Tag archive

Sporting de Tomar

Óquei de Barcelos vence Sporting de Tomar por 1-3

Junho 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo a contar para a penúltima jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de Hóquei em Patins, jornada em que se encontrou o campeão nacional – o Sporting –, o Óquei de Barcelos (OCB) deslocou-se a terras dos Templários para defrontar o Sporting de Tomar, que levou de vencida por 1-3.



A equipa da casa alinhou com Marco Gaspar, João Lomba, Ivo Silva, Paulo Passos e Pedro Martins, no cinco inicial, ficando no banco, de início, Diogo Alves, João Sardo, Hernâni Diniz, Joka e Francisco Rodrigues.

Já o OCB alinhou de início com Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho. No banco, de início, estiveram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Hugo Costa e Afonso Lima.

O jogo foi arbitrado por Luís Peixoto e João Duarte, da AP Lisboa.

A equipa da casa entrou melhor, abrindo o marcador por João Lomba, aos 6 minutos. Aos 11 minutos, Marinho fica em evidência, por falhar uma grande penalidade mas por, depois, apontar o golo da igualdade, com que se foi para intervalo.

A segunda parte trouxe mais emoção ao jogo. Aos 6 minutos, Zé Pedro deu a volta ao marcador, colocando o OCB a vencer. No minuto seguinte, Hernâni Diniz falhou uma grande penalidade. Dois minutos depois, Marinho bisou e colocou o OCB a vencer mais tranquilamente, por 1-3. O minuto 24 “trouxe” a 10ª falta do Sporting de Tomar mas Marinho não conseguiu concretizar o respetivo livre direto, tendo o jogo terminado com a vitória do OCB por 1-3.

O OCB está na 6ª posição, com 40 pontos, e na próxima jornada, a última, recebe a Juventude de Viana, dia 9 de junho, às 18h00.

Óquei de Barcelos perde em Tomar e é eliminado da Taça de Portugal

Março 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Jogou-se hoje os oitavos de final da Taça de Portugal de Hóquei em Patins, com o Óquei Clube de Barcelos a deslocar-se a Tomar para defrontar o Sporting local. O resultado final ditou um 4-3, que afastou o OCB da Taça e dos quartos de final.



Arbitrado por Manuel Oliveira e António Santos (AP Aveiro), Nuno Domingues, treinador dos nabantinos, fez alinhar de início Diogo Alves, João Lomba, João Sardo, Ivo Silva e Paulo Passos, deixando no banco Marco Gaspar, Hernâni Diniz, Pedro Martins, Xanoca e Duarte Ferreira.

Já Paulo Pereira, técnico “óquista”, fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco ficaram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

O jogo começou tremendamente mal para os homens de Barcelos, com a equipa da casa a marcar o primeiro golo logo aos 49 segundos de jogo. O jogo continuou dividido mas aos 16 minutos, Pedro Martins aumentou a vantagem para o Sporting de Tomar. Ao intervalo, o marcador assinalava um 2-0 para a equipa da casa.

Se o início de jogo não foi o melhor, o reinício trouxe um OCB mais acutilante e à procura do golo. Aos 4 minutos da 2ª parte, o espanhol Juanjo López reduziu para 2-1. No minuto seguinte, o OCB chega à 10ª falta mas Ricardo Silva não deixou João Sardo aumentar a vantagem nabantina. Um minuto depois foi o OCB que não aproveitou o livre direto, a penalizar o Tomar pela 10ª falta. O jogo animou.

Aos 7 minutos, Rúben Sousa restabeleceu a igualdade. Dez minutos depois, o OCB chega à 15ª falta mas Ivo Silva não concretizou o livre direto, com Ricardo Silva a defender novamente. No entanto, no minuto seguinte, Hernâni Diniz recolocou os da casa na frente do marcador. Entretanto, no mesmo minuto, Hugo Costa é admoestado com azul, mas sem direito do Tomar a livre direto, e João Almeida tornou a empatar a partida, neste caso a 3. De seguida, o Tomar fez a 15ª falta mas João Almeida não conseguiu concretizar o livre direto.

O jogo continuava “taco a taco”, ou “stick a stick”, quando os da casa, já no último minuto do tempo regulamentar, marcaram o 4-3, por intermédio de João Sardo. E foi com este resultado que terminou o jogo, ficando o OCB pelo caminho nesta competição.

De relembrar que apenas neste jogo e no Sporting-FC Porto estavam envolvidas equipas da primeira divisão, o que torna evidente a “pontinha de azar” que o OCB teve no sorteio. OCB que classificou de “simplesmente vergonhoso o que se passou em Tomar”, na sua página do Facebook.

Lances de bola parada ditam empate do Óquei frente ao Sporting de Tomar

Janeiro 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo realizado hoje, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) empatou com o Sporting de Tomar (8º). 4-4 foi o resultado final.



A contar para a 12ª jornada do campeonato, o OCB (5º) alinhou de início com Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. Paulo Pereira decidiu deixar no banco, de início, André Almeida, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

Já Nuno Domingues, treinador nabantino, optou por colocar Diogo Alves, João Lomba, João Sardo, Paulo Passos e Alexandre Marques no cinco inicial, deixando no banco, de início, José Pereira, Ivo Silva, Hernâni Diniz, João Alves e Pedro Martins.

O jogo foi arbitrado por José Pinto (AP Porto) e Rui Torres (AP Minho).

Quem iniciou de “stick quente” foi Rúben Sousa, que marcou os dois primeiros golos “óquistas”, o primeiro logo aos 2 minutos e o segundo aos 11. Dez minutos depois, Pedro Martins reduziu a desvantagem mas Afonso Lima, dois minutos depois (aos 23 minutos), acabaria por repor a diferença em dois golos, com que o jogo foi para intervalo.

O OCB entrou na segunda parte tal como entrou no início do jogo, ou seja, a marcar cedo. Desta feita, foi João Almeida, aos 2 minutos a abanar com as redes da baliza dos homens vindos da terra dos Templários. No entanto, Pedro Martins, de novo, não quis ficar atrás e, aos 5 minutos, reduziu novamente a desvantagem, marcando o segundo golo da sua equipa, da sua conta pessoal e ficando com o mesmo número de golos apontados de Rúben Sousa.

A vantagem parecia tranquila mas o Sporting de Tomar nunca “virou a cara à luta”. Aos 17 minutos, João Alves tornou a marcar para os forasteiros e colocou o resultado na diferença mínima. Dois minutos depois, e num espaço de 1 minuto, Rúben Sousa teve a oportunidade de colocar os barcelenses com uma vantagem superior. No entanto, falhou duas grandes penalidades seguidas. O resultado continuou igual e a sua conta pessoal de golos também.

Poucos segundos após, e depois de muito tempo com ambas as equipas com 9 faltas, eis que o OCB comete a sua 10ª. Na conversão do respetivo livre direto, Paulo Passos não falhou e colocou o resultado num empate a 4 golos, deixando os adeptos “óquistas” atónitos e preocupados.

Para piorar a situação, depois do Tomar fazer a sua 10ª falta, o capitão Zé Pedro foi incapaz de desfeitear o guarda-redes nabantino e de desfazer o empate. Isto a pouco mais de 2 minutos do final do jogo. Desta forma, o empate a 4 golos acabou por ser o resultado final, penalizando mais os homens da casa que, falhando duas grandes penalidades e um livre direto na segunda parte, acabaram por permitir o empate e não conseguir vencer este jogo.

Na próxima jornada, dia 20 de janeiro, o OCB desloca-se ao difícil terreno da Juventude de Viana, naquele que poderá ser um preâmbulo para os quartos de final da Taça CERS, onde estas duas equipas se defrontarão.

Fotos: Hugo Brito.

Óquei de Barcelos recebe prémio do CNID

Maio 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu no Museu do Desporto em Lisboa a cerimónia de entrega dos prémios do CNID 2017, onde a equipa do OC Barcelos foi uma das formações premiadas. A conquista da Taça CERS mereceu do Clube Nacional de Imprensa Desportiva o devido reconhecimento, juntamente com as seleções de futebol masculina e feminina.

ocb-prémio-cnid

Na entrega estiveram presentes o vice-presidente, Pedro Ribeiro, e o diretor desportivo, Mário Faria.

Esta cerimónia aconteceu depois de no fim de semana a formação de Barcelos ter perdido em Tomar por 2-1, em jogo da 22ª jornada do nacional da 1ª divisão.




Foi um jogo onde o OC Barcelos sentiu inúmeras dificuldades perante as decisões da dupla de arbitragem.

ocb_tomar

Com o 0-0 ao intervalo, o OC Barcelos adiantou-se na segunda parte no marcador por Álvaro Morais, de livre direto.

Também em lances de bola parada muito contestados pela comitiva barcelense, o Tomar deu a volta ao resultado.

Apesar da derrota, o OC Barcelos continua no quinto lugar, jogando, no próximo sábado, em sua casa, diante o Valença HC.

Por: Miguel Bastos.

Óquei de Barcelos visita Tomar

Maio 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Após a pausa do campeonato nacional para a realização da Liga Europeia, o OC Barcelos tem uma deslocação complicada a Tomar, onde irá defrontar um adversário que luta pela manutenção.

Quando faltam apenas cinco jornadas para o fim do campeonato, a equipa barcelense irá procurar os três pontos, de modo a continuar a pensar em chegar, “matematicamente”, ao quarto lugar.

Neste momento, os barcelenses estão a nove pontos do Sporting CP, que inicia este fim de semana a série de jogos entre os quatro primeiros, visitando o FC Porto.




Para além de tentar chegar ao quarto lugar, uma vitória em Tomar permitirá manter, ou aumentar, a distância para o sexto classificado, a Juventude de Viana, que viaja ao, também aflito, Turquel.

O jogo em Tomar começa às 17h00 de sábado, tendo como árbitros, Jaime Vieira, do Alentejo, e Paulo Carvalho, de Leiria.

Esta semana, ficou-se, também, a conhecer o cartaz da Taça Continental, que se realiza em outubro. O OC Barcelos, como vencedor da Taça CERS, irá medir forças com o finalista vencido da Liga Europeia, a Oliveirense. Na outra meia-final, jogam Reus e Viareggio.

 

cartaz-taça-continental2017

 

Por: Miguel Bastos.

Ir Para Cima