamente com os de Siderno (Itália), de Sebes (Roménia) e de Tarnowiec (Polónia), participou em Siderno, Itália, de 6 a 14 de maio, no projeto “Europa para os Cidadãos”, com o objetivo de promover o desenvolvimento de atividades culturais, através de intercâmbios, e enriquecer a experiência e o conhecimento sobre a Europa.



Os quatro municípios participantes assinaram um acordo de parceria “Promover a Cidadania: Uma Europa Mais Unida”, de forma a criar o envolvimento dos cidadãos da União Europeia em atividades que desenvolvam a participação cívica e democrática, permitindo-lhes compreender melhor o processo de desenvolvimento político da União Europeia e criar condições adequadas para fomentar o envolvimento social, o diálogo intercultural e o voluntariado, promovendo a história e os valores partilhados da Europa e estimulando o sentimento de pertença à comunidade.

O referido projeto teve financiamento da comunidade europeia, permitindo que o Município de Barcelos fosse representado por uma delegação de 12 pessoas, composta por representes do Município (vereadores), técnicos do município, assim como, presidentes de junta.

As delegações presentes neste encontro participaram, ainda, em várias palestras, mesas redondas e reuniões com políticos, professores e estudantes do ensino básico, onde abordaram temas como a atual situação europeia e as vantagens de suas políticas, reconhecendo as dificuldades e desafios futuros, ficando patente que o futuro da Europa passa pela união de povos e culturas.

Durante uma semana, os delegados dos municípios tiveram a oportunidade de conhecer a região de Calábria, entrar em contacto com as tradições e estabelecer um diálogo e uma comparação entre culturas.

A presença do Município de Barcelos neste projeto deve-se ao facto deste ter, “durante os últimos anos, efetuado uma firme aposta em promover os valores europeus, aprofundando o conhecimento e partilha entre as culturas, absorvendo as boas práticas das diferentes realidades, no sentido da construção de uma identidade e cidadania europeia. Esta aposta tem sido materializada através da participação ativa em vários programas europeus, de grande relevância, como o Programa Europa para os Cidadãos e o Programa Erasmus +”, refere o Município em nota.

Fonte e foto: CMB.

 

 

Ir Para Cima