Tag archive

Vila Nova de Famalicão

Autárquicas: Social-democrata Paulo Cunha não se recandidata a Famalicão

Maio 11, 2021 em Atualidade, Minho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O presidente da câmara de Vila Nova de Famalicão (PSD) não se recandidata ao cargo para “abrir uma janela de oportunidade no médio prazo” na governação da autarquia, possibilitando “uma estratégia” além dos próximos quatro anos, anunciou hoje.

Num direto na sua página pessoal da rede social Facebook, o social democrata Paulo Cunha, eleito vereador daquela autarquia do distrito de Braga em 2009 e presidente em 2013 e 2017, disse que termina o seu ciclo como autarca “satisfeito e realizado”.

A 03 de março, o nome de Paulo Cunha fazia parte de 101 nomes divulgados pelo PSD como homologados pela Comissão Política Nacional do partido como candidatos a presidentes de outras tantas câmaras nas eleições autárquicas deste ano.

“É para abrir essa janela de oportunidade no médio prazo que entendo que devo cessar as minhas funções”, justificou hoje o autarca de Famalicão.

Segundo o também líder da distrital do PSD, “Famalicão precisa de um presidente de câmara de médio e longo prazo, não precisa de um presidente de câmara que conclua um ultimo mandato, tão só, de quatro anos”.

Isto porque, explicou, “há ambições e projetos que se colocam a Famalicão que reclamam e que exigem esta longevidade da governação autárquica”.

“Desde o quadro comunitário chamado Portugal 2030, ao Plano de Recuperação e Resiliência, a chamada Bazuca, que são ambições de oportunidade que reclama uma estratégia que vai muito além de quatro anos”, enumerou.

Paulo Cunha salientou que não acha que “um presidente de câmara tenha que sair para ser deputado, ou para ser nomeado para qualquer cargo, ou para se aposentar ou porque a lei estabelece um limite”.

“Acho que me compete a mim, enquanto presidente de câmara, definir qual o momento certo para terminar esta relação autárquica. Eu entendo que esse momento chegou”, defendeu.

Sobre os 12 anos como autarca, referiu que foram positivos: “A convicção que tenho é que foram 12 anos bem sucedidos, particularmente estes últimos oito. Oito anos depois conseguimos colocar Famalicão no mapa. Falar de Famalicão significa falar pelas boas razões”, indicou.

O autarca adiantou que pretende voltar à sua vida profissional na advocacia.

A Câmara de Famalicão é atualmente constituída por oito membros da coligação PSD/CDS-PP e três do PS.

Segundo a lei, as eleições autárquicas decorrem entre setembro e outubro, mas ainda não têm data marcada.

Fonte: Lusa

Foto: DR

Falha energética inutiliza 5000 vacinas em centro de Vila Nova de Famalicão

Abril 21, 2021 em Atualidade, Minho, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde adiantou hoje que cerca de 5.000 vacinas, e não 3.500, ficaram inutilizadas na sequência da falha energética que ocorreu esta madrugada no centro de vacinação de Famalicão, distrito de Braga.

Neste âmbito, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte vai abrir um inquérito para apurar as “devidas responsabilidades” nesta situação, afirmou António Lacerda Sales, no final da cerimónia de entrega da Bolsa D. Manuel de Mello, no Porto.

“Estas vacinas serão, obviamente, substituídas e ninguém ficará por vacinar”, garantiu.

O governante frisou que num processo em que se vacinam 10 milhões de pessoas é natural que ocorram “falhas como estas e outras que também já aconteceram”.

“São situações que no meio de uma logística tão complexa podem acontecer e todos o compreenderão”, reforçou.

Lacerda Sales indicou tratarem-se de vacinas da AstraZeneca e da Pfizer, sendo que “uma pequena parte” das 5.000 doses poderá ser aproveitada, embora se trate de uma quantidade residual.

O presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão anunciou hoje, em conferência de imprensa, que 3.500 vacinas ficaram inutilizadas na sequência da falha energética que ocorreu na madrugada de hoje no centro de vacinação local.

Em conferência de imprensa, Paulo Cunha explicou ao final da manhã que a falha energética apenas se registou na parte onde estão armazenadas as vacinas, instalada num complexo cedido às autoridades de saúde pela autarquia, acrescentando que está em curso um inquérito por parte da autarquia e das autoridades de saúde.

O autarca lamentou que os elementos da equipa de segurança que assegura a vigilância exterior do complexo, contratada pelo município a pedido das autoridades sanitárias, não tenham autorização das autoridades de saúde para aceder ao interior do mesmo e ao local onde estão guardadas as vacinas.

Fonte: Lusa

Foto:@matnapo|unsplash

Núcleos do Distrito Braga da Iniciativa Liberal promovem conferência sobre “Executivos das Autarquias Locais: Manter ou Modificar?”

Fevereiro 10, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Os Núcleos Territoriais de Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão da Iniciativa Liberal, organizam na próxima Sexta-Feira, dia 12 de fevereiro de 2021, pelas 21h30 uma conferência digital sobre: “Os Executivos das Autarquias Locais: Manter ou Modificar?”.

Esta conferência tem como objetivo aprofundar conhecimentos e debater o Poder Local em Portugal, fomentando o espírito de partilha de conhecimento, troca de ideias e um saudável debate.

Este certame virtual será transmitido via Facebook na página da Iniciativa Liberal dos três núcleos organizadores, Braga, Guimarães e Famalicão, e contará com a participação de Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de São Vítor, de Ricardo Valente, vereador do Pelouro Desenvolvimento Económico e Social da Camara Municipal do Porto e o Prof. Doutor António Cândido de Oliveira.

O Prof. Doutor António Cândido de Oliveira licenciou-se em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1970, obteve o grau de Doutor em Ciências da Administração, na Universidade do Minho, em 1989, e fez as suas provas de Agregação em Direito Público na Universidade do Minho, em 2002, sendo Professor Catedrático Jubilado da Universidade do Minho. É precisamente neste domínio jurídico que se revela como uma referência para todos os que, dentro e fora de Portugal, apreciam e estudam o Direito Público, em especial o Direito Administrativo e Direito das Autarquias Locais.

O Dr. Ricardo Valente é Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Exerceu a sua atividade profissional entre 1992 e 2016 na área de consultoria em gestão de risco, na área do mercado de capitais, gestão de patrimónios, área da Banca de Investimentos e foi consultor de investimentos. É docente na Faculdade de Economia da Universidade do Porto e na Porto Business School. Actualmente é Vereador do Pelouro Desenvolvimento Económico e Social, tendo como suas áreas de atuação a economia e a atração de investimento, tendo sob sua alçada o Gabinete InvestPorto.

Por fim, o Dr. Ricardo Silva é Licenciado em História e em Arqueologia pela Universidade do Minho, tendo sido coordenador da JovemCoop. Ao longo dos últimos anos destacou-se pela sua enorme intervenção cívica e deu a cara pela defesa do património e pelas causas socais mais eminentes da freguesia de S. Victor. Recordamos, particularmente, as Sete Fontes, que foi a causa mais emblemática, mas muitas outras se juntam ao rol: fábrica Confiança, Convertidas, Guadalupe, candeeiros do Campo Novo ou a Casa do Areal. É atualmente o Presidente da Junta de Freguesia de S. Victor, do concelho de Braga.

Fonte|Foto: IL

Presidente da Câmara de Famalicão dá as boas-vindas aos estudantes do IPCA

Outubro 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Cerca de 200 estudantes do 1º ano dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais foram recebidos, esta quinta-feira, pelo Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, nas novas instalações do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) nesta cidade.



Desde o início de setembro, o IPCA está instalado no CIIES – Centro e Inovação, Investigação e Ensino Superior – nas antigas instalações da escola Cooperativa Didáxis em S. Cosme – juntamente com outras instituições.

A fixação do IPCA em Famalicão estava já há muito prevista no Plano Estratégico da instituição de ensino superior barcelense, numa estratégia de alargar a presença desta Instituição ao quadrilátero e assim cumprir com a sua missão de servir a região do Cávado e do Ave.

Foi ainda no seguimento desta estratégia que foi criada, recentemente, a Escola Técnica Superior Profissional com o objetivo de se dedicar exclusivamente à formação dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), pelo seu cariz técnico, vocacional e profissional, numa forte ligação com as empresas da região.

“O IPCA tinha interesse em cumprir a sua missão de levar o ensino superior público ao concelho de Vila Nova de Famalicão, contribuindo não só para permitir que mais estudantes possam aceder ao ensino superior, mas também para permitir às empresas terem pessoas mais qualificadas e, dessa forma, estarem melhor preparadas para aumentar o desenvolvimento regional e nacional”, referiu a Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, durante a sua intervenção.

O Presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, reforçou a importância do Ensino Superior e da chegada do IPCA com a formação dos CTeSP´s neste que é o conselho mais exportador do norte. “É, sem dúvida, uma mais valia para Famalicão a aposta no Ensino Superior e o IPCA vem, com os CTeSP´s, dar resposta às necessidades do mercado e potenciar o desenvolvimento local”.

Este ano letivo estão em funcionamento no Polo de Famalicão, oito CTeSP´s, sendo que as vagas disponibilizadas foram totalmente preenchidas.

Ao Campus do IPCA, em Barcelos, e aos Polos de Guimarães e Braga, junta-se agora o Polo de Famalicão.

Fonte e fotos: IPCA.

Gil Vicente com duas vitórias em outros tantos jogos

Agosto 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Campo de Ribes, em Santa Maria de Oliveira (VN de Famalicão) recebeu a 2º jornada da Série “A” do Campeonato de Portugal, opondo a equipa da casa – AD Oliveirense – ao Gil Vicente FC, que terminou como vencedor, por 0-2.



A AD Oliveirense alinhou com Fábio Santos, João Sidónio, Soro, Fernando Neves, Jorginho (Stanly, 65’), Mohamed Touré, Lassina Touré (João Cardoso, 74’), Dibola Júnior, Tiago Silva, André Pereira e Apolo Silva. O treinador Tonau deixou no banco Jorge Sousa, André Gomes, Rui Ribeiro e Hélder Veloso.

Já Nandinho fez o Gil Vicente FC alinhar com Wellington, Júnior, Rui Faria, Bruno Morais, Edwin Vente, Tiago Gomes, Juan Villa (Ramalho, 68’), Gabriel Mejía (Henrique Brito, 74’), Joãozinho (Bruno Lopes, 65’), Tanko e Ahmed Isaiah. No banco ficaram Rafa Pires, Tiger, Dimba e Victor Hugo.

O Gil Vicente controlou o jogo, debaixo de intenso calor, com a AD Oliveirense a dar boa réplica. O primeiro golo gilista foi apontado por Gabriel Mejía, aos 39 minutos, num grande trabalho deste jogador colombiano, que recebe no peito, na zona da meia-lua, uma bola longa do seu compatriota Juan Villa, amortece-a e, de cabeça, coloca-a à disposição do seu pé direito, rematando sem hipóteses para o guarda-redes da casa. Grande passe e grande trabalho individual destes dois jovens (18 anos) colombianos que começam a mostrar qualidade. Gabriel que ainda teve uma bola na trave durante a 1ª parte.

Na 2ª, e poucos minutos depois de entrar, Bruno Lopes recebe um passe longo de outro jovem colombiano, no caso, Edwin Vente (22 anos), passa “na raça” por um defesa, entra na área e remata, permitindo a defesa de Fábio Santos com o pé. No entanto, a bola sobra de novo para o jogador gilista que recebe, vira para a baliza, prepara e aponta o remate, metendo a bola entre o guarda-redes e um jogador adversário, fechando o marcador em 0-2 para o Gil Vicente FC.

A equipa de arbitragem, dirigida por Carlos Macedo, coadjuvado por David Macedo e Ulisses Costa, mostrou dois cartões amarelos. Um a Ahmed Isaiah (35’), do Gil Vicente, e outro a Tiago Silva (37’), da Oliveirense.

No final, em declarações à GVTV, Nandinho salientou que era objetivo chegar a Santa Maria de Oliveira e vencer o jogo, algo que foi concretizado “com mérito, com justiça”. “Se calhar os números pecam por escasso, face ao volume de jogo que tivemos, em termos de oportunidades de golo e volume ofensivo. Mas acho que a vitória não sofre qualquer contestação. Fizemos uma boa exibição, na generalidade. Na segunda parte, ‘caímos’ um bocadinho, o jogo ficou um bocadinho mais repartido a partir do meio da segunda parte e segundo golo trouxe-nos, realmente, alguma tranquilidade. Há que realçar, acima de tudo, a globalidade, um jogo bem conseguido e uma vitória inteiramente justa da nossa equipa”, concluiu.

O Gil Vicente é, conjuntamente com o São Martinho, uma das duas únicas equipas apenas com vitórias (2) nesta Série “A”. Na próxima jornada, no dia 26 de agosto, os gilistas recebem, pelas 17h00, os Caçadores das Taipas.

