Tag archive

Raul Peixoto

Localização atual: prego a fundo ou inversão de marcha!

Novembro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Raúl Peixoto

Um dia, alguém me contou a metáfora do GPS. Então, essa pessoa contava-me que o GPS mostra ao seu utilizador as várias opções que tem para se deslocar desde o ponto de partida (que geralmente é a sua localização atual) até ao ponto de chegada (que geralmente é o local onde tem o objetivo de chegar). Uma das curiosidades mais interessantes quando estamos a tratar de tecnologia é que, quando as informações são bem adicionadas, a possibilidade de falha é quase nula. Seguindo o mesmo raciocínio, quando alguma informação é mal introduzida, o resultado será errado com toda a certeza. E seguindo a mesma lógica, quando algum dado está em falta, não será possível obter nenhum resultado, pois não existe informação suficiente para ser gerada uma resposta.



Posto isto, e assumindo como premissa que a tecnologia irá funcionar na perfeição, indicando ao GPS a localização atual precisa, e qual o destino que pretende chegar, ele irá sugerir várias hipóteses de caminhos que deverá percorrer para chegar onde pretende. Alguns desses caminhos conseguimos identificar logo à partida, enquanto que outros temos mais dificuldade pois nunca os percorremos e ainda não estamos a visualizar de forma clara por onde é que o GPS nos está a querer levar, contudo a certeza que temos é que qualquer uma das hipóteses levar-nos-á onde pretendemos.

Percebendo que na nossa vida é muito desafiante identificar de uma forma muito concreta (apesar de ser possível), que fazendo as coisas de determinada maneira, conseguimos atingir a vida que pretendemos, torna-se mais simples quando fazemos o exercício ao contrário.

Então se o caro leitor me permitir, gostava de o colocar numa situação hipotética:

Tenho o prazer de o convidar a imaginar que tudo na vida é possível. Não existem limitações, nem condicionantes. Pode ser, ter e fazer tudo o que pretender, sem ofender a liberdade das outras pessoas. TUDO É POSSÍVEL! Pode, finalmente, escolher ter a vida dos seus sonhos.

Gostava que refletisse sobre como seria a sua vida nesse momento. Que tipo de pessoa é? Uma melhor ou pior pessoa? Qual é o seu estilo de vida? Como é a sua família? Como são os seus amigos? Como é a sua saúde? Quantas vezes por ano tira férias com a sua família e amigos? Quais são as viagens que faz?

Depois de o levar nesta viagem gostava de lhe fazer uma nova pergunta:

Enquanto imaginava a vida dos seus sonhos, sentia-se uma pessoa mais feliz?

Certamente que sendo uma pessoa normal, imaginando a vida dos seus sonhos, eu arrisco em responder por si: Garantidamente que SIM! Certamente que se sentiu uma pessoa mais feliz, mais realizada e mais próspera, e essa foi uma boa sensação.

Tendo em conta que continua a ler este artigo, gostava de lhe dizer que considero que é uma pessoa empreendedora. Sendo que falamos a mesma língua, sei que irá aceitar este novo desafio que lhe vou propor. Quero, então, desafiá-lo agora a embarcar numa nova viagem.

Esta é uma viagem que o leva exatamente ao momento em que se encontra agora, neste preciso momento da sua vida!

Reflita, durante uns segundos, sobre a sua vida. Pense no ponto de situação atual, na pessoa que é e naquilo que faz diariamente.

A pergunta que lhe deixo para refletir é a seguinte:

Fazendo aquilo que faz hoje, daqui a 1, 2 , 5, 10 anos, terá a vida dos seus sonhos que imaginou? Sente que estará mais próximo de a conseguir?

Caso a sua resposta tenha sido “sim”, aconselho-o a que acelere e coloque PREGO A FUNDO porque está no caminho certo e deve continuar a fazer aquilo que está a fazer. Mas, caso a sua resposta tenha sido “não”, então sugiro que faça INVERSÃO DE MARCHA e comece a fazer coisas diferentes do que está a fazer agora, porque a sua vida é só uma e não está preso a uma vida que sabe que não o irá levar onde sonha. Perceba que todos nós nascemos para concretizar os nossos sonhos, e se não estamos a caminhar rumo à sua concretização, então o que estamos a fazer? A viver a vida que nos permitem? A contentarmo-nos com o mediano?

