Tag archive

Rotary Club de Barcelos

Rotary de Barcelos e Amar 21 organizam palestra “Sonhar Sem Limites”

Novembro 30, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência será assinalado pelo Rotary Club de Barcelos, em com junto com a Associação Amar 21, com a organização de uma palestra com tema: “Sonhar Sem Limites”.



O evento terá lugar a 03 de dezembro, pelas 21h30, no Hotel Bagoeira, sendo de entrada livre. Para inscrição, contactar a organização através do número 927 058 059 ou do e-mail claudiandreia76@gmail.com.   

“Nesta palestra vamos conhecer o Passado, Presente e Sonhos para o Futuro, para o qual a Amar 21 está a desenvolver várias iniciativas”, refere o Club.

Vai também ter um momento especial, em que os jovens, a partir do projeto “(Re)inventa os Alimentos”, vão ensinar os processos para confecionar o doce “Pedras do Cávado”.

Imagem: RCB.

ROTARY: Tertúlia sobre “Viver com a Diabetes”

Novembro 24, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 19 de novembro, o Hotel Bagoeira recebeu mais uma reunião do Rotary Club de Barcelos, que organizou uma tertúlia tendo por foco a doença da diabetes.



Para esta tertúlia, o Club convidou os profissionais do Hospital Santa Maria Maior (HSMM) de Barcelos, Natacha Moreno, João Pedro Abreu e Sofia Neco da Palme.

Natacha Moreno, oftalmologista, alertou para a importância do seguimento do diabético, no âmbito das consultas de oftalmologia, e que estes doentes, através do seu médico de família, têm direito a seguimento hospitalar. Ao serem encaminhados, são chamados no prazo de 30 dias, estabelecido por lei. Foi garantido que não existem atrasos no HSMM, assim, os doentes têm a garantia dos recursos necessários, dependendo do estado evolutivo da doença.

Já João Abreu alertou para a importância dos cuidados diários com a alimentação e para a prática de exercício físico, chamando à atenção que todos o devemos fazer, sob medida preventiva, para não sermos diabéticos tipo 2 no futuro. No HSMM existe uma equipa multidisciplinar ligada à diabete. Além de poder afetar a visão, salientou que também incide sobre os rins, o coração, a circulação, a irrigação nervosa e os pés. Assim, nas consultas periódicas é realizado um check-up rigoroso.

Sofia Neco da Palme, com todo o seu dinamismo, deu-nos exemplos práticos para usar no dia a dia, como prevenção, tanto para a diabetes tipo I, como para a diabetes tipo II. A cada doente é dado um plano de tratamento idealizado especificamente para si.

Esteve presente, igualmente, a Associação Diabéticos do Minho, com a sua Vice-Presidente, Juliana Santos, diabética Tipo I, a dar o seu testemunho, ajudando a perceber as dificuldades diárias, quer com as tarefas normais do dia a dia, quer com a interação social, deixando a sensação de que é necessário encarar a doença de frente e ser resiliente. Paula Cardoso, que integra a Associação Diabéticos do Minho e o HSMM, sendo enfermeira pediátrica, focou os doentes predominantes da diabetes tipo I, transmitindo a atenção que é dada a estas crianças e o seu grau de responsabilidade com que crescem, para saberem controlar e viver com a diabetes. Transmitiu, igualmente, quais os direitos do doente diabético. O papel fundamental da associação é exercido na luta pelos direitos e no auxílio ao doente. Também ao cuidador é prestado apoio, sendo que ele também tem que lidar com esta doença, 365 dias no ano.

“Enquanto Presidente do Rotary Club de Barcelos, agradeço o empenho destes profissionais, que fizeram da nossa reunião um momento único de crescimento pessoal; aos companheiros, amigos e convidados presentes. Continuaremos com o nosso objetivo de deixar a nossa pegada filantrópica na sociedade Barcelense, fazendo jus ao lema deste ano: ROTARY CONECTA O MUNDO”, salientou Cláudia Santos.

A Presidente tornou a informar que as reuniões são abertas, incentivando as pessoas “gostarem” da página Facebook do Club barcelense e a aparecerem nas suas ações: https://www.facebook.com/RotaryBarcelos/ .

“Sintam o Espirito Rotário. Bem-hajam! Sorriam todos os dias! Com o vosso sorriso…façam alguém feliz!”, concluiu.

Fotos: RCB.

Rotary de Barcelos leva a cabo tertúlia “Viver com a Diabetes”

Novembro 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de novembro, pelas 21h30, realiza-se uma tertúlia dedicada ao tema “Viver com a Diabetes”, organizada pelo Rotary Club de Barcelos.



O salão do Hotel Bagoeira receberá todos aqueles que pretendam participar, de forma gratuita, onde poderão trocar ideias e ouvir as preleções de um(a) médico(a), um(a) médico(a) oftalmologista e um(a) enfermeiro(a) do Hospital Santa Maria Maior, EPE – Barcelos.

As inscrições poderão ser realizadas através de Cláudia Santos (Presidente do Rotary Club de Barcelos), pelos contactos 927 058 059 e e-mail claudiandreia76@gmail.com.

“Sendo uma doença que afeta atualmente 422 milhões de pessoas em todo o mundo, e comemorando-se este mês o seu dia mundial [Ndr: 14 de novembro], o Rotary Club de Barcelos promove uma Tertúlia com profissionais do Hospital Santa Maria Maior, de modo a sermos elucidados e podermos tirar dúvidas relativas a esta doença crónica”, salienta Cláudia Santos.

ROTARY: “Dar de si antes de pensar em si!”

Novembro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos conta com um Rotary Club há 52 anos! São 23 membros, profissionais, empenhados no seu contributo social pelo desenvolvimento da comunidade Barcelense. Desenvolvem ações, projetos locais e internacionais, atribuição de bolsas de estudo, banco de cadeiras de rodas e palestras sobre temas atuais.



Reúnem à terça-feira, no Hotel Bagoeira, pelas 21h30, onde, através do companheirismo, se planifica e proferem palestras.

Ser rotário é sinónimo de dedicação e coragem, independentemente da idade! É ser um profissional de referência e colocar-se ao serviço da comunidade. É mudar vidas! É ser altruísta, ter boa vontade e ser uma “pessoa em ação!”

Eu acredito que é importante ter bons amigos, ser positivo, arregaçar as mangas e ir correr atrás dos objetivos traçados! Se cada um se envolver e der o seu melhor…tudo é possível.

No passado dia 24 de outubro, comemorou-se o Dia pela PÓLIO[mielite]. Com o contributo do Rotary Club de Barcelos, 862 crianças serão vacinadas. Para mim, esta é uma forma de deixar a nossa pegada filantrópica e a tradução do lema rotário deste ano: “O Rotary Conecta o Mundo”.

Este mês é dedicado à Fundação Rotária Internacional. A força do Rotary Internacional está na sua rede global de líderes comunitários e especialistas que atuam no combate à pobreza, na melhoria da saúde e da educação.

Ao trabalhar em parceria, ROTARY implementa mudanças duradouras através da combinação de ações locais e de recursos de uma organização verdadeiramente internacional.

Apesar de atuar em vários segmentos, ROTARY concentra a sua área de atuação em seis áreas específicas com maior impacto local e global: a promoção da paz, o combate de doenças, o fornecimento de água, a melhoria da saúde de mães e filhos, o apoio à educação e o suporte para o crescimento de comunidades

Todos os Rotários são incentivados a participar nos projetos da Fundação Rotária Internacional e a realizar doações ao Fundo Anual Todos os Anos.

As reuniões são abertas!

Façam gosto na nossa página do Facebook e apareçam nas nossas ações. https://www.facebook.com/RotaryBarcelos/

Sintam o Espirito Rotário.

Bem Hajam! Sorriam todos os dias! Com o vosso sorriso…façam alguém feliz!

Por: Cláudia Santos* (Presidente Rotary Club de Barcelos 2019/2020).

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Rotary de Barcelos e Universidade+ ajudam futuros candidatos ao Superior

Outubro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 15 de outubro, o Hotel Bagoeira recebeu mais uma reunião do Rotary Club de Barcelos, que organizou uma palestra destinada aos jovens, nomeadamente, àqueles que têm pretensões de aceder ao Ensino Superior. Esta sessão contou com a colaboração do projeto – agora associação – Universidade+.



O Rotary Club de Barcelos existe há 52 anos e tem como objetivo, “através do usufruto do companheirismo, poder fortalecer a sociedade local e mundial”, refere Cláudia Santos, Presidente do Club barcelense.

Tendo em conta, precisamente este objetivo, neste ano rotário o Club pretende “interagir, todos os meses, com a comunidade barcelense, levando a cabo palestras positivas”.

“Neste mês de outubro, lembrámos a população que Barcelos tem a Universidade Sénior, onde, através do Professor José Campinho, conhecemos os projetos da instituição, que tem como objetivo, a integração social da população sénior. Alertámos, também, que é preciso ajudar os nossos jovens que se preparam para ingressar no Ensino Superior. Para isso, convidámos as jovens promotoras do Projeto Universidade +”, explicou a Presidente.

Foi uma palestra que deu frutos. “Através desta palestra, garantimos, com a ajuda do nosso companheiro Francisco Pereira e da ACIB, um local onde estas jovens possam desenvolver o seu projeto, facultando, gratuitamente aos jovens barcelenses, uma sessão mensal, planificada com temas de esclarecimento para que estes possam ingressar no Ensino Superior sem medo”, salientou, concluindo que “são este tipo de ações que nos enaltecem e fazem ver que as horas de vida que passamos em Rotary são bem empregues”.

Em relação ao ano rotário 2019/2020, Cláudia Santos refere que o Club pretende, “também, ajudar o nosso Governador, José Carvalhido da Ponte, a realizar o seu sonho com a construção de um infantário em Cachéu, na Guiné; a Associação Amar 21, nos seus objetivos; e, a nível mundial, a sermos mais uma ‘gota’ de ajuda na luta contra a irradicação da Poliomielite, doença fulminante que atinge a população infantil em países como o Afeganistão e o Paquistão”.

Para a Presidente, o Rotary permite-lhe a “entrega social e saber que faço parte de um plano maior de Amor”. Cláudia Santos termina, em nome do Rotary Club de Barcelos, com um agradecimento ao Barcelos na Hora, pela “oportunidade de divulgação das nossas iniciativas, contribuindo, assim, todos juntos, para uma Cidade de Barcelos POSITIVA”, relembrando que, este ano, o lema do Rotary é: “Rotary Conecta o Mundo”.

Já o Projeto Universidade+, nas palavras da sua nova Presidente da Direção, Ana Rodrigues, “visa descomplicar a entrada no ensino superior através de palestras, partilha de experiências e de informação nas redes sociais”.

A ideia para o Projeto surgiu-lhe “quando andava no segundo ano de licenciatura. Na altura, em conversa com uma amiga, ela comentou comigo que no 12º ano, ainda com bastantes dúvidas acerca do que fazer no futuro, como de resto é comum a muitos jovens estudantes, teve oportunidade de privar com um colega, que se havia também formado em Direito na Universidade do Minho, e este elucidou-a acerca de muitas questões, não só relativas ao curso em si, mas também, acerca da própria entrada no Ensino Superior e o ambiente aí vivido. Apercebi-me, aqui, que também eu gostaria de ter tido alguém que me guiasse e ajudasse nesta fase transacional, que muitas vezes está rodeada de várias dúvidas e incertezas. Portanto, agora já no segundo ano, detinha um conjunto de informações e experiências que seriam muito úteis de partilhar com os estudantes do ensino secundário e que poderiam ajudar alguns destes jovens a ter uma transição mais tranquila e desmistificada”.

Da ideia inicial, à ação. “Pela mão de uma pessoa bastante querida, entrei em contacto com uma grande parte dos atuais voluntários do Projeto, que frequentavam diferentes escolas secundárias de Barcelos, sendo que com muitos deles ainda não tinha qualquer tipo de relação. Foi, realmente, uma sorte ter encontrado uma equipa tão interessada e empenhada, que desde o início se identificou e reconheceu valor na minha ideia e acreditaram que poderíamos devolver, de alguma forma, à comunidade, através da partilha de informações relevantes e experiências acerca desta fase transacional”.

Assim, efetuaram a sua primeira sessão em abril de 2018, e perante o feedback positivo e interesse demonstrado pelos alunos, “decidimos estabelecer um plano anual de atividades e embarcar num ano embrionário em 2018/2019. Neste primeiro ano, partimos exatamente com a mesma expectativa, a de ajudar o outro através de sessões mensais de cerca de hora e meia, nas quais abordávamos temas de relevo relativos à entrada no ensino superior, pautando pela informalidade e confiança com os alunos, esclarece Ana Rodrigues.

“Contudo, o Projeto foi recebendo um feedback cada vez mais positivo e várias oportunidades, como apresentarmo-nos em escolas secundárias e realizar parcerias, foram surgindo, pelo que tivemos de assumir um compromisso ainda maior e responder à responsabilidade, que, entretanto, tinha crescido também”, ressalva.

Esse crescimento implicava, para o Projeto, “não só, mais empenho e sacrifício, mas também, a realização de um desejo partilhado por todos, que se consubstanciou num grande passo, a aquisição de personalidade jurídica, que, burocraticamente, não acarretou muitas dificuldades. Mas é preciso denotar que todos as ferramentas necessárias à exequibilidade do Projeto, até este momento, eram inteiramente suportadas pelos voluntários, incluindo o processo de aquisição de personalidade jurídica, que pelo seu elevado custo, levou-nos, mais uma vez, a utilizar a nossa criatividade e proatividade, o que resultou na nossa participação na Festa da Juventude, onde conseguimos angariar algumas ajudas. Agora, esta situação fica mais agilizada, pois podemos receber donativos de quem reconheça valor à nossa iniciativa”.

Uma dúvida que fica no ar é se este Projeto tem alguma ligação a entidades do Ensino Superior, para, por exemplo, divulgarem o seu trabalho, valências e mais-valias. Ana Rodrigues esclarece que essa relação “não existe”. “Seria, de facto, um tema interessante de abordar, uma vez que sendo os voluntários alunos em diferentes casas, acabamos sempre por, no fundo, partilhar informações e discorrer bastante acerca de certas licenciaturas e Universidades ou Institutos Politécnicos”.

Sobre o convite que lhes foi endereçado pelo Rotary Club de Barcelos, Ana Rodrigues salienta que este foi “muito bem-recebido por nós, sendo que, desde logo, chamou à atenção pela possibilidade de nos darmos a conhecer e publicitar o Projeto. Porém, era também importante para nós demonstrar às gerações acima da nossa que, muitas vezes, somos rotulados como desmotivados ou reativos, mas aqui todos nós levamos muito a sério o compromisso que temos para com o associativismo, desejamos efetivamente apresentar um bom trabalho e difundir este espírito proativo e solidário com todos os jovens com que nos cruzamos”, concluindo que julgam ter cumprido “com o que nos foi proposto e ficámos muito felizes pelas reações positivas que recolhemos e o reconhecimento de valor ao nosso Projeto. É, por isso e para isso, que trabalhamos. Não podendo deixar de agradecer a todos os envolvidos esta valiosa oportunidade e a forma como fomos recebidos”.

No futuro imediato, este próximo ano letivo “avista-se como desafiador e intenso para nós, pois melhorámos a nossa planificação e tornámo-la bastante ambiciosa em todas as perspetivas, todos os nossos departamentos estão prontos para trabalhar e responder afirmativamente à confiança e responsabilidade que foi depositada em nós. Seguimos com o nosso modelo de palestras mensais, pautado pela informalidade e proximidade com os estudantes, mas sempre de uma forma ativa e lúdica, e com muitas novidades. Apostamos na divulgação e esperamos ver iniciativa também por parte dos alunos”, sendo que na imagem que se segue surgem os temas para este ano, sem prejuízo das datas poderem sofrer alterações.

Sobre as sessões, na “A primeira escolha” irão “lidar com as dificuldades que os alunos têm em encontrar interesse no percurso tomado no 10º ano, fornecendo, também, ferramentas que lhes permita superar esse impasse”. Em “A ansiedade” pretendem “abordar o tema cada vez mais gritante na vida dos estudantes, a ansiedade. A sessão será assistida por uma psicóloga, que fornecerá uma orientação no controlo dessa emoção”. Já em “Médias, notas e exames” abordarão “a situação atual das classificações dos alunos, guiando-os mediante os seus objetivos”. Na sessão “Licenciaturas”, intendem “abrir os horizontes dos alunos aos mais variados cursos existentes e ajudá-los nas suas indecisões e questões”. A vida de estudante do Ensino Superior não se concerne apenas ao estudo, trabalho e exames. Em “Vida Académica” tencionam “fornecer uma explicação e comparação de todo o envolvente da vida universitária e abordar as diferentes tradições da academia”. “Vida para além da universidade” pretende “dar destaque à importância das atividades extracurriculares, partilhando o testemunho das nossas experiências”. A sessão “Antena Livre” é “dedicada à discussão aberta de questões relacionadas com a fase de transição do ensino secundário para o ensino superior”. Por fim, “Pais e filhos” trata-se de “uma sessão dirigida aos pais dos alunos, procurando abordar as suas maiores preocupações, nomeadamente os apoios socioeconómicos, bem como sensibilizá-los para alguns dos problemas que os seus filhos terão que lidar nesta fase”.

Imagens: DR.

Rotary de Barcelos “descomplica” a entrada na Universidade

Outubro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 15 de outubro, pelas 21h30, o Rotary Club de Barcelos leva a cabo uma palestra destinada aos alunos dos 11º e 12º anos, assim como pais e encarregados de educação.



Sobre o tema “Descomplica a entrada na Universidade”, do Projeto Universidade+, no Hotel Bagoeira debater-se-á a entrada na Universidade e a “enorme mudança” que representa a vida dos estudantes.

“Esta palestra vai debater os dilemas normais sobre o futuro, as incertezas, dúvidas, dificuldades e desafio com que os estudantes se debatem”, refere a organização.

Imagem: RCB.

1º Festival de Sopas em Vila Frescaínha São Pedro

Julho 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 03 de agosto, pelas 19h00, realiza-se a 1ª edição do Festival de Sopas de Vila Frescaínha São Pedro, que terá lugar no ringue da localidade.



A organização está a cabo da AMAR 21, com o apoio do INR – Instituto Nacional para a Reabilitação, do Município de Barcelos, da União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (São Martinho e São Pedro), do Rotary Club de Barcelos, da ACIB – Associação Comercial e Industrial de Barcelos, da ACC e da Duplicado.

Os bilhetes podem ser adquiridos na Casa Sêmea, na Duplicado, na Junta da UF de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (São Martinho e São Pedro) e no Oculista Santos. O valor angariado reverterá, na totalidade, para a aquisição de uma carrinha.

A animação está a cargo da Tuna Mista do IPCA. Os participantes poderão apreciar sopas, bifanas, bebidas frescas, café e sobremesas, para além de receberem a tigela de sopa. Haverá, igualmente, jogos tradicionais, roleta de prémios, insufláveis e muito mais.

Imagem: DR.

Cláudia Santos preside ao Rotary Club de Barcelos e Francisca Henriques ao Rotaract

Julho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Cláudia Santos [Ndr: à esquerda na foto de destaque] é a nova presidente do Rotary Club de Barcelos. A nova dirigente, que sucede a Mariana Ballester no cargo, foi empossada no decorrer da cerimónia de transmissão de tarefas, que decorreu na terça-feira, no Hotel Bagoeira. Na mesma ocasião, foi dada posse a Francisca Henriques [Ndr: ao centro na foto de destaque] como presidente do Rotaract Club de Barcelos.



Os anos rotários iniciam-se no dia 1 de julho e terminam no dia 30 de junho. Anualmente, os clubes rotários de todo o mundo realizam esta transmissão de tarefas com a tomada de posse de um novo Conselho Diretor.

Assim, a presidente do ano rotário 2018/2019, Mariana Ballester, que teve como lema “Seja a Inspiração” passou a liderança do clube para a presidente do novo ano rotário 2019/2020, Cláudia Santos, cujo lema vai ser “O Rotary Conecta o Mundo”.

O evento contou com a presença de rotários de inúmeros clubes nortenhos, rotaractistas e várias entidades oficiais. O Município barcelense fez-se representar por Luísa Vila Chã.

A presidente cessante transmitiu a sua satisfação para com as metas alcançadas, agradecendo a colaboração prestada pelos companheiros do seu clube e de outros clubes presentes. Mariana Ballester colocou especial ênfase na corrida solidária, que o clube organizou no mês de abril.

A recém-empossada presidente, Cláudia Santos, elogiou o mandato da sua antecessora, no qual foi secretária, apelou ao envolvimento de todos e afirmou ter-se tornado rotária “pela possibilidade de realizar projetos que promovam a evolução social local e internacional”.

“Dar o melhor de mim, acreditando que darão o melhor de vós, para que todos juntos com um sorriso diário possamos desejar o melhor ao outro, dando alegria e ajudando o mundo a prosperar”, foi o repto assumido e lançado por Cláudia Santos.

