“triciclo” junta Angélica Salvi e Conservatório de Música de Barcelos

Março 4, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

No âmbito do serviço educativo do “triciclo”, Angélica Salvi vai trabalhar com alunos do Conservatório de Música de Barcelos. A apresentação deste espetáculo original está marcada para o próximo sábado, pelas 22h00, no Teatro Gil Vicente, em Barcelos. A entrada é livre.



O “triciclo” propôs mais um desafio à talentosa música para desenvolver um trabalho original com o Conservatório de Música de Barcelos, promovendo um momento de partilha e aprendizagem para todos os envolvidos. O espetáculo vai ter como ponte central o mais recente disco da harpista, “Phantone” (2019), que conquistou a crítica especializada.

A harpista espanhola Angélica Salvi está radicada no Porto desde 2011, dedica-se à improvisação, à música contemporânea e eletroacústica, explorando várias técnicas de preparação e amplificação do instrumento na busca de novos timbres e sonoridades. É harpista do Vertixe Sonora Ensemble, professora de harpa do Conservatório de Música do Porto e dirigente do Female Effects, projeto que trabalha peças acústicas ou eletrónicas de autoria feminina. Angélica Salvi tem desenvolvido um percurso multidisciplinar onde trabalha com a Sonoscopia, o Balleteatro ou Teatro do Frio. Convive em colaborações com improvisadores como Evan Parker, Butch Morris e Han Bennink ou com ensembles de música contemporânea como os holandeses Brokkenfabriek e RPM Electro Travelling Band ou o Portuense Remix Ensemble.

O Conservatório de Música de Barcelos é um estabelecimento de ensino particular cooperativo. A sua comunidade educativa engloba mais de 500 alunos com idades compreendidas entre os 4 anos e os 25 anos.

O concerto é de entrada livre. As reservas podem ser feitas no Teatro Gil Vicente e a lotação é limitada à capacidade da sala.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima