Tag archive

Teatro Gil Vicente

Últimos espetáculos do Festival de Teatro de Barcelos

Outubro 20, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival de Teatro de Barcelos, organizado pel’ A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e pelo Município de Barcelos, chega ao último fim de semana de espetáculos.



Esta sexta-feira, dia 23 de outubro, pelas 21h30, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresenta “Circo Lar” [Ndr: imagem de destaque], um espetáculo que reinventa o imaginário do circo, outrora, lugar de celebração artística e de partilha comunitária. Um velho circo, outrora grandioso, encontra uma nova esperança quando surge Heitor, que se junta a esta companhia trazendo novas ideias para pôr este circo na ribalta, mostrando que o dia a dia se faz de reinvenções. Será que juntos vão ser capazes de transformar o seu próprio destino?

O encerramento do festival fica a cargo do Teatro de Balugas. Sábado, dia 24, pelas 21h30, o grupo barcelense apresenta “Raposos”. Eleito “Melhor Espetáculo Não Profissional 2020” pelo Guia dos Teatros, o espetáculo fala-nos da construção de uma barragem que “não passou o tamanho das portadas da igreja”. A aldeia foi salva pelo rio que secou, mas homens e bichos procuram a água e os esconderijos levados pelo corte das árvores.

“Raposos”, por Teatro de Balugas (Foto: DR)

Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara; já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Imagens: DR.

“Raposos”, do Teatro de Balugas, encerra o Festival de Teatro de Barcelos no próximo sábado

Outubro 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A peça “Raposos” marca o encerramento do Festival de Teatro de Barcelos. O espetáculo do Teatro de Balugas, distinguido pelo Guia dos Teatros como “Melhor Espetáculo Não Profissional 2020”, realiza-se este sábado, dia 24 de outubro, pelas 21h30, no Theatro Gil Vicente.



O trabalho artístico, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, é um alerta sobre a propriedade da terra e os seus elementos naturais. A história fala-nos de uma barragem abandonada na construção, que não passou o tamanho das portadas da igreja da localidade, ao contrário das grandes barragens que engoliram aldeias inteiras; aqui o rio pressentindo tamanha clausura secou. Entre as árvores cortadas e a aldeia abandonada, os que ficaram, entre homens e bichos, tudo tentam para encontrar o rio novamente, algum sinal de água. Esta é uma procura efabulada sobre esconderijos, animais e homens antigos.

Cartaz da peça “Raposos” (Imagem: TB)

Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Imagens: TB.

Tocador de concertina PHOLE estreia-se em Barcelos

Outubro 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

PHOLE apresenta-se pela primeira vez em Barcelos no próximo sábado, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no âmbito do ciclo de concertos “triciclo”. O tocador de concertina, natural de Viana do Castelo, vai exibir uma forma singular de abordar o instrumento mais popular das grandes romarias minhotas.



PHOLE é uma pesquisa sobre o acordeão, neste caso em particular, o acordeão diatónico, chamado de concertina. Na sua pesquisa existe uma ligação permanente, que advém também da sua pesquisa visual e que tem que ver com o encontro com a memória, com o seu passado e as histórias ao Alto Minho. Uma ligação permanente e construtiva sobre quem habita o seu quotidiano ou já habitou.

PHOLE em palco (Foto: DR)

Os bilhetes para o concerto têm o custo de três euros, estão disponíveis em www.bol.pt e na bilheteira do Theatro Gil Vicente. O concerto tem lotação limitada e segue todas as orientações das autoridades de saúde.

Cartaz do concerto (Imagem: DR)

Imagens: DR.

Segundo fim de semana do Festival de Teatro de Barcelos propõe dois espetáculos

Outubro 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival de Teatro de Barcelos continua na próxima sexta-feira, dia 16 de outubro, com “A Ceia dos Cardeais”, d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, pelas 21h30.



Três atores devem apresentar “A Ceia dos Cardais”, de Júlio Dantas, mas a sua insatisfação pelo texto leva-os, durante a montagem, a fazer suas as palavras de Almada Negreiros. «Morra o Dantas, Morra! Pim!». Este é um espetáculo divertido que junta o academismo literário de Júlio Dantas e o febril modernismo de José de Almada Negreiros.

A Ceia dos Cardeais (Foto: DR)

Domingo, dia 18 de outubro, pelas 16h00, o Teatro e Marionetas de Mandrágora apresenta “O Jardim – Tomo I – Primavera”, um espetáculo de marionetas para crianças dos 0 aos 6 anos, que pretende captar a sua atenção e transportá-las para um universo de fantasia através de símbolos, cor e uma forte componente musical.

O Jardim – Tomo I – Primavera (Foto: DR)

Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara, já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt .

Fonte: A CAPOEIRA.

Fotos: DR.

Entre 02 a 24 de outubro, o Festival de Teatro de Barcelos sobe ao palco do Theatro Gil Vicente

Setembro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos organiza o 33º Festival de Teatro de Barcelos. De 2 a 24 de outubro, o Theatro Gil Vicente receberá 7 espetáculos, para todas as faixas etárias.



O festival será inaugurado pela Fértil Associação Cultural que, dia 2 de outubro, apresentará o recém-estreado “Talvez um dia”, um espetáculo sobre a nossa infinita esperança de que tudo se resolve e a inércia a que essa mesma esperança nos pode levar.

“Talvez um dia” (Foto: DR)

Neste fim de semana, o público poderá, ainda, contar com a presença da Ajidanha, no dia 3 de outubro, que apresentará “À Deriva”, um espetáculo premiado em Portugal, Espanha, Cuba e Canadá, caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

“À deriva” (Foto: DR)

No dia 4, a Fértil volta ao palco barcelense, desta vez com um espetáculo para crianças maiores de seis anos: “Os Grandes Não Têm Grandes Ideias”. Com recurso à marioneta e a formas animadas, o espetáculo questiona as ideias dos adultos, sensibilizando para questões ambientais, políticas e de educação.

“Os Grandes Não Têm Grandes Ideias” (Foto: DR)

O festival prossegue dia 16 de outubro com “A Ceia dos Cardeais”, pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e, dia 17, com um espetáculo para crianças dos 0 aos 6 anos: “O Jardim – Tomo I – Primavera”, pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Para encerrar o festival, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresentará “Circo Lar”, no dia 23, e o Teatro de Balugas volta ao Theatro Gil Vicente com ”Raposos”, dia 24.

“Raposos” (Foto: DR)

“Este projeto d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos tem vindo a assentar no objetivo de elevar a qualidade da oferta teatral para o público barcelense, focando parte da atenção na criação de público a longo prazo, através espetáculos para o público infantil e privilegiando espetáculos com qualidade artística reconhecida”, refere a companhia em nota.

O Festival de Teatro de Barcelos conta com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos.

Os espetáculos dominicais, dedicados ao público mais jovem, realizam-se pelas 16h00, enquanto os restantes têm início às 21h30.

“Após tantos meses sem a emoção que nos traz o teatro, é hora de voltar, tendo sempre em conta o momento particular em que vivemos. Para garantir a segurança de todos, é de relembrar o uso obrigatório de máscara, já o distanciamento dentro da sala será garantido pelas bilheteiras”, informa a organização.

Os bilhetes têm o custo de 3€ e podem ser adquiridos na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do site www.gilvicente.bol.pt.

Fotos: DR.

Diversidade marca programação do primeiro ao último dia de outubro no Theatro Gil Vicente

Setembro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Festival de Teatro e concertos musicais marcam um mês repleto de atividades na emblemática sala barcelense

No próximo mês de outubro, o teatro impera no Theatro Gil Vicente, com a 33ª edição do Festival de Teatro de Barcelos, mas ainda há lugar para a música e as habituais sessões de cinema.



A programação inicia no dia 01, às 22h00, Dia Mundial da Música, com o recital “Híbrido”, do percussionista barcelense Álvaro Cortez e a pianista Isabel Romero. A entrada tem um valor de 3€.

A Associação Zoom apresenta três sessões de cinema: no dia 6, com “A Estrada”, no dia 13, com “Os Inúteis” e, no dia 20, com “A Voz da Lua”, obras de Federico Fellini. As sessões de cinema têm início às 21h30 e têm entrada paga.

O Festival de Teatro Popular preenche grande parte da programação do Theatro Gil Vicente no mês de outubro. No dia 02, “Talvez um dia”, pela Fértil Associação Cultural; no dia 03, “À Deriva”, pela Ajidanha; no dia 04, “Os Grandes não têm grandes ideias”, pela Fértil Associação Cultural; no dia 16, “A Ceia dos Cardeais”, pela A Capoeira-Companhia de Teatro de Barcelos; no dia 18, “O Jardim | Tomo I | A Primavera“, pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora; no dia 23, “Circo Lar”, pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, e, no dia 24, “Raposos” pelo Teatro de Balugas. Os espetáculos decorrem às sextas-feiras e sábados, às 21h30, e aos domingos, às 16h00, e têm o custo de 3€.

Ainda no dia 10, às 21h30, é apresentada a peça de teatro “Armazenados”, pelo Teatro Art’Imagem. A rubrica “Em família no TGV”, espaço dedicado ao público infantil, reserva a tarde do dia 25, às 16h00, com “Hakuna Matata | O Musical”, pela ProtagonizaMagia | Associação Cultural.

No âmbito do serviço educativo, programa dedicado à comunidade escolar, o Theatro recebe nos dias 28 e 29, duas sessões, às 10h15 e 11h15, de teatro infantil com a peça “Arlequim Recicla Assim”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

A música tem espaço reservado no palco do Gil Vicente com o ciclo de concertos da “Linha TGV” e o do “triciclo”.

O regresso do ciclo “Linha TGV” tem lugar no dia 30, às 22h00, com “Gator, The Alligator”, e o bilhete tem um custo de 4€. No dia 31, sobe a palco “Luís Severo + Pedro Augusto” e a entrada tem um valor de 8€. Se for entrada geral (sexta e sábado), tem um valor de 10€.

O ciclo de concertos “triciclo” está de volta para mais três meses de programação transversal, a decorrer entre outubro e dezembro, depois de uma paragem forçada devido à pandemia da COVID-19.

O ciclo musical começa no dia 5 de outubro, às 17h00, no Largo Dr. Martins Lima, com “Samba Sem Fronteiras”, grupo luso-brasileiro radicado no Porto, que é um dos mais genuínos exemplos do samba de raiz.

Depois de uma viagem até ao Brasil, o “triciclo” prossegue no dia 17 de outubro, às 22h00, nos Claustros da Câmara Municipal, com “Phole”. O tocador natural de Viana do Castelo apresenta uma forma singular de reinventar o instrumento típico das romarias minhotas.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Cartaz (Imagem: CMB)

Fonte e imagem: CMB.

“A Furgoneta”, do Teatro de Balugas, estreia em Viana do Castelo e Barcelos

Setembro 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A estreia de “A Furgoneta” marca a abertura do Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA. O novo espetáculo do Teatro de Balugas, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, vai a cena no dia 25 de setembro, pelas 21h30, na Sala Principal do Teatro Municipal de Viana do Castelo e, no dia seguinte, 26 de setembro, à mesma hora, no Theatro Gil Vicente, em Barcelos.



De 25 a 27 de setembro, o Teatro do Noroeste – CDV apresenta a 3ª edição do Festival PLATTA, estando, este ano, excecionalmente, concentrado entre Portugal e a Galiza. Este Festival conta com os espetáculos “A Furgoneta”, do Teatro de Balugas, e “Coa Mirada Nas Súas Mans”, do Lohengrin Teatro, para além das Leituras Encenadas do texto vencedor do II Prémio PLATTA de Teatro Breve. A entrada é livre, mas sujeita a levantamento de bilhete.

No dia 26 de setembro, o novo trabalho da companhia de teatro barcelense é apresentado no Theatro Gil Vicente, em Barcelos, às 21h30. Os bilhetes podem ser adquiridos online em https://GilVicente.bol.pt/.

A Furgoneta” conta-nos a história de Romão e do irmão que decidem reformar o negócio do pai, homem com milhares de quilómetros feitos pelas aldeias do Minho. Mas agora, o negócio é outro: a furgoneta que vendia tudo e mais alguma coisa passa a start-up, e a compra de uma simples faca, que dava para estonar batatas e cortar o pescoço ao frango, já não é feita da mesma maneira! Confrontados por um modo de vida que está a chegar ao fim entre os últimos fregueses e os velhos vendedores ambulantes, os dois irmãos vêm-se divididos entre o progresso tecnológico e os que ainda resistem nas aldeias à espera da buzina estridente e dois dedos de conversa.

À boleia da furgoneta, somos também confrontados com a desertificação e o abandono do mundo rural. No retrovisor, já se avistam escavadoras!

O texto deste novo trabalho do Teatro de Balugas é o projeto vencedor da 1ª edição da Bolsa TEIA de Criação Teatro Amador 2020, lançada com o objetivo de incentivar a produção de teatro amador no âmbito das associações que integram a rede cultural TEIA – Teatro Em Iniciativa Associativa, do Projeto Comunidade do Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana do Castelo.

Cartaz (Imagem: TB)

Imagem: TB.

Encontros de Imagem na Sala Gótica e Theatro Gil Vicente

Setembro 8, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

“Génesis” será o grande tema deste ano da 30ª edição do Festival Encontros de Imagem, que contempla 36 exposições individuais e coletivas, distribuídas por 23 espaços diferentes, entre Barcelos, Braga, Guimarães, Porto e Vila Nova de Gaia.



Barcelos volta a associar-se a este importante evento, realizando duas exposições, na Sala Gótica, de 11 de setembro a 30 de outubro, e no Theatro Gil Vicente, de 15 de setembro a 30 de outubro.

A Sala Gótica recebe a exposição do fotógrafo português João Henriques “Cursos em Milagres”, com Fátima como lugar simbólico, e no Theatro Gil Vicente expõe o fotógrafo alemão Alexander Gehmlich, com a “Terceira Idade” como grande destaque.

Além das exposições em Barcelos, a 30ª edição do Festival Encontros de Imagem tem um conjunto de atividades como leitura de portefólios por videoconferência, conferências online, serviço educativo online e ciclos de cinema, entre outras, em Braga, Guimarães, Porto e Vila Nova de Gaia (Avintes).

Fonte e imagem: CMB.

Francisco Primeiro & Os Algazarra em concerto no Theatro Gil Vicente, a 25 de setembro

Setembro 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda Francisco Primeiro & Os Algazarra toca pela primeira vez em Barcelos, num concerto de antevisão do álbum de estreia que estará para ser lançado em breve. Esta banda de funk, R’B, rock e soul irá atuar no dia 25 de setembro, sexta-feira, pelas 21h30, no Theatro Gil Vicente, em concerto integrado na programação mensal de setembro do teatro barcelense.



Francisco Primeiro & Os Algazarra vêm do Porto e o seu trabalho abrange vários estilos musicais, desde o funk, rock, R’B ou soul, sempre com temas originais em português, com influências de artistas como Jamiroquai, John Mayer, Bill Withers, Stevie Wonder ou Prince, entre outros. São compostos por Francisco Vieira Borges (guitarra e voz), Daniel Pinto (guitarra), João Reis (piano), Tiago Lima (baixo) e João “Jomi” Bonito (bateria).

Cartaz do concerto no Theatro Gil Vicente, a 25 de setembro (imagem: DR)

Começaram a pisar os palcos desde finais de 2018, tendo já passado pelo Hard Club, FNAC, Casa de Ló, Mercado do Bom Sucesso, Café Concerto Pombal e diversos outros locais, tendo também participado em concertos apoiados pela autarquia do Porto.

Finalistas do maior concurso nacional de novos artistas, o EDP Live Bands, na edição de 2019, em que participaram mais de 300 bandas, o que lhes valeu um concerto no LX Factory, em Lisboa; vencedores do Talentos AgitÁgueda 2019, concurso que premeia bandas em início de carreira com uma participação no célebre festival da cidade de Águeda, por onde já passaram grandes nomes da música nacional e internacional. Estão, neste momento, a gravar o primeiro álbum de originais.

Francisco Primeiro & Os Algazarra em concerto (foto: Banda)

Pode ouvir e apreciar um dos seus temas em:

https://www.facebook.com/watch/?v=230360807884422&extid=zNKIiSd7YBdiJKCs

Fotos e imagens: DR/Banda.

Programação do Theatro Gil Vicente regressa em setembro com a marca da diversidade

Agosto 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O ciclo do Jazz ao Largo reabre a programação do Theatro Gil Vicente depois do interregno causado pela pandemia COVID-19. Entre 9 e 13 de setembro, o Jazz ao Largo traz a Barcelos, além de muita música, uma exposição de fotografia, que estará patente no interior do Theatro Gil Vicente intitulada “20 olhares sobre o jazz”, de João Sousa e Miguel Estima. O cinema também tem lugar neste ciclo de jazz com o filme “Kansas City”, que irá para a tela no Largo Dr. Martins Lima, no dia 9, pelas 22h00, em parceria com o Cineclube Zoom.



Quanto ao Jazz, estará representada pelo Quarteto Mário Barreiros (10 setembro às 22h00), pelo Michael Lauren Trio (11 setembro às 22h00) e por João Barradas (12 setembro às 22h00). Todos os concertos têm lugar no Largo Dr. Martins Lima com entrada gratuita. Mas a programação não fica por aqui, no dia 12 há um workshop para crianças dos 0 aos 4 anos, com “Tatabitato”, pelas 11h00, no Theatro Gil Vicente. Para os mais graúdos, no mesmo dia, o Workshop de Improvisação + Concerto de Peter Evans, às 15h00 e às 17h00, no Salão Nobre. No dia 13, nos Claustros da Câmara Municipal, há lugar a uma conversa com Rodrigo Amado Trio, às 16h00, seguido de concerto, às 17h00.

O teatro volta ao palco do Gil Vicente no dia 18 com a peça “As Troianas”, pela CTB – Companhia de Teatro de Braga, às 21h30 (3,00€), e as Produções Fora de Cena trazem a Barcelos a peça que marca os 50 anos de carreira de Carlos Areia: “Quero Voltar Prá Ilha”, no dia 19, às 21h30 (10,00€). Mas o teatro não fica por aqui, pode ainda assistir à peça “Os Raposos”, do Teatro de Balugas, no dia 26, às 21h30 (2,50€), e na programação “Em Família no TGV” pode ver o Teatro de Marionetas com o espetáculo “A Fada Oriana”, no dia 20, às 16h00 (entrada gratuita).

A música marca presença com a atuação de Francisco Primeiro & Os Algazarra, com o espetáculo “Algazarra no Theatro Gil Vicente”, no dia 25, às 22h00 (3,00€).

O cinema também tem lugar na programação de setembro com a exibição de dois filmes “Fora de Portas”: no dia 15, o filme “As Maravilhas de Montfermeil”, de Jeanne Balibar, e no dia 29, o filme “Nuestro Tiempo”, ambos exibidos no Largo Dr. Martins Lima, às 21h30, com entrada gratuita.

Fonte e imagem: CMB.

1 2 3 18
Ir Para Cima