Tag archive

Turismo do Porto e Norte de Portugal

APROTURM envia propostas a António Costa e Silva para ajudar Turismo

Agosto 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Envio realizado no âmbito do Plano de Recuperação Económica de Portugal

A APROTURM – Associação dos Profissionais de Turismo do Minho enviou, ontem, a António Costa e Silva, coordenador do Plano de Recuperação Económica de Portugal, nomeado pelo Governo, um conjunto de propostas que, na sua ótica, poderão contribuir para uma melhor recuperação do setor do Turismo.



Em nota, a Associação refere que “vê com especial preocupação o futuro do turismo no Minho. A análise dos resultados do inquérito que promoveu entre 3 e 13 de maio inclusive, e as conclusões do Fórum que promoveu entre 23 de março e 7 de maio (que contou com a presença de especialistas e investigadores no mercado do trabalho, no investimento, nas agências de viagens, empresários da hotelaria e alojamento, restauração e animação turística e políticos locais ligados ao setor), vêm demonstrar a evidência de um setor frágil, constituído por micro e pequenas empresas dominantemente com menos de cinco trabalhadores”.

“Na fase que antecedeu a Pandemia do COVID-19, havíamos já apelado para a necessidade de se reforçar a capacidade das empresas ligadas ao turismo no Minho. Efetivamente, registávamos uma significativa ausência de profissionais licenciados nas empresas de turismo da região. Constatavam-se então, excelentes resultados para o turismo em Portugal e na Região Norte, mas não existiam políticas de reforço estratégico das empresas, quer pelo aumento da sua capacitação técnica e tecnológica, nem pelo reforço da capacitação do seu potencial humano. Os programas de apoio à empregabilidade de quadros superiores era praticamente ou quase inexistentes (limitando-se a medidas gerais sem qualquer visão estratégica para o reforço da capacitação em novas competências ao nível dos recursos humanos para o setor do turismo)”, continua.

A APROTURM lamenta que “a Entidade de Turismo do Porto e Norte havia entrado numa grave crise interna e, como tal, não tem tido a capacidade de atuar de forma estratégica na construção e apoio ao desenvolvimento de um tecido empresarial mais forte. O seu papel tem sido residual para garantir uma maior resiliência na ultrapassagem das dificuldades que as empresas do turismo, sentem no coração da sua atividade, arrastando toda a economia regional. A ausência de capacidade organizativa ao nível das estruturas associativas empresariais para apoiar o tecido empresarial do turismo da região minhota, surge como uma fragilidade relevante, impedindo os empresários de se sentir representados e defendidos ao mesmo nível que se encontram em outras regiões do país (exemplo do Algarve, onde o setor hoteleiro tem exigido medidas concretas de apoio ao setor). A brutal redução de negócio e a ausência de expectativas sobre o próximo futuro, apresentam cenários de forte preocupação, no aumento do desemprego no setor, na paragem dos projetos privados de turismo, no encerramento de empresas de turismo e na completa desorientação sobre o futuro do setor. O turismo internacional sofrerá os efeitos do despedimento em massa nas companhias aéreas, da crise económica que afetará os países emissores para Portugal, do aumento do desemprego e da queda do PIB nos diferentes países, a que acresce a incerteza relativa a uma segunda vaga da pandemia do COVID-19”.

A Associação lamenta, igualmente, “que, até à data, não tenham sidos realizadas reuniões de emergência por parte dos Conselhos Consultivos Municipais de Turismo para analisar a situação do setor ao nível de cada Concelho da região do Minho. A manter-se o estado atual de ausência efetiva de foco no relançamento da atividade do turismo e do redesenhar de novas abordagens ao relançamento do setor, completamente parado, receia-se uma crise prolongada e dolorosa na região. Dada a ausência de informação e dados reais sobre o estado do tecido empresarial do turismo na região, a APROTURM, receia que, no momento do redespertar para o relançamento da atividade, os profissionais do turismo se tenham desviado do setor, perdendo-se capacidade regional. Atualmente, muitos dos profissionais estão a confrontar-se com o encerramento de unidades de alojamento, de restauração, de animação turística e agências de viagens, gerando uma mais frágil oferta de serviço e produto turístico na região. A escassez de informação e de medidas não favorece uma atitude positiva por parte dos profissionais que receiam pelo futuro do turismo na região”, relevando, no entanto, “o esforço que Sua Excelência, o Presidente da República, e o Governo têm realizado para manter Portugal e o Minho numa caminhada prudente de desconfinamento e de reconquista da confiança”.

Assim, e no quadro de análise dos resultados do estudo que efetuou e das conclusões que produziu o Fórum sobre o PÓS-COVID-19 no Minho, a APROTURM apela “à necessidade de se implementar uma política focada no relançamento do setor que passará por:

1 – Criar uma Operação Integrada de Desenvolvimento para o Turismo da região do Minho, com meios para apoiar o efetivo reerguer do tecido empresarial, da empregabilidade e capaz de apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relançamento do turismo da região;

2 – Promover uma caracterização urgente do tecido empresarial, identificando o potencial instalado e conhecer o estado atual e futuro de capacidade de relançamento da atividade;

3 – Criar viveiros de microempresas para o setor do turismo, como forma de renovar e substituir as empresas que encerrarão a sua atividade;

4 – Reclamar a realização de reuniões, com carácter de urgência, dos Conselhos Consultivos de Turismo Municipais, para se analisar o impacto e situação efetiva do setor empresarial do turismo. Para se poder tomar consciência sobre o verdadeiro estado e capacidade do tecido empresarial do turismo para se recompor e se relançar em termos concelhios e regionais;

5 – Desenvolver um verdadeiro e estratégico programa de fomento da empregabilidade no setor do turismo regional, apoiando com financiamentos orientados à contratação de técnicos licenciados. (à semelhança ao programa implementado na oportunidade pelo saudoso Prof. Veiga Simão, designado ‘Jovens Técnicos para Indústria’ e que foi o melhor programa nacional de integração de quadros nas PME´s em Portugal);

6 – Apoiar a capacitação das estruturas associativas empresariais e profissionais para que possam contribuir para o relançamento do setor no acompanhamento das empresas ainda em funcionamento.”

Por fim, a APROTURM informa que se encontra “disponível para cooperar com as instituições públicas e privadas que pretendam contribuir de forma ativa para o relançamento e desenvolvimento do Turismo do Minho”.

Foto: DR.

Agenda de Eventos da Turismo do Porto e Norte de Portugal regressa com mais novidades

Junho 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Para que aproveite ao máximo o que o Porto e o Norte têm para oferecer, a Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) elaborou a Agenda de Eventos do semestre, onde estão destacadas as ações mais relevantes que têm lugar, entre os meses de julho e dezembro, em todos os municípios do Porto e do Norte de Portugal.



Ao longo de 200 páginas, estão presentes 160 eventos dos mais diversos géneros musicais, gastronómicos, desportivos, religiosos, ambientais, artísticos, históricos, entre muitos outros.

A agenda para o semestre orienta turistas estrangeiros e nacionais, tal como operadores turísticos e profissionais de áreas que se interligam com o setor do turismo, para os eventos que irão decorrer na Região Norte do país. As 160 sugestões de eventos presentes na agenda superam as expectativas criadas, visto que decorrerão em todos os municípios parceiros da TPNP.

Entre os inúmeros eventos planeados, destaque para os 27 festivais de música, as 18 feiras medievais e recriações históricas, as 32 festas e romarias típicas do nosso país, os 5 eventos de São Martinho que recebem calorosamente a nova estação e, finalmente, 10 eventos para celebrar época natalícia.

A Agenda de Eventos Anual – 2º semestre, está disponível a partir de ontem, 19 de junho, no link (basta clicar para aceder automaticamente):

http://193.126.51.21/fotos/guias/eventos2sem18_11670530315b20ef4f5c8a6.pdf.

Também a pode encontrar no site da TPNP, nas plataformas das lojas interativas de turismo, no TOPAS e nos certames e feiras onde a Entidade Regional Turismo do Porto e Norte de Portugal está presente.

Fonte e imagens: TPNP.

