Tag archive

Restaurante Bagoeira

Mariana Machado Ballester recebe tarefa de presidir ao Rotary Club de Barcelos

Julho 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se na passada terça-feira, dia 03 de junho, a “Transmissão de Tarefas” do Rotary Club de Barcelos, com Marcelino Coelho Mota a transmitir à sua sucessora, Mariana Machado Ballester, o cargo de Presidente do Club barcelense.



A cerimónia teve lugar no Hotel Restaurante Bagoeira, em Barcelos, e contou com a presença de rotários barcelenses, de representantes de várias entidades, entre as quais, o Barcelos na Hora, representado pelo seu diretor Pedro Sousa, assim como, igualmente, com a presença de vários convidados de outros Clubes rotários portugueses, desde Vila Verde a Viseu, passando por Póvoa de Varzim, Vizela, Caminha, Guimarães – Club Padrinho –, Ponte da Barca – um dos Clubes Afilhados –, entre muitos outros.

No seu discurso, o agora Past President Marcelino Coelho Mota começou por elencar algumas atividades e projetos levados a cabo pelo Rotary Club de Barcelos ao longo da sua presidência, dando enfoque aos de cariz humanitário. Continuou referindo que “fizemos a diferença quando levámos o Rotary a duas empresas do nosso concelho – a Kristaltek e a Sonix – explicando o que fazemos, o que somos e aquilo que podemos fazer em conjunto no futuro. Ao longo do ano, efetuámos, também, bastantes palestras com especialistas, com ênfase para projetos humanitários, desde angariação de fundos, inovação, projetos de desenvolvimento, em saúde, com o apoio, também, – fizemos aqui – da associação FIBRO, a falar sobre a fibromialgia. E sempre relembrar que fizemos com casa cheia, com muita gente”.

Mencionou, igualmente, a receção de rotários de outros clubes, nomeadamente, de países como França, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América e “onde iremos continuar com estas parcerias”. Informou que formaram um grupo de trabalho, em conjunto com o Club Padrinho e com os Clubes Afilhados; que retomaram o encontro de Clubes com as terças-feiras, “com o intuito de fazer, também, um projeto que a nossa Presidente entrante vai dar continuidade”.

As comemorações dos 50 anos do Rotary de Barcelos também não ficaram esquecidas no seu discurso, “onde o auge foi o nosso jantar festivo”, que incluiu a apresentação ao público da curta-metragem “A Lenda do Galo”, com “ilustres convidados e, mais uma vez, com sala cheia”. Referiu-se, igualmente, ao momento musical que tiveram no Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos, com a ajuda da Escola de Música; à apresentação do livro, “onde estão as memórias dos nossos 50 anos, dando mais ênfase a estes últimos 25”; e à medalha comemorativa. Abordou, de igual modo, início da edificação do monumento do Rotary aqui em Barcelos.

O Past President continuou, salientando que com os projetos do Rotary de Barcelos, conseguiram divulgar as suas causas, a sua imagem pelas rádios, jornais, revistas, televisões, “sabendo que uma imagem positiva ajuda-nos a encontrar parceiros para os nossos projetos. As parcerias, o trabalho conjunto, em sinergias que o mesmo permite, foram a chave para este ano rotário muito positivo e bastante dinâmico. Mais uma vez, não posso deixar de não agradecer aos meus companheiros, companheiros do nosso Club, que estiveram sempre à altura e, não querendo particularizar ninguém, não podia deixar de dar aqui uma palavra especial à Presidente entrante, que foi a Secretária este ano e que esteve sempre ao meu lado, sempre me acompanhou e esteve sempre a dar apoio”, ressalvou.

Marcelino Coelho Mota terminou, referindo que “podíamos ter feito mais, claro que sim. É sempre possível fazer mais, mas o que fizemos, fizemos com muita vivacidade, com muito envolvimento. Desejo à nossa Presidente entrante os maiores sucessos na sua liderança e dizer que todos estamos com vontade de trabalhar mais, para sermos melhores, para sermos inspiração”, concluindo com um bem-haja a todos aqueles que se empenharam a fazer a diferença, não esquecendo “que a Humanidade é sempre a nossa missão”.

Já a Presidente entrante, que iniciou o seu mandato para o ano rotário 2018-2019, Mariana Machado Ballester, começou por salientar que iria continuar com o trabalho que vinha sendo desenvolvido, ressalvando, no entanto, que o Rotary iria voltar-se mais para a cidade, pois acha que “o Club é pouco conhecido na sociedade”.

Continuou, pedindo a todos, “uma vez que o lema é ‘Seja a Inspiração’”, que pegassem num papel e num lápis, que cada uma das pessoas presentes tinha no seu lugar, e que escrevessem ou desenhassem algo inspirador e, “com essa mensagem, eu vou tentar construir o meu ano, vou tentar planear as minhas atividades e pedir a todos o vosso apoio para que o ano seja, efetivamente, inspirador e seja um ano que marque o Rotary”, terminando com um agradecimento a todos.

Foi assim mais uma cerimónia de “Transmissão de Tarefas” do Rotary Club de Barcelos, que pretende continuar a marcar a diferença, a “inspirar” e a fazer ainda mais pela sociedade e pela Humanidade.

Fotos: BNH e RCB.

Assistente Social Mariana Machado Ballester é a nova presidente do Rotary Club de Barcelos

Junho 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 3 de julho, pelas 20h30, no Bagoeira, o Rotary Club de Barcelos realiza a sua Transmissão de Tarefas, em reunião de jantar, onde Marcelino Coelho Mota, que presidiu ao Club entre 2017 e 2018, transmite a tarefa a Mariana Machado Ballester.



A nova presidente do Club de Barcelos, para o ano rotário 2018/2019, é assistente social, tendo estudado em Portugal e no Brasil. É neste último país que, e no âmbito do seu curso, a nova presidente teve oportunidade de conviver com comunidades carenciadas. Para além disso, Mariana Machado Ballester é já uma reputada ultramaratonista, tendo conquistado, há poucas semanas, o conceituado ultra trail “Serra da Estrela | Oh Meu Deus!”, o que evidencia uma característica multifacetada da sua vida.

Com 29 anos, Mariana Machado Ballester será a segunda mulher a assumir a presidência do Rotary Club de Barcelos e, também, o membro mais jovem no cargo.

Este ano rotário será presidido por Barry Rassin, membro do Rotary Club de Nassau Leste (Baamas), que escolheu “Seja a Inspiração” para lema presidencial do ano. Rassin quer os rotários motivados, a almejarem o sucesso, a quererem ser mais e irem mais longe.  E que sejam a motivação que instiga os outros a superarem os seus limites.

Fonte e imagens: RCB.

Foto: DR/MMB.

Lions Clube de Barcelos organizam Noite de Fado solidária em prol da APACI

Março 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, dia 17 de março, pelas 20h00, no Bagoeira, o Lions Clube de Barcelos levam a cabo a sua XXXIV Noite de Fado.



O evento será abrilhantado pela fadista Patrícia Costa, acompanhada por Pedro Martins, na guitarra portuguesa, e por João Moutinho, na viola de Fado.

Esta Noite de Fado tem intuito solidário, revertendo a favor da APACI – Associação de Pais e Amigos das Crianças Inadaptadas.

Imagem: LCB (alterada).

Rotary Club de Barcelos angaria donativos que permitem vacinar 3000 crianças contra a Pólio

Novembro 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na passada terça-feira, dia 31 de outubro, o Rotary Club de Barcelos promoveu um jantar frugal, no Restaurante Bagoeira, inserido na iniciativa The World’s Greatest Meal, cujos fundos revertem para a erradicação da Pólio.



O Presidente do Rotary Club de Barcelos, Marcelino Mota, referiu que o Clube “conseguiu angariar um donativo suficiente para permitir a vacinação de 3000 crianças”. Com o apoio da Bill & Melinda Gates Foundation, cada euro recolhido pela The Rotary Foundation será triplicado, com o objetivo de muito brevemente se conseguir erradicar esta doença. Atualmente, existem apenas três países onde a doença ainda é considerada endémica: Afeganistão, Nigéria e Paquistão.

A pólio também é conhecida como poliomielite ou paralisia infantil. Sendo altamente contagiosa e provocando deformações por vezes fatais, em que afeta particularmente crianças com menos de cinco anos de idade, é um perigo para a Humanidade. O vírus ataca o sistema nervoso e pode ter como consequência a paralisia. Continua nos dias de hoje a não existir cura, mas a doença pode ser prevenida pela vacina, que o Rotary e os seus parceiros têm utilizado para procurar imunizar mais de 2,5 mil milhões de crianças no mundo inteiro.

Se esta doença não for erradicada, estima-se que dentro de 10 anos poderá ter como consequência o aparecimento de 200.000 novos casos, anualmente, em todo o mundo. Apesar de ser endémica atualmente em apenas três países, nenhuma criança poderá ser considerada salva se esta doença não for eliminada.

O arranque do programa Pólio Plus no ano de 1985 foi considerada a primeira iniciativa para erradicar a paralisia infantil por meio da imunização massiva, e levou a que o número de casos da doença tenha caído de forma muito significativa. O Rotary International contribuiu com cerca de 1,7 mil milhões de dólares e infindáveis horas de trabalho voluntário para conseguir obter a imunização de mais de 2,5 mil milhões de crianças num total de 122 países.

O evento contou também com a participação da AMAR 21, uma associação sedeada na cidade de Barcelos, fundada no ano de 2012, por pais, familiares, amigos e técnicos de crianças com Trissomia 21 que motivados pelo sentimento de insatisfação, tanto pelas respostas escolares oferecidas a estas crianças, bem como a integração e as oportunidades que a sociedade lhes oferece, procuram criar uma mudança.

A AMAR 21 apresentou o seu projeto Capacita 21, projeto de profissionalização na área da pastelaria. O Clube rotário barcelense tem apoiado esta iniciativa através da aquisição de doces produzidos pelos jovens da associação.

Fonte e foto: RCB.

Ir Para Cima