Francisca Henriques é a nova presidente do Rotaract Club de Barcelos

Francisca Henriques sucede a José Simões na liderança dos rotaractistas barcelenses. A nova presidente apresentou os seis novos membros do club, que a acompanharão num novo ciclo no mesmo.

O Rotaract Club é um grupo de jovens dos 18 aos 30 anos, que tem por objetivo principal o apoio à comunidade local em todas as suas vertentes, para além da promoção do companheirismo e amizade entre os seus membros, bem como a formação no âmbito da liderança. É um grupo de jovens aberto a toda a população.

No seu discurso de tomada de posse, Francisca Henriques agradeceu a confiança depositada, mostrou-se empenhada na persecução dos objetivos do movimento e apelou à colaboração com o clube rotário.

Foto: RCB.

[Ndr: notícia atualizada a 04.07.2019, pelas 15h45]

Rotary de Barcelos organiza corrida solidária para erradicação da “polio”

Março 21, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 7 de abril, realiza-se a corrida solidária “End Polio Now”, organizada pelo Rotary Club de Barcelos, com início – pelas 10h00 – e término na Praça de Pontevedra.



Esta corrida – e caminhada – tem o intuito de angariar fundos para a erradicação da poliomielite mundial. O dinheiro angariado será diretamente depositado na plataforma e a Fundação Bill e Melinda Gates triplica o valor, que reverte em vacinas.

A corrida, de 12km, terá trajetos mistos, com pisos diferentes e paisagens de deixar os participantes encantados. Obviamente, os que participarão na caminhada poderão apreciá-las melhor. O valor da inscrição será de 10€ para a corrida e de 5€ para a caminhada, dando direito a dorsal, abastecimento intermédio e final e prémio de finisher.

Por falar em inscrições, cujo período para as efetuar termina a 4 de abril, poderá realizá-las através do link (basta clicar para aceder automaticamente):

https://www.prozis.com/pt/pt/evento/corrida-solidaria-end-polio-nowrotary-club-debarcelos-2019

Imagens: DR.

Rotary Club de Barcelos homenageia IPCA

Fevereiro 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 29 de janeiro, em jantar/cerimónia realizado no Hotel Restaurante Bagoeira, o Rotary Club de Barcelos homenageou o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).



Os fundamentos da criação do Rotary estão impregnados da importância dos Serviços Profissionais, como se pode observar na sua definição: “uma organização de líderes de negócios e profissionais que prestam serviços humanitários, fomentam elevado padrão de ética em todas as profissões e ajudam a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo” e, ainda, quando considera como seu Segundo Objetivo, “O reconhecimento do mérito de toda a ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional”.

Anualmente, os Clubes rotários homenageiam, nas suas Comunidades, os profissionais ou entidades cujo percurso mais se destaca nas diferentes áreas de atividade. Neste âmbito, o Rotary Club de Barcelos elegeu, em reunião de 13 de novembro, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, como entidade a homenagear no Ano Rotário 2018-2019.

Atualmente o IPCA tem mais de 4500 estudantes a frequentar cursos de licenciatura, mestrado, Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), cursos de pós-graduação e cursos breves, estando organizado nas suas quatro escolas: a Escola Superior de Gestão (1996), a Escola Superior de Tecnologia (2004), a Escola Superior de Design (2015) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (2017).

Esta homenagem surge no ano em que o IPCA comemora 25 anos de existência, sendo amplamente reconhecido pela excelência e qualidade do seu ensino. A Instituição de Ensino Superior barcelense esteve representada por Maria José Fernandes (Presidente), Agostinho Silva (Vice-Presidente), Patrícia Gomes (Vice-Presidente), Cândida Machado (Diretora da Escola Superior de Gestão), Vítor Carvalho (Diretor da Escola Superior de Tecnologia), Paula Tavares (Diretora da Escola Superior de Design) e Alexandra Malheiro (Diretora da Escola Superior de Hotelaria e Turismo).

A homenagem ficou marcada pelas referências à memória do Professor João Carvalho. Para as presidentes do IPCA e do clube rotário barcelense, o IPCA é fruto sua da visão de futuro. Foi também enaltecido o papel importante do IPCA como agente de desenvolvimento e responsável pela qualificação de muitos barcelenses.

Fotos: Arthur Cayeiro.

Ir Para Cima