Norte celebra Feiras Medievais e Recriações Históricas entre as quais a Barcelos Cidade Medieval

Junho 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O destino turístico Porto e Norte, onde se inclui Barcelos, “convida” os visitantes a sair à rua, festejar a história e experienciar os usos e costumes do passado, nos mais de 50 eventos planeados pelos municípios para celebrar as feiras medievais e as recriações históricas.



A nova agenda “Feiras Medievais e Recriações Históricas´18”, divulgada pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), promove todos os eventos organizados pelos parceiros públicos e privados da Região, refletindo as sinergias existentes entre municípios, as associações locais, escolas e tecido empresarial. Por entre os muitos eventos encontra-se a Barcelos Cidade Medieval, que inicia hoje e decorre até ao próximo dia 17 de junho.

Das tradicionais feiras medievais às comemorações dos acontecimentos históricos, a nova publicação reflete a riqueza da história e das tradições do Norte de Portugal. O programa cultural inclui mercados medievais, feiras dedicadas à valorização de produtos dos concelhos, demonstrações de antigas práticas agrícolas, o solstício de verão ou o reviver das façanhas de piratas e vikings que se encontram entre as 60 iniciativas integrantes da agenda.

A agenda Feiras Medievais e Recriações Históricas de 2018 encontra-se disponível para consulta ou download nas lojas interativas na região, no site da TPNP, na plataforma da rede de lojas interativas de turismo, TOPAS e nos stands promocionais da TPNP, ou através do site da Porto e Norte de Portugal através do link (basta clicar para aceder automaticamente):

http://www.portoenorte.pt/fotos/guias/agendafmrh18_2323878585acb991574ff6.pdf.

Fonte e imagens: TPNP.

Melchior Moreira reeleito para novo mandato à frente da Turismo do Porto e Norte de Portugal

Junho 6, 2018 em Atualidade, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O atual presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, foi reeleito, anteontem, em lista única, para voltar a presidir ao organismo nos próximos cinco anos, ao vencer as eleições para a Comissão Executiva.



Melchior Moreira foi reeleito presidente da TPNP, onde Barcelos se inclui, depois de obter 98,36% votos. A Assembleia Geral eleitoral da TPNP escolheu, também, os órgãos dirigentes para o próximo quinquénio, elegendo para a Comissão Executiva, além de Melchior Moreira a presidente, para vogais Jorge Magalhães e Emídio Sousa (presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira) e cooptados, Rui Santos, presidente da Câmara Municipal de Vila Real (pelos Municípios) e Joaquim Ribeiro, da AHRESP (pelos Privados).

A mesa da Assembleia Geral tem como presidente, Eduardo Vítor Rodrigues (presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia), e como secretário, Nuno Gonçalves (presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo).

Do Conselho de Marketing fazem parte a APAVT, Douro Azul, Gran Cruz Turismo, INVEST BRAGA, Fundação de Serralves, AGA – Associação Geoparque de Arouca e Município de Caminha.

Os mandatários foram Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto e Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Segundo Melchior Moreira, a reflexão sobre a sua recandidatura “foi feita tendo em conta o enquadramento dos resultados que a Região tem alcançado e em articulação com todos os parceiros públicos e privados”. “A recandidatura impunha-se também pelo ambiente de coesão que a região vive no que diz respeito à promoção interna e externa, bem expressa pelo resultado obtido hoje”.

As linhas de orientação do próximo mandato vão focar-se em manter a onda de crescimento da Turismo do Porto e Norte de Portugal e continuar uma política de diferenciação no território, apostando nos grandes eventos que dão notoriedade na região, como o Rali de Portugal. Apostar de forma consistente e inovadora nas tecnologias limpas e no marketing digital e conseguir fechar o projeto inovador da rede das lojas interativas de turismo nos 86 municípios que constituem a TPNP, são compromissos que a nova equipa quer cumprir ao longo do próximo mandato.

Melchior Moreira é presidente da TPNP desde janeiro de 2009 e foi reeleito até 2023.

Fonte e foto: TPNP.