Uma palavra para os adeptos que se deslocaram num final de domingo à tarde abrasador a terras do concelho famalicense, nomeadamente, para os membros da claque Nação Barcelense, que puxaram constantemente pela equipa, debaixo de sol, pois a bancada onde se encontravam não tinha cobertura, nem havia sombras para se resguardarem. Sem dúvida, de louvar.

Fotos: GVFC.

Inês Faria, atleta do Clube Cávado Patinagem Artística, apura-se para o campeonato nacional

Julho 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Este fim de semana, realizou-se em Fafe, no Pavilhão do Nun’Álvares, o Campeonato Regional de Patinagem Livre, onde participou o Clube Cávado de Patinagem Artística (CCPA).



O clube barcelense fez-se representar por Inês Faria (Benjamins), Ana Raquel Martins (Infantis) e Andreia Fonseca (Juniores).

Logo no sábado, Inês Faria, treinada por Inês Ferreira, conseguiu o 5º lugar no programa curto, com 33,300 pontos, o que lhe garantiu a qualificação para o Campeonato Nacional.

Anita Barbosa sagra-se Campeã Regional

Já no passado dia 17 de junho, o Pavilhão Municipal de Vila Nova de Famalicão recebeu o Campeonato Regional de Solo Dance e Pares Dança de 2018, onde participou Anita Barbosa, no escalão de Juniores Femininos.

A prestação da atleta do CCPA valeu-lhe o título de Campeã Regional em Solo Dance.

Fotos: DR/CCPA.

Escolas e Cadetes da ACR Roriz triunfam no Prémio de Ciclismo Carlos Carvalho

Junho 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, realizou-se, em Pousada de Saramagos – Famalicão, mais um Prémio de Ciclismo Carlos Carvalho, prova pontuável para a Taça do Minho de Estrada, para todas as categorias de formação, em homenagem ao antigo vencedor da Volta a Portugal e da clássica Porto-Lisboa.



Mais uma vez, os atletas da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT apresentaram-se num bom nível competitivo, tendo arrecadado vários triunfos individuais e coletivos.

Nas Escolinhas, a ACR RORIZ foi a grande vencedora coletivamente, tendo os seus jovens atletas conquistado alguns bons resultados individuais.

Em Pupilos/Benjamins, Matilde Fernandes foi 3ª e Martim Fernandes foi 16º. Nos Iniciados, Leandro Martins foi 4º, Dinis Carreiras 10º, Gustavo Fernandes 12º, Rodrigo Fernandes 18º e Adelaide Palmeira 4ª classificada em femininos. Nos Infantis, Dinis Saleiro foi 2º, Diogo Miranda 4º, Paulo Fernandes 7º, Gonçalo Rodrigues 10º, Rodrigo Rodrigues 11º. Por fim, nos Juvenis, João Martins foi 6º, Diogo Carreiras 9º, Guilherme Rodrigues 19º, Gabriel Baptista 20º e o Henrique Lopes 28º.

Os Cadetes também conquistaram a vitória coletiva, tendo para isso contribuído os resultados de João Almeida (4º), Lucas Braga (5º), Sérgio Saleiro e Diogo Saleiro (10º e 11º, respetivamente), com João Serre e Gonçalo Godinho a não concluírem.

Nos Juniores, a equipa rorizense conquistou o 2º posto coletivamente, apenas superada pela formação da Maia. Já individualmente, João Rocha foi 3º, Pedro Silva 8º, Bruno Silva 10º, Flávio Fernandes 18º e Rafael Torres não concluiu.

Fonte: ACRR.

Fotos: DR.

Casa do Povo de Alvito com três vitórias individuais no Torneio de Ténis de Mesa “Didáxis”

Junho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado dia 2 de junho, em Famalicão, o 3º Torneio Aberto de Ténis de Mesa “Didáxis”, marcado pela excelente prestação dos mesatenistas da Casa do Povo de Alvito.



Em Seniores Masculinos, a vitória foi para Carlos X. Silva, da equipa de Alvito, com Filipe Lobo a conseguir um bom 3º lugar.

Já Catarina Ferreira [ndr: à esquerda na foto de destaque] conquistou o 1º lugar na vertente de Seniores Femininos. Em Femininos mas no escalão de Juniores, a vitória também foi para Alvito, com Érica Silva a conquistar o 1º lugar.

Por fim, em Infantis Masculinos, Pedro Sousa conquistou um ótimo 2º lugar.

Fonte e fotos: CPA-TM.

Amigos da Montanha conquistam 1º lugar em Duplas Mistas no “Duatlo Trail & Bike Challenge”

Abril 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No último domingo, os Amigos da Montanha estiveram presentes no “Duatlo Trail & Bike Challenge”, em Famalicão, classificando-se em primeiro lugar na categoria de Duplas Mistas, com o tempo de 2h16m.



Márcia Bandeira realizou a prova de Trail, com 10,6km. João Rodrigues, que em 2017 se sagrou campeão do escalão M40 e 2º classificado da geral do Campeonato Nacional de Ultra Endurance, participou na modalidade de BTT, numa prova com 21km.

“Fazer dupla com a minha esposa tornou-se um desafio para os dois. Ela está num excelente momento de forma na corrida”, revelou João Rodrigues no final da prova, satisfeito com a prestação na vertente de BTT. “A prática do BTT tem sido muito importante na recuperação da lesão, para voltar em breve às corridas de trail”, acrescentou.

Fonte e fotos: AM.

Gil Vicente: Vítor Tormena lança jogo frente ao Famalicão

Abril 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Pelas 16h00 deste sábado, o Estádio Municipal 22 de Junho recebe, a contar para a 32ª jornada da Ledman LigaPro, o jogo FC Famalicão-Gil Vicente FC.



O central brasileiro do Gil Vicente, Vítor Tormena, analisou o momento atual da equipa, o jogo frente ao Famalicão e a sua adaptação a Portugal e ao Gil Vicente.

Tormena salientou que a equipa está mais confiante, fruto dos resultados, nomeadamente, da vitória no último jogo, frente ao um dos líderes e candidato à subida, o Penafiel. “Uma vitória como esta, em casa, contra uma boa equipa como a deles, só dá confiança a todos. Conseguimos uma coisa que era muito esperada, que era sair da zona de despromoção e agora só pretendemos melhorar, ficar o mais longe possível. Esse é o objetivo de todos”, salientou.

Tal como em conferências anteriores, quer ao treinador, quer a outros colegas de equipa, Vítor Tormena também foi questionado sobre se haveria mais e novas etapas a conquistar pela equipa gilista. “Nós pretendemos, independentemente de o jogo ser em casa ou ser fora, respeitando o adversário, entrar nos jogos para somar pontos. Pensando sempre no próximo jogo. O melhor possível que pudermos ficar, longe da zona de despromoção, para nós é perfeito”, afirmou.

Sobre o adversário deste jogo, o central gilista salientou que trabalharam e estudaram muito bem o Famalicão, ao longo da semana de trabalho, para saberem os seus pontos fortes e pontos fracos. “Sabemos que é uma equipa boa, que na 2ª Liga não há jogos fáceis, independentemente do jogo ser fora ou em casa. Nós conquistámos, no último jogo, uma coisa muito importante, que foi sair da zona de despromoção. Isso deu-nos mais ‘gás’. Nós vamos lá para discutir o jogo, de igual para igual, e procurar a vitória”, ressalvou.

Vítor Tormena está a gosta da sua experiência em Portugal e no Gil Vicente. “Tenho gostado. Pensei que ia demorar a adaptar-me mas em um mês já estava adaptado”, ele que elogiou o grupo de trabalho, a equipa técnica e a administração, a quem só tem a agradecer “por tudo”.

Com a melhoria nos resultados e na tabela classificativa, nota-se, igualmente, uma melhoria no rendimento da equipa, com a chegada desta nova equipa técnica. Tormena salienta que a chegada deste novo treinador, e restante equipa técnica, trouxe a confiança que havia dentro de cada um dos jogadores. “Sabíamos que o grupo tinha qualidades mas estavam todos meio desmotivados pela falta de ganhar jogos. Ele chegou e conseguiu tirar isso de cada atleta, de uma forma diferente. Em união, juntos, abraçámos a ideia e estamos a ir bem”, disse.

Por fim, Vítor Tormena lançou um apelo aos adeptos para que se mobilizem e se desloquem a Famalicão para apoiar a equipa. “Eu gostaria de chamar todos os adeptos para assistir ao jogo, para nos acompanhar nesta fase final, e importante, do campeonato. E uma coisa posso garantir, independentemente se ganharmos ou perdermos, nós vamos correr até ao último minuto em busca dessa vitória e vamos tentar sair de lá com os três pontos”, terminou.

Ir Para Cima