Tag archive

Tiago Araújo

Agrupamento de Escuteiros 1350, de Alvelos, inaugura nova sede

Junho 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 02 de junho de 2019 ficará, certamente, marcado na história do Agrupamento 1350 – Alvelos, do Corpo Nacional de Escutas, pois foi o dia em que inaugurou a sua nova sede de Agrupamento.



A referida sede ocupa um espaço na residência paroquial de Alvelos e resulta de um protocolo assinado, nesse mesmo dia, entre o Agrupamento 1350 e a Fábrica da Igreja.

Esta cerimónia contou, entre outros, com a presença do Chefe do Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas, Tiago Bernardo, sendo Tiago Araújo o Chefe do Agrupamento 1350.

A partir do dia 02 de junho, este Agrupamento tem um espaço próprio para reunir e realizar as suas atividades.

Fotos: DR.

Abílio Pereira é distinguido com Prémio Carreira na Gala do Artesanato

Agosto 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Gala do Artesanato, que se realizou no último sábado, à noite, foi um dos pontos altos da Mostra e contou com um espetáculo único protagonizado em exclusivo por artistas barcelenses, marcando a cerimónia de entrega dos habituais galardões anuais para os melhores artesãos do certame.



A música esteve a cargo de Bruno Gomes, que participou em programas como a “Operação Triunfo” e o “The Voice Portugal”; Flora Miranda, que saltou para a ribalta com o programa “Operação Triunfo”, membro do Fado em Trio, e que faz parte do elenco do “Panda e os Caricas”; e Tiago Araújo, membro dos Aurora, e conhecido por ter participado no programa “Factor X”, tendo sido todos acompanhados por uma banda barcelense e por duas bailarinas da Escola de Dança de Barcelos. Ainda de destacar a participação da violinista Bárbara Carvalho, que acompanhou a performance da bailarina Anita Grosse, com o tema “Ó gente da minha terra”.

Na categoria principal – Prémio Carreira – foi distinguido Abílio Pereira, artesão da freguesia de Viatodos, por toda uma vida dedicada à cestaria, uma arte que constitui um elemento indispensável para o conhecimento e fruição do artesanato regional, e que, segundo o artesão “quase já não tem seguidores”. Os prémios Revelação foram entregues a Irene Salgueiro e a Hélder Ferreira, respetivamente, nas subcategorias de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. A artesã Fátima Miranda arrecadou o Prémio Inovação.

“Barcelos tem talento, tem querer, tem criatividade e o nosso dever é incentivá-los”, foram as palavras do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, a propósito dos artesãos, na Gala do Artesanato. Para o Presidente, “esta 36ª Mostra pretende evidenciar o respeito que a cidade tem pelos artesãos”, num ano em que o Município de Barcelos foi agraciado com o Prémio Nacional de Artesanato, poucos meses depois de figurar como Cidade Criativa da UNESCO.

A 36ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos chega ao fim amanhã, dia 15 de agosto. Até lá, os visitantes podem ainda usufruir de um conjunto de ofertas de animação e de uma praça de alimentação com música ao vivo todos dias.

O evento permite a todos o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo, e promove a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense.

A Mostra abre, todos os dias, às 18h00. Amanhã, feriado, as portas abrem mais cedo, pelas 16h00. O encerramento está marcado para a meia noite.

Fotos: CMB e BnH.

Óquei Clube de Barcelos apresenta-se este fim de semana

Outubro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa barcelense de hóquei em patins organizou um fim de semana dedicado ao clube, com destaque para a apresentação de todas as suas equipas, desde as camadas jovens aos seniores.



O evento ” Stick Party “, a decorrer no Pavilhão Municipal, para além desse desfile de jogadores, no domingo durante a tarde, tem programado uma série de atividades físicas e musicais.

Durante o sábado de tarde, poderemos assistir e participar, com a presença de Nico Dance Studio, a uma Mega Aula de Zumba e a um Desafio Treino Funcional “Mexe-te Mais”.

A partir das 22h00 de sábado será a altura para a música, através da atuação de Pedro Macedo, com o projeto “Alma Gémea “, de Tiago Araújo (dos Aurora), e dos Cooltrane.

A animação continua pela noite dentro com a música a ser “sticada” por vários DJ’s, tais como, Fábio Vasquez, Pette, Tonny, Viktor Soul, Andrego, Mr. Kris, Daniel Garcia, All In DJ’s, Lee Faria e Nel Torres.

Para domingo, a partir das 14h30, a música abre com a atuação de Mamex, seguindo-se, às 16h00, a apresentação oficial de toda a “família óquista”.

A fechar esta “Stick Party”, sobe ao palco Victor Rodrigues. O preço por dia é de 2,5 euros.

Durante o evento, a equipa sénior do OC Barcelos estará em Coimbra, a disputar a segunda edição da Elite Cup, que começa esta quinta-feira. O OC Barcelos, que terminou em quinto lugar, defronta, no primeiro dia, o Sporting CP. O resto da prova depende dos resultados obtidos pelos oito primeiros classificados da época passada.

Nesta pré-temporada, o OC Barcelos conquistou dois trofeus: o Crédito Agrícola e o Torneio Jorge Coutinho, ambos com triunfos sobre a Juventude de Viana.

Óquei Clube de Barcelos: vencedores da Torneio Jorge Coutinho 2017

Por: Miguel Bastos.

“Os Aurora”, banda do barcelense Tiago Araújo, editam o primeiro disco

Março 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda “Os Aurora”, que tem na sua composição o barcelense Tiago Araújo, editou esta sexta-feira, dia 10 de Março, o primeiro álbum de estreia e de originais.

Dia 10 de Março de 2017 será uma data que jamais será esquecida pela banda “Os Aurora”. Após três anos desde a sua formação, a edição do seu disco de estreia tem finalmente data marcada.

O lançamento do seu disco tardou, mas foram os anos de espera e de aprendizagem que levaram à maturação da banda e o resultado final são canções com grande significado e de mensagem de esperança.

“Grita” é um disco que apesar de ter as tradicionais canções de amor, tem como grande componente a afirmação da banda. O “Acreditar”, o “Nunca Desistir”, são o fio condutor em grande parte das canções do disco.

Assumidamente uma banda pop, “Os Aurora” não se contentam com a simples cópia do que já existe, tentando sempre inovar. Produzido por Filipe Survival, “Grita” mistura as tradicionais guitarras acústicas com as novas tendências e sons mais eletrónicos.

Quatro rapazes com uma grande vontade de mostrar a sua música a todos, sem exceções! No auge da sua juventude, desejam levar este disco aos ouvidos do maior número de pessoas possível. Eles nunca desistiram e este álbum é a prova disso. David Silva, Eduardo Monteiro, João Carrasqueira e Tiago Araújo formam esta banda a quem se augura grande futuro.

Ligações (basta clicar):

FACEBOOK: https://www.facebook.com/osauroraoficial

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/osauroraoficial

TWITTER: https://twitter.com/osauroraoficial

WEBSITE: http://www.osaurora.com/

 

iTunes: http://apple.co/2mIov7Y

Spotify: http://spoti.fi/2ncTEOB

TIDAL: https://t.co/F5jTU78kvz

FNAC: http://bit.ly/2mszEsO

 

A banda anunciou, já, os concertos de apresentação:

  • Porto, Hard Club, 24 Março
  • Lisboa, Hard Rock, 26 Março

Fonte e imagem: a banda.

JSD Barcelos organiza conferência “Cultura e Artes”

Março 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se no último sábado, dia 25 de fevereiro, no Auditório da Casa da Juventude de Barcelos, a conferência subordinada ao tema “Cultura e Artes”, organizada pela Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos.

Os oradores convidados foram Jorge Barreto Xavier, Secretário de Estado da Cultura do XIX Governo Constitucional; Tiago Araújo, jovem músico e compositor, e Juliana Ferreira, igualmente jovem e artista plástica, ambos barcelenses. O moderador foi Joel Sá, deputado na Assembleia da República. De destacar a presença do Presidente da Distrital de Braga da JSD, Firmino Costa e de membros da Comissão Política do PSD Barcelos, notando-se, no entanto, a ausência do candidato à Câmara Municipal de Barcelos, anunciado pelo PSD, Sérgio Azevedo.

Num auditório bem preenchido, os oradores abordaram as suas experiências e trocaram ideias com os presentes.

Aproveitando a ocasião, o Barcelos na Hora dirigiu algumas perguntas a Ricardo Silva – Presidente da Comissão Política Concelhia da JSD Barcelos –, que acedeu responder, abordando temas como projetos que pretendem levar, ou continuar a levar, a cabo, cultura, políticas de juventude e militância política.

Esta é mais uma ação levada a cabo pela JSD este ano, depois da palestra/formação “Falar em Público”. Estas iniciativas fazem parte de um programa para aproximar, ainda mais, a JSD dos jovens, e não só? Pode indicar-nos futuros eventos que organizarão?

Estas iniciativas dividem-se em dois tipos, um intitulado “Fala-me disso…”, onde a JSD pretende ajudar a esclarecer os jovens nas mais diversas áreas. Começámos por falar sobre juventude e desporto, no Estádio Cidade de Barcelos, e no passado dia 25 de fevereiro escolhemos o tema Cultura e Artes na Casa da Juventude de Barcelos.

16864056_1662424887384570_5173976504504961444_n

Pretendemos levar a cabo, durante o mês de março, uma nova conferência, inserida neste ciclo sobre educação. Como podem constatar, as duas primeiras foram em locais da sociedade civil, tendo saído das “quatro paredes da sede”, para assim podermos chegar a todos os jovens e menos jovens. Queremos que fiquem mais esclarecidos, dando também ideias para o futuro, ideias para melhorar Barcelos.

A outra iniciativa, insere-se num ciclo de workshops/formações intitulado “transFORMA-TE”. Estas formações serão realizadas nas mais diversas áreas, tendo começado por Técnicas de falar em público. Com isto, estamos a ajudar os jovens que, por vezes, não têm possibilidade de aceder a este tipos de formações, de uma forma grátis, preparando-os para a sua vida de estudante e profissional.

A JSD Barcelos procura sempre o que pode fazer pela juventude barcelense, debatendo-se e ajudando esta todos os dias junto dos órgãos competentes, para que assim possamos ter um concelho melhor, para que assim queiram ficar em Barcelos.

Porquê estas personalidades?

A escolha destas personalidades não foi por acaso. Convidámos nomes que já tiveram responsabilidades governativas, pois estes estão familiarizados com as leis, incentivos e apoios que estão disponíveis para ajudar os jovens.

Por outro lado, nas formações decidimos optar por profissionais das diversas áreas, pois só assim podemos ajudar quem mais precisa.

Na sua opinião, em que estado se encontra a cultura no concelho de Barcelos?

Num panorama geral, julgo que muito há por fazer em Barcelos, no que se refere a Cultura e às Artes. Temos jovens com muito talento mas não existem apoios, nem incentivos, de forma a fomentar essas suas capacidades. É necessário criar espaços para estes jovens desenvolverem as suas ideias e darem a conhecer os seus trabalhos. Temos uma Casa da Juventude que pode fazer essa ponte que falta.

barroso
Ricardo Silva

Já que estamos numa senda de avaliação, como analisa as políticas de juventude, e o apoio que lhe é dado, por parte do Município de Barcelos?

São muito poucas aquelas que existem no concelho de Barcelos. Certamente, poderia enumerar imensas políticas de juventude que faltam no nosso concelho, mas, para mim, algumas das mais importantes e necessárias para conseguirmos que nós, jovens, fiquemos em Barcelos, são o apoio à criação de empresas lideradas por jovens; maior investimento/comparticipação no arrendamento jovem; e, sobretudo, a criação de espaços onde os jovens possam partilhar ideias, trabalhos. Local onde a cultura, a arte e a juventude possa reunir-se e fazer de Barcelos um exemplo nacional. Já temos na música referências nacionais, por que não criar um espaço comum para as nossas bandas poderem ensaiar, conviver, apresentar trabalhos e, quem sabe, gravar os seus EP?

Ficam aqui 3/4 dicas de uma lista bem grande de políticas de juventude que faltam em Barcelos.

Independentemente do executivo ser do partido A ou do partido B, o que interessa não é prometer e depois ver os jovens a partir para concelhos vizinhos. Interessa, sim, prometer e fazer. Só assim conseguiremos que os nossos queiram cá ficar.

Para terminar, considera que os jovens estão mais, ou menos, atraídos pela política atual e pela militância partidária? Porquê?

Os jovens, na minha opinião, estão menos interessados na militância partidária. São jovens que têm acesso a muita informação e que expressam a sua opinião através da Internet. Com isto não quero dizer que estão menos interessados na política, mas sim, em fazer parte de uma juventude partidária.

Isto acontece, em grande parte, porque nos últimos tempos temos vindo a assistir a diversas notícias que descredibilizam a classe politica. Notícias de tal ordem devastadoras que nenhum jovem quer ter uma imagem dessas.

Não é fácil, por vezes, ser militante de uma juventude partidária, pois somos logos apelidados de “tachistas”, “corruptos” e de “boys”. Não digo que esse tipo de pessoas não existam nas Juventudes Partidárias, pois se dissesse que não existia estaria a mentir. Mas está num grupo pequeno de pessoas que servem-se da política para benefícios próprios e, com isto, transformando a nobreza da mesma, num “bastidor de jogos” onde não existe companheirismo e a vontade de fazer o bem pela sociedade, mas sim, de autopromoverem-se e tentarem aproveitar-se da política.

Ir Para Cima