Norte “dá-lhe” música este verão

Junho 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), onde se integra Barcelos, lança, mais uma vez, a sua agenda de “Festivais de Música de Verão”, que conta com 70 espetáculos a decorrerem de junho a setembro.



Para além disso, os visitantes podem contar com várias atividades como workshops, showrooms e ateliers que vão tornar a sua experiência ainda mais inesquecível.

Em parceria com as entidades públicas e privadas, esta agenda foi elaborada para os amantes da música, independentemente das suas preferências ou faixa etária, com espetáculos para todos os gostos. Metal, música eletrónica, reggae, soul, jazz, dance music, hip-hop, folk ou mesmo combinações de ritmos, como música tradicional com música pop, de fado, ou performances de DJ’s até de madrugada são alguns exemplos do que os visitantes podem esperar no Norte de dias e noites quentes, céu estrelado e sonoridades mágicas.

Para além da boa música, os festivais de verão são o evento perfeito para o convívio, a troca de experiências, a fruição da boa comida, a participação em atividades paralelas, como as anteriormente referidas, e a descoberta de grandes cidades, mas também dos locais mais idílicos do mundo rural onde acontecem algumas das iniciativas que integram esta agenda.

Segundo um estudo realizado pela plataforma eDreams, a música e os festivais têm influência na escolha do destino para 40% dos portugueses com idades entre os 20 e os 39 anos, dados que apoiam a estratégia da TPNP, que aposta nestes eventos culturais para atrair visitantes estrangeiros e nacionais e impulsionar o turismo na região.

A Agenda de “Festivais de Música de Verão 2018” está disponível no website, na plataforma das mesas interativas das lojas de turismo, TOPAS e nos stands promocionais da TPNP.

Fonte: TPNP.

Fotos: DR.

Turismo do Porto e Norte de Portugal é Marca de Confiança 2018 e ultrapassa Algarve

Maio 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), onde se inclui o concelho de Barcelos, recebeu o Selo da Marca de Confiança 2018, na área do turismo. A entrega do prémio será realizada hoje, 17 de maio, em Cascais. Pela primeira vez, a TPNP ultrapassou o Algarve e distinguiu-se como a favorita neste setor, que cresce de ano para ano e tem um grande impacto económico no nosso país. A merecida distinção traduz-se nas 7.4 milhões de dormidas em 2017, um objetivo que seria concretizado apenas em 2020.



“É um orgulho receber distinção de marca de confiança. Vai ao encontro do trabalho que temos vindo a desenvolver, de forma sustentada, equilibrada e séria, e que nos tem trazido excelentes resultados. Saber que esta atuação é acolhida e entendida pelos consumidores portugueses mostra-nos que estamos a percorrer o caminho certo”, congratula-se o presidente da TPNP, Melchior Moreira.

Na 18ª edição do estudo, conduzido pela Seleções do Reader´s Digest, a Turismo do Porto e Norte de Portugal recebeu a distinção de Marca de Confiança na área em que atua, o Turismo. Este estudo foi pioneiro no nosso país e tem, hoje, grande notoriedade e influência no mercado português, sendo utilizado pelas marcas eleitas como um símbolo de qualidade. Utiliza uma amostra representativa da sociedade portuguesa, traduzindo-se num medidor de confiança por parte dos consumidores e, para além disso, um barómetro socioeconómico.

Conta com 60 categorias, divididas em serviços e produtos, em que apenas nove ultrapassam o índice de 75% de satisfação, sendo elas: a Fula, a Chicco, os CTT, a Well´s, a Essilor, a Corega, a Molaflex, a Carglass e a ERA.

Para além dos serviços e produtos, também a confiança dos portugueses nas personalidades nacionais é analisada e os valores demonstram que Marcelo Rebelo de Sousa é o político em que os portugueses mais confiam. Na área do desporto, Cristiano Ronaldo é o atleta escolhido, José Rodrigues dos Santos distingue-se em duas categorias, escritor e jornalista, e o arquiteto Siza Vieira obteve o maior índice de confiança, com 74%, seguido do ator Ruy de Carvalho, com 48%.

Fonte: TPNP.

Foto: DR.

Turismo do Porto e Norte marca presença na Feira Ibérica de Turismo, na Guarda

Abril 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), onde se inclui Barcelos, segue em força com a aposta na promoção de escapadinhas e turismo familiar na 5ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), a decorrer na cidade da Guarda, já entre hoje e 1 maio.



No que é considerado um dos certames mais importantes no setor do turismo do país, com 10 mil metros quadrados de superfície de exposição, a TPNP vai participar com um stand de 60 metros quadrados, partilhado com um conjunto de parceiros públicos e privados da região, que vão promover uma série de iniciativas com a marca do norte do país.

“Este certame tem vindo a afirmar-se cada vez mais no Mercado Ibérico, direcionando-se no sentido de promover a ligação social, comercial e estratégica entre Portugal e Espanha. Apresenta-se, neste sentido, como uma plataforma de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e dos recursos endógenos da vasta e riquíssima região transfronteiriça. É, desta forma, incentivada a troca de experiências e consequente abertura a novos mercados e produtos turísticos diferenciadores, através do conhecimento do nosso património”, comenta Melchior Moreira, Presidente da Entidade Regional Turismo Porto e Norte.

Produto turístico cada vez mais apetecível e procurado pelos turistas, o conceito de “city breaks” e “short breaks” será promovido junto dos visitantes da Feira Ibérica de Turismo. Para além de centenas de ofertas para descobrir a região, os visitantes serão ainda brindados com experiências gastronómicas e poderão conhecer em primeira mão os diversos eventos que integram as agendas culturais dos municípios nortenhos.

Fonte: TPNP.

[Ndr: Batalha das Flores – Festa das Cruzes 2017 (foto de destaque)]

Turismo do Porto e Norte mantém ritmo de crescimento em fevereiro

Abril 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O destino turístico do Porto e do Norte termina o mês de fevereiro com crescimento em todos os indicadores, segundo os dados agora publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).



O mês trouxe um total de 427,6 mil dormidas, apresentando um crescimento de 9,7% em relação ao mesmo mês, em 2017 (mais 41,3 mil dormidas), colocando a região no segundo lugar entre os destinos com mais dormidas de residentes.

“Fevereiro continua a refletir a atratividade que o Porto e Norte tem vindo a desenvolver nos seus mercados e continua a elevar a fasquia da responsabilidade que todos temos em saber promover a sustentabilidade do destino. Somos agora o 2º destino nas dormidas de residentes. É, portanto, fundamental continuar o trabalho em rede, cativando os visitantes para o todo que é este território, reforçar a aposta na formação e na oferta de qualidade, de modo a conseguirmos elevar, paulatinamente, o valor acrescentado do nosso destino”, adianta o presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira.

A estada média cresceu 1,4% face ao ano anterior, estando nas 1,68 noites. A taxa líquida de ocupação-cama cresceu 2,9 pontos percentuais., fixando-se em 34,4%. Nos proveitos totais regista-se um crescimento de mais 9,6%, com 22,4 milhões. Mantém-se o crescimento do RevPar, com mais 10,7%, estando agora nos 28,0 euros (mais 2,7 euros).

Foto: CMB.

Norte em ação com mais de 250 eventos desportivos

Abril 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

São mais de 250 eventos desportivos que estão de regresso ao Norte de Portugal. Dos mais de 250 eventos, muitos dos quais em Barcelos (a exemplo da “BMcar Meia Maratona de Barcelos”, em imagem de destaque), podem destacar-se o Rally de Portugal, que volta a atrair ao norte milhares de entusiastas da prova e do desporto.



Desde caminhadas por trilhos naturais, a provas de ciclismo com encantadoras paisagens de fundo, ou corridas de automóveis a toda a velocidade, a nova agenda da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), compila iniciativas de 72 municípios para atrair novos públicos, contribuindo para a quebra da sazonalidade no território.

“Os eventos são importantes impulsionadores do crescimento do turismo e da economia do destino. Só no último ano, registamos um retorno próximo dos 500 milhões de euros, um valor muito significativo para a economia nacional. Esta agenda compila 250 dias de ação que, sem dúvida, vão mobilizar multidões e traduzir uma elevada repercussão mediática, o que acaba por alavancar, ainda mais, a marca Porto e Norte”, sublinha Melchior Moreira, presidente da TPNP.

