Tag archive

Serra Amarela SkyMarathon

Serra Amarela Sky Marathon 2019: Como não continuar a Amar[ela]?

Junho 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 2ª edição da Serra Amarela Sky Marathon decorreu no passado domingo, dia 16 de junho. A aldeia de Entre Ambos-os-Rios, no Município de Ponte da Barca, foi mais uma vez a anfitriã para mais uma grande festa dos amantes da corrida em Natureza, organizada pela Carlos Sá Nature Events, em parceria com o Município de Ponte da Barca e a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.



A beleza ímpar da Serra Amarela, com os seus trilhos técnicos e desafiadores, as aldeias pitorescas e as simpáticas gentes minhotas que sabem receber bem, acolheram os cerca de 1000 participantes no evento.

O evento contou com quatro provas competitivas: 48km, 33, 23 e 15 km, sendo que a distância rainha de 48km fazia parte da Taça de Portugal SKY da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. As distâncias de 23km e 15km também integravam competições da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal: a Taça de Portugal da Juventude e a Taça de Portugal de Juvenis respetivamente.

O evento contou, ainda, com uma caminhada de 9km, revertendo parte do valor da inscrição a favor dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca. Todas as provas tiveram partida e chegada na aldeia de Entre-Ambos-os-Rios, no Município de Ponte da Barca.

O 1º lugar do pódio da prova rainha do evento, a SkyMarathon de 48 quilómetros, foi ocupado pelo atleta Ricardo Silva da EDV Viana-trail, com o tempo de 04h47m24s. Em 2º e 3º lugares respetivamente, classificaram-se os atletas Mário Fonseca da NAST (04h50m18s) e David Quelhas (05h10m00s) como individual.

Nas mulheres, Alice Lopes, da Ginásio Fit4Fun, conquistou o lugar mais alto do pódio, com 06h36m14s. O 2º e 3º lugares do pódio foram ocupados pelas colegas de equipa, Susana Simões e Goreti Correia, ambas da EDV Viana-Trail, com os tempos, respetivamente de 06h49m51s e 07h02m41s.

Já na distância de 33km, os 3 primeiros homens classificados foram João Narciso, do Olímpico Vianense, com 03h44m39s; Amândio Freitas, da EDV Viana-Trail, com 04h05m20s; e Mário Martins, como individual, com 04h05m38s.

Do lado feminino, foi Elisabete Alves, da Trogloditas Runners, quem ocupou o lugar mais alto do pódio, com 04h56m03s, seguida de Vera Barbosa, do Boavista Trail, com 04h59m23s, e Susana Rodrigues, do Clube de Atletismo de Fafe, com 05h14m59s.

Nas distâncias de 23 km e 15km, os lugares de pódio foram ocupados por:

23km

1º lugar masculino: Bruno Silva, individual, 01h59m46s

2º lugar masculino: Diogo Fernandes, SIM SUMMIT, 02h03m53s

3º lugar masculino: Emílio Carvalho, individual, 02h04m05s

1º lugar feminino: Renata Gonçalves, Montanha Clube Trail Running/EFAPEL, 02h45m01s

2º lugar feminino: Marina Alves, individual, 02h56m16s

3º lugar feminino: Carina Pinho, Ginásio Fit4Fun, 03h01m01s

15km

1º lugar masculino: Nélson Monteiro, individual, 01h09m19s

2º lugar masculino: José Miranda, Trogloditas Runners, 01h17m39s

3º lugar masculino: Alex Tondela, Montanha Clube Trail Running/EFAPEL, 01h23m09s

1º lugar feminino: Joana Fernandes, AKUAFIT, 01h33m42s

2º lugar feminino: Catarina Dantas, ACRA Running, 01h42m41s

3º lugar feminino: Cidália Ferreira, Running Penafiel Trail, 01h43m26s.

O evento foi também embelezado pela estreia das provas para os mais pequenos, o Serra Amarela Kids, na qual as crianças entre os 6 e os 17 anos puderam correr pequenas distâncias, de carácter não competitivo.

A participação de atletas de 11 nacionalidades (incluindo vários países europeus, Brasil, Tailândia, Estados Unidos da América e África do Sul) vem reforçar o reconhecimento internacional das potencialidades desta região, com toda a sua beleza e relevo agreste, para a prática da modalidade de SkyRunning.



Fotos: DR.

Carlos Sá Adventures organiza 2ª edição da “Serra Amarela SkyMarathon”

Maio 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já no próximo dia 16 de junho que a Carlos Sá Nature Events, do conhecidíssimo ultramaratonista barcelense, em parceria com o Município de Ponte da Barca e a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, levará a cabo a 2ª edição da Serra Amarela SkyMarathon.



Mais uma vez, estas entidades decidiram apostar na Serra Amarela e em todas as suas potencialidades, beleza e relevo agreste enquanto palco deste evento de SkyRunning, cujo sucesso no ano anterior foi indiscutível.

É uma serra com uma beleza ímpar, trilhos técnicos e desafiadores, aldeias e gentes que sabem receber bem, ótima para a prática de desportos na natureza e que vai, com certeza, surpreender todos aqueles que aceitarem o desafio de participar, tornando esta prova num evento único.

A 2ª edição do evento Serra Amarela SkyMarathon compreenderá várias provas competitivas e será acessível a qualquer atleta. Será possível competir nas distâncias de 48 Km, 33 Km, 23 Km e 15 Km, sendo que a distância rainha de 48 Km fará parte da Taça de Portugal SKY da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

As distâncias de 23 km e 15km também integrarão competições da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal: a Taça de Portugal da Juventude e a Taça de Portugal de Juvenis, respetivamente.

Haverá, também, uma caminhada de 9 Km, cujo valor reverterá, em parte, a favor dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca. As várias provas terão partida e chegada na aldeia de Entre-Ambos-Os-Rios, no Município de Ponte da Barca.

As provas de 48 e 33km estão também reconhecidas, respetivamente, com a atribuição de 3 e 2 pontos ITRA (International Trail Running Association) e com o selo de prova classificativa para o UTMB (Ultra Trail du Mont-Blanc).

Este ano o evento será embelezado, igualmente, pela estreia do Serra Amarela Kids, no qual as crianças entre os 6 e os 17 anos poderão correr pequenas distâncias, de carácter não competitivo. As inscrições para o Serra Amarela Kids são gratuitas e poderão ser feitas no próprio dia.

A Freguesia de Entre Ambos-os-Rios, no Município de Ponte da Barca será a base logística do evento, facilitando o acesso ao local por parte dos atletas e seus acompanhantes, já que está somente a 10 minutos do centro das Vilas de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez e a apenas 1h do centro do Porto.

Os participantes percorrerão trilhos inóspitos, aldeias preservadas, castelos, rios, vegetação luxuriante e verdejante, com vistas incríveis sobre os espelhos de água da Albufeira de Vilarinho das Furnas e da Albufeira de Tamente, neste maciço montanhoso do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês.

No final das suas provas, todos os participantes terão direito a banhos quentes no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica de Entre-Ambos-os-Rios e reforço alimentar na meta.

Para mais informações, aceda a (clicando no link entra automaticamente):

https://www.carlossanatureevents.com/pt/serraamarela

Fotos: DR.

Jérôme Rodrigues e Fernanda Verde vencem “Serra Amarela SkyMarathon”, organizada pela Carlos Sá Nature Events

Junho 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em pleno junho eis que o feriado nacional de dia 10 começa com uma manhã de inverno, com os cerca de mil participantes na primeira edição da “Serra Amarela SkyMarathon” a partir da aldeia de Entre Ambos-os-Rios, à conquista dessa Serra, em pleno coração do Parque Nacional Peneda-Gerês.



“Como não Amar[ela]?” era a pergunta que se impunha ao longo das semanas que antecediam o evento, nas redes sociais da prova.

A resposta, essa, chegou nesse domingo. Atletas, vindos de todos os cantos do país e de vários outros países, chegavam rendidos à meta, constatando que todos os adjetivos com que o barcelense Carlos Sá, diretor de prova, anunciava este evento não eram em vão.

“No final, estava extasiado e demorei algum tempo a descer à terra. Foi perfeito. Não me ocorre outra palavra. Tudo nesta prova foi perfeito. O percurso 99% em trilho (e que trilho), boa subida, boa descida, marcações impecáveis, 4 abastecimentos super completos, simpatia de toda a gente, ambiente incrível, técnico, duro, com partes para andar depressa, rios para atravessar…até o clima ajudou!” escreveu Filipe Torres no seu blog “Quarenta e Dois”, num relato minucioso sobre os seus 35 quilómetros.

No que à competição diz respeito, os atletas da EDV-Viana Trail conquistaram o pódio em equipa, da prova rainha de 48 quilómetros, que integrou a Taça de Portugal SKY, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

O evento contou com quatro provas desportivas: 15, 23, 33 e 48 quilómetros. E uma caminhada solidária de 7km, que reverteu, na íntegra, para os “soldados da paz” de Ponte da Barca.

