“triciclo” regressa com concertos grátis ao ar livre

Julho 20, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

O ciclo de concertos “triciclo” está de volta após um longo período de paragem devido à pandemia de COVID-19. Gãrgoola, Baleia Baleia Baleia, White Haus e Homem em Catarse atuam na Frente Ribeirinha de Barcelos, na iniciativa “Prá Frente Barcelos”, promovida pelo Município de Barcelos. Os concertos decorrem entre 23 e 26 de julho e a entrada é livre.



O regresso faz-se com espetáculos ao ar livre, com toda a segurança, num espaço capaz de albergar 400 pessoas. O “triciclo” assume a curadoria de quatro concertos, que mantêm o habitual o carimbo de qualidade e o olhar atento pela nova música portuguesa.

A 23 de julho, quinta-feira, a abertura está a cargo da misteriosa dupla Gãrgoola, composta por João Miguel Fernandes e pelo barcelense Filipe Miranda.

Na sexta-feira, os Baleia Baleia Baleia apresentam o seu bem-humorado punk rock, enquanto que, no sábado, os White Haus vão animar a quente noite de verão com a sua sonoridade dançante e fresca. A banda liderada por João Vieira (X-Wife) conta com a participação dos barcelenses André Simão (Dear Telephone e Sensible Soccers) e Graciela Coelho (Dear Telephone).

Todos os concertos estão marcados para as 22h00. A programação a cargo do “triciclo” fecha com mais prata da casa. Homem em Catarse vai apresentar o novo disco “Sem Palavras Cem Palavras”, num concerto às 18h30 de Domingo, 26 de julho.

Estes concertos com o selo do “triciclo” estão inseridos na iniciativa “Prá Frente Barcelos”, promovida pelo Município de Barcelos, que vai trazer cultura à cidade ao longo de três meses. Todos os espetáculos são de entrada livre, mas com levantamento obrigatório de bilhete no Theatro Gil Vicente, de terça-feira a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, ou no próprio dia do espetáculo (no período de uma hora que antecede o evento) no local do evento.

Fonte e imagens: TRICICLO.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Encontro às Cegas

Imagina, por um dia, que ficarias cega. Deixarias de ver tudo o
Ir Para Cima