Entre os mais de 250 eventos promovidos pelas várias autarquias da região, são mais de 70 relacionados com a corrida ou caminhada pelos vários trilhos naturais ou zonas urbanas; cerca de 50 dedicados ao ciclismo ou a trilhos em BTT; e mais de uma dezena para os entusiastas de corridas de automóveis. Ao todo, mais de 250 dias de pura adrenalina.

Esta nova agenda pode ser consultada no site da TPNP (para aceder automaticamente basta clicar no link http://www.portoenorte.pt/pt/agendas/ ), na plataforma interativa presente no autocarro TOPAS, e nas lojas interativas de turismo da região, assim como nas diversas feiras e ações promocionais onde a Entidade marca presença ao longo do ano.

Fonte: TPNP.

Foto: AM.

Turismo: Norte com “casa cheia” para celebrar a Páscoa

Março 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

As taxas de ocupação, nesta altura do ano voltam, a ser muito boas para o turismo do norte, com 18 concelhos a ultrapassar os 90%. Bragança, Arcos de Valdevez, Baião, Melgaço, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vimioso são concelhos que a norte lideram esta lista e que se aproximam de uma ocupação de 100%.



Da recolha de dados, feita pelas unidades hoteleiras da Região, é de realçar, este ano, o aumento da estada média para quatro noites e uma grande predominância de espanhóis (média das capitais de distrito acima dos 50%).

O Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) lançou a Agenda da Páscoa & Semana Santa, num convite à descoberta da vasta oferta turística da Região, neste que é um dos períodos de maior celebração religiosa. Entre eventos de cariz religioso, gastronómico e cultural, são 166 ao todo, distribuídos por 71 municípios, compilados na publicação. Obviamente, o concelho de Barcelos também surge na referida agenda.

“Esta seleção de eventos de celebração da Páscoa e da Semana Santa segue a orientação definida na nossa estratégia de levar os visitantes à descoberta de todo o território e através de vários produtos turísticos. Neste caso, a agenda disponibilizada agora, continua a dar a conhecer os mais variados eventos alusivos a esta época religiosa, com a sugestão de diversos programas culturais e gastronómicos, procurando equilibrar a procura dos visitantes pelos quatro subdestinos. É interessante percecionar que estamos a conseguir alcançar estes objetivos: temos dados que nos mostram um grande equilíbrio na lotação hoteleira, com mais dias de permanência e nalguns casos a ocupação é praticamente devida ao mercado espanhol”, adianta o presidente da TPNP, Melchior Moreira.



Sobre a Agenda da Páscoa & Semana Santa

De entre os de cariz religioso, destacam-se as procissões do Senhor Morto, do Senhor dos Passos e do Enterro do Senhor, das Endoenças, em Barcelos, as cerimónias religiosas emblemáticas do Lava-pés, da tradição do Pão Quente, da Bênção dos Ramos, da visita às igrejas e as representações cénicas da Via Sacra. A Queima do Judas é também um costume pagão enraizado em vários concelhos. Os cânticos e as orações das cerimónias da Semana Santa culminam no Domingo de Páscoa com a Visita Pascal, tradição assinalada nesta agenda com o enfoque merecido.

São de destacar, igualmente, as Semanas Santas de Braga, de 14 de março a 09 de abril, que, para além dos atos religiosos, abrange um extenso programa cultural. A gastronomia também marca a sua presença durante esta época e consta desta publicação. Os programas concelhios assinalam, igualmente, toda a intensa atividade cultural que ocorre nestes 40 dias, como exposições em diversos museus ou a abertura das portas dos mosteiros aos concertos de Páscoa.

A referida agenda encontra-se disponível para consulta e download no site da TPNP (basta clicar no link e entra automaticamente: http://www.portoenorte.pt/pt/agendas/ ), nas diversas lojas interativas de turismo dos municípios, no aeroporto Francisco Sá Carneiro e no Porto Welcome Center.

Fonte e imagem: TPNP.

 

 

Ir Para Cima