Tag archive

Sporting Clube de Portugal

Menos ego, mais Sporting

Novembro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Faltou-nos a “estrelinha da sorte” e lá terminou a invencibilidade de Silas (quinto treinador da era Varandas), que ainda não tinha perdido para jogos do campeonato, no comando técnico do nosso Sporting Clube de Portugal. Tondela 1 – 0 Sporting Clube de Portugal.



Golo da equipa beirã a ser marcado aos 88′, em lance de bola parada. A nossa primeira derrota fora de casa nesta Liga 2019/2020. Precisamente, a primeira vitória da equipa beirã em sua casa, neste campeonato!

Se o resultado foi péssimo, a exibição não foi melhor. Mais uma vez, os nossos jogadores arrastaram-se em campo (mais propriamente durante toda a primeira parte) sem intensidade, com extrema lentidão e movimentos mais que previsíveis. Perdi a conta à quantidade de vezes em que os centrais (Ilori e Coates) trocaram a bola entre si, sem arriscarem um centímetro de organização ofensiva. Bom mesmo, só se for para as estatísticas!!!

Eu tinha falado, na semana passada, que precisávamos de um “ano zero”! Este podia muito bem ter sido esse tal “ano zero”! Pois no que ao Futebol diz respeito, não vamos ganhar nenhuma competição este ano! Podia, muito bem, ter sido um ano aproveitado de outra forma, mas está a ser, na minha opinião, um ano, única e exclusivamente “jogado fora”! A péssima planificação da época está bem patente neste ano, que está a ser completamente desperdiçado! Consequências do passado-recente, também é um facto real!

Até na antevisão da jornada, por parte do nosso treinador Silas, se verificou que andámos à deriva! Nesta época, em que tão mal jogamos e tanta dificuldade temos para ganhar jogos (mesmo com sucessivos treinadores, o que só demonstra que o plantel não dá para mais), dizer, na antevisão da jornada, que se ganhássemos os jogos todos até final da época, seriamos campeões, só demonstra que, de uma vez por todas, não metemos na cabeça que, primeiro, precisamos muito melhorar, estabilizar, solidificar, crescer e depois, sim, pensarmos em sermos Campeões.

Mas não, continuamos a querer tudo para ontem e dá nisto! Se vencêssemos os jogos todos até final da época (seria surreal para uma equipa que joga tão pouco)…e a realidade é que de seguida perdemos logo em Tondela!!!

Apesar de tudo, espero que o nosso bom desempenho Europeu eleve os índices anímicos e motivacionais dos nossos jogadores. Ontem, obtivemos o terceiro triunfo consecutivo na Liga Europa. Desta feita, vencemos em Rosenborg, por 2-0.  Pelo menos, que contribua para uma reaproximação entre a equipa e os adeptos, que nesta altura, bem precisamos!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

O futuro passa por reerguer a Academia!

Novembro 1, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH.

Já não chegava o “pós-Alcochete”, agora novamente os imbecis da Juve Leo, que mais uma vez, no final dos jogos, gritam contra Varandas. Andam tão obcecados com o Presidente, responsável pelo fecho da “torneira” de onde lhes escorria o dinheirinho, que nem repararam que o Sporting venceu mais um jogo!



E são 3 vitórias consecutivas! Em 6 jogos, desde que assumiu o comando do futebol leonino, Silas venceu 5! Acaba de conduzir a equipa a um trio de triunfos sucessivos – algo que sucede pela primeira vez na temporada oficial em curso – após vencermos o Rosenborg (1-0), o V. Guimarães (1-0) e, desta feita, o Paços de Ferreira (1-2).

Nem tudo é um “mar de rosas”, nem pouco mais o menos, mas o atual treinador ainda não perdeu em jogos da Liga 2019/2020, ao serviço do nosso Sporting.

Mantivemos, para já, o quarto lugar, mas reduzimos a distância para FC Porto, que soma agora mais 5 pontos – os mesmos que também nos separam do Famalicão.

Nada tem sido fácil e os protestos têm surgido de todo o lado! Felizmente, no meio de tudo isto, mesmo assim, conseguimos vencer jogos!

Apesar de pecar, por não ter sido tomada há um ano, saludo o regresso da equipa B. Há um potencial extraordinário nos sub-23 e nos Juniores que não pode ser desperdiçado. Não se esqueçam que há jogadores com alto potencial, que simplesmente estão emprestados. É mais do que hora de olharmos para dentro! De fazermos com que seja um “ano zero”, onde o principal intuito deve ser apenas e só um: reerguermos a nossa formação! Da nossa Academia saíram dos melhores do Mundo! A nossa formação era das melhores do Mundo! É mais do que tempo de voltarmos a fazer renascer a nossa Academia! Pela Academia passa o nosso futuro! Na Academia está a nossa oportunidade de nos voltarmos a reerguer, mesmo que, para isso, seja inevitavelmente preciso passarmos pelo “ano zero”!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Continua Sofrível

Outubro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Mais de um mês depois, após cinco jogos sem vencer, voltámos aos triunfos, sofríveis diga-se, frente ao Desportivo das Aves e ao LASK Linz. Desportivo das Aves 0-1 Sporting Clube de Portugal.



Vencemos a equipa que está em último lugar no campeonato nacional, por 1-0, com golo de penálti, apontado por Bruno Fernandes quando já estavam decorridos 83 minutos de jogo. Uma vez mais, portanto, foi sofrer até ao fim. Mas valeu a pena. Não pela nossa exibição, globalmente muito fraca, mas pelos 3 pontos conquistados!

Estreia do novo treinador, Silas – quinto da era Varandas – começou com o pé direito. O seu antecessor, Leonel Pontes, orientou o Sporting em 4 partidas, com um saldo francamente negativo: 1 empate e 3 derrotas.

Vitória merecida, porque fomos a melhor equipa em campo, mas num jogo insípido e quase bocejante, revelámos, porém, maior segurança na posse de bola. Vitória que foi, também, possível graças a algo que nos tem faltado noutras jornadas: o fator sorte.

Na Liga Europa, recebemos a equipa austríaca do LASK Link. Sporting Clube de Portugal 2-1 LASK Linz.

Contra a equipa que segue em segundo lugar no campeonato austríaco, obtivemos uma vitória nada merecida, conseguida apenas com muita sorte! Num jogo que o adversário dominou quase por completo, dispôs claramente de mais oportunidades de golo, e foi para o intervalo a vencer por 1-0. O nosso Sporting só esteve por cima do jogo durante cerca 15 minutos, na segunda parte, mas aproveitámos da melhor maneira esse período, onde marcámos os dois golos – por Luiz Phellype, de cabeça, na sequência de um canto apontado por Bruno Fernandes, aos 58′, e o outro pelo nosso capitão Bruno Fernandes, numa boa desmarcação, com assistência do ponta de lança brasileiro, aos 63′. Muito melhor o resultado neste confronto da Liga Europa do que a exibição. Há noites assim!!!

As exibições continuam muito aquém do esperado!!!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respect e Fair-Play!!!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Eclipse

Setembro 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

No regresso a Alvalade, depois da “ressaca” Europeia, mais um desaire. Sporting Clube de Portugal 1 – 2 F.C. Famalicão

Derrota esta, fruto da apatia da segunda parte e do desnorte total após o intervalo, do onze leonino.



Uma segunda parte que foi um verdadeiro descalabro – do pior que tenho visto esta época no Sporting. O Famalicão impôs-se, pressionou, dominou, dispôs de uma “mão bem cheia” de oportunidades de golo – e aproveitou duas, aos 55′ e aos 88′. O suficiente para levar 3 pontos de Alvalade. Vitória merecida. Foi, sem discussão, a melhor equipa em campo.

Já perdemos 10 pontos nos 6 primeiros jogos deste campeonato (3 com o Rio Ave, 3 com o Famalicão, 2 com o Marítimo, e 2 com o Boavista)!!!!

A travessia no deserto parece não ter fim!!!!!

O Sporting Clube de Portugal é um Clube admiravelmente eclético! Com atividade e títulos em mais Modalidades do que a grande maioria dos outros clubes do Mundo!

Mas no Futebol, ganhámos 4 Campeonatos nos últimos 45 anos! Menos do que um Campeonato conquistado a cada 10 anos!!!

E todos os anos, com o início da nova época, insistimos na vontade de que este ano é que vai ser, quando devíamos, era nos preocupar em estabilizar e, paulatinamente, reduzir o fosso para os 2 mais fortes, atualmente no futebol Português! A última vez que tivemos a hegemonia do Futebol Português, já foi há 60 anos!!!

Inexplicavelmente, continuamos a querer mudar tudo…assim do nada…num estalar de dedos…como se de um Milagre se tratasse!!!

Acordemos para a realidade! Só assim podemos, paulatinamente, crescer e nos tornarmos mais Fortes a cada ano!

Desporto é Vida! Vive o Desporto com “Respect” e “Fair-Play”!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

[Ndr: o artigo foi entregue à redação antes do jogo Sporting CP – Rio Ave FC a contar para a Allianz Cup, vulgo Taça da Liga, realizado a 26.09.2019]

Estreia Agridoce

Setembro 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Na estreia de Leonel Pontes, obtivemos um empate no Bessa. Boavista 1 – 1 Sporting Clube de Portugal.



Entrámos no jogo praticamente a perder, graças a uma displicência de Wendel. Depois, Leonel Pontes até tentou mudar o rumo dos acontecimentos, incentivou a equipa, mexeu na equipa, mas não pode fazer milagres, com as lacunas que o plantel apresenta, principalmente, na frente de ataque!

De mal o menos, gostei da estreia de Bolasie. Seria difícil pedir mais a quem acabou de chegar e se estreou logo a titular.

O problema é não haver tempo para integrar estes reforços de forma gradual, porque o único ponta de lança do plantel está lesionado, assim como, o segundo avançado titular. Para cúmulo, Pedro Mendes, titular dos sub-23, em boa forma, não foi inscrito, decisão que não compreendo de todo!

A má preparação da época começa a fazer-se notar, cada vez mais, de jogo para jogo. A realidade é que houve tempo para planear a atual época. Inexplicavelmente, tudo parece estar a ser feito “em cima do joelho”!

A situação financeira do clube não explica tudo! Seguramente, não explica a não inscrição de Pedro Mendes; a má gestão do dossier Bas Dost; e a não contratação de um ponta de lança de raiz (alternativa a Luiz Phellype).

Sem querer encontrar bodes expiatórios, ou passar responsabilidades a terceiros, não percebo a expulsão de Bruno Fernandes (após ter passado o jogo a sofrer faltas)! Verdade que o nosso capitão se pôs a jeito, ficando à mercê do “dito cujo” Sousa, por ter levado um primeiro amarelo desnecessário. Mas levou “porrada” que se fartou e a dualidade de critérios continua a ser gritante! É mesmo à escolha do “freguês”!

Com estas e com outras, já desperdiçámos 7 pontos em 5 jornadas!!!

Sinceramente, acho que se avizinha uma época sofrível, pois, inexplicavelmente, está-se a notar uma péssima preparação da época, quando houve mais que tempo suficiente para ser bem diferente!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Montanha Russa de Emoções

Setembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros Barcelenses e leitores do BnH!

Ainda só decorreram 4 jornadas do Campeonato Nacional e já “vivemos” numa autêntica “montanha russa” no nosso Sporting Clube de Portugal!

Do triunfo indiscutível do nosso Sporting em Portimão, até à derrota caricata, (insólito de 3 penaltis contra) em Alvalade, frente ao Rio Ave, foi um ápice!



Portimonense 1 – 3 Sporting Clube de Portugal.

Vitória concludente da nossa equipa, num estádio sempre difícil! Com 2 golos de Raphinha e 1 de Luiz Phellype (ambos em estreia a rematar com êxito às redes adversárias nesta Liga 2019/2020). Vitória sem discussão. Foi, na minha opinião, até agora, a melhor exibição leonina nesta temporada.

Um excelente arranque leonino na partida. Aos 5′ já vencíamos por 2-0 em consequência do dinâmico futebol de ataque desenvolvido pelo Sporting, claramente apostado em sair de Portimão com os 3 pontos. Chegou a pairar a sensação de que poderia registar-se uma goleada. Embora a equipa da casa tenha conseguido gerar equilíbrios no centro do terreno, por volta dos 30 minutos de jogo, a verdade é que teve escassas hipóteses de marcar.

Depois da sofrível vitória em Alvalade sobre o SC Braga, parecia, finalmente (em Portimão), termos encontrado o “antídoto” do bom futebol, que tanto almejamos.

Mas foi “sol de pouca dura”!

