Tomás Carvalho e Paulo Fernandes, da ACR Roriz, conquistam Campeonato do Minho de Ciclocrosse

Outubro 30, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Disputou-se, este domingo, a 1ª Taça de Portugal de Ciclocrosse, em Melgaço, prova que atribuiu, também, os títulos de Campeões do Minho da especialidade, numa organização da Federação Portuguesa de Ciclismo e da Associação de Ciclismo do Minho, que contou com cerca de 270 participantes.



Paulo Fernandes, jovem atleta da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, foi o grande vencedor, em Juvenis, na 1ª Taça de Portugal de CRO e, assim, vencedor do respetivo Campeonato do Minho.

Diogo Miranda, também em Juvenis, foi 3° na Taça de Portugal e Vice-Campeão Minhoto; na 3ª posição do pódio minhoto ficou Gonçalo Falcão, sendo 13° nas contas da Taça. Gonçalo Rodrigues, que está no seu primeiro ano de juvenil, foi 17°.

Nos Juniores, Lucas Braga foi Vice-Campeão Minhoto e João Serre 3° classificado. Nas contas da Taça, foram 13° e 14°, respetivamente.

Em Cadetes, Tomás Carvalho conquistou o título Minhoto, tendo terminado em 3° na geral da Taça de Portugal. Foi acompanhado, no pódio, por Diogo Carreiras (2°) e João Martins, “vítima” de avaria mecânica, na 3ª posição. Ele que fez a sua estreia na categoria de Cadete.

Nas contas da Taça, Diogo Carreiras foi 11°, João Martins 15° e Pedro Pinto 17°. Nesta prova esteve também Afonso Luz, atleta que fez a sua estreia pela formação rorizense, mas que não concluiu devido a um furo.

Em Master 40, José Ribeiro foi 17° classificado.

Nesta competição estiveram, também, os sub-23 oriundos da formação de Roriz, nomeadamente, João Salgado (RP Boavista) e Pedro Lopes (UD Oliveirense), 1º e 2º classificados na categoria, Campeão e Vice-Campeão do Minho da especialidade.

A Taça de Portugal ruma, já no próximo domingo, para Santo Tirso onde se vai disputar a segunda etapa.

Fotos: DR

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima