Tag archive

Posto de Turismo

Setembro traz exposições aos espaços culturais de Barcelos

Setembro 17, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos “continua a apostar na diversificação das suas exposições nos diferentes espaços culturais da cidade”, refere em nota.



Assim, no dia 18 de setembro decorrerá a abertura de três exposições em três diferentes espaços culturais: Posto de Turismo, Torre Medieval e Galeria Municipal de Arte.

O Posto de Turismo de Barcelos recebe a exposição “Criações de ferro pelas mãos de Testa” em que é apresentada a obra de um novo artesão barcelense (João Brito, que usa o nome artístico de “Testa”) no registo da produção do ferro e derivados. Trata-se de uma obra que resulta de um trabalho criativo singular que envolve o manuseamento do ferro, a reciclagem e a recontextualização de peças deste material em contexto artístico, numa incursão criativa e artística de grande valor.

Cartaz da exposição (Imagem: CMB)

Na Torre Medieval estará patente a exposição “O Mocho, um ícone de cultura popular” que tem como motivo central o mocho, figura que aparece nesta ação trabalhada em vários materiais e diversas produções artesanais locais, com prevalência para a produção certificada do figurado de Barcelos. Uma exposição que conta com a participação de dezenas de artesãos barcelenses, em mais um ato criativo de grande valor só possível em Barcelos face à riqueza e variedade de produções e, acima de tudo, devido ao sentido criativo ímpar da comunidade criativa local. As exposições estão patentes nos espaços até 18 de outubro.

Por último, a Galeria Municipal de Arte abre a exposição “A Essência de um Legado” de Frederico Dinis, um compositor português, performer audiovisual, investigador e produtor de media artes que procura representar um espaço-tempo figurativo, combinando diferentes narrativas sonoras e visuais com espaços inusitados.

Cartaz da exposição (Imagem: CMB)

A exposição está patente até 31 de outubro e pode ser visitada de terça a sexta-feira das 10h00 às 17h30 e aos sábados, domingos e feriados das 14h00 às 17h30.

Fonte e fotos: CMB.

Exposição de bordado de crivo patente no Posto de Turismo

Julho 27, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Economia, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Posto de Turismo de Barcelos tem patente, até 13 de setembro, a exposição “A Singeleza do Bordado de Crivo” da artesã barcelense Glória Araújo.



A exposição foi inaugurada no dia 24 de julho e, devido às restrições em termos de ocupação de espaços fechados, a mesma contou apenas com a presença da Vereadora do Turismo, Ilda Trilho, da artesã Glória Araújo e de alguns artistas.

A Vereadora do Turismo salientou a importância desta exposição no sentido de os espaços culturais do Município conseguirem diversificar tanto, no sentido de exporem todas as artes patentes “num concelho onde cada vez mais as artes e ofícios tradicionais continuam a manter uma forte presença na economia e que urge em continuar a valorizar”.

“Esta exposição mostra e dignifica que a certificação do bordado de crivo trouxe um momento de valorização deste produto e afirmação da dinamização económica, bem como a sua proteção e diferenciação”, referiu.

Glória Araújo agradeceu ao Município o apoio que tem dado aos artesãos e a valorização que transmitiu aos artesãos de bordado de crivo, ao apoiar a certificação desta produção, em 2019.

E acrescentou que “com esta exposição, pretendo dar a conhecer os meus trabalhos e promover esta produção certificada na sua generalidade pois constitui um património nacional que muita nos orgulha a nós enquanto artesãos e, com certeza a todos os barcelenses”.

Glória Araújo é, hoje, acreditada pelo CEARTE- Centro de Formação Profissional para o Artesanato e o Património, e uma das três artesãs certificadas da produção Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00; aos sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00; e domingos, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00.

Fonte e fotos: CMB.

Exposições patentes nos espaços municipais de Barcelos

Junho 5, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos reabriu os espaços municipais no dia 1 de junho e a reabertura ficou marcada com a inauguração de uma exposição na Torre Medieval e Posto de Turismo e o prolongamento de exposições noutros espaços municipais.



A nova exposição é sobre a olaria e figurado da artesã barcelense Inês Machado, podendo ser vista até 5 de julho e pretende homenagear o seu trabalho nestas áreas. A obra de Inês Machado é conhecida pela elaboração de peças com um misto de cores vidradas e viva, de grande dimensão, utilizando o barro branco e preto. É uma das artesãs certificadas de produção da arte popular portuguesa e é reconhecida como um alicerce da comunidade artesanal local.

Na Galeria Municipal de Arte, foi prolongada até 5 de julho a exposição coletiva, “No Feminino”, de Carmen Touza, Maria Beatitude, Marília Leitão, Noelle Tutenuit e Rosa Vaz. São trabalhos de cinco mulheres pintoras que, a partir de diferentes estéticas, apresentam a sua visão do feminino.

A exposição “Guizos”, de Virgínia Fróis, no Museu de Olaria, foi prolongada até 12 de julho. É composta por diferentes elementos cerâmicos para mexer e para observação de objetos sonoros de percussão.

Para além destas obras, estão patentes no Museu da Olaria, até ao final do ano, as exposições, “Olaria do Norte de Portugal”, com peças de louça utilitária pertencentes aos mais importantes centros oleiros do norte de Portugal, e “O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção de Juan Yebra-Pimentel Rodriguez O espanhol”, uma coleção com destaque para a dimensão das peças, feita por um apaixonado pelo trabalho de Rosa Ramalho.

Fonte e imagem: CMB.

Profissional do Posto de Turismo de Barcelos distinguido pela APROTURM

Novembro 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Nuno Rodrigues foi o profissional reconhecido

Nos dias 15 e 16 de novembro, o Auditório Municipal de Vieira do Minho recebeu o I Congresso dos Profissionais de Turismo do Minho, organizado pela APROTURM – Associação dos Profissionais de Turismo do Minho.



Durante este Congresso, que teve Telmo Correia, deputado do CDS, como uma das figuras convidadas, foram distinguidos como “Profissional do Turismo do Minho do Ano de 2019” três profissionais de áreas distintas deste setor.

O Conselho de Ética e Deontologia da APROTURM aprovou, por unanimidade e aclamação, a atribuição da distinção ao Chefe José Vinagre – “Profissional Chefe de Cozinha” –; a João Alpuim Botelho – “Profissional de Museu” –; e a Nuno Rodrigues – “Profissional de Posto de Turismo” –, este último, profissional do Posto de Turismo de Barcelos.

A distinção de “Profissional do Turismo do Minho do Ano de 2019”, é uma distinção atribuída anualmente pela APROTURM, como reconhecimento de todos os profissionais pelos colegas que mais se destacaram no ano em curso.

“Pretende-se, desta forma, contribuir para a dignificação das profissões e dos profissionais do turismo, que contribuem todos os dias para fazer de Portugal um Destino Turístico de referência mundial. O trabalho profissional realizado e o exemplo de dedicação e rigor são atributos muito importantes no desempenho de um profissional de turismo e contribui para o bom funcionamento da organização onde trabalha.

É neste contexto de reconhecer o mérito dos profissionais de turismo que a APROTURM anualmente dará a conhecer os profissionais que nos diferentes setores do Turismo, Hotelaria e Restauração mais contribuíram para o engrandecimento da classe e das organizações onde trabalham”, refere a Associação em nota.

A APROTURM, através de um processo de auscultação dos profissionais de cada setor, vai recolhendo informação sobre a opinião dos profissionais sobre quais os colegas que mais se destacam no âmbito da classe e do setor profissional em que se insere.

Ao longo do ano, a APROTURM vai contactando com os profissionais nas suas diferentes organizações e vai recebendo contributos de colegas profissionais que procuram organizar candidaturas, com a identificação dos profissionais à referida distinção. Recebidos todos os contributos até 30 de outubro de cada ano, segue-se um processo de análise e seriação das diferentes candidaturas apresentadas e apoiados pelos colegas de profissão, que são apresentadas previamente ao Conselho de Ética e Deontologia da APROTURM. Compete àquele Conselho a análise e verificação das candidaturas, da respetiva fundamentação e a seleção do “Profissional de Turismo do Ano”.

Entre os parâmetros em Análise estão:

– Número de anos na atividade profissional;

– Competências Profissionais e Académicas;

Curriculum Vitae;

– Colaboração com entidades do Turismo, Hotelaria e Restauração em eventos públicos;

– Participação nas Organizações da Sociedade Civil;

– Prémios de Mérito e Distinções recebidas de outras entidades;

– Apoio direto de pelo menos 10 profissionais do mesmo setor;

A distinção de “Profissional de Turismo do Minho” constitui, assim, um reconhecimento público dos profissionais de turismo que trabalham na região e que, desta forma, pretendem reforçar o espírito de classe e contribuir de forma notável para que o Minho seja um Destino Turístico de relevância nacional e internacional.

A APROTURM é uma Associação, sem fins lucrativos, constituída em 3 de abril de 2019 e tem como principais objetivos:

1) Unir, representar, expressar e defender os interesses dos profissionais de turismo;

2) Cumprir e fazer cumprir as garantias éticas e técnicas inerentes à qualidade de profissional de turismo;

3) Fomentar o avanço técnico-científico, a qualidade e o desenvolvimento das profissões e das competências exigidas para o seu desempenho.

Para mais informações sobre esta associação, visitar: www.aproturm.com.

Fotos: APROTURM.

Primeira sessão de certificação do Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira aberta à comunidade

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos promove, no dia 17 de setembro, às 11h00, a primeira sessão de certificação do Bordado de Crivo de São Miguel da Carreira, numa cerimónia que terá lugar na sala multimédia do Posto de Turismo de Barcelos.



Nesta sessão, aberta à comunidade, serão certificadas as primeiras peças desta produção singular do contexto criativo do concelho de Barcelos e iniciada mais uma etapa que tem por finalidade “a valorização deste produto, a sua afirmação e dinamização económica, bem como a sua proteção e diferenciação como produção de excelência”.

“O Município espera, com esta ação simbólica, dar sequência ao processo iniciado em 2017 e que recolheu parecer positivo da Comissão Consultiva para a Certificação das Produções Artesanais Tradicionais (CCCPAT), órgão criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 121/2015, de 30 de junho de 2018, e criar uma nova dinâmica na produção, considerada por muitos uma das mais singulares do contexto da artes e ofícios deste cluster em Portugal e, ainda, acrescentar-lhe valor de forma a que a mesma desperte o interesse dos jovens para as oportunidades de emprego que esta pode proporcionar em diversos patamares, como a comercialização em segmentos de procura médios alto e naturalmente ao nível do turismo criativo. De igual modo, espera-se que esta ação seja um élan para que os territórios barcelenses onde existem pessoas com saber-fazer neste domínio o estruturem e o coloquem ao dispor da comunidade e da comercialização, fortalecendo esta produção singular”, refere em nota.

O Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira já está inscrito no Registo Nacional de Produções Certificadas desde 29 de junho do ano passado, após a aprovação do caderno de especificações.

No passado dia 23 de janeiro, o Município e a ADERE – Certifica assinaram um acordo de colaboração para a concessão da certificação do bordado de crivo de S. Miguel da Carreira, tornando-se Barcelos o primeiro concelho do país com três produções artesanais certificadas.

Fonte e foto: CMB.

Exposição “De Mar a Mar – o Caminho de Santiago em 3D” no Posto de Turismo de Barcelos

Julho 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura hoje, pelas 21h00, no Posto de Turismo de Barcelos, a exposição “De Mar a Mar – o Caminho de Santiago em 3D”, da Xunta de Galicia. Esta exposição é composta por 20 fotografias do Caminho Português de Santiago na Galiza, sendo imagens de alta resolução em formato anáglifo 3D.



O Caminho de Santiago é apresentado como uma rota universal, espiritual, histórica e monumental, Primeiro Itinerário Cultural Europeu, cuja meta é o túmulo do Apóstolo Santiago Maior, em Santiago de Compostela.

Esta exposição estará patente de 25 de julho a 20 de agosto de 2019 e está integrada no programa de comemorações do 8º aniversário da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos.

Imagem: DR.

Barcelos Doce promove pastelaria tradicional de Natal

Novembro 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Iniciativa decorre nos dias 1 e 2 de dezembro

A Câmara Municipal de Barcelos promove, nos dias 1 e 2 de dezembro, o concurso Barcelos Doce. Durante a manhã de sábado, no Posto de Turismo, doze pastelarias e padarias do concelho, que participam neste concurso, mostram a doçaria típica da época de Natal, como o bolo-rei, o pão de ló e o tronco de Natal, confecionados de acordo com as tradições gastronómicas da região.



Quem visitar a cidade nesta altura e se deslocar ao Posto de Turismo, pode saborear estes doces produzidos no concelho. Durante o restante fim de semana o Concurso continua nas pastelarias aderentes.

Esta iniciativa insere-se no programa dedicado aos prazeres da gastronomia, promovido pelo Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Barcelos e que, de fevereiro a dezembro, evidencia vários pratos típicos, desde a lampreia ao bacalhau, passando pelo galo assado, arroz “pica no chão” e petiscos, terminando, com chave de ouro, com a doçaria tradicional de Natal.

Com ela, “pretende-se divulgar e promover os sabores dos doces de Natal, confecionados pelas pastelarias, padarias e confeitarias do concelho de Barcelos”, refere o Município em nota.

A iniciativa conta com a participação da: Pastelaria Chá e Nata (Rio Côvo Santa Eugénia), Pastelaria Doce da Consolação (Vila Seca), Pastelaria Doce da Bá (Viatodos), Pastelaria Doce Santo Amaro (Viatodos), Padaria Flor de Durrães (Durrães), Pastelaria Lina (Manhente), Pastelaria Mercado do Pão (Barcelos), Pastelaria Minnelli (Barcelos), Padaria Pacheco (Viatodos), Pastelaria Rosa Cintilante (Gilmonde), Padaria Santa Luzia (Barcelinhos) e Padaria e Pastelaria S. Bento (Várzea).

Fonte e imagem: CMB.

Posto de Turismo recebe exposição “A louça regional de Barcelos na gastronomia”

Julho 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura hoje, pelas 17h00, no Posto de Turismo de Barcelos, a exposição “A louça regional de Barcelos na gastronomia”, que estará patente até 9 de setembro, com entrada livre.



Esta exposição resulta da continuidade da exposição “Louças de Barcelos, uma arte intemporal”, que se realizou em janeiro de 2018. De acordo com o Município, ela pretende “dar a conhecer a riqueza da Louça Regional de Barcelos, uma louça utilitária e decorativa de excelente qualidade, que confere tradição e culturalidade às iguarias gastronómicas do nosso país”.

Ainda de acordo com o Município, o principal objetivo desta exposição “é fazer com que a Louça Regional de Barcelos seja olhada, não apenas como louça utilitária, mas, fundamentalmente, como um património que se apraz salvaguardar enquanto herança cultural, testemunho de vivências e saberes coletivos”.

Imagem: AB.

Barcelense Márcio Fernandes inaugura exposição “Um novo olhar para a construção de Cabeçudos e Gigantones”

Abril 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 27 de abril, inaugurou, no Posto de Turismo de Barcelos, a exposição “Um novo olhar para a construção de Cabeçudos e Gigantones”, do barcelense Márcio Fernandes, residente em Faria.



A inauguração contou com a presença dos vereadores José Beleza e Anabela Real, que puderam, em primeira mão, apreciar as várias obras deste artista barcelense, nesta que é a primeira exposição de cabeçudos e gigantones em Barcelos.

Márcio Fernandes (direita) com José Beleza

Nesta exposição, que é mais um reflexo da criatividade, originalidade e identidade barcelense, será possível apreciar alguns exemplares de cabeçudos e gigantones que Márcio Fernandes tem vindo fazer, bem como o seu processo construtivo, atestando mais uma vez a distinção de Barcelos através da sua integração na Rede Mundial das Cidades Criativas da UNESCO.

O interesse pela construção de cabeçudos surgiu-lhe em 2013, quando decidiu adquirir um exemplar de um Diabo para usar como adereço na “Queima do Judas”, em Faria, uma tradição desta freguesia, da qual Márcio Fernandes é o autor dos testamentos e das peças de teatro de rua. O propósito para a utilização do cabeçudo era fazer a ligação de duas tradições populares tão enraizadas no Minho, de carácter satírico.

Márcio Fernandes iniciou a pesquisa deste tema, mas a tarefa que parecia ser fácil, tornou-se árdua, uma vez que não conseguiu encontrar artesãos e/ou artistas plásticos com disponibilidade para o ajudar na concretização de um objetivo que parecia ser simples. Decide então enveredar pelo autodidatismo, com o objetivo de dominar esta técnica.

Marcou presença em várias feiras de artesanato, festas e romarias, nas quais sabia que iria encontrar artesãos e Grupos de Zés Pereiras e gigantones, de forma a obter orientações para a elaboração do cabeçudo. Com muita persistência, no fim do ano de 2015, após ter efetuado inúmeros testes, conseguiu chegar ao seu primeiro exemplar, um cabeçudo que retratava um homem comum.

Atualmente, Márcio Fernandes é um apaixonado pelo processo criativo, sendo um dos seus principais objetivos contribuir para a continuidade desta arte no concelho de Barcelos, através da propagação dos seus conhecimentos a quem queira aprender as diferentes fases de construção, em prol da divulgação e preservação deste ofício tradicional.

Fonte e fotos: CMB.

 

Márcio Fernandes expõe “Cabeçudos e Gigantones” no Posto de Turismo de Barcelos

Abril 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Abre amanhã, dia 27 de abril, no Posto de Turismo de Barcelos, a exposição “Um novo olhar para a construção de Cabeçudos e Gigantones”, de Márcio Fernandes, patente até 28 de maio.



Nesta exposição, que é mais um reflexo da criatividade, originalidade e identidade barcelense, é possível apreciar alguns exemplares de cabeçudos e gigantones que Márcio Fernandes tem vindo fazer, bem como o seu processo construtivo, atestando mais uma vez a distinção de Barcelos através da sua integração na Rede Mundial das Cidades Criativas da UNESCO.

O interesse pela construção de cabeçudos surge em 2013, quando decide adquirir um exemplar de um Diabo para usar como adereço na “Queima do Judas”, em Faria, uma tradição desta freguesia, da qual Márcio Fernandes é o autor dos testamentos e das peças de teatro de rua. O propósito para a utilização do cabeçudo era fazer a ligação de duas tradições populares tão enraizadas no Minho, de carácter satírico.

Márcio Fernandes iniciou a pesquisa deste tema, mas a tarefa que parecia ser fácil, tornou-se árdua, uma vez que não conseguiu encontrar artesãos e/ou artistas plásticos com disponibilidade para o ajudar na concretização de um objetivo que parecia ser simples. Decide então enveredar pelo autodidatismo, com o objetivo de dominar esta técnica.

Marcou presença em várias feiras de artesanato, festas e romarias, nas quais sabia que iria encontrar artesãos e Grupos de Zés Pereiras e gigantones, de forma a obter orientações para a elaboração do cabeçudo. Com muita persistência, no fim do ano de 2015, após ter efetuado inúmeros testes, conseguiu chegar ao seu primeiro exemplar, um cabeçudo que retratava um homem comum.

Atualmente, Márcio Fernandes é um apaixonado pelo processo criativo, sendo um dos seus principais objetivos contribuir para a continuidade desta arte no concelho de Barcelos, através da propagação dos seus conhecimentos a quem queira aprender as diferentes fases de construção, em prol da divulgação e preservação deste ofício tradicional.
Fonte e imagem: CMB.

Ir Para Cima