Jérôme Rodrigues (EDV-Viana Trail) vence SkyMarathon e Bruno Ribeiro (Águias de Alvelos) fecha pódio no 3º lugar

Na prova rainha do evento, a SkyMarathon de 48km, foi Jérôme Rodrigues quem levou a melhor. Em 5h12m16s, o atleta da EDV-Viana Trail conquistou o 1º lugar, com vantagem de apenas 1 segundo sobre o segundo classificado, o seu colega de equipa Ricardo Silva. Bruno Ribeiro, da equipa barcelense Águias de Alvelos, fechou a tríade do pódio masculino desta distância, com um tempo de 5h46m36s.

Fernanda Verde (EDV-Viana Trail) vence, com Susana Simões e Ângela Costa no pódio

Nas mulheres, Fernanda Verde, também da EDV-Viana Trail, conquistou o lugar mais alto do pódio, com 7h03m40s, cerca de 11 minutos menos que a sua colega de equipa, Susana Simões, que conquistou o 2º lugar dos femininos, em 7h14m26s. A atleta da Guimarunning, Ângela Costa, chegou em 3ºlugar, com 7h32m52s.

Nuno Reis  e Liliana Gomes conquistam a SkyRace

Também pelas 7h00, partiram os atletas da prova SkyRace, de 33 quilómetros. Aqui , foi Nuno Fernandes, do Clube Atletismo Fafe, quem arrebatou o 1º lugar, em 3h46m19s. David Gouveia e Francisco Carvalho, ambos da equipa CMMouronho – Escaravelhos, terminaram a prova em simultâneo, com um tempo de 3h48m08s, ocupando os restantes lugares do pódio. Liliana Gomes foi a primeira das mulheres a cortar a linha de chegada. A atleta da Dr. Merino/4moove terminou a prova em 5h21m19s, com uma vantagem de quase 20 minutos em relação à 2ª classificada, a atleta do Olímpico Vianense Trail, Ana Sereno, que terminou o percurso em 5h41m. Fechou a tríade do pódio, a atleta individual Sofia Guerra, com 5h43m.

SkyRace de 23km equipa Dr.Merino/4moove em pleno no pódio e Rita Loureiro a vencer no feminino

Pelas 9h00, partiram as restantes provas. Na prova SkyRace de 23 quilómetros, os três lugares do pódio masculino foram arrecadados por atletas da equipa Dr. Merino/4moove. Paulo Conde foi o 1º, com um tempo de 2h13m54s, com uma vantagem de quase cinco minutos em relação ao 2º classificado, o seu colega de equipa António Rodrigues. Sérgio Duarte foi o 3º membro da equipa a atravessar a meta, com um tempo de 2h19m07s. A atleta individual, Rita Loureiro, foi a primeira mulher a cortar a meta, conquistando, assim, o mais alto lugar no pódio feminino, com um tempo de 2h47m20s, com uma vantagem de 1m43s em relação à 2ª classificada, a atleta individual Elisabete Alves, que terminou a prova em 2h49m03s. Paula Lage, também da Dr. Merino/4moove, fechou o pódio das mulheres.



Abílio Ribeiro e Paula Costa vencem a Mini SkyRace

Na prova mais rápida, a Mini SkyRace, de 15 quilómetros, o pódio começou a ser composto à 1h23m16s de corrida, quando o primeiro atleta cortou a meta. Abílio Ribeiro sagrou-se vencedor desta distância, seguido por José Miranda, que concluiu o percurso em 1h23m37s, e por Bruno Santos, da Associação Desportiva de Amarante, que terminou a prova em 1h23m45s. Paula Costa, da CAAV/TRAIL, foi a primeira mulher a cortar a linha de chegada, em 1h47m11s, seguida de Vera Barbosa, da equipa Nova Linha Trail Runners, que terminou a prova em 1h51m37s. Marta Veloso, da Trogloditas Runners, fechou a tríade do pódio feminino.

No final, Augusto Marinho, presidente do concelho de Ponte da Barca, enalteceu os principais fatores para o sucesso deste primeiro evento em parceria com a Carlos Sá Nature Events: o território, a beleza impar desta serra com trilhos muito adequados para a prática desta modalidade crescente, aliada à experiência e credibilidade do ultramaratonista Carlos Sá na organização de eventos de natureza, que são hoje um fator de dinamização económica muito importante. O facto de os participantes irem acompanhados pelas famílias e alojarem-se na região (esgotando todas as unidades locais), significa um retorno imediato, para além da visibilidade que dá à região.

De realçar que todos os atletas premiados nos pódios de escalões tiveram como prémio um vaso decorativo com um Carvalho, cujo objetivo é o de incentivar à reflorestação das florestas portuguesas, diminuindo, dessa forma, a pegada ecológica na sua deslocação para este evento.

Fonte: CSNE.

Fotos: Luís Ferreira e Ruben Fueyo.

Ir Para Cima