Deus fez-nos na plenitude da sua magnitude, feitos da mesma matéria, com diferentes origens. Alguns de nós fomos programados para sonhar e concretizar o que nos propomos, e alguns de nós fomos programados para acreditar que devemos de nos subjugar às vontades de outros, porque somos seres inferiores. A verdade é que somos seres ilimitados, com cérebros compostos pela mesma matéria. Por isso mesmo, todos nascemos para ser prósperos e para embarcar numa busca incessante pela vida dos nossos sonhos, porque essa esperança nunca ninguém nos pode tirar!

Então, a analogia com o GPS leva-nos ao segundo ponto importante na ascensão do empreendedor. Para atingir os nossos objetivos devemos ter claro, na nossa mente, para onde queremos ir. Sabendo isso, devemos refletir acerca da nossa situação atual, e se aquilo que sabemos e o que fazemos diariamente nos está a levar ao encontro do nosso destino desejado.

Fazendo isto, certamente que terá uma vida repleta de concretizações, vivendo a felicidade no seu sentido mais puro, junto das pessoas que mais gosta. Sabendo onde se encontra hoje, fazendo a coisa certa agora, rumo onde quer estar no seu futuro, garantidamente que nos iremos cruzar no caminho dos sonhos.

Até breve!

Caso tenha gostado deste artigo de opinião, recomendo a que acompanhe os próximos. E se for adepto de uma boa leitura, recomendo a ler o seguinte livro:

  • DESPERTE O GIGANTE QUE HÁ EM SI, Tony Robbins
Capa do livro (Imagem: DR)

Por: Raúl Peixoto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

A Ascensão do Empreendedor

Outubro 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Raúl Peixoto

O meu nome é Raúl Peixoto, tenho 24 anos e vivo na pequena freguesia de Tamel Santa Leocádia, em Barcelos.

Desde muito novo que sempre gostei de me envolver em atividades, sejam elas associativas, recreativas, religiosas ou desportivas. Com o tempo e após finalizar a minha licenciatura em Gestão em Viana do Castelo, onde criei algumas iniciativas no associativismo, decidi criar os meus projetos no mundo empresarial. Sou uma pessoa simples, humilde e muito ambiciosa. Considero-me um empreendedor.



Sou fundador e gestor de 2 empresas, a B&BI, uma agência de marketing digital e a Proximus, uma empresa de saúde ao domicílio. Sou fundador de uma comunidade de empreendedores, a Royal Network, e fundador de um grupo empresarial chamado Ana.Vi Group. Sou um estudante para sempre e um íman de pessoas de valor.

Uma longa caminhada está pela frente, muitos desafios para superar e muitas vitórias para conquistar, com uma certeza premente: Sempre acompanhado por muitas e muitas pessoas.

Como tal, inicio o desafio na escrita desta crónica com o objetivo de lançar alguns conceitos que considero relevantes com o que vou aprendendo nos livros que leio, nas aprendizagens que tenho, na experiência que vou adquirindo. Espero, profundamente, que seja um ponto de motivação para ação para o leitor que lê os artigos de opinião, e que tenha a ambição de ser empreendedor em tudo o que faz na vida.

Se o leitor tem como objetivo, na sua vida, ser uma pessoa feliz, de bem com a vida, que gosta de fazer o bem aos outros, que valoriza a sua família, que quer experienciar o melhor que a vida tem para nos dar, então eu identifico-me consigo. Nos artigos desta crónica irá encontrar várias reflexões que podem ajudar a tomar as melhores decisões com o objetivo de atingir esse modo de viver. Se à medida que lê esta apresentação se identifica com esta forma de pensar, então acompanhe os artigos porque irá gostar e será valioso para si.

Então vamos a isso!! 🙂

Mentalidade de longo prazo: O segredo para a prosperidade

Existe, na sociedade, um pensamento de curto prazo, que defende que aquilo em que nos envolvemos deve dar resultado num curto espaço de tempo. Defende, também, que se os resultados não aparecem passado esse pequeno intervalo de tempo, significa que não nascemos para aquele desafio, seja ele sermos um bom namorado, um bom colaborador, um bom vendedor, ou até um bom empreendedor. Este é um dos principais fatores que faz com que as pessoas iniciem algo e, pouco tempo depois, se deixem de esforçar da mesma forma que se esforçavam no momento inicial e, aos poucos, vão deixando cair por terra as suas ambições…E à medida que vão estando cada vez mais estagnados, a sua crença de que não nasceram para ser empreendedores, ou para vencer nos desafios que se propõem, vai aumentando, criando uma experiência negativa e um sentimento negativo no que diz respeito ao desafio. Isto que faz com que nunca mais queiram sequer aproximar-se, novamente, de serem empreendedores e ainda influenciando pessoas à sua volta para que não o façam, porque não tiveram a capacidade de o fazer.

A verdade é que o erro não está no conceito de se ser empreendedor, nem nas suas origens, a verdade é que o erro está na mentalidade da pessoa que ainda não sabe o que precisa de saber para levar avante os projetos em que se envolve.

Olhando para a história das pessoas mais bem-sucedidas, percebemos que existe quase um padrão de comportamento em todas elas. Em muitos dos casos, grandes projetos começaram pequenos, alguns deles numa garagem e, em muitos deles, esse projeto passa meses e anos a ter prejuízo, até que esteja no ponto chave para começar a ter resultados, em alguns casos, a ter resultados absolutamente estratosféricos. Se hoje em dia perguntassem aos fundadores do Facebook, da Coca-Cola, da Amazon, do Alibaba, da Microsoft, da Apple, se voltando com o tempo atrás, tomariam a mesma decisão em continuar com os seus projetos visionários, mesmo eles passando meses e meses sem dar resultado nenhum, qual acham que seria a resposta de cada um deles?

Pois bem, certamente que todos eles persistiriam, porque está na mentalidade deles persistirem na dificuldade e não desistirem até atingirem o que realmente pretendem. E estas mentes são as mentes que mudam o mundo, que inovam, que geram prosperidade para si próprios, para as suas famílias, e para as pessoas de quem gostam. Estas mentes que não desistem são as que experienciam a vida ao máximo e que são livres de tomarem as suas próprias decisões, porque não dependem de ninguém, dependem apenas e só de si próprios, porque conquistaram o seu próprio caminho.

Então, se tivesse que qualificar o primeiro passo que devemos dar para nos tornarmos empreendedores, é adotarmos um hábito de pensamento a longo prazo, que irá permitir-nos persistir perante a dificuldade e perante o fracasso, e não desistir quando convivemos com estes acontecimentos. As pessoas que pensam a longo prazo, têm escrito, no seu sangue, que o fracasso não faz delas fracassadas, o fracasso é apenas uma passagem no processo para serem pessoas bem-sucedidas (o que quer que seja, para cada um de nós, o sucesso). Pessoas que pensam a longo prazo, sabem que a dificuldade momentânea, ou que a falta de resultado momentâneo, significa que ainda existe algo mais a fazer para reverter a situação. Pessoas com esta mentalidade assumem que a responsabilidade pelo seu futuro depende, única e exclusivamente, delas e não têm a coragem de culpar os outros (quem quer que seja) porque estão bem cientes de que a responsabilidade está sempre do seu lado.

Somando a tudo isto, as pessoas que pensam desta forma programam-se para sacrificar o seu prazer momentâneo em prol do prazer MAIOR futuro. Isto significa que não se preocupam em faltar a uma festa, em comprar um telemóvel mais fraco, em faltar a um jantar dispendioso, em andar num carro mais fraco, em colocar a sua viagem de sonho em fila de espera, tudo em prol da construção do seu futuro. Pensam que, neste momento, a sua atenção terá que ser direcionada para a construção daquilo que a médio/longo prazo dará a liberdade para fazer tudo o que poderia fazer, mas com muita mais liberdade, com menos privações e com mais possibilidades para escolherem aquilo que querem, e fazerem-no quando bem entenderem.

Porque, afinal, o objetivo é sermos pessoas livres que tomam as suas próprias decisões, no momento que entendem que é mais indicado.

Adotando o pensamento de longo prazo, e fazendo a coisa certa HOJE, pode dirigir-se tranquilamente ao encontro de uma vida próspera, possibilitando dar segurança à sua família, experienciando, junto deles, as melhores coisas que a vida tem para dar.

Gostou do conteúdo deste artigo?

Então não pare por aqui…

Se o leitor gosta de ler, sugiro que leia os seguintes livros, que são duas bíblias que deve ter na sua mesa de cabeceira e que vão ajudar a adotar esta forma de pensar:

Pense e Fique Rico, Napoleon Hill

Capa do livro “Pense e fique rico” (Imagem: DR)

Pai Rico e Pai Pobre, Robert Kiyozaki

Capa do livro “Pai Rico e Pai Pobre” (Imagem: DR)

Por: Raúl Peixoto* (Jovem Empreendedor Barcelense)

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Imagens: DR.

Empreendedor Barcelense lança empresa de Cuidados de Saúde ao Domicílio

Agosto 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

Raúl Peixoto, de 24 anos, natural de Tamel Santa Leocádia, Barcelos, acaba de lançar mais uma empresa no mercado nacional, a PROXIMUS. O jovem, que no último ano lançou três projetos empresariais, aposta agora na área dos serviços de saúde ao domicílio.



“Um jovem que procura superar-se diariamente”. É assim que Raúl se descreve. O projeto da PROXIMUS foi uma oportunidade de negócio que surgiu depois de ter incentivado uma amiga enfermeira a criar a sua própria empresa de cuidados de saúde ao domicílio. A jovem decidiu avançar com o projeto e convidou o empreendedor barcelense para ser seu sócio, que aceitou prontamente o desafio.

“Percebemos que seria muito benéfico criarmos uma união entre os meus conhecimentos a nível empresarial e de gestão, aos conhecimentos técnicos e operacionais que a Rafaela [Ndr: Rafaela Silva] possui”, explica este empreendedor.

A PROXIMUS tem como objetivo levar cuidados de saúde de excelência ao domicílio e procura diferenciar-se pela componente pessoal e humana dos seus profissionais. “Queremos diferenciar pela relação e pelo cuidado que prestamos aos nossos clientes, porque acreditamos que isso é o nosso ponto forte e onde reside a nossa aposta”, esclarece o barcelense.

Inicialmente, a empresa procura conquistar o seu espaço no mercado e construir os alicerces para, no futuro, alargar o seu alcance geográfico. “Começamos a atuar na zona Norte de Portugal e queremos chegar a todos os pontos do país, com o objetivo de, dentro, de 3 anos começarmos a atingir o mercado internacional”, conclui Raúl Peixoto.

O jovem empresário deixa uma mensagem a todos os jovens leitores barcelenses, motivando-os para que “sigam sempre o caminho dos seus sonhos e que sejam empreendedores em tudo o que fazem. Sejam pessoas críticas e construtivas. As coisas boas acontecem, precisamos de estar prontos para as receber.”

A PROXIMUS conta com uma variedade de serviços de cuidados de saúde ao domicílio que abrange as áreas da enfermagem, auxiliares de saúde, fisioterapia, medicina geral, psicologia e colheitas de análises.

Mais em: www.proximus.com.pt

Fotos: DR.

Barcelenses Inspiradores: Raúl Peixoto

Março 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Entrevistas, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora

Deixe-se inspirar pelas lições e histórias do empreendedor Raúl Peixoto.

Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt.



Raúl Peixoto, com 24 anos, é natural de Tamel Santa Leocádia, Barcelos.

É Licenciado em Gestão pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e o seu percurso académico fica marcado pelo envolvimento no associativismo, criando várias iniciativas e eventos diferenciadores, ligados à aproximação dos alunos ao mercado de trabalho. Foi, também, fundador da Associação de Gestão IPVC, que foi a primeira associação de um curso do Instituto.

Atualmente, é cofundador e CFO da B&BI, uma agência de marketing de influência, fundador da Royal Network, consultor da marca I Have The Power e fundador de um grupo empresarial de jovens empreendedores chamado Ana.Vi Group.

Um jovem dinâmico e empreendedor, o Raúl é um apaixonado pela vida!



Quem és tu? Conta-nos quem és apenas como tu te conheces.

O meu nome é Raúl Peixoto, tenho 24 anos, e vivo numa pequena freguesia de Barcelos, chamada Tamel Santa Leocádia.

Com o passar dos anos, percebi que me sentia muito desconfortável quando não sabia conversar acerca de algum assunto sobre o qual era abordado. Essa intolerância à ignorância fez-me investir naquela que, hoje em dia, considero ser a minha maior paixão: o conhecimento.

Quando descobri o poder do conhecimento, uma das coisas que percebi é que os sonhos se tornam realidade e que eu também poderia sonhar.

Hoje, sou um sonhador, uma pessoa que não aceita menos do que aquilo que nasceu para ser. E todos nascemos para ter êxito na vida! Sou uma pessoa motivada, que gosta de ajudar a despertar o melhor que existe nas outras pessoas. Gosto de gerar oportunidades, adoro ação e detesto estagnação. Sou persistente, não desisto dos meus sonhos, nem dos que caminham a meu lado!

Gosto de estar com pessoas interessantes, de ouvir histórias de sucesso, conhecer pessoas que fazem coisas grandiosas e que não têm medo de arriscar! Sou muito positivo, focado em soluções para os desafios que surgem.

Sou católico, muito crente, com grande ligação a Deus.

O que fazes é uma extensão de quem és e do teu propósito de vida?

O que eu faço no meu dia a dia está completamente alinhado com o que pretendo atingir no meu futuro. Considero que sou uma pessoa abençoada, por a vida ter colocado as pessoas certas no meu caminho e eu ter tido a capacidade de aproveitar as oportunidades de me manter junto dessas pessoas. Sou um abençoado também por ter crescido com exemplos de persistência, que fazem com que tenha a força necessária para superar os desafios que a vida me coloca. Hoje, considero que o meu maior segredo é ter ao meu lado pessoas que estimulam a minha vontade de vencer e de sonhar cada vez mais.

Dedico a minha vida a projetos próprios, cada um com o seu propósito bem definido. Gostamos de adicionar valor e, por isso mesmo, todos os projetos em que estou incluído marcam pela sua diferença.

Sou diretor financeiro e comercial da B&BI, agência de marketing de influência que fundámos em 2019 e que evolui a cada semana que passa. Sou fundador da Royal Network, um projeto na indústria de Network Marketing, altamente diferenciador no mercado em que atua, em que estamos a implementar uma forma muito especial e disruptiva de estar nos negócios. Sou consultor numa empresa de excelência pessoal, chamada I Have The Power, onde treinamos pessoas para o êxito através de ferramentas que permitem que as pessoas descubram o melhor de si mesmas e, com isso, atinjam melhores resultados nas suas vidas. E estou a criar, em conjunto com um grupo de jovens empreendedores, o Ana.Vi Group, um grupo empresarial que tem como visão demonstrar que mentes jovens podem mudar o mundo.

Tudo o que faço tem uma coisa em comum: as pessoas. São projetos com valores fortes, com propósitos profundos e com um enorme sentido de missão incutido.

Acredito que temos a responsabilidade de deixar uma marca no mundo, para que o possamos deixar um pouco melhor e, por isso mesmo, o meu papel é deixar um legado para as pessoas que ficam, poderem ter o exemplo de alguém que sonhou e que tornou os seus sonhos realidade, contribuindo para o bem de todos.

Se pudesses ter a atenção do mundo durante 5 minutos, o que dirias ou farias?

Se tivesse a atenção do mundo, simultaneamente, durante 5 minutos, teria que estudar todas as palavras que iria dizer e a forma como diria para que cada milésimo de segundo pudesse ser aproveitado e a mensagem fosse passada em todos os momentos, porque quem comunica para o mundo em simultâneo tem responsabilidade naquilo que diz e faz, e as suas palavras têm consequências. E vendo as coisas da perspetiva que vou expor, é muito próximo daquilo que acontece hoje em dia, sem nos apercebermos. Nos dias de hoje, já comunicamos para todo o mundo, digitalmente. E, sem termos noção disso, somos exemplos para algumas pessoas que seguem aquilo que fazemos. Uma boa reflexão para percebermos aquilo que estamos a comunicar diariamente com quem se cruza connosco.

Por isso mesmo, a mensagem que passaria nesses 5 minutos seria um apelo a que as pessoas parassem para refletir na situação atual em que se encontram. Perceberem se estão realizadas com o que são, com o fazem e com o que têm. Se não estiverem, que reflitam no que estão a fazer, pois alguma coisa não estão a fazer certo para gerar os resultados que procuram. Quando perceberem o que estão a fazer errado na sua forma de pensar e de agir, alterem os seus comportamentos, em função dos seus sonhos e objetivos. E que sejam persistentes no caminho que definiram para si próprios.

Um limoeiro dará sempre limões por muito que retire o fruto da árvore. A menos que mude a semente, os frutos serão sempre os mesmos.

O que semeamos é aquilo que colhemos, portanto, se queremos resultados diferentes, devemos fazer coisas diferentes.

Qual foi o acontecimento que mais te marcou até hoje?

Pensei algum tempo sobre esta questão, e, muito francamente, não consigo especificar um único momento que tenha sido mais marcante no meu percurso. Olhando para tudo aquilo que me aconteceu até hoje, foram tantos os momentos que me marcaram, de tantas formas diferentes, que todos eles foram demasiadamente importantes para que possa especificar apenas um. Desde pessoas magníficas com quem partilhei grandes experiências, formações que frequentei que mudaram o rumo da minha vida, livros apaixonantes que fizeram com que alterasse a forma de me comportar, pessoas que conheci que são extremamente importantes no meu caminho, experiências absolutamente incríveis que tive, aventuras emocionantes, e continuaria…Sou muito grato por tudo aquilo que me acontece em todos os momentos.

Curiosidades do Convidado

Qual é o teu livro preferido? E o teu filme?

O meu livro favorito é o “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie, um livro que muda perspetivas sobre a forma como lidamos com os outros.

O meu filme favorito é o “Lobo de Wall Street”, uma história real de uma pessoa que não desiste do caminho do sucesso. Percorre maus caminhos, mas termina utilizando o conhecimento para o bem.

Qual foi a viagem que mais te marcou?

Ainda não sou uma pessoa que colecionou um grande leque de viagens, contudo, destacaria a que estou a fazer neste preciso momento. Estou a escrever a partir de Barcelona, onde estou a participar num seminário de T. Harv Eker, onde estou a aprender como as pessoas mais ricas do mundo lidam com o dinheiro e olham para o dinheiro. Está a ser fantástico!

Que viagem de sonho ainda pretendes realizar?

Irei fazer, em breve, a famosa viagem à Índia e vivenciar a cultura do país.

Qual é a tua atividade de tempo livre preferida?

A atividade que mais gosto de fazer nos meus tempos livres é aprender, seja em seminários ou livros.

Qual é a tua maior habilidade?

Considero que uma das minhas maiores habilidades é fazer boas perguntas.

O que seria para ti um dia perfeito?

Seria um dia em que conciliaria um local fantástico, de preferência, entre a natureza, com os meus amigos, a minha família, atividades em que nos divertimos em conjunto, e boa comida e bebida para todos ao mesmo tempo que partilhamos histórias entre nós.

Diz-nos um barcelense e um não barcelense que te inspirem e porquê.

Relativamente ao barcelense que me inspira, terei que mencionar duas pessoas, uma com quem convivo de perto e outra que acompanho nos “bastidores”. Uma das pessoas que mais me inspira é o meu pai. Trabalha muito e tem a capacidade de manter um espírito positivo e a força de incentivar a sua família a lutar pelo melhor, e concretizar os seus sonhos. Uma fonte de motivação e de confiança para a sua família!

O segundo barcelense que é, para mim, uma inspiração é o Jorginho “Turismo”, como é conhecido. Uma pessoa que pensa em grande, vai em busca dos seus sonhos e comunica ao mundo sem receio algum. Causa impacto pela sua criatividade e autenticidade. Uma referência para os sonhadores da nossa cidade!

Relativamente ao não barcelense, mencionaria alguns nomes que me deixam fascinado sempre que vejo algum vídeo deles, ou leio algo que escreveram: Steve Jobs, Bill Gates, Jim Rohn, Elon Musk, Mark Zuckerberg, Adelino Cunha, Nelson Mandela, Jack Ma, Jeff Bezos, Simon Sinek, Napoleon Hill, Dale Carnegie. São mentes que marcam o mundo, criaram algo diferente, são exemplos de sucesso, e que me inspiram diariamente.

Pergunta mistério do convidado da semana anterior, António Godinho.

Se pudesses inventar algo espetacular ou fazer uma descoberta incrível, que invento ou descoberta seriam?

Gostava de inventar algo que terminasse com a falta de acesso a água potável de alguns povos no mundo. Sensibiliza-me o facto de haver locais no mundo em que as crianças não têm acesso a água potável e, por isso mesmo, têm que percorrer quilómetros diariamente para recolherem a água para si e para as suas famílias. Para o fazerem, têm que abdicar de ir às aulas e, ao fazerem o percurso carregando os garrafões de água, ganham problemas nas costas. Ao consumirem a água que foram recolher, ganham várias doenças, porque a água não é potável. É um ciclo de morte assustador e que, se conseguisse ter um estalar de dedos mágico que fizesse com que esse problema acabasse, sentir-me-ia realizado ao utilizá-lo!

Uma mensagem* inspiradora…

Para o caro leitor do jornal e desta rubrica gostava de lhe dar os parabéns!! Leu a entrevista até ao fim, significa que concretiza as coisas que começa! Uma larga percentagem das pessoas que iniciam as coisas, desistem a meio ou não as leva até ao fim, por isso, significa que tem algo de especial em si!

Utilize essa sua capacidade em função dos seus sonhos e estou certo de que coisas muito boas irão acontecer para si e para as pessoas que gostam de si.

É nos momentos de decisão que o seu destino é traçado.

Tony Robbins

* Nota: Mensagem em latim significa mens agitat molem, ou seja, “o espírito agita a matéria”.

Por: Sandra Santos (Poeta e Tradutora) e Iara Brito (Criminóloga)*. (* A redação do artigo é única e exclusivamente da responsabilidade das autoras)

B&BI reforça o seu ADN

Março 3, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Inauguração da sede da agência de marketing de influência

No passado dia 29 de fevereiro, a Brand and Business Influence (B&BI) deu mais um passo no seu crescimento, inaugurando a sua sede em Vila Verde, Braga.



A abertura de um espaço físico é um importante passo para aquela que pretende ser uma das maiores impulsionadoras de produtos e serviços através da sua comunidade de influencers digitais.

Depois do arranque em 2020, assinalado pelo rebranding da marca, a B&BI continuou a apostar no desenvolvimento da empresa, criando assim um espaço para a sua equipa e aberto ao público. 

Entre equipa, parceiros, clientes, comunicação social e simpatizantes da empresa, o evento contou com mais de 100 presenças. “É a casa que todos esperávamos, a passagem à etapa seguinte, a concretização de um objetivo comum”, afirma Manuel Antunes, CEO & Founder da B&BI. Pelas palavras do barcelense Raúl Peixoto, CFO & Founder da empresa, neste espaço “os nossos clientes serão elevados ao próximo nível, com o trabalho de pessoas altamente competentes e comprometidas, em fazer dos seus resultados o nosso sucesso” e segundo o COO & Creative Director, Carlos Mello, pretendem “ter um ADN forte e inabalável para garantir a qualidade e a excelência dos serviços prestados”.

Na B&BI, “onde sonhar e acreditar são as palavras-chave”, a sua equipa pretende revolucionar o mercado do marketing digital e ser líder em marketing de influência.

Fotos: DR.

B&BI, empresa de marketing digital, inaugura sede a 29 de fevereiro

Fevereiro 26, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia Por barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelense Raúl Peixoto é um dos fundadores da empresa

Foi em 2019 que um jovem empreendedor de Barcelos, juntamente com um amigo, criou a Brand and Business Influence (B&BI). Esta agência alia os seus serviços de marketing digital a uma comunidade de influencers e é através deles que pretende ser um dos maiores impulsionadores de produtos e serviços.



Segundo o jovem barcelense, Raúl Peixoto, este acredita que no futuro “uma comunidade de pessoas autênticas, apaixonadas pelo que transmitem, será a mais poderosa forma de aproximar pessoas.”

Com a entrada em 2020, um novo sócio surgiu, novos projetos surgiram e é já no próximo dia 29 de fevereiro que será inaugurada a sede da B&BI. A abertura deste espaço representa, para Raúl Peixoto, CFO & Founder da empresa, “O epicentro da inspiração, criação e concretização.”

Na B&BI, onde sonhar e acreditar são as palavras-chave, a sua equipa pretende revolucionar o mercado do marketing digital e ser líder em marketing de influência. O seu lema é: “We are B&BI, your new DNA!

Fotos: DR.

JSD Barcelos organiza coaching “A importância do eleito”

Fevereiro 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 23 de fevereiro, pelas 21h30, a Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos leva a cabo um coaching intitulado ao tema “A importância do eleito”, que se realiza na sede da Junta de Freguesia de Tamel São Pedro Fins.



Este evento integra-se no ciclo de formações “TransFORMA-TE”, da estrutura jovem do PSD Barcelos, e insere-se na iniciativa da Academia do Autarca, promovida precisamente pelos sociais democratas de Barcelos.

O dinamizador deste coaching será Raúl Peixoto, licenciado em Gestão pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo e consultor e formador.

Imagem: DR.

Ir Para Cima