Logo de seguida, em casa, frente ao Rio Ave, uma derrota, no mínimo, caricata. Voltámos ao futebol sem ideias, sem dinâmica, sem querer, sem determinação para mais e melhor!  À quarta jornada, cinco pontos perdidos: dois contra o Marítimo, no Funchal, e agora mais três, perante a equipa vila-condense, muito bem organizada. Uma derrota que acontece quando, apesar de tudo, seguíamos em primeiro na Liga, e com o decorrer do jogo, até parecia que podíamos obter a terceira vitória consecutiva!  (vencíamos por 2-1 a sete minutos do fim do tempo regulamentar)

Na reta final do jogo, foi um verdadeiro “balde de água gelada”, testemunhado ao vivo por cerca de 38 mil adeptos que se deslocaram a Alvalade.

Uma noite de pesadelo para o central uruguaio: Coates! É ele quem está na origem dos 3 golos do Rio Ave – todos marcados de grandes penalidades, assinaladas aos 4′, 83′ e 86′; todas originadas de faltas, ou supostas faltas, cometidas por ele próprio. Insólito, no mínimo! E assim se perdeu 3 pontos, mais por demérito e culpa própria!

Assim voltamos à “Montanha Russa”, culminada com a saída de Marcel Keizer!

Concordo com a saída de Keizer, neste momento, pois o futebol que praticamos, nesta altura, é demasiado sofrível, sem dinâmicas, para aquilo que se deve exigir a um treinador que já conhecia bem o plantel à sua disposição, ainda para mais, quando no final da época transata, com precisamente ele no comando, jogava-se bem mais e melhor futebol!

Segue-se Leonel Pontes! Sem créditos firmados, parece-me, de todo, uma “solução” transitória! A ver vamos!

Que, pelo menos para já, consigamos estabilizar, equilibrar e deixarmos, de uma vez por todas, esta “montanha russa” de emoções!!!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Que seja a primeira de muitas

Agosto 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja Barcelenses e caros leitores do Barcelos na Hora.

Ao terceiro jogo oficial, foi de vez! AÍ está a primeira vitória oficial da época 2019/20, do meu Sporting Clube de Portugal! Sporting Clube de Portugal 2 – 1 Sporting Clube de Braga.



Após uma pré-época e um início nada promissor, eis que, 3 meses depois, regressámos às vitorias no nosso primeiro jogo oficial em Alvalade.

Contra uma boa equipa, que o é, inequivocamente, este S.C. Braga, vencemos, mas não convencemos. Valeu pelos 3 pontos, que, apesar de tudo, acho que foram justos!

Voltámos a entrar em campo sem um único reforço no onze titular! No defeso do verão, vieram: Eduardo Henrique, Luís Neto, Rafael Camacho, Rosier e Vietto. Quatro deles até estavam no banco de suplentes, mas o técnico não parece ter confiança suficiente em nenhum, para os colocar no 11 inicial!

Entrámos muito bem no jogo. Domínio absoluto nos primeiros 20 minutos. Relegámos o Braga para o seu reduto defensivo, com pressão muito alta, condicionando a saída da bola da equipa adversária. Bons lances coletivos neste período, tanto pelas alas, como pelo corredor central. A nossa superioridade foi coroada com o nosso primeiro golo, apontado aos 16′ por Wendel.

Depois veio o melhor momento do jogo, ocorrido aos 44′, com um golo de bela execução, do, mais uma vez, melhor em campo: Bruno Fernandes!

Na segunda parte, o S.C. Braga reduziu por Wilson Eduardo, jogador que se formou na Academia de Alcochete! (nós formamos, outros aproveitam, também tem acontecido muito)

A vencer pela margem mínima, veio o sinal de medo, transmitido pelo treinador. Keizer mandou sair um elemento da linha ofensiva (Diaby, uma nulidade diga-se!), trocando-o por um central (Neto). Passámos, assim, a jogar em nossa casa, com um bloco de 5 defesas?!? Para mim, é atitude de equipa pequena, “estacionando o autocarro”, o que em nada condiz com o nosso espírito leonino.

Vencemos pela margem mínima. Foi justo, mas voltámos a não convencer!

É este o “futebol de ataque”, que os rótulos da propaganda interna colaram ao técnico holandês quando chegou ao Sporting? Foi sol de pouca dura!!!

Como vamos ser equipa goleadora, se queremos “vender/dispensar” Bas Dost?

Mais uma “telenovela”, e desta feita, parece que vamos mesmo perder o nosso goleador, e por uma “pechincha”. Já se apresentaram mil e uma razões para tal saída, onde, para mim, a mais evidente de todas é Marcel Keizer. Bas Dost, ficou fragilizado desde o “ataque” à Academia? É um facto inequívoco que sim! Mas nunca vi, (ou raramente) enquadrar-se no Futebol que Marcel Keizer pretende. Com toda a sinceridade, neste momento, preferia mil vezes Bas Dost, que Marcel Keizer. Mas eu não mando nada na estrutura leonina! Apenas dou a minha opinião e sinto que voltamos aos “tiros nos próprios pés”! O foco tem sido tudo, e mais alguma coisa, e no que realmente nos devíamos focar, que é nos nossos jogos, nos nossos adversários, é o que se vê! Exibições paupérrimas, jogadores no 11 inicial sem categoria, para o que um clube como o Sporting Clube de Portugal devia exigir.

Reforços que simplesmente pouco tempo, ou nenhum, jogam, e jogadores como Bas Dost, com médias de 30 golos por época, a serem vendidos ao “desbarato”!

Um passo em frente…dois passos atrás!

Assim vamos andar muitos e bons anos a lutar por conquistas de Taças! Sim, porque, com esta pré-época sem exigência, com este início tão fraco e o nosso Presidente a achar que não é motivo de preocupação, o título nacional será uma miragem, cada vez maior, ano após ano!!! Falta estabilidade e ponto!

Que eu esteja tremendamente enganado…mas não me parece, de todo!!!!!

Quanto ao nosso Gil Vicente, vou deixar a opinião, e as boas-vindas, à nova cronista do BnH, a Gilista Lucy Santos!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Maus presságios

Agosto 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja Barcelenses e caros leitores do Barcelos na Hora.

AÍ está o regresso do Campeonato Nacional de Futebol!!!



Para o meu Sporting Clube de Portugal, o final da época passada até foi bem positivo, em ascensão exibicional e de resultados (inclusive com a conquista da Taça de Portugal no final da época). Eis que a nova época desportiva começa de uma forma, pouco ou nada, condizente com aquilo que eu realmente esperava do meu Sporting 2019/20!

Desde o início, da pré-época que os presságios não eram nada bons! Não vencemos um único jogo de pré-época! E na final da Supertaça, foi o descalabro que se viu!

O nosso Presidente afirmou, nessa altura, que não era preocupante! Para mim, não era preocupante se estivéssemos a construir uma equipa quase nova! Mas este ano, não é essa a realidade! Não saiu praticamente ninguém do 11 base da época passada (ainda por cima, mesmo com tanta “telenovela”, mantivemos, pelo menos para já, o nosso melhor jogador: Bruno Fernandes), ainda gastámos uns 20/25 milhões para reforçar a equipa, para a tornar mais forte, mais capaz e eis que, para “mal dos nossos pecados”, a equipa joga bem pior, do que da forma que terminou a época passada!!!

Sim, porque não estou a falar só de que ainda não ganhámos um jogo nesta nova época! Mas sim, que jogo após jogo, a equipa tem demonstrado incapacidade defensiva, uma gritante incapacidade de recuperação no terreno de jogo e pouca, ou nenhuma, capacidade de pressão sobre os adversários. São constantes as falhas de marcação sobre os jogadores do meio-campo adversário. Aliada a estas incapacidades, é a distância em que jogam os nossos três sectores!!! Certos jogadores, como os extremos, passam grande parte do jogo encostados à linha, quase sem raio de ação! E o desaproveitamento de Bas Dost, que não é minimamente um construtor de jogo, mas obviamente, um jogador de área, um finalizador nato!!!!!

Isto sim, mais que os resultados, no meu ponto de vista, é já bem visível, e preocupante, nesta nova época 2019/20 do nosso Sporting Clube de Portugal!

Assim sendo, iniciámos o Campeonato Nacional com um empate no Funchal!

SC Marítimo 1-1 Sporting Clube de Portugal

Num terreno até tradicionalmente difícil para conquistarmos os 3 pontos, do mal o menos, conseguimos 1, pois a exibição não foi, de todo, merecedora de mais!

A “procissão ainda vai no adro”, mas precisamos, devemos, e temos plantel para fazer muito mais e melhor!!!!

O nosso Gil Vicente, neste regresso 13 anos depois (depois de tanta injustiça descabida), entrou logo, novamente, para a História! Estádio Cidade de Barcelos com quase 11 mil espectadores, colmatado com uma vitória sobre o FC Porto! Um regresso mais que perfeito! Agora que seja para continuar com este querer, esta vontade e esta dedicação, para nos mantermos, muitos e bons anos, entre os grandes do Futebol Português!

Já agora, havia muitos Gilistas/Portistas no estádio…assim como há de outros clubes, como eu sou Gilista/Sportinguista, e isso deve-se respeitar à mesma!

Não vamos é ser antis!!! Mesmo que sejam adeptos/simpatizantes de um clube dos “ditos grandes”, não deixem nunca de apoiar o clube da nossa terra!!! Somos Barcelenses, devemos ter orgulho nisso, na nossa Cidade, no nosso Gil Vicente, que muitas alegrias (tenho a plena convicção) nos irá dar nesta época do regresso, mais que merecido, ao principal escalão do Futebol Português!

Força Gil Vicente!!!!

O nosso OCB, que representa dignamente a nossa Cidade (inclusive por esse Mundo fora), este ano, ainda não começou o seu campeonato, também merece e precisa do apoio de todos os Barcelenses, para todos juntos, construirmos uma época de sucessos e conquistas!!!

Força OCB!!!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Escola Academia Sporting de Barcelos conquista 1º Torneio de Infantis do SC Leões das Enguardas

Junho 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Academia tem captações abertas

O campo do Sporting Clube Leões das Enguardas, filial 154 do Sporting Clube de Portugal, foi o “palco” escolhido para acolher a 1ª edição do Torneio de Infantis do SC Leões das Enguardas, que contou com a presença de dezenas de jovens futebolistas.



No final, a grande vencedora foi a Escola Academia Sporting de Barcelos, que trouxe para casa “o caneco”.

Entretanto, a Academia já apresentou o elenco de staff para a época 2019/2020. Ricardo Cruz será o Diretor/Coordenador Administrativo, Nuno Silva será o Diretor/Coordenador Técnico. António Barbosa (Traquinas – Sub-9), Matilde Lopes (Minis/Petizes), Bártolo Dias (Benjamins – Sub-10/11) e André Silva (Infantis – Sub-13) completam o elenco.

Estão também abertas captações para a próxima época desportiva. Os interessados devem comparecer na Escola Academia Sporting Barcelos, na Rua da Boucinha, em Silva, nos dias e horas que constam da imagem seguinte.

De igual forma, a Escola Academia e o Cávado Futebol Clube (projeto emanado da Academia e que, por exemplo, campeão distrital de Braga – série A e B), irão realizar captações, com estas a dividirem-se entre o complexo da Silva e o campo de futebol de Vilar do Monte. Os dias e horários constam da imagem que se segue. Para mais informações, poderá contactar Ricardo Cruz (939 115 712) ou Nuno Silva (935 767 881).

Imagens: DR.

[Ndr: notícia atualizada a 28.06.2019, pelas 22h15]

Venha a Festa do Jamor

Maio 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Jogou-se a 34ª jornada e terminámos o campeonato com uma derrota, no Clássico. FC Porto 2 – 1 Sporting Clube de Portugal.



Foi um Clássico sem emoção! A nossa classificação final estava definida. A réstia de esperança do FC Porto em ser campeão, com o passar dos primeiros minutos, e os golos que iam acontecendo do novo Campeão SL Benfica (os meus sinceros parabéns aos vencedores), tirou qualquer tipo de emoção ao Clássico. Foi um Clássico fraco, mal jogado. Para cumprir calendário.

Ainda por cima, desde muito cedo, com a expulsão de Borja, limitámo-nos, praticamente, a defender e tentar o golo num contra-ataque. Assim foi. Até podíamos ter saído do Dragão com os 3 pontos. Esteve quase a acontecer. Infelizmente, deixámos a equipa adversária dar a volta ao resultado, com dois golos, quase ao cair do pano.

Do mal o menos, a nossa classificação final estava decidida antes deste Clássico, com o terceiro lugar, na despedida do campeonato 2018/2019.

Precisamente pela nossa classificação final estar decidida, pareceu-me que as poupanças foram em dose mínima. Keizer só deixou no banco Raphinha e Wendel.

Na minha opinião, podia ter evitado que outros jogadores se desgastassem (nomeadamente Acuña e Bruno Fernandes).

Pois falta o mais importante: a final da Taça, este sábado. Que seja uma verdadeira festa no Jamor.

Desporto é Vida! Viva o Desporto com Respeito e Fair-Play!

Por: Ricardo Ribeiro*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 11
Ir Para Cima