Uma Aprendiz do Fado

Maio 2, 2022 Atualidade, Concelho
Luciana Silva

Luciana Silva, natural de Baltar-Paredes, futura licenciada em Marketing e Comunicação Empresarial pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo, de lenço ao peito e com o Fado na alma, é a convidada a escrever o artigo do mês de maio no espaço da Intensify World.


Uma jovem de vinte anos, que traz em si, uma nota desalinhada e um coração desatento. Sente o Fado e é com o Fado que quer caminhar. Já participou em vários concursos, nos quais foi premiada várias vezes com o primeiro lugar.


Sobre o Fado:


O Fado, não é só Fado. O Fado é tudo! Comecei com apenas nove anos, uma canção ali, outra acolá. No início cantar era um sonho, porque talvez as pessoas gostavam de me ouvir, era feliz, porque me permitia participar em concursos. Admito que, hoje, não é a mesma coisa. Hoje, o sentimento é outro!
Porquê que as pessoas consideram o Fado um estilo antiquado? Pelo contrário, o Fado é uma tendência e um grande marco do patrimônio cultural. Hoje, sei que canto cultura, e nada mais que isso. A verdade é que quando canto é como se eu vivesse realmente naquele poema.

Já participei em concursos como “Viana canta Fado”, “Rota do Fado”, “Festival da canção”, e eventos de foro cultural em homenagem a grandes senhores do Fado português, inclusive quando tinha 15 anos fui ao Porto Canal.
No que respeita a todo o meu percurso artístico, estive sempre rodeada por pessoas que me apoiaram incondicionalmente. Um obrigado não chega!
O mundo da música proporcionou-me conhecer pessoas distintas, de vários países, de várias culturas e ambições. Já levei três vezes a minha voz a França, levei comigo também, uma mala cheia de nervosismo, felicidade e uma vontade imensa de pisar o palco, cantar, sorrir, sentir e fazer sentir.
Hoje, sou fruto daquilo que semeei, sou fruto daquilo que me é inato e não só, sou fruto de todas as conversas, de todas as chamadas, de todas as tristezas, brincadeiras e de todos os sonhos que me fazem viajar no pensamento.
Vejo no Fado, uma forma de contar a minha história. Espero cantar um dia, a história que hoje guardo. O Fado é o meu destino em 4 letras.


Por: Luciana Silva

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

mod-art-300-250